Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 12/02/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Leonardo Neto, 12/02/2021

Itens como a proibição de abordar a temática de gênero numa perspectiva sexista e ainda de desconsiderar o debate acerca do compromisso com agenda de não-violência contra mulheres ficaram de fora do edital | © Eduardo Aigner / FNDEO Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) publicou, nesta sexta-feira (12), o edital para o Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD) 2023. O edital prevê a compra de livros didáticos e literários voltados para alunos e professores dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano). Chama a atenção o Anexo III do edital, onde estão listados os critérios gerais para avaliação pedagógica das obras, em especial no item 2.3 - “As obras observarão os princípios éticos necessários à construção da cidadania e ao convívio social republicano”. E aí vale comparar com o edital do PNLD 2019, pelo qual o governo federal comprou obras destinadas à mesma faixa etária do PNLD 2023. Enquanto o certame de 2019 listava uma série de observâncias de princípios éticos – incluindo itens como a proibição de veicular estereótipos e preconceitos de condição socioeconômica, regional, étnico racial, de gênero e de orientação sexual e ainda de abordar a temática de gênero segundo uma perspectiva sexista, não igualitária, inclusive no que diz respeito à homo e transfobia ou de desconsiderar o debate acerca do compromisso educacional com a agenda de não-violência contra a mulher – o edital de 2023 apresenta deveres, como promover positivamente a imagem do Brasil e a amizade entre os povos e os valores cívicos, como respeito, patriotismo, cidadania, solidariedade, responsabilidade, urbanidade, cooperação e honestidade. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews+, Leonardo Neto, 12/02/2021

Em 2017 e 2018, o PublishNews realizou uma série de matérias especiais que mapearam o mercado de livros em seis países: Alemanha, Espanha, EUA, França, Japão e Reino Unido. Apelidada de PubMagNet, a série surgiu a partir das informações trocadas em um grupo de jornalistas, analistas e observadores do mercado editorial mundial que existe há mais de dez anos. A rede, que leva o mesmo nome da série, tem como objetivo o intercâmbio de informações, dados e notícias vindos de diversas as partes do mundo e, normalmente, se reúne duas vezes por ano: agora em fevereiro e depois em outubro, durante a Feira de Frankfurt. Nesse ano, o encontro se tornou virtual e acontecerá no próximo dia 18. Além do PublishNews, participaram da PubMagNet representantes dos seguintes países: Alemanha (buchreport), China (bookdao), EUA (Publishers Weekly), Espanha (Dosdoce), França (Livres Hebdo), Itália (Informazioni Editoriali), Japão (BunkaNews) e Reino Unido (The Bookseller). Como forma de preparar para a reunião, os jornalistas-membros da PubMagNet realizam relatórios sobre cada um dos seus mercados e são esses dados que dão origem à série, que nesse ano, será publicada pelo PublishNews+, área fechada e exclusiva para assinantes. A série começa com a Alemanha. Thomas Wilking, editor-chefe do buchreport, é quem manda as notícias. Para conferir a análise, clique aqui.

PublishNews, Talita Facchini, 12/02/2021

A Lista dos Mais vendidos começou 2021 em um ritmo lento, apresentando pequenas quedas nos números de vendas nas últimas semanas. Nessa, no entanto, isso mudou. Com relação à semana anterior, a lista apresentou um aumento de 12% nas vendas. Talvez esse número possa ser explicado pelo líder da Lista Geral dessa semana, Afirmações positivas para mudar sua realidade (Citadel), de William Sanches, que vendeu 3.304 exemplares. Na obra - que também lidera a lista de Autoajuda –, o terapeuta transpessoal e especialista em Programação Neurolinguística, usa os conceitos do seu método Yellowfisic para ajudar o leitor alinhar suas inspirações aos seus objetivos e, assim, mudar sua realidade. Sanches também compartilha seus conhecimentos em seu canal no YouTube, que já conta com mais de 600 mil inscritos e é autor também de Desperte sua vitória (Luz da Serra). A única novidade da semana entrou na lista de Não Ficção. Mentes únicas (Gente), de Clay e Luciana Brites, garantiu o 14º lugar da categoria com 310 exemplares vendidos. O livro ensina como descobrir, entender e estimular uma pessoa com autismo e desenvolver suas habilidades impulsionando seu potencial. Mulheres que correm com os lobos (Rocco), voltou a liderar a categoria e Mindset (Objetiva) e Retiro quaresmal 2021 (Loyola) completam o pódio. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 12/02/2021

A Authoria, agência literária de Alessandra Ruiz, vendeu os direitos da trilogia Meu primeiro blog, escrita por Bruna Vieira e publicada pela Gutenberg (Autêntica), para adaptação de uma série para a Netflix. Composta pelos livros De volta aos quinze e De volta aos sonhos – ambos publicados em 2013 – e De volta para mim, que será publicado em breve, a série conta a história de Anita. Aos 15 anos, ela tinha uma grande expectativa da vida adulta: queria sair da pequena cidade de Imperatriz, viajar para vários lugares e conhecer muita gente. Só que aos 30, sua vida não é nada daquilo. Depois de eventos desastrosos, ela se refugia no quarto onde passou a adolescência e, como mágica, é catapultada para o primeiro dia do colegial: uma cabeça de 30 anos, no corpo de uma adolescente de 15. A série Original Netflix, será produzida pela Glaz e protagonizada pela atriz Maisa Silva. Além dela, a série terá ainda os atores Pedro Vinícius como César, Klara Castanho como Carol, Caio Cabral como Henrique, João Guilherme como Fabrício, Pedro Ottoni como Leonardo e Amanda Azevedo como Luiza.

PublishNews, Redação, 12/02/2021

A Editora Gente abriu uma vaga para designer que tenha superior completo em Design, Publicidade e propaganda ou Marketing e inglês intermediário. A editora pede também que os candidatos tenham conhecimentos nas ferramentas do Pacote Adobe, edição de vídeos e conhecimentos ou experiência em projetos promocionais. O contratado trabalhará com criação de artes / campanhas para mídias sociais e e-mail marketing; com o tratamento de imagens e proposição de layouts / identidades gráficas; e execução de campanhas de comunicação. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail valeria.trindade@editoragente.com.br.

PublishNews, Redação, 12/02/2021

Havia uma cidade cinza – como muitas que existem por aí – onde gente pequena não podia fazer nada de que gente grande não gostasse: não podia cantar, não podia dançar, não podia usar roupas coloridas, não podia, às vezes, nem mesmo abrir as janelas de casa. Mas, um dia, um visitante muito estranho resolveu conhecer a tal cidade e achou que poderia ser uma boa levar dentro de sua capa uma ou duas notas musicais. Em um reencontro com os versos nostálgicos de Chiquinha Gonzaga, Ô abre alas (Saíra, 48 pp, R$ 35), de Duda Oliva, conta a história de como a música, a dança e o riso podem levar um pouquinho de calor mesmo aos corações mais frios. Com ilustrações em pastel seco, personagens curiosos e estranhos desfilam pelo livro para cantar à união, ao respeito, à liberdade e à folia. Além de homenagear a musicista, o livro inclui ainda, uma nota biográfica de Chiquinha, com suas lutas e bandeiras para além do universo das artes.

PublishNews, Redação, 12/02/2021

Em Uma canção (HarperCollins / Leiturinha, 32 pp, R$ 39,90), livro de Guilherme Karsten, pai e filho embarcam no metrô, com toda a agitação de um dia começando. Poderia ser uma viagem comum, mas uma jornada emocionante tem início quando os dois compartilham os fones de ouvido e se deixam levar pela música - de Beatles a Tom Jobim. O que acontece ao redor não importa, mas sim o que a música desperta dentro deles: boas memórias, esperança no coração, felicidade (que se torna incontrolável ao som de algumas canções). E esse elo tão especial entre pai e filho se torna ainda mais forte. A obra é uma homenagem do escritor ao próprio pai, que adorava contar histórias a partir de suas canções favoritas.

PublishNews, Redação, 12/02/2021

Escondido num piano, um cigano ilude reis poderosos; outro passa a perna num gigante; um terceiro, rico e de pele clara, engana um acampamento inteiro e salva uma donzela; até mesmo São Jorge se deixa ludibriar por ciganos que cruzam seu caminho. Nessas histórias de esperteza e aventura, prodígios e assombros sobrenaturais, salta aos olhos uma cultura vibrante. Viajando de país em país há mais de dez séculos, os ciganos colorem o planeta com suas caravanas, músicas, danças e tradições – mas nós ainda os conhecemos muito pouco. Palavra cigana (Sesi-SP, 88 pp, R$ 64) é o sétimo volume da coleção Mitos do Mundo, que reúne narrativas de diversas culturas, escolhidas e recontadas por especialistas, com uma rigorosa pesquisa de texto e imagens. A antropóloga Florencia Ferrari apresenta os principais aspectos da vida cigana numa costura literária que recusa estereótipos – e mostra que sem os ciganos o mundo não seria o mesmo. Para chegar no material, ela explica que foram analisadas mais de 300 histórias que conheceu nos tempos de convívio com o mundo dos ciganos, selecionando as mais mirabolantes. “Acreditar ou não dependerá de cada um”, desafia Florencia.

“A literatura ainda é a arte de contar história. De contar histórias que emocionem, que deem prazer, que ensinem as pessoas a viver.”
Moacyr Scliar
Escritor brasileiro
1.
Afirmações positivas para mudar sua realidade
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
4.
A sutil arte de ligar o foda-se
5.
O duque e eu
6.
Do mil ao milhão
7.
O visconde que me amava
8.
O homem de giz
9.
A revolução dos bichos
10.
O poder da ação ( edição de luxo)
 
PublishNews, Redação, 12/02/2021

Como a primeira história de Sagarana, um clássico da literatura brasileira, O Burrinho Pedrês (Global, 80 pp, R$ 39) apresenta acontecimentos sob a perspectiva de um grupo de vaqueiros responsável por tocar uma extensa boiada que cruza o sertão até chegar ao arraial. O que esses homens jamais esperavam era depender da ajuda do "Sete-de-Ouros", um burro já idoso e visto como inutilizável. Os acontecimentos ao longo do trajeto fazem com que o animal demonstre um papel importante e transformador. Num enredo que expressa sabedoria, empatia e pensamento de trabalho coletivo, o conto de O Burrinho Pedrês transporta o leitor para o universo sertanejo e faz o leitor compreender um pouco dessa atmosfera preciosa, concebida por Guimarães Rosa. No final da leitura, há o texto O impossível retorno, escrito por Walnice Nogueira Galvão, especialista na obra de Guimarães Rosa e crítica literária.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 12/02/2021

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.