Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 13/05/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Leonardo Neto, 13/05/2021

Eduardo Krause | © Agustin ORO Prêmio PublishNews nasceu com o propósito de celebrar os profissionais que atuam, muitas vezes anonimamente, nos bastidores das editoras, em específico aqueles que lidam com as vendas e com o marketing. São pessoas que, a despeito das sucessivas crises, têm uma inarredável força de seguir adiante e conquistar espaços. Se as grandes redes de livrarias entram em dificuldade ou se há uma pandemia que impede a realização de eventos presenciais, eles encontram novos caminhos para o livro chegar aos leitores. Proximidade com os leitores. Esse foi o grande trunfo de Eduardo Krause, o “cara do marketing” da Dublinense, ganhador da categoria Profissional de Vendas e de Marketing do Ano 2020. Eduardo era o mais novato entre os finalistas e concorreu com Marcelo Levy (Todavia), Neyde Côrtes (Sextante), Priscila Ceconelo Silva (Citadel) e Wendel Isler (Catavento), profissionais que se destacaram, de forma absoluta, em 2020. Ele entrou na Dublinense em fevereiro de 2020, poucas semanas antes de a pandemia mostrar sua cara tenebrosa no Brasil. E, desde então, não fez outra coisa se não se aproximar dos leitores. Movimentou as redes sociais da editora gaúcha, sempre com humor e ao som cafona do saxofonista Kenny G. Conquistou os leitores que se autointitularam “dublimores”. E foram eles, os “dublimores”, que deram a Eduardo o troféu de Profissional do Ano. Eduardo deu uma aula de como engajar audiências. Sem vergonha de ser feliz, o “estagiário ilibado” pediu votos, espalhou a palavra a toda criatura e não teve outro jeito se não levar o troféu pra casa. O "cara do marketing" fez jus a esse título; não teve pudores de vender o seu próprio peixe e que ele sirva de exemplo para as próximas edições. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews+, Redação, 13/05/2021

Saber o que vem por aí e se adiantar é um dos grandes desafios para os livreiros. Poder saber, antes da concorrência, o que estará disponível para compras e já adiantar os pedidos pode ser determinante no sucesso ou não das vendas. Por isso, o PublishNews+, área exclusiva para assinantes do PN, fechou parceria com a MVB / Metabooks para criar o Próximo Capítulo, serviço semanal em que vamos apresentar livros que estão no prelo das editoras e que chegarão às livrarias só daqui a 45 dias. Confira aqui os títulos que serão estreias nas livrarias entre os dias 27 de junho a 03 de julho. Por enquanto, o Próximo Capítulo está aberto para todos os que se cadastrarem na plataforma, mas em breve, o serviço ficará exclusivo para os assinantes do PN+. A nova seção se soma a outros serviços oferecidos aos assinantes do PN+, como o Radar de Licitações e o Apanhadão Diário. Clique aqui para saber como ser um assinante do PN+.

PublishNews, Redação, 13/05/2021

No ano passado, a advogada e apresentadora Gabriela Prioli reuniu mais de seis mil inscritos em seu Clube do Livro, que analisou nove obras ao longo de um ano. Agora, o clube está de volta com o reforço de Leandro Karnal. Com a meta de estimular o prazer da leitura e disseminar o conhecimento, a dupla selecionou oito livros sobre temas variados, como história, filosofia, política e relacionamento para serem discutidos com o público. O projeto conta também com uma parceria com a editora Planeta, que vai disponibilizar um kit especial do Clube do Livro de Prioli e Karnal com todos os livros e um planner que ajudará na rotina de leitura. O aluno pode, no entanto, comprar os livros da maneira que preferir e não há restrição de idade ou nível de instrução. O clube é totalmente on-line e as inscrições, que podem ser feitas clicando aqui, custam R$ 587. Aos alunos serão oferecidas aulas e lives, além de material didático para conduzir a leitura das obras numa conta exclusiva no Instagram. Entre os títulos escolhidos para as discussões estão Humanidade, de Rutger Bregman; Fascismo à brasileira, de Pedro Doria; As grandes estratégias, de John Lewis Gaddis e Novas formas de amar, de Regina Navarro Lins. As atividades começam em junho.

* Matéria atualizada no dia 14/05/2021 para incluir o preço do serviço

PublishNews, Marisa Moura, 13/05/2021

Mais uma vez o telefone toca na agência literária fictícia criada por Marisa Moura. Depois de atender diferentes tipos de autores, editores, uma agente concorrente e até um parecerista traumatizado, a misteriosa telefonista atende a editora Otacília Freitas e não consegue esconder a empolgação. Até porque não é todo dia que uma pessoa que editou obras de autores como Augusto Cury, Erico Veríssimo, Hilda Hilst, María Adelaide Amaral, Mary del Priore, Paulo Coelho e Rubem Alves liga para a agência literária. Clique no Leia Mais para conferir mais um episódio da série E toca o telefone.

PublishNews, Redação, 13/05/2021

A HarperCollins Brasil está com uma vaga aberta para analista de comunicação (PJ). Para o cargo, é preciso ter superior completo em Comunicação Social (Jornalismo ou Relações Públicas), inglês avançado, domínio do pacote Office e experiência mínima de um ano em assessoria de imprensa. As funções do cargo incluem relacionamento com a imprensa, elaboração de textos, ações com influenciadores digitais e suporte aos principais eventos da editora. Os interessados devem enviar currículo até o dia 23 de maio para oportunidadesrh@harpercollins.com.br.

PublishNews, Redação, 13/05/2021

A Árvore, plataforma de leitura digital, anunciou esta semana a sua parceria com o Nexo Jornal, veículo independente de notícias, que disponibilizará materiais de preparação para o Enem para alunos do Ensino Médio que utilizam a plataforma. O objetivo é aumentar o repertório dos estudantes sobre "atualidades" a partir de conteúdos explicativos, redigidos de forma clara e objetiva. Com a parceria, o Nexo Jornal passa a apoiar a plataforma Árvore na formação de novos leitores. "A Educação sempre esteve no centro do nosso projeto editorial, uma vez que o jornalismo do Nexo tem uma vocação natural para a sala de aula, a pesquisa e os estudos. A parceria com a Árvore nos possibilita chegar a esses alunos e contribuir para a sua formação", explica Paula Miraglia, diretora geral do Nexo. Todo o material oferecido passa pela curadoria da equipe pedagógica do streaming de livros e cada disciplina disponibilizada recebe atividades gamificadas e exclusivas, inclusive indicações de leituras, fazendo com que todo o conteúdo seja trabalhado pelos estudantes que o recebem.

PublishNews, Redação, 13/05/2021

O ano é 2029. Uma guerra fria de escala mundial reestrutura a ordem socioeconômica do planeta, criando novos eixos de poder. A União Europeia se desfaz, a China enfim é alçada ao posto de maior potência global e o longo período de prosperidade dos EUA chega ao fim. Da noite para o dia, o dólar despenca e, além do valor, perde também seu prestígio: uma nova moeda internacional, o bancor, chega para substituí-lo. Florence Mandible sofre as consequências desse cenário como uma típica representante da classe média. Uma cabeça de repolho passa a custar 20 dólares, o racionamento de água torna-se padrão e o ritual matinal não inclui mais café, nem jornais, já que todos deixaram de existir. Sem escolha a não ser acolher os familiares sob seu teto — parentes que, assim como ela, dependem da herança do saudável patriarca da família, Douglas Mandible, de 97 anos —, Florence logo se torna responsável pela administração de um ecossistema familiar muito frágil, suscetível às mais dramáticas pulsões da natureza humana — furto, alcoolismo e abandono de incapazes. Em A família Mandible: 2029-2047 (Intrínseca, 450 pp, R$ 64,90 – Trad.: Vera Ribeiro), Lionel Shriver narra os percalços desse típico clã norte-americano moderno e conduz o leitor por detalhes muito íntimos da psique de seus personagens.

PublishNews, Redação, 13/05/2021

Jason Taverner é uma celebridade da TV. Mas certa manhã, ao acordar, vê-se sozinho num quarto de hotel, sem saber como ou por que foi parar ali. Aos poucos ele percebe que tudo mudou. Ninguém se lembra dele e não há registros de sua vida. Para todos os efeitos, ele havia deixado de existir. Em Fluam, minhas lágrimas, disse o policial (Aleph, 264 pp, R$ 54,90 – Trad.: Ludimila Hashimoto), Philip K. Dick explora os limites entre percepção e realidade ao narrar a estranha busca de um homem pela própria identidade. Com uma história que se passa em um futuro distópico, o livro foi indicado aos prêmios Nebula e Hugo, vencendo o prêmio John W. Campbell de 1975 como melhor romance de ficção científica.

“É na mente de cada leitor que um livro toma corpo. A ficção só existe por causa dos leitores.”
José Castello
Escritor brasileiro
1.
Mais esperto que o diabo
2.
Compreender e acolher
3.
Torto arado
4.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
5.
A garota do lago
6.
Box Harry Potter
7.
A coragem de ser imperfeito
8.
Minutos de sabedoria
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Do mil ao milhão
 
PublishNews, Redação, 13/05/2021

Dez anos antes do início da trama narrada em The one (Globo Livros, 440 pp, R$ 59,90 – Trad.: Isadora Sinay), uma megacorporação de biotecnologia revolucionou o mundo ao anunciar a descoberta de um gene que identifica pares românticos perfeitos. Logo, milhões de pessoas em todo o mundo se submeteram a um exame simples e encontraram suas almas gêmeas. Essa descoberta, porém, teve seus efeitos colaterais, criando uma onda de divórcios e mudando para sempre os conceitos de relacionamento e amor. Nas primeiras páginas de The one, cinco pessoas diferentes recebem uma notificação de que suas almas gêmeas foram encontradas. Todas elas estão ansiosas, prestes a conhecer o grande amor de suas vidas. O problema é que ninguém, nem mesmo os melhores cientistas, podem garantir o "felizes para sempre", pois todo ser humano tem seus segredos - alguns deles, apavorantes. A obra de John Marrs, que inspirou a série de mesmo nome da Netflix, mostra como até mesmo as mais revolucionárias tecnologias podem ter consequências catastróficas.

PublishNews, Redação, 13/05/2021

Aos 19 anos, Christopher Paolini se tornou um fenômeno mundial com a série de livros Eragon. Agora, com 37 anos, retorna com o lançamento de Dormir em um mar de estrelas (Rocco, 832 pp, R$ 99,90 – Trad.: Ryta Vinagre). A história gira acompanha a cientista Kira Naváres, que seguiu seu sonho de descobrir novos mundos, se tornando uma exploradora de planetas não colonizados. Durante uma missão de rotina para estabelecer uma colônia humana fora da Terra, ela descobre uma relíquia alienígena. A princípio, ela fica maravilhada com a descoberta, mas logo esse sentimento se transforma em terror. Depois de cair em uma câmara no meio de um planeta desconhecido, a poeira ao seu redor começa a se mexer. Kira é lançada em uma odisseia de descobertas e transformações que atravessa a galáxia ao mesmo tempo em que uma guerra eclode em meio às estrelas. O primeiro contato com seres alienígenas não é como ela imaginava, e uma série de acontecimentos a levam até seu limite humano. A Terra e suas colônias estão à beira da aniquilação, e Kira, mesmo tendo que encarar seus próprios medos, se torna a última esperança da humanidade. O livro já teve confirmada sua adaptação para o cinema.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.