Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 16/07/2021
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews, Talita Facchini, 16/07/2021

Alexandre Coimbra Amaral | © DivulgaçãoHá exatamente um ano, a editora Planeta lançava por aqui o selo Paidós, focado em discutir e buscar perguntas certeiras para algumas das principais questões da humanidade. No catálogo, obras ligadas à psicologia e à mente humana para tratar temas como depressão, relacionamentos abusivos e ansiedade. Essa semana, o Paidós fez sua estreia na Lista dos Mais Vendidos do PublishNews com a obra Cartas de um terapeuta para seus momentos de crise, do psicólogo e terapeuta Alexandre Coimbra Amaral e que garantiu o 19º lugar em Não Ficção com 244 exemplares vendidos. Na semana passada, o livro foi citado no programa Encontro com Fátima Bernardes. "Eu tenho lido e ele me ajudou muito", disse a apresentadora ao indicar a obra ao marido do humorista Paulo Gustavo, que faleceu há dois meses. No livro, Amaral reúne 14 cartas cujos remetentes são as emoções humanas, numa tentativa de ajudar os leitores nos seus momentos de crise. Além de Cartas de um terapeuta, a lista dessa semana trouxe outras seis novidades e mais duas delas também estão em Não Ficção: Devocionário do sangue de Jesus (Angelus), de Raquel Carpenter, que garantiu o 3º lugar em Não Ficção e o 9º da Lista Geral ao vender 1.078 cópias na semana e O expresso Sócrates (Alta Life), de Eric Weiner, com 271 exemplares vendidos. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

A Blooks Livraria é uma das participantes da primeira fase do projeto | © DivulgaçãoA Câmara Brasileira do Livro (CBL) lançou essa semana, em parceria com as distribuidoras Catavento, Inovação, Loyola e Disal, um novo projeto para auxiliar o comércio eletrônico de livros em todo o Brasil. A ideia do Conexão Livraria é utilizar a estrutura, processos e tecnologia de um grande e-commerce aliada à disponibilidade e à logística das distribuidoras para que pequenos comerciantes tenham a mesma experiência e competitividade no mercado editorial. O piloto acontece em parceria com o Mercado Livre, que já conta com a presença de grandes livrarias como Martins Fontes Paulista e Leitura, por exemplo, mas a ideia é que o modelo de negócio seja replicado com outros parceiros no futuro. Na prática, funciona da seguinte forma: o Mercado Livre participa com toda sua estrutura de segurança e pagamento; as distribuidoras cuidam da operação logística, conectando seu estoque com a loja principal, e as livrarias se conectam ao espaço como lojas associadas, recebem um link personalizado e são remuneradas com comissão pelas vendas. A primeira fase do projeto contará com a participação de sete livrarias e da distribuidora Catavento. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

O Prêmio Barco a Vapor, iniciativa da Fundação SM que busca revelar novos autores e estimular a criação literária nacional, anunciou essa semana, a obra vencedora da sua 17ª edição. A escolhida foi Sp_Granja_Trip, do escritor e humorista Geovany Hércules Mendes Limão e que busca retratar a realidade da periferia paulistana. O livro conta o dia a dia da vida de um grupo de jovens do Grajaú, na periferia de São Paulo: seus ideais e projetos de vida, seus gostos musicais, artísticos e literários; suas formas de sobreviver, de se relacionar e se divertir. Amparados pela amizade, pela convivência na comunidade e nas famílias, eles lidam com dificuldades, amadurecem e buscam se afirmar e se superar mantendo vivos seus sonhos e ideais. "Estou muito feliz e surpreso. A ficha ainda não caiu. Sp_Graja_Trip foi a minha tentativa de mostrar que as características mais definidoras das periferias de São Paulo não são a violência urbana e o crime, mas sim a rede de afetos e solidariedade que seus habitantes constroem”, contou Geovany ao saber da notícia. Ele leva para casa o prêmio de R$ 40 mil, além da publicação da obra pela SM Educação. A cerimônia de premiação será realizada em novembro no formato on-line, por conta da pandemia, em data a ser definida.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

A Editora Escuta, especializada na publicação de livros de psicanálise, abriu uma vaga para auxiliar comercial. Para o cargo, é preciso ter domínio do pacote Office, em especial Excel, conhecimento em ERP, experiência anterior no mercado editorial e ter flexibilidade de horário para eventuais trabalhos à noite (feiras, lançamento, cursos) e pequenas viagens. Conhecimento do sistema ERIS será um diferencial. O contratado será responsável pela emissão de notas fiscais e pedidos de compra, controle de estoque e contato com transportadoras. recebimento de mercadoria e conferência de produtos, negociar e controlar consignações, pelas trocas e devoluções de livros e pelo atendimento ao público. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail selecao20@editoraescuta.com.br.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

Esse mês, o Goethe-Institut São Paulo tem mais dois eventos na sua agenda. O primeiro deles acontece logo mais, às 16h, e irá discutir a tradução de quadrinhos no Brasil, suas perspectivas e práticas. Desde os anos 2000, a tradução de quadrinhos tem entrado no espectro de pesquisadores, professores de tradução e em livros didáticos, além de surgir como um ramo divertido de se dedicar ao trabalho de tradução. Na palestra-conversa, a tradutora Barbara Zocal da Silva irá apresentar um panorama desses olhares diversos sobre a tradução de HQs, indicando possíveis caminhos para quem quer se aventurar nesses espaços. Para participar do evento, clique aqui. E na próxima quinta (22), às 19h, o Goethe realiza mais uma edição do Telas literárias, o seu clube de leitura virtual. Na ocasião, o jornalista Carlos André Moreira irá falar sobre o livro A raposa já era o caçador, de Herta Müller. Mais informações você encontra no site do Goethe-Institut.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

Como se forma um indivíduo em seu núcleo íntimo e familiar e como se dá a passagem para a vida em sociedade? Tudo começa em casa (Ubu, 336 pp, R$ 69,90 – Trad.: Paulo César Sandler), organizado postumamente por Clare Winnicott e outros dois editores da obra de Winnicott, Ray Shepherd e Madeleine Davis, reúne palestras e conferências realizadas por Winnicott para públicos diversos. De uma discussão sobre o conceito do indivíduo saudável – tratando de agressividade, culpa, reparação, depressão, delinquência –, o livro caminha do universo doméstico, da relação mãe-bebê e o seu entorno, para um ambiente familiar mais amplo e finalmente aborda questões ligadas à sociedade. Os textos retomam como numa espiral, uma e outra vez, os conceitos chave da obra do psicanalista e pediatra, como o “fenômeno transicional” e o “falso self”, sempre pensados à luz de um contexto específico. As falas de Winnicott se originam muitas vezes de casos trazidos pelo público ou por sua experiência clínica, por isso sempre têm um caráter afetivo e envolvente para o público geral.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

Num mundo saturado pela cultura da imagem, das selfies, da body art e das intervenções cirúrgicas, Um outro Narciso (Aller, 256 pp, R$ 72,90 – Trad.: Inesita Machado), livro de Colette Soler, apresenta uma revisão do conceito de narcisismo e levanta a pergunta: como foi possível imaginar que a psicanálise reduziria o narcisismo dos sujeitos? Além de reler os mitos de Édipo e de Narciso, Soler se debruça sobre o conceito lacaniano de escabelo, concluindo que é preciso declinar o narcisismo no plural, posto que ele não se reduz ao amor pela própria imagem. De forma sagaz e peculiar, a autora afirma que os desejos e as pulsões se manifestam como autoafirmação e despertam, por consequência, sentimentos como inveja e ciúmes. Um outro Narciso é, assim, um convite a refletir sobre a complexidade de um conceito nada pacificador, que pode gerar efeitos reprováveis e muitas vezes punidos pela sociedade e pela religião.

PublishNews, Redação, 16/07/2021

Na obra O luto no século 21 (Summus, 184 pp, R$ 73,80), Maria Helena Pereira Franco, especialista no assunto, reúne décadas de experiência no atendimento a pessoas enlutadas e na formação de profissionais que atuam nesse campo. Mais que isso, oferece um amplo panorama a respeito das teorias e pesquisas sobre luto, sempre se valendo do rigor científico e de uma visão peculiar desse processo, que integra aspectos psíquicos, sociais, cognitivos, espirituais e físicos. Tomando por base a teoria do apego, de Bowlby, a autora aborda, entre outros temas, os diversos tipos de luto, seus fatores predisponentes, recursos para o diagnóstico e modos de intervenção terapêutica. Obra fundamental para estudantes e profissionais de Psicologia, Tanatologia, Medicina, Enfermagem e Serviço Social.

“Precisamos de mais leitura e de menos golpes.”
Luís Henrique Pellanda
Escritor brasileiro em entrevista ao jornal Cândido
1.
Mentirosos
2.
Vermelho, branco e sangue azul
3.
Torto arado
4.
Escravidão -Vol 2
5.
Mais esperto que o diabo
6.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
7.
Do mil ao milhão
8.
Desobedeça
9.
Devocionário do sangue de Jesus
10.
Corte de espinhos e rosas
 
PublishNews, Redação, 16/07/2021

Em Diagnóstico e destino (Âyiné, 196 pp, R$ 69,90 – Trad.: Julia Scamparini) – que ganha sua primeira edição no Brasil – o psiquiatra italiano Vittorio Lingiardi discorre sobre a relação do paciente e médico e sobre a relação do paciente e sua doença. O diagnóstico não é apenas um processo de conhecimento realizado por aquele que tem a obrigação de formulá-lo, mas é também um momento decisivo para o conhecimento de si. Para o autor, receber um diagnóstico é sempre um encontro: com o nosso corpo, com a química dos fármacos, a ciência médica, a (des)confiança na medicina, o cuidado de si, o passado da anamnese, o futuro do prognóstico, a nossa personalidade, a nossa defesa. O livro está dividido em três partes: em Diagnóstico e tormento, o autor reflete sobre o conceito de diagnóstico, sobre a experiência do médico ao formulá-lo e comunicá-lo, fazendo um paralelo com ensaios de Susan Sontag e Virginia Woolf. Na segunda parte, Diagnóstico e defesa, Lingiardi descreve os mecanismos psicológicos, a partir da personalidade do paciente, quando se é diagnosticado. E a terceira e última parte, Diagnóstico e psique é considerada um pouco mais técnica, na qual o autor discorre sobre o universo dos pareceres psicológicos e psiquiátricos. Lingiardi oferece ao leitor, caminhos para compreender as mitologias e os significados do diagnóstico, a experiência dos sintomas, nossa relação com o médico e com a doença.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 16/07/2021

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.