Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 26/05/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Redação, 26/05/2021

Os resultados da Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro, uma das mais importantes para a indústria brasileira do livro, foram apresentados nesta terça-feira (25). A PeV mostrou que, no ano passado, o faturamento das editoras brasileiras apresentou queda real de 10% em relação a 2019 e o ganho de força do canal “Livrarias Exclusivamente Virtuais”, que apresentou crescimento de 84% nessa mesma base de comparação. O estudo, que mantém a mesma metodologia desde 2006, apontou ainda que o subsetor de Obras Gerais cresceu e o de Didáticos caiu. Todas essas informações e a íntegra da apresentação da PeV estão disponíveis gratuitamente no PublishNews+. E para quem quer se aprofundar sobre o tema, o Podcast do PublishNews recebeu nessa semana Mariana Bueno, economista da Nielsen responsável pelo estudo, e Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL). O programa teve ainda a participação de Vitor Tavares, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL). O SNEL e a CBL são as entidades responsáveis pela pesquisa. Juntos com a equipe do PN, eles analisaram os resultados da PeV e deram detalhes que quem olha só para os números, muitas vezes, não consegue ver. Na conversa, Mariana e Marcos falam sobre o impacto da pandemia no setor, sobre o faturamento das editoras, analisam os subsetores e canais de venda, apontam possíveis tendências e mais uma vez, reafirmam a importância do estudo para quem trabalha com livros no Brasil. Vitor Tavares fez uma análise sobre o futuro das livrarias diante dos dados apurados pela pesquisa. Marcos ainda adiantou que está se despedindo da presidência do SNEL, depois de sete anos. Sem revelar seu sucessor, aproveitou para fazer um balanço desse período em que esteve à frente do Sindicato. O Podcast do PublishNews é um oferecimento da MVB, a mais completa e moderna plataforma de metadados para o mercado editorial brasileiro e da UmLivro, novo modelo de negócios para o mercado editorial: mais livros e mais vendas. Você também pode ouvir o programa pelo Spotify, iTunes, Google Podcasts, Overcast e YouTube. Clique no Leia Mais para ouvir o programa.

PublishNews+, Redação, 26/05/2021

O Radar de Licitações, seção fixa do PublishNews+, traz essa semana dois editais para contratação de serviços de tradução e/ou revisão. O primeiro deles é para a redação, revisão e diagramação de 10 mil laudas de texto e o segundo, para a contratação de empresa especializada em prestação de serviços de tradução, versão e revisão de artigos científicos e textos relacionados com a pesquisa científica e educacional. As disputas de ambos os editais está marcada para o dia 1º de junho. O Radar de Licitações é um serviço do PublishNews+, área exclusiva de assinantes do PublishNews, em parceria com Natália Vieira. Para acessar o Radar dessa semana, clique aqui.

PublishNews, Leonardo Neto, 26/05/2021

Programa de apoio à tradução da feira dos Emirados Árabes Unidos oferecer bolsas de US$ 2,5 mil a US$ 4 mil e permite a tradução de livros, e-books ou audiolivros | © Divulgação Feira de Abu DhabiA pandemia bagunçou o calendário de países homenageados da Feira do Livro de Frankfurt. O ano passado, quando a feira presencial foi cancelada, o Canadá deveria ser o convidado de honra e a Espanha, agora, em 2021. Tudo isso foi postergado em um ano. Com isso, a homenagem a Espanha ficou para 2022. No entanto, a Feira do Livro de Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos (EAU), anunciou nesta quarta-feira (26) que prestará homenagens à Espanha ainda em 2021. A 40ª edição da feira acontecerá em novembro. E por falar nos EAU, em Abu Dhabi acontece, até o próximo dia 29, a 30ª edição da sua Feira Internacional do Livro. Reunindo expositores de mais de 40 países, o evento acontece na modalidade híbrida (de acordo com o Our World in Data, 51,38% dos habitantes dos EAU já receberam pelo menos uma dose e 39,3% estão completamente vacinados). Desde 2009, a feira mantém o programa Spotlight on Rights, que oferece bolsas de apoio à tradução (de e para a língua árabe) a editores que compram ou vendem direitos durante a feira. Profissionais de todo o mundo podem se beneficiar, desde que estejam registrados na plataforma on-line de compra e venda de direitos, a Copyrights Exchange. Desde o início e até o ano passado, a Feira de Abu Dhabi já tinha oferecido 120 bolsas que variam de US$ 2,5 mil a US$ 4 mil. Desde o ano passado, o programa passou a abranger também a produção de e-books e audiolivros. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 26/05/2021

Emmanuel Macron quer unificar as tarifas postais de livros | © Reprodução / BFMTVEnquanto o Parlamento brasileiro deixa o projeto de lei que quer regulamentar o comércio de livros no país dormir em berço esplêndido, a França, que mantém uma lei do preço fixo desde 1981, discute agora a unificação das taxas postais para envio de livros. E a proposta tem o engajamento pessoal de Emmanuel Macron. Em declaração em frente às câmeras da BFMTV, o presidente francês defendeu que precisa procurar um equilíbrio na concorrência entre os players de e-commerce e as livrarias independentes em termos de custos de entrega. “A Lei Lang [como é chamada a lei do preço fixo na França] nos permitiu ter um tecido de livrarias independentes extremamente forte”, disse. Ele declarou que apresentará, nas próximas semanas, um projeto de lei sobre o assunto. De acordo com a Livres Hebdo, em dezembro de 2020, a senadora Laure Darcos (LR) já tinha apresentado um projeto de lei que pretende padronizar os custos de envio. O Sindicato das Livrarias Francesas (SLF) se pronunciou dizendo que está “muito satisfeito com o compromisso com presidente da República a favor do reequilíbrio da concorrência nos custos de envio de livros entre plataformas de internet e as livrarias independentes”. Na França, desde 2014, há uma lei que impede o frete grátis por e-commerce para o envio de qualquer produto. Para driblar essa lei, a Amazon cobra um centavo de euro para enviar seus produtos. “Enquanto a Amazon cobra um centavo de euro pelo envio de um livro para a casa do consumidor, o livreiro paga 6,50 euros. Se o livreiro repassar esses custos para os clientes, ele os perde e se arca com esses custos de envio, ele terá prejuízo. Trata-se de uma alternativa insustentável para os livreiros”, completou o comunicado do SLF.

PublishNews, Redação, 26/05/2021

A Editora Planeta abriu uma vaga para analista de marketing digital que tenha vivência em e-commerce e conhecimentos sobre metadados. É necessário ainda ter formação superior completa nos cursos de Comunicação, Publicidade e Propaganda, Marketing, Ciências da Computação, Sistemas da Informação ou correlatas; ótimos conhecimentos em Excel; domínio do Google Ads, Analytics e Tag Manager; conhecimentos sobre SEO e visão analítica. O contratado será responsável por planejar e executar campanhas digitais com objetivo de aumentar tráfego e conversão; criar campanhas de tráfego para o site e parceiros como Amazon, Submarino, etc; analisar dados de compras e leads; fazer o levantamento das necessidades de investimento, desenvolvimento de projetos e cronogramas; analisar e reportar métricas e resultados de negócio com foco em melhoria de vendas; acompanhar ações promocionais e produzir relatórios; e gerenciar parcerias estratégicas com parceiros de negócios. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail selecao@grupoplanetabrasil.com.br até 4 de junho.

PublishNews, Redação, 26/05/2021

Em novembro passado, o Podcast do PublishNews recebeu Marcus Vinicius Barilli para falar sobre o novo selo da Editora Gente, o Gente-Autoridade, que tem por propósito alcançar “autores-empreendedores dispostos a ter um papel ativo em toda a construção do seu livro”. Ele falou também sobre o modelo de negócios desenvolvido pela editora que une a autopublicação com mentoria e treinamento de escrita, a Imersão BestSeller, conduzida por Rosely Boschini, CEO da Gente. Com a alta procura pelo curso durante a pandemia, uma nova edição da Imersão acontecerá em breve e os interessados já podem se inscrever clicando aqui. Com o objetivo de ampliar o acesso da sua metodologia aos profissionais que desejam construir um livro que tenha grande impacto no mercado, a editora conta com a ajuda da solução digital da HeroSpark, que oferece uma plataforma personalizada que auxilia os alunos a realizarem as atividades propostas pelo curso de maneira mais ágil. Desde 2018, mais de 100 autores já passaram pela Imersão.

PublishNews, Redação, 26/05/2021

Há dois séculos, três irmãs foram condenadas à morte por, supostamente, praticarem bruxaria. Pedras foram amarradas em seus tornozelos, e elas morreram afogadas nas águas profundas que margeiam a cidade. Agora, por um breve período de tempo – a cada dia primeiro de junho até o solstício de verão –, diz a lenda que as irmãs retornam, roubando os corpos de três meninas para que, por meio deles, possam buscar sua vingança, seduzindo e afogando meninos até a morte. Como muitos habitantes locais, Penny Talbot, conhece a lenda de cor. Mas, neste ano, quando a cidade se prepara para o anual retorno das irmãs, um rapaz desconhecido, Bo Carter, chega à cidade buscando suas próprias respostas. E Penny o acolhe. Mas quando corpos de meninos locais começam a aparecer no litoral, o clima de desconfiança e medo atinge a cidade, dando início a uma verdadeira caça às bruxas. Escrito por Shea Ernshaw, a narrativa de A maldição do mar (Galera, 320 pp, R$ 44,90 – Trad.: Octávia Alves) alterna os eventos do presente com relatos do diário das jovens condenadas por bruxaria, resultando em um thriller sobrenatural.

PublishNews, Redação, 26/05/2021

Último livro da trilogia Grishaverso iniciada com Sombra e ossos, que inspirou a série da Netflix, Ruína e ascensão (Minotauro / Planeta, 336 pp, R$ 54,90 - Trad.: Eric Bardugo) fecha o ciclo criado pela autora israelense Leigh Bardugo em 2013. Na última obra – Sol e tormenta –, após o seu embate com o Darkling, Alina Starkov se vê encurralada no subsolo, tentando recuperar as forças para salvar Ravka das garras de seu oponente. Sob a proteção e a vigilância do Apparat, ela atinge outro status – agora não é somente a Conjuradora do Sol, mas sim uma Santa que carrega em seus ombros a esperança de fiéis que rezam por um futuro mais brilhante. No entanto, invocar a luz nunca foi tão difícil. Com o futuro do país em suas mãos, Alina partirá em busca do terceiro amplificador de Morozova, o mitológico pássaro de fogo, com o objetivo de derrotar o Darkling e libertar Ravka de uma vez por todas.

“A ameaça da CBS pode se tornar uma segunda pandemia para o setor editorial que pode deixar muito mais gente pelo caminho.”
Vitor Tavares
Presidente da CBL
1.
Todo caminho é sagrado
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Torto arado
4.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
5.
O milagre da manhã
6.
Teto para dois
7.
A garota do lago
8.
Antiestresse para todos
9.
Corte de espinhos e rosas
10.
A coragem de ser imperfeito
 
PublishNews, Redação, 26/05/2021

Honestamente: Benjamin Park e Leonardo Guimarães não se suportam. Não foi sempre assim, mas uma grande briga há sete meses destruiu a amizade dos dois. Apesar de estudarem na mesma sala da faculdade e terem o mesmo grupo de amigos, Leo e Ben passaram a se evitar. Porém, tudo muda entre eles quando se reencontram em uma festa. Sinceramente? O ódio jamais conseguiu mascarar o desejo ou a mágoa. Quando os dois percebem que não são capazes de ficar longe um do outro, decidem estabelecer regras. O Acordo Guimarães-Park coloca restrições na "inimizade colorida", e o difícil é não quebrar justamente a primeira regra: não se apaixonar. Escrito por Bruna Zielinski, Honestamente: Sinceramente? (Rocco, 320 pp, R$ 54,90) nasceu de uma fanfic inspirada em dois ídolos do k-pop. Nela, a busca pela sintonia em um relacionamento parece sempre ter o efeito contrário. Enquanto navegam por problemas familiares e por suas próprias vulnerabilidades, Benjamin e Leonardo, tão diferentes quanto chá de hortelã e café, precisarão estar dispostos a conversar, perdoar e ouvir se quiserem se dar uma segunda chance.

PublishNews, Redação, 26/05/2021

Escrito por Ana Beatriz Brandão, Caçadores de almas (Melhoramentos, 336 pp, R$ 44 – Ilustração: Mirella Santana) conta a história de Serena, uma adolescente prestes a se formar no Ensino Médio. Dona de uma mente muito analítica, ela não acredita em nada que não possa ser comprovado pela ciência. O ceticismo da jovem começa a ser perturbado no dia em que ela não consegue dormir por conta de coisas estranhas que passam a acontecer em seu quarto. Na manhã seguinte, outros eventos, que acabam culminando em algo que ela jamais imaginaria ver fora dos filmes de terror, mudam para sempre sua percepção do mundo. Em meio a um ritual macabro, Serena vê sua irmã ser morta por demônios e, sem saber direito o que está acontecendo, é resgatada por um grupo de garotos chamado Caçadores de Almas. Nesse momento, ela descobre que criaturas horrendas estão à sua procura e querem usá-la para abrir o portal do Inferno. Para impedir que uma tragédia maior acometa toda a humanidade, e para vingar a aniquilação de sua família, ela se junta ao líder dos Caçadores, o misterioso Dorian, e embarca em uma batalha contra aquilo que nunca pensou que pudesse ser real.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.