Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 23/08/2021
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews, Redação, 23/08/2021

Para o mercado editorial, a pré-venda passou de um mero termômetro de vendas para uma das mais importantes estratégias comerciais na vida de um livro. E muitas editoras apostam forte nisso, oferecendo aos leitores promoções, brindes e vantagens que vão de um autógrafo no livro a um encontro virtual com o autor. O Podcast do PublishNews quis saber quais as boas práticas na hora de planejar uma pré-venda e convidou Ricardo Perez, líder de gestão de livros da Amazon, e o editor Gustavo Faraon (Dublinense) para conversar sobre o assunto. De um lado, uma megavarejista que busca fazer projetos exclusivos com seus fornecedores de livros e, do outro, uma editora independente que busca diversificar os canais na hora de pensar as suas pré-vendas. Na conversa, eles responderam se ela realmente ajuda na visibilidade de uma obra; se funciona para todo tipo de livro; como é feita e quais as boas práticas para engajar o leitor e alcançar resultados. O Podcast do PublishNews é um oferecimento da MVB, a empresa que torna os seus livros visíveis com serviços como Metabooks e Pubnet, e da UmLivro, novo modelo de negócios para o mercado editorial: mais livros e mais vendas. Você também pode ouvir o programa pelo Spotify, iTunes, Google Podcasts, Overcast e YouTube. Clique no Leia Mais para conferir o episódio.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

O Brazilian Publishers (BP), projeto setorial de incentivo à exportação de conteúdos editoriais, apresentou aos editores internacionais as suas apostas para a Feira do Livro de Frankfurt (20 a 24/10). Nesse ano, o BP separou os títulos em três catálogos: Infantis e Infantojuvenis, Ficção e Não Ficção e CTP e Religiosos. Além de uma sinopse sobre cada um dos livros, o catálogo traz informações sobre a disponibilidade para a compra de direitos autorais. Os catálogos estão disponíveis em inglês e, em breve, sairão também em espanhol. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

Na semana passada, o PublishNews noticiou a abertura do período de compra de ingressos para Feira do Livro de Frankfurt (20 a 24/10). A nota trazia a informação de que as fronteiras da Alemanha estavam fechadas para brasileiros. Naquela data, a Alemanha considerava o Brasil como “zona com variantes do vírus”. No fim da semana, o país europeu passou a classificar o Brasil como “zona de alto risco”. Com isso, abriu a possibilidade de entrada de brasileiros em solo alemão, desde que apresentem comprovante de imunização completa (as duas doses ou a dose única mais 14 dias) com uma das vacinas arroladas no site do Paul-Ehrlich-Instituts (PEI). Das aplicadas no Brasil, o instituto lista AstraZeneca, Pfizer (Comirnaty) e Jansen. Os interessados devem, então, preencher o registro de entrada que deverá ser apresentado, junto com o comprovante de vacinação, no momento do controle de fronteira. As companhias aéreas também exigirão os documentos no check in. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

Cinthia Favilla, gerente executiva responsável pelas últimas edições da Bienal do Livro de São Paulo, voltou a trabalhar na Câmara Brasileira do Livro (CBL). Em fevereiro desse ano, ela foi contratada como gerente de produção de eventos da SPTuris, empresa oficial do turismo e eventos da cidade de São Paulo. Depois de sete meses, a profissional voltou para a CBL e reassumiu o cargo. Já está em contato com editoras para planejar a edição de 2022 do evento.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

A Folha noticiou que audiolivros piratas se disfarçam de podcast e viralizam nas plataformas de streaming. Gravações amadoras de obras como Harry Potter e Percy Jackson driblam direitos autorais e podem pôr em risco o setor. Spotify e Apple Podcasts, que são as maiores plataformas onde esse material é veiculado, não responderam aos questionamentos do jornal acerca do problema até a publicação da reportagem. Já o Deezer informou que trabalha contra a pirataria com ajuda de especialistas. O Google, por sua vez, afirmou a que sua plataforma de podcasts, o Google Podcasts, só agrega conteúdo de outros aplicativos, motivo pelo qual, dizem, não há o que ser feito. O YouTube, por fim, disse que depende que as editoras, o autor ou quem quer que seja o proprietário do conteúdo pirateado faça uma denúncia para que a plataforma providencie a remoção. Depois de ter anunciado o fechamento da Mercearia São Pedro - mesmo com seu irmão alegando o contrário - Marcos Benuthe, um dos sócios do bar-literário, planeja abrir um espaço só seu até o fim deste ano. Segundo o Guia Folha, batizado de Bar e Livraria Ria, o estabelecimento fica a 400 metros ou cinco minutos de caminhada da "Merça" — nome pelo qual o bar que mantém com seu irmão, Pedro Anis, é conhecido entre escritores, artistas, boêmios e clientes na paulistana Vila Madalena. "Vai ser a filha bastarda da Mercearia São Pedro. Uma livraria que vende cervejas, sanduíches, cafés e porções, como na Merça. É pequeninho. Tem uma calçadinha, onde vão caber umas seis mesas”, diz Benuthe ao telefone para o Guia Folha, ao som das marteladas da obra que já é conduzida no sobrado que abrigará a Ria. O Estadão informou que a Biblioteca Monteiro Lobato reabre nesta segunda-feira (23) após polêmica com fim de seção histórica. Principal biblioteca para crianças de São Paulo e guardiã do acervo de Monteiro Lobato reencontra o público mais de um ano depois do início da pandemia. Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

No próximo dia 2, o Núcleo de Estratégias e Políticas Editoriais (Nespe) dá início ao curso livre de Tradução Editorial, que tem por objetivo formar profissionais que desejam aprimorar suas técnicas de tradução e se tornarem mais eficientes. As aulas, on-line, serão conduzidas por Bruno Fiuza e Roberta Clapp e nelas, os alunos aprenderão os processos de tradução, desde o recebimento da proposta de trabalho até o momento da entrega da versão final, os aspectos teóricos e as particularidades linguísticas. As aulas on-line acontecem sempre às quintas, das 19h às 21h e o investimento pode ser dividido em 5x de R$ 399.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

Uma bruxa no tempo (Trama, 416 pp, R$ 59,90 - Trad.: Carolina Selvatici), livro de Constance Sayers, conta a história de Helen Lambert. Helen viveu várias vidas: uma jovem pianista na Paris dos anos 1890, uma atriz na Hollywood dos anos 1930, uma estrela do rock da década de 1970… só que ela não sabe disso. Até que conhece um homem que afirma tê-la acompanhado por séculos, que diz estar ligado a ela desde sempre. Helen não acredita nele. Afinal, sua vida é tão normal quanto a de qualquer outra mulher de seu tempo, que tem sua individualidade e sua carreira. Mas seus sonhos, muito vívidos, começam a lhe trazer de volta a memória de vidas interrompidas e um amor trágico. Presa em uma maldição, Helen será forçada a reviver os mesmos eventos sinistros que arruinaram suas vidas anteriores. No entanto, cada renascimento lhe trouxe poderes sobrenaturais que ela ainda não conhece, e é com esta versão empoderada de si mesma que vai desafiar o espaço e o tempo para quebrar esse feitiço, antes que seja tarde demais.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

Pátroclo, um jovem e tímido príncipe, acaba exilado no reino de Fítia, após um acontecimento trágico. Em seu novo lar, longe de tudo o que conhecia, ele encontra Aquiles – filho do rei e da deusa Tétis. Aquiles é tudo o que Pátroclo não é: extraordinário em todos os sentidos, belo e com um futuro brilhante já delimitado por uma profecia. Mesmo com essas diferenças, eles desenvolvem uma conexão profunda e se tornam inseparáveis. Durante anos, passam a vida assim, lado a lado, crescendo juntos. E, quando se tornam jovens adultos, esse relacionamento muda para algo ainda mais intenso. A vida idílica que levam é interrompida quando surge a notícia de que Helena de Esparta foi raptada e que os homens gregos devem partir imediatamente para Troia a fim de libertá-la. Aquiles vê nessa guerra a oportunidade perfeita para enfim cumprir seu destino heroico e decide deixar para trás a corte e seguir para a batalha. Pátroclo, movido pelo amor que sente por Aquiles, o acompanha. No entanto, mal sabem eles que, além de glória e amor, o destino também tem reservado uma grande dose de sacrifícios. Baseada na Ilíada de Homero, A canção de Aquiles (Minotauro, 336 pp, R$ 59,90 – Trad.: Gilson Cesar Cardoso de Sousa) é uma história sobre o poder do amor e a força do destino, mas também das grandes batalhas entre deuses e reis, de paz e glória, de fama eterna e dos segredos do coração humano.

“A Aprovação da lei [do preço fixo] é a maior luta da nossa classe.”
Alexandre Martins Fontes
Dono da Livraria Martins Fontes Paulista
1.
As 9 leis inegociáveis da vida
2.
Vermelho, branco e sangue azul
3.
Política é para todos
4.
Mentirosos
5.
Batman/Fortnite Vol. 03
6.
Mais esperto que o diabo
7.
Os sete maridos de Evelyn Hugo
8.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
9.
Torto arado
10.
Do mil ao milhão
 
PublishNews, Redação, 23/08/2021

Há muitos motivos pelo qual a dona de casa Lucia Holley não gosta do sujeito que está namorando sua filha adolescente: é um homem de 35 anos, casado, que parece estar cheio de interesses escusos. Com seu marido distante, lutando na guerra há dois anos, a Sra. Holley tenta resolver a situação por conta própria, e convencer o casal a terminar o namoro. Não dá certo. E quando ele aparece morto na lancha dos Holley, Lucia não tem escolha a não ser se desfazer do corpo e tentar preservar a aura de inocência de sua família de classe-média. Para isso, terá que lidar com sujeitos desagradáveis que tentarão extorqui-la, além de um detetive que parece enxergar por trás das aparências. Retrato de uma geração na qual se esperava que as mulheres servissem de pôster para uma família perfeita e bem estabelecida, Fachada (DBA, 256 pp, R$ 59,90 – Trad.: Stephanie Fernandes), de Elisabeth Sanxay Holding, é um thriller que desconstrói a imagem reluzente dos EUA dos anos 1940, revelando camadas de violência, misoginia e racismo no substrato daquela sociedade.

PublishNews, Redação, 23/08/2021

Em Força da natureza (Morro Branco, 416 pp, R$ 54,90 – Trad.: Mariana Kohnert), novo thriller da autora Jane Harper, cinco mulheres relutantemente pegam suas mochilas e começam a caminhar por uma trilha lamacenta. Apenas quatro saem do outro lado. E cada uma delas conta uma história diferente sobre o ocorrido. A caminhada pela acidentada cordilheira Giralang pretendia tirar os colegas de escritório de sua zona de conforto e ensinar resiliência e espírito de equipe. Ou ao menos era o anunciado pelo site de retiro corporativo. O agente federal Aaron Falk tem um interesse particular no paradeiro da funcionária desaparecida, pois trata-se de Alice Russell, uma informante que possui dados confidenciais sobre a empresa e seus colegas de trabalho. Os relatos dissonantes contam uma história de suspeita, violência e confiança quebrada e, à medida que Falk avança na investigação, se vê envolto por segredos e perigos mais profundos do que poderia imaginar.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.