Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 12/08/2021
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews, Redação, 12/08/2021

Fernanda Melchionna | © Sidnei MohrNa próxima segunda (16), às 18h, vai ao ar o terceiro episódio do Sabatina PublishNews, programa mensal que reúne uma bancada diversa para sabatinar uma personalidade. Quem estará no centro da roda dessa vez será a deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL / RS), que preside na Câmara dos Deputados a Frente Parlamentar Mista do Livro e da Leitura. Dentre seus feitos, Melchionna é autora do PL 2604/2020 que quer facilitar o acesso de livrarias e editoras a linhas especiais de crédito durante a pandemia e em maio reuniu assinaturas suficientes para fazer tramitar uma emenda ao Projeto de Lei 3887/20, que quer criar a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS). A proposta de Melchionna é que fique proibida a incidência desse tributo sobre o livro, que tem a sua imunidade tributária garantida na Constituição Federal. A bancada desta edição do Sabatina será formada por José Castilho Marques Neto, doutor em Filosofia, consultor do Cerlalc e ex-diretor geral da Biblioteca Mário de Andrade (SP) e ex-Secretário Executivo do PNLL (MinC e MEC); Fernanda Gomes Garcia, advogada e diretora executiva da Câmara Brasileira do Livro (CBL); Maria das Graças Monteiro Castro, bibliotecária, editora e coordenadora do Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (Libris/UFG), e Ruan Gabriel, repórter de cultura do jornal O Globo, especializado na cobertura de livros e mercado editorial. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews+, Leonardo Neto, 12/08/2021

A categoria “Livros, jornais, revistas e papelaria” ganhou destaque nesse mês como a que apresentou maior crescimento na comparação mensal (maio com junho de 2021) – 5% | © Leonardo NetoO IBGE divulgou, nesta quarta-feira (11) os resultados da sua Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), referente ao mês de junho. No geral, o comércio varejista nacional recuou 1,7% com relação a maio. Na comparação anual, com junho de 2020, no entanto, a pesquisa mostra crescimento de 6,3%. É a quarta taxa positiva consecutiva nessa base de comparação. O acumulado no ano ficou em 6,7% e o acumulado em 12 meses foi de 5,9% em junho. A categoria “Livros, jornais, revistas e papelaria” ganhou destaque nesse mês como a que apresentou maior crescimento na comparação mensal (maio com junho de 2021) – 5%. Na comparação anual, o segmento apresenta crescimento de 17,1%, perdendo só para “Tecidos, vestuário e calçados” (61,8%) e “Outros artigos de uso pessoal e doméstico” (22,6%). A íntegra desta nota está no PublishNews+, a área exclusiva para assinantes do PN. Os artigos estão disponíveis gratuitamente na plataforma e para acessá-los é preciso fazer um cadastro prévio clicando aqui. Com o cadastro feito e logado na plataforma, você poderá ler o artigo clicando aqui.

PublishNews+, Redação, 12/08/2021

O PublishNews+, área exclusiva para assinantes do PN, tem adiantado, semanalmente, os livros que só chegarão às livrarias daí a 45 dias. O serviço, chamado de Próximo Capítulo, é realizado graças a uma parceria com a MVB / Metabooks e tem por objetivo municiar livreiros de informações do que está no prelo das editoras. Nessa semana, o Próximo Capítulo traz as novidades que chegarão às livrarias entre os dias 26 de setembro e 02 de outubro. Entre as novidades, estão Amazônia (Taschen), de Sebastião Salgado; Recurso final - A investigação da Polícia Federal que levou ao suicídio de um reitor em Santa Catarina (Objetiva), de Paulo Markun; Billy Summers (Suma), de Stephen King; Caro Michele (Companhia das Letras), de Natália Ginzburg; Capitalismo dependente e classes sociais na América Latina (Global), de Florestan Fernandes, e O recado do morro (Global), de João Guimarães Rosa. Ao todo, o Próximo Capítulo dessa semana traz 27 novidades. Clique aqui para conferir todas elas. Por enquanto, o Próximo Capítulo está aberto para todos os que se cadastrarem na plataforma, mas em breve, o serviço ficará exclusivo para os assinantes do PN+. A nova seção se soma a outros serviços oferecidos aos assinantes do PN+, como o Radar de Licitações e o Apanhadão Diário. Clique aqui para saber como ser um assinante do PN+.

PublishNews, Redação, 12/08/2021

A Novo Século está à procura de um assistente e de um coordenador de produção de livros. Para a vaga de assistente, é necessário formação em Produção Editorial, Jornalismo, Comunicação Social ou Letras; conhecimento do Pacote Adobe; inglês intermediário e experiência na área editorial. A editora espera uma pessoa apaixonada por literatura, que seja organizado e que goste de trabalhar em equipe. As funções do cargo incluem o suporte aos coordenadores na produção editorial, como contato com autores, captação de novos colaboradores; redação de aparatos editoriais, bem como suporte nas etapas de pré-impressão. Já o coordenador de produção será responsável pela prospecção de títulos e novos produtos; recebimento e avaliação de originais; criação de novos produtos; análise de contratos; acompanhamento de contratos e licenciamentos nacionais e internacionais; contato com agências e autores nacionais e internacionais; e análise e acompanhamento de criação de campanhas junto ao Marketing. É necessário ter conhecimento e experiência de mercado editorial. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail rh@gruponovoseculo.com.br especificando no assunto o nome do cargo desejado. Mais informações sobre as vagas estão nos links correspondentes.

PublishNews, Redação, 12/08/2021

A editora brasileira Ex Machina e o Sebo Clepsidra se juntaram com as editoras nórdicas Sagarana Forlag (Islândia) e Aleph Bokförlag (Suécia) para trazer para o leitor brasileiro a primeira tradução mundial de Poderes das trevas (Mörkrets makter). Publicado originalmente em formato de folhetim como sendo uma tradução para o sueco de Drácula, de Bram Stoker, o texto traz elementos que constam em anotações deixadas pelo próprio autor, mas que nunca foram incluídas na edição inglesa do clássico do terror. A edição chegará ao leitor brasileiro com tradução direta do sueco feita por Luciano Dutra, ilustrações originais, uma introdução do editor sueco Rickard Berghorn; um detalhado índice onomástico e temático; e notas da edição original, notas da edição sueca moderna e notas exclusivas para a edição brasileira. Para viabilizar a publicação, a obra está em financiamento coletivo no Catarse até o dia 10 de outubro, com metas estendidas que poderão incrementar a edição com mais paratextos, ilustrações e melhorias no acabamento. Até o momento, a campanha, que dará aos apoiadores brindes como marcadores, ecobag, cadernos, pôsteres e cupons, já alcançou 127% da meta. Para apoiar o projeto, clique aqui.

PublishNews, Redação, 12/08/2021

O Prêmio Caio Fernando Abreu de Literatura, iniciativa do Festival Mix Literário e da Editora Reformatório, está com inscrições abertas até 31 de agosto. O concurso, criado para valorizar a produção literária brasileira feita por pessoas LGBTQIA+, prevê a publicação de uma obra inédita nos gêneros romance, conto crônica ou poesia. O vencedor terá sua obra publicada pela Editora Reformatório com tiragem de 500 exemplares distribuídos comercialmente no primeiro semestre de 2022. Sugere-se que o tema do livro se relacione com as vivências LGBTQIA+ e deve ser escrito em língua portuguesa. Além disso, cada concorrente pode participar com apenas uma obra e o original deve ter entre 86 e 152 páginas. Todas as especificações você encontra clicando aqui. O PDF deve ser enviado para o e-mail premiocaiofernandoabreu@gmail.com.

PublishNews, Redação, 12/08/2021

Somos capazes de cometer atos terríveis de violência, mas também de agir de forma igualmente bondosa e empática uns para com os outros. Em Comporte-se (Companhia das Letras, 808 pp, R$ 129 – Trad.: Vanessa Barbara e Giovane Salimena), Robert M. Sapolsky explora as diferentes camadas que compõem cada um dos comportamentos humanos, buscando entender como nosso cérebro evoluiu em paralelo com a cultura ― e como essa complexa dinâmica ajuda a definir os impulsos que nos moveram ao longo da história. Eleito um dos melhores livros de 2018 pelos jornais Washington Post e Wall Street Journal, e narrado com sensibilidade e bom humor, Comporte-se é um trabalho que investiga não só o que nos torna humanos, mas os problemas que nos afligem desde sempre: a intolerância, a violência e os limites entre a moralidade e o livre-arbítrio.

PublishNews, Redação, 12/08/2021

O geneticista e biólogo celular Paul Nurse dedicou a carreira a desvendar o funcionamento de células vivas. Em O que é a vida? (Intrínseca, 256 pp, R$ 59,90 – Trad.: Lívia de Almeida), ele aceita o desafio de descrever o ciclo celular e, consequentemente, o que significa estar vivo de um jeito descomplicado, acessível a todos os leitores. Para explicar o que é a vida, Nurse aborda cinco grandes ideias que são a base da biologia: a célula, o gene, a evolução por seleção natural, a vida enquanto química e a vida enquanto informação. Além de tratar de questões fundamentais e contar sobre o próprio trabalho e suas importantes descobertas, ele apresenta outros cientistas que contribuíram para os avanços mais notáveis. E, ao falar de suas experiências dentro e fora do laboratório, compartilha conosco os desafios, os lances de sorte e os momentos emocionantes de revelações. Com uma linguagem direta e clara, o autor escreve sobre a riqueza da vida, conferindo à biologia o devido reconhecimento em nosso tempo.

“Com leitura são formados cidadãos mais críticos, autônomos e mais bem qualificados.”
Fátima Bezerra
Governadora do Rio Grande do Norte
1.
Mentirosos
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Vermelho, branco e sangue azul
4.
Escravidão -Vol 2
5.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
6.
Torto arado
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
Do mil ao milhão
9.
Box Harry Potter
10.
A nova batalha
 
PublishNews, Redação, 12/08/2021

Mente e cérebro parecem indissociáveis. Mas existe um local específico no cérebro que abriga a consciência? Se sim, como ela é produzida? Será possível que a consciência – ou alma – sobreviva à morte? As experiências de quase morte (EQMs), nas quais determinadas pessoas, em incidentes graves, sentem que deixam o corpo e vivenciam uma série de fenômenos inexplicáveis, têm fascinado milhares de pessoas. Além das similaridades presentes nos relatos – túneis de luz, encontro com entes queridos, sensação de paz extrema, comunhão com o universo e desejo de não retornar à vida que conhecia –, tais experiências ocorrem com indivíduos de todas as etnias, religiões e classes sociais. Em Experiências de quase morte (Summus, 208 pp, R$ 49,99), o neurocirurgião Edson Amâncio deixa verdades absolutas de lado e, com sua visão de médico e pesquisador, mergulha no estudo das EQMs. Para isso, parte tanto de uma completa revisão de casos mencionados na literatura quanto dos relatos que ouviu de seus pacientes e de pessoas com quem conversou ao longo de quase duas décadas. O prefácio foi escrito pelo neurocientista e escritor Sidarta Ribeiro.

PublishNews, Redação, 12/08/2021

Eis alguns fatos: as mulheres vivem mais que os homens. Elas têm o sistema imunológico mais forte, maior capacidade de combater o câncer e de sobreviver à fome, e ainda enxergam o mundo em uma gama maior de cores. Por meio de uma narrativa clara, que reúne pesquisas e diversos estudos de caso, além de experiências pessoais e dos próprios pacientes, o médico Ph.D Shäron Moalem escreveu A melhor metade (Cultrix, 288 pp, R$ 50 – Trad.: Mirtes Frange de Oliveira Pinheiro). No livro, ele mostra por que as mulheres superam geneticamente os homens em resiliência, intelecto, vigor, imunidade e muito mais. Para o dr. Shäron a resposta está na genética: dois cromossomos X oferecem uma enorme vantagem em termos de sobrevivência. O autor demonstra que desde bebês prematuras até idosas o sexo feminino mais condições de sobreviver e de superar as adversidades da vida por serem mulheres.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.