Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 19/01/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Redação, 19/01/2021

Nos EUA, o escritório de advocacia Hagens Berman – o mesmo que processou a Apple em 2011 por conspiração para fixar os preços de e-books – encabeça uma ação coletiva contra a Amazon por comportamento anticoncorrencial. No processo instaurado em um tribunal de Nova York, as “Big Five” - Hachette, HarperCollins, Macmillan, Penguin Random House e Simon & Schuster - são apresentadas como “co-conspiradoras” por concordarem com restrições de preços que fazem com que os consumidores paguem a mais pelos livros digitais vendidos pela varejista. Na ação, os advogados reconhecem que, embora os preços dos livros eletrônicos tenham diminuído "substancialmente" em 2013-2014, as Big Five aumentaram imediatamente seus preços em 2015 após renegociar acordos com a Amazon e continuaram a manter preços "supracompetitivos". O Hagens Berman alega que a prática viola a Lei Sherman, a lei antitruste dos EUA. "O acordo da Amazon com seus co-conspiradores é uma restrição irracional do comércio que impede preços competitivos”, diz a petição inicial. “Esse dano persiste e não diminuirá a menos que a Amazon e as Big Five sejam paradas”, continua a alegação. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

A BlinkLearning, plataforma espanhola especializada no desenvolvimento de soluções para a educação que chegou ao Brasil em 2020, lançou a sua loja on-line de livros digitais, a BlinkShop. Com a loja, será possível ter acesso a um catálogo com mais de 25 mil títulos e comprar livros digitais escolares: didáticos, de leitura e de idiomas. Editoras como as italianas Alma Edizioni, Edilingua e Eli Publishing, as inglesas Oxford Education e Hodder Education, a espanhola SGEL e as alemãs Ernst Klett Sprachen e Cornelsen, além das brasileiras Companhia das Letras e Palavras Projetos Editoriais fazem parte do catálogo disponível no Brasil. “A loja aparece com um modelo bastante atrativo, não apenas para garantir um material digital com soluções inovadoras, mas também para distribuí-lo diretamente aos consumidores finais, que são os alunos ou seus responsáveis, e também para as escolas”, explica Gabriel Meirelles, country manager da empresa no Brasil e que participou do Podcast do PublishNews em julho passado, para apresentar a BlinkLearning. Oferecendo às editoras a possibilidade de produção, adaptação e distribuição de seus conteúdos digitais, a plataforma atende a mais de 3 milhões de alunos que têm acesso a 25 mil títulos em 13 idiomas.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

A Feira do Livro de Londres, marcada para acontecer entre os dias 29 de junho e 1ºde julho, estendeu o prazo de inscrições para a sétima edição do International Excellence Awards, prêmio que celebra os mercados globais e a inovação da atividade editorial fora do Reino Unido. Os interessados têm até esta sexta (22), para se inscreverem em sete das oito categorias: London Book Fair Lifetime Achievement; Editora de Audiolivros; Iniciativa de Tradução Literária; Biblioteca do Ano; Livraria do Ano; Profissional de Direitos; e Recursos de Aprendizagem Educacional, para empresas que ampliam a aprendizagem e experiência dos alunos, seja na escola ou em casa. Na categoria Editoras Inclusivas, somente editoras do Reino Unido que demonstraram compromisso com a melhoria da diversidade em todo o ecossistema editorial podem se inscrever. Os interessados podem se inscrever clicando aqui.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

O Grupo Novo Século abriu duas vagas: para analista de redes sociais e assessor de imprensa. Para a primeira é preciso ter habilidade em mídias sociais, em design e domínio do Pacote Adobe. Experiência em vídeo/edição será essencial. As funções do cargo incluem o planejamento de ações em plataformas digitais, produção de conteúdo, monitoramento das redes sociais e elaborar plano de campanhas de investimento. Já para a vaga de assessor de imprensa é preciso ter graduação em Jornalismo. O contratado irá assessorar autores no pré e pós lançamento, administrar os parceiros da editora, ter contato direto com influenciadores e parceiros, enviar releases, captar de mailing e divulgar os livros para a imprensa. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail karina.cayres@gruponovoseculo.com.br. As demais informações das vagas estão nos links correspondentes.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

A Companhia das Letras está à procura de três estagiários, dois para atuarem no departamento de produção e outro para o departamento de produção infantil. As vagas no departamento de produção pedem que os candidatos estejam cursando preferencialmente Produção Editorial, Editoração, Letras ou áreas correlatas; tenham conhecimento do catálogo e selos da editora, inglês e domínio do Excel e Word. O primeiro será responsável por pedir ficha catalográfica, atribuir e cadastrar ISBN, contar laudas e enviar originais para a diagramação e revisão e o segundo irá organizar arquivos, aplicar emendas simples em arquivos InDesign e Quark, auxiliar no controle de reimpressões. Para a vaga no departamento de produção infantil é preciso estar cursando preferencialmente administração, produção gráfica ou áreas correlatas. Para as três oportunidades a Companhia procura pessoas comunicativas, organizadas, proativas e que estejam dispostas a aprender processos. Os interessados devem enviar currículos até o dia 1º de fevereiro para o e-mail curriculo@companhiadasletras.com.br e colocar no assunto o cargo desejado (Estágio produção 1, Estágio produção 2 ou Estágio produção infantil). É preciso informar também a previsão de término do curso e o período (manhã/noite) em que estuda.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

Na tradição afro-baiana, sexta-feira é dia de usar branco e reverenciar Oxalá. É dentro desta simbologia que se insere o projeto Oxalaive, série de programas sobre poética e cultura negra, que segue em edições semanais até 09 de abril. Os encontros virtuais, sempre das 16h às 18h, vão reunir poetas do Brasil (Bahia, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro), Moçambique, Angola e Guiné-Bissau. O evento vai alternar entrevistas individuais com os autores/perfomers e saraus coletivos, com participação aberta ao público. Com curadoria do escritor Nelson Maca, o projeto é um desdobramento da Live Exu – Poesias Bem Black, que realizou 33 edições semanais entre maio e dezembro. Além da poesia contemporânea produzida por autores negros, o evento tem como objetivo criar estratégias culturais de resistência durante a pandemia da covid-19. Nomes como Ernesto Dabo, Luz Ribeiro, Ras Tandas, Jocélia Fonseca, Landê Onawale e Juraci Tavares conversam com Maca sobre suas produções poéticas. As lives também contam com participação do ator e pesquisador Toni Edson, que vai contar histórias sobre o orixá Oxalá. O evento tem transmissão simultânea nos canais do Coletivo Blackitude - Vozes Negras da Bahia - com retransmissão simultânea no canal da Balada Literária.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

O mais conhecido conto de fadas chinês moderno é a história das irmãs Soong, cujas vidas se estenderam do fim do século XIX ao início do século XXI. A irmã mais velha, Ei-ling, casou-se com o homem mais rico da China. A "irmã vermelha", Ching-ling, foi a companheira de Sun Yat-sen, pai fundador da China moderna e seu primeiro presidente. E a irmã mais nova, May-ling, se tornaria a ambiciosa madame Chiang Kai-shek, esposa do líder da República da China. Em 100 anos de guerras e revoluções constantes, as irmãs Soong estiveram no centro das mudanças do país e deixaram uma marca indelével na história chinesa. Elas desfrutaram privilégios e glórias, mas também se envolveram em disputas perigosas — inclusive entre si. Em Três irmãs (Companhia das Letras, 392 pp, R$ 94,90 – Trad.: Odorico Leal), um épico de amor, guerra, exílio, intriga, glamour e traição, Jung Chang entrelaça os acontecimentos da China do século XX à vida de três mulheres inesquecíveis.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

Inspiração para o musical de sucesso da Broadway, Alexander Hamilton (Intrínseca, 896 pp, R$ 99,90 – Trad.: Donaldson M. Garschagen e Renata Guerra) é a primeira biografia completa de Hamilton em décadas. O historiador americano Ron Chernow reconstrói de forma meticulosa a trajetória improvável de um dos grandes arquitetos do sistema econômico e financeiro dos EUA. A obra mostra que a excelência e o sucesso da economia americana são resultado da perseverança desse personagem em emplacar suas ideias, como a criação de um banco central e o poder de tributação do Congresso sobre os estados. Chernow faz um relato sobre o nascimento dos EUA conduzido por uma de suas figuras centrais, não se isentando de tratar de suas polêmicas mais espinhosas, incluindo o protagonismo de Hamilton no primeiro grande escândalo sexual do país e sua suposta depressão. O espetáculo na Broadway já gerou 400 milhões de dólares de bilheteria e foi disponibilizado no streaming da plataforma Disney+.

“Alguns livros devem ser degustados, outros engolidos e apenas alguns poucos devem ser mastigados e digeridos.”
Francis Bacon
Político, filósofo e ensaísta inglês (1951-1626)
1.
Mais esperto que o diabo
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
Do mil ao milhão
4.
Atitude positiva diária
5.
O poder da ação ( edição de luxo)
6.
O poder da autorresponsabilidade
7.
A revolução dos bichos
8.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
9.
O duque e eu
10.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
 
PublishNews, Redação, 19/01/2021

Tom Zé sempre foi um artista à frente de seu tempo. Por vezes, dependeu primeiramente de um olhar estrangeiro para a compreensão e apreciação de sua obra no Brasil. Radicado em São Paulo desde os anos 1960, quando acompanhou Caetano Veloso e fez parte do espetáculo Arena Canta Bahia, de Augusto Boal, Tom estava presente na gênese do movimento tropicalista e teve um início de carreira bem-sucedido com o LP Grande liquidação. Tom Zé, o último tropicalista (Edições Sesc, 336 pp, R$ 90 – Trad.: Silvana Cobucci) é fruto de mais um olhar estrangeiro sobre sua obra. O crítico italiano, e entusiasta da MPB, Pietro Scaramuzzo foi o primeiro a escrever uma biografia oficial do cantor. Nada mais tropicalista então do que uma versão brasileira – com texto exclusivo de Tom Zé, depoimentos de Rita Lee, Arnaldo Antunes e Emicida na quarta capa e novos projeto gráfico, capa e cadernos de fotos – da biografia italiana do artista baiano. Pietro percorre as trajetórias de vida e obra de Tom Zé, desde seu nascimento em Irará, em 1936, analisando todos os seus álbuns até o lançamento de Sem você não A, de 2017. Além de cronologia, discografia e vasta quantidade de fotos do cantor, o livro conta ainda com um texto do próprio Tom e com prefácio de David Byrne.

PublishNews, Redação, 19/01/2021

Em Contra mim (Biblioteca Azul, 256 pp, R$ 54,90), Valter recupera a infância e parte da adolescência e torna suas memórias os temas de sua literatura. Com a linguagem da crônica e o estilo que seus leitores bem conhecem, elementos autobiográficos se apresentam em sequenciamento. A infância retratada pelo escritor passeia por Portugal e sua história recente. Os marcos históricos são o fim do Império Colonial na África e a Revolução dos Cravos e seus desdobramentos. Estes fatos são pano de fundo e moldura para o retrato de um menino e sua mitologia particular. Também estão registradas as descobertas, o contato com o corpo, a relação com o irmão morto e a influência da cultura brasileira em Portugal. Nesta obra, mais que a infância de um escritor, está uma formação de alguém que se arrisca a ver o mundo sob outra ótica. Contra mim tem capa com arte de Adriana Varejão e prefácio de Nélida Piñon.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.