Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 09/09/2021
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews, Leonardo Neto, 09/09/2021

Fundação do Livro Infantil e Juvenil anuncia vencedores do seu prêmio anual | © Divulgação Bienal Rio Nesta quarta-feira (08), a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) anunciou os vencedores do seu prêmio anual. Para Beth Serra, secretária-geral da entidade, os 16 títulos selecionados nas 15 categorias “expressam a força da arte brasileira de fazer livros para crianças e jovens, motivo de orgulho e esperança para as pessoas comprometidas com a educação e a cultura das novas gerações. Em tempo de retrocessos nas conquistas sociais, de descaso com a vida dos brasileiros, agravado durante a pandemia, e com o desrespeito à vida nas florestas, eles representam mais uma das trincheiras de resistência para continuarmos nosso caminho”. Sagatrissuinorana (ÔZé), de João Luiz Guimarães e ilustrações de Nelson Cruz, foi o vencedor do Prêmio Ofélia Fontes, de Melhor Livro para Criança. Peças de um dominó (SM), de Pedro Tavares venceu a categoria Orígenes Lessa, de Melhor Livro para Jovem. O autor também levou o prêmio de Escritor Revelação. O Prêmio Malba Tahan, de Melhor Livro Informativo foi para Valentes: Histórias de pessoas refugiadas no Brasil (Seguinte), de Aryane Cararo e Duda Porto de Souza, com ilustrações de Rafaela Vilella. Obrigado (Pulo do Gato), de André Neves foi o vencedor do Prêmio Odylo Costa Filho, de Melhor Livro de Poesia. O Prêmio Figueiredo Pimentel, de Melhor Livro Reconto foi para Ogros (Aletria), de Ernani Só e Nelson Cruz (ilustrações). Impossível (Carochinha), de Catarina Sobral, ganhou o Prêmio Henriqueta Lisboa, de Melhor Livro de Literatura em Língua Portuguesa. Clique no Leia Mais e confira a lista completa de ganhadores.

PublishNews, Talita Facchini, 09/09/2021

Em uma cerimônia presencial em Londres e transmitida on-line, o júri do Women’s Prize anunciou na tarde da última quarta (08), a vencedora da sua edição de 2021. O prêmio é concedido anualmente à melhor obra de ficção escrita por uma autora e publicada no Reino Unido. Segundo Bernardine Evaristo, presidente do júri também 100% feminino, o objetivo era encontrar um livro que tivesse um impacto duradouro e, por isso, a escolhida foi Susanna Clarke, autora do romance Piranesi. “Susanna Clarke nos deu um voo de fantasia verdadeiramente original e inesperado que mescla gêneros e desafia preconceitos sobre o que os livros deveriam ser. Ela criou um mundo além da nossa imaginação que também nos diz algo profundo sobre o que é ser humano”, justificou a autora de Garota, mulher, outras (Companhia das Letras). Clarke, que levou para casa o prêmio £ 30 mil, contou que a obra foi escrita durante uma longa doença – logo após o lançamento da obra ela foi diagnosticada com síndrome da fadiga crônica – e que por isso foi uma honra receber o prêmio. Piranesi – que será publicada por aqui pela Morro Branco, em outubro, com tradução de Heci Regina Candiani – acompanha o personagem homônimo enquanto ele anda por sua casa, ambientada no mundo de um “labirinto aquático”, no qual um oceano está emprisionado: as ondas cobrem as escadas e os cômodos são alagados em um instante. E enquanto Piranisi explora a casa, aparecem evidências de outra pessoa, e uma verdade horrível começa a surgir, revelando um mundo além do qual ele conhece. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews+, Redação, 09/09/2021

O PublishNews+, área exclusiva para assinantes do PN, tem adiantado, semanalmente, os livros que só chegarão às livrarias daí a 45 dias. O serviço, chamado de Próximo Capítulo, é realizado graças a uma parceria com a MVB / Metabooks e tem por objetivo municiar livreiros de informações do que está no prelo das editoras. Nessa semana, o Próximo Capítulo traz as novidades que chegarão às livrarias entre os dias 24 e 30 de outubro. Entre as novidades, estão Renegados - Born in the USA (Companhia das Letras), de Barack Obama e Bruce Springsteen; as HQs Depois que o Brasil acabou (Veneta), de João Pinheiro, e Franjinha: Contato (Panini), de Vitor Cafaggi, e os infantis Conte uma fábula e Conte uma história (Girassol), de Célia Ruiz Ibáñez e Pilar Campos. Clique aqui para conferir todas as novidades. Por enquanto, o Próximo Capítulo está aberto para todos os que se cadastrarem na plataforma, mas em breve, o serviço ficará exclusivo para os assinantes do PN+. A nova seção se soma a outros serviços oferecidos aos assinantes do PN+, como o Radar de Licitações e o Apanhadão Diário. Clique aqui para saber como ser um assinante do PN+.

PublishNews, Redação, 09/09/2021

Tarcísio Padilha | © Guilherme Gonçalves / Arquivo Múcio Leão ABLFaleceu na manhã desta quinta-feira (09), aos 93 anos e vítima de covid-19, o acadêmico, filósofo, professor e escritor Tarcísio Padilha. Ele exerceu inúmeros cargos de direção durante sua vida profissional, sendo um deles, presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL) entre 2000 e 2001. Padilha participou também da criação de universidades e fundou cátedras e cursos de pós-graduação. Foi professor titular de Filosofia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e de diversas outras instituições superiores do Rio de Janeiro, como a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, a Universidade Santa Úrsula e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Pela É Realizações, tem publicada a obra A ontologia axiológica de Louis Lavelle (2012). Com a morte de Padilha, a ABL tem cinco vagas abertas. Diante da recomendação de se evitar reuniões e aglomerações por conta do coronavírus, não haverá velório.

PublishNews, Redação, 09/09/2021

A Editora Perspectiva está com vagas abertas para os cargos de assistente administrativo e auxiliar comercial. Para a primeira delas, o contratado irá trabalhar com rotinas financeiras referentes ao Contas a Pagar e Receber (conciliação bancária, conferências, cobranças, baixas etc) e é desejável ter familiaridade com pacote Office e o sistema Winbooks. Os interessados podem enviar um e-mail para financeiro@editoraperspectiva.com.br. Já para o cargo de auxiliar comercial, o foco será no relacionamento com as livrarias de todo o Brasil. A vaga é direcionada para pessoas com experiência em livrarias ou editoras e o trabalho contempla fomentar o relacionamento através de negociações orientadas para vendas, gestão de consignações, operações dos pedidos e análise de relatórios comerciais. É desejável conhecer as principais áreas de publicação da editora, e ter familiaridade com pacote Office e Winbooks. Os interessados podem enviar um e-mail para atendimento@editoraperspectiva.com.br.

PublishNews, Redação, 09/09/2021

A editora On Line, que atua há 21 anos no mercado de revistas e livros licenciados e em HQ, abriu uma vaga para auxiliar comercial. O contratado irá apoiar o setor comercial ajudando em todos os processos de venda, atendimento ao cliente, acompanhamento de pedidos, apoio logístico na gestão de mercadorias, embarque de encomendas e reposição de estoque, controle nos processos de consignação e no cadastro de clientes e produtos no sistema. Os benefícios incluem vale transporte e refeição, assistência médica e participação nos lucros e resultados. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail rh2@editoraonline.com.br até 05 de outubro.

PublishNews, Redação, 09/09/2021

Com a sensibilidade e o carisma já conhecidos pelos leitores de A culpa é das estrelas, Quem é você, Alasca? e Tartarugas até lá embaixo, o primeiro livro de não ficção de John Green, Antropoceno: notas sobre a vida na Terra (Intrínseca, 384 pp, R$ 49,90 - Trad.: Alexandre Raposo e Ulisses Teixeira), é uma celebração da capacidade humana de se apaixonar pelo mundo. Baseado em seu podcast de sucesso, The anthropocene reviewed, e usando um sistema de avaliação de cinco estrelas, o livro traz ensaios bem-humorados sobre temas diversos, como as pinturas de Lascaux, Banco Imobiliário, ursinhos de pelúcia, o cometa Halley, entre outros. Ao longo de mais de 40 ensaios, alguns inéditos, o autor mergulha em diversos aspectos contraditórios da humanidade, analisando nossas fraquezas e capacidades, com a certeza de que, para o bem ou para o mal, no Antropoceno não há observadores desinteressados, apenas participantes.

PublishNews, Redação, 09/09/2021

O romancista Alberto Mussa já empreendeu alguns feitos notáveis fora do campo da ficção. Traduziu diretamente do árabe poesias pré-islâmicas e restaurou um mito tupinambá a partir do estudo de fragmentos e relatos. Passados 12 anos depois deste último, Mussa volta a tratar de uma narrativa mitológica num ensaio. Em A origem da espécie (Record, 352 pp, R$ 54,90), o autor se propõe a desvendar alguns mistérios acerca dos mitos da origem do fogo. À semelhança de um filólogo que estuda e compara diversos manuscritos antigos e anônimos de um mesmo poema ou narrativa, Alberto Mussa escreve aqui, em sua obra mais pessoal, o que pensa — ou o que sente — sobre o roubo do fogo, assim como sobre a compreensão da verdadeira noção de humanidade, concebida no paleolítico, ou a de sociedade, como existe hoje.

“Não nasci rodeada de livros. Nasci rodeada de palavras. E tenho encantamento por elas. Meus ouvidos foram muito treinados para escuta e meus olhos para a observação.”
Conceição Evaristo
Escritora brasileira, na Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL)
1.
Mentirosos
2.
Batman/Fortnite Vol. 03
3.
Batman/Fortnite Vol. 01
4.
Vermelho, branco e sangue azul
5.
Mais esperto que o diabo
6.
Torto arado
7.
Os sete maridos de Evelyn Hugo
8.
Amor & gelato
9.
As 9 leis inegociáveis da vida
10.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
 
PublishNews, Redação, 09/09/2021

Está mais do que na hora de pessoas bem-sucedidas falarem abertamente sobre o uso recreativo de drogas – é o que defende o neurocientista Carl Hart na obra Drogas para adultos (Zahar, 328 pp, R$ 79,90 – Trad.: Pedro Maia Soares). Sem esconder sua condição de usuário, em total equilíbrio com uma vida plena e produtiva, ele ilustra os inúmeros benefícios do uso responsável por adultos e argumenta que o maior dano das drogas decorre de sua ilegalidade. De acordo com o autor, a sua demonização e criminalização em países como os EUA e o Brasil têm sido um flagelo imenso, contribuindo para a discriminação racial, marginalização e mortes. Essa, contudo, nem sempre foi sua visão. Por anos, Hart buscou provar que o uso de drogas é perigoso, até que os resultados de seus estudos não sustentaram mais tal hipótese. Em Drogas para adultos, ele descreve sua luta para convencer outros pesquisadores da área de que atuam sob o véu do preconceito, impedindo a adoção de novos tratamentos e políticas humanas mais saudáveis; e narra sem hipocrisia porque decidiu não mais se calar diante da ideologia moralista e punitiva que cerca o tema.

PublishNews, Redação, 09/09/2021

O Manifesto da Cannabis (Vista Chinesa, 220 pp, R$ 73 – Trad.: Brena O’Dwyer) é tanto um chamado à ação quanto uma visão radical da relação dos seres humanos com esta planta curativa e polêmica. Steve DeAngelo, o fundador do Harborside Health Center, o maior dispensário de cannabis do mundo, apresenta uma ideia para a maconha como um catalisador do bem-estar que deve ser legalizado. Sua visão de que não existe tal coisa como o uso recreativo da maconha desafia os leitores a repensar tudo o que pensavam saber sobre a planta. A obra ainda responde a perguntas essenciais, usando uma extensa pesquisa para alimentar uma discussão ponderada sobre a ciência e as leis sobre a maconha, bem como seus efeitos biológicos, mentais e espirituais sobre os seres humanos. Ao exigir uma política realista sobre uma substância que tem sido usada pela metade dos estadunidenses, esse livro pretende mudar a maneira como o mundo pensa sobre a maconha, seus benefícios e as leis que regem seu uso.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.