Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 14/01/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Redação, 14/01/2021

Na última segunda-feira (11), o Diário de Justiça do Estado de São Paulo trouxe a informação de que a Culturama, editora de Caxias do Sul (RS) especializada na publicação de franquias infantis e casa oficial dos quadrinhos da Disney no Brasil, requereu a falência da Saraiva. O valor da ação é de R$ 224.058,11. O caso foi distribuído para o juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho, o mesmo que conduz o pedido de recuperação judicial da Saraiva na 2ª Vara de Falências da capital paulista. Como é de praxe, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) solicitou esclarecimentos à varejista. Em resposta, a Saraiva disse que o pedido se origina de protestos de títulos procedidos pela Culturama. Disse ainda que, tendo por base as informações que obteve na petição inicial apresentada pela editora, poderá arcar com o pagamento da demanda sem que isso afete a solvência da empresa. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

Em sua coluna n'O Globo nesta quarta (13), Ancelmo Gois adiantou que a editora chinesa Post Wave adquiriu toda a obra infantil de Clarice Lispector. Gois, que disse ainda que as obras, que contarão com as ilustrações brasileiras da coleção, serão publicadas em 2022. A Post Wave foi fundada em 2006 e está sediada em Pequim, com filiais em Xangai, Nanjing, Chengdu e Taipei. Nesses 15 anos de história, publicou mais de dois mil livros, abrangendo mais de dez gêneros, como literatura, cinema, arte, humanidades e ciências sociais, não ficção, economia e negócios e livros infantis. Por aqui, as obras infantis de Clarice – entre elas O mistério do coelho pensante, A mulher que matou os peixes, Quase de verdade e Doze lendas brasileiras – foram publicadas em edições de capa dura pela Rocco.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

A Editora Alaúde está à procura de um assistente de marketing digital com experiência na área e produção de conteúdo. É preciso ter habilidade para pesquisar, escrever, resumir e melhorar textos em diferentes estilos de linguagem; conhecimentos no Adobe Photoshop e Indesign; paixão por leitura e livros; domínio de funcionalidades e recursos das principais redes sociais; e conhecimento em ferramentas como adwords, analytics e Excel. Inglês intermediário, formação em comunicação social e conhecimento em mídias on-line e ferramentas de CRM são considerados diferenciais. As funções do cargo incluem o planejamento estratégico e criação de conteúdo para as redes sociais da editora, gestão de orçamento e impulsionamento de posts, criação de e-mails marketing, criação de ações para gerar leads, compilação de dados e relatórios semanais e mensais, utilização do Google Analytics e relacionamento com blogueiros e influenciadores. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail editoraalaude@gmail.com até 27 de janeiro.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

Uma matéria veiculada pelo New York Times e traduzida pela Folha mostrou ao mundo como editores, autores e prêmios literários franceses deixaram o mundinho do livro para ganhar as páginas policiais. A matéria mostra que, em fevereiro do ano passado, a polícia bateu à porta da editora Proust & Céline em busca de provas que incriminassem o escritor Gabriel Matzneff. Saiu de lá com documentos que comprovam conchavos que garantiram o nome de Matzneff em um prestigioso prêmio literário. “É provavelmente um dos últimos mundos que se manteve tão protegido contra investigações e contra a documentação de entendimentos ou acordos ilícitos e compadrio”, disse Olivier Nora, presidente da Grasset, uma das grandes editoras francesas que publicou um livro que narra a história de Vanessa Springora, que se envolveu com Matzneff quando tinha 14 anos. O livro foi o estopim para que o movimento #MeToo chegasse à França. A matéria assinada por Norimitsu Onishi e Constant Méheut informa que, diferentemente dos prêmios norte-americanos ou britânicos que tem um rodízio entre os jurados, na França, é comum que os prêmios literários tenham júris fixos. “É um sistema aberrante”, disse Hugues Jallon, que desde 2018 comanda a Seuil, outra das grandes editoras francesas. “Deveria haver regras severas contra ser jurado de um concurso se você é empregado de uma editora”, completou. O editor observou que há muito dinheiro em jogo. Béatrice Duval, comandante da Le Livre du Poche, a maior editora de livros de bolso da França, completou dizendo que as grandes editoras se beneficiam de empregar jurados ou de publicar seus livros. “Todas as pessoas envolvidas não têm interesse em que as coisas mudem [...] Fica mais fácil para as editoras controlar os júris, dessa maneira", concluiu.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

No próximo 22, a Universidade do Livro dá início a mais uma edição do curso on-line de Produção editorial. Nas aulas, os alunos acompanharão em detalhes todos os passos da produção editorial, além de adquirir uma visão abrangente da edição de um livro. Ao longo do curso que será ministrado pela editora Laura Bacellar, o aluno será levado a refletir sobre os principais aspectos e questões do processo de produção no contexto geral do funcionamento de uma editora, do momento em que é definida a realização de uma obra até a entrega dos arquivos completos do livro à produção gráfica. Serão 14 aulas on-line, que seguirão de 22 de janeiro até 30 de abril. O investimento é de R$ 408, podendo ser dividido em até seis vezes.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

A Leiturinha, maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil, anunciou um projeto para fomentar a leitura entre as crianças brasileiras. Em parceria com a editora Mol e com as ONGs Gerando Falcões, Amigos do Bem, Associação Vaga Lume, Aldeias Infantis SOS Brasil e a Pequena Casa da Criança, a Leiturinha disponibilizará kits de livros na Loja Leiturinha para as pessoas escolherem e doarem à instituição de sua preferência. A cada kit comprado, a Leiturinha doará mais um para a instituição selecionada, dobrando a quantidade de livros distribuídos. O Leiturinha do Bem – como é chamado o projeto – tem como objetivo permitir a crianças de periferias, favelas e comunidades rurais o acesso ao universo dos livros. Interessados em participar do projeto podem adquirir os kits para doação por R$ 54,90 na Loja Leiturinha. Os kits estão à venda para assinantes e não-assinantes.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

O livro Opa (Prosa Nova, 32 pp, R$ 30), de Adilson Farias, é sobre a relação entre um avô — que sofre do mal de Alzheimer — e a sua neta. Na perspectiva da menina, a história se desenrola enquanto o avô conta para a netinha todas as aventuras que viveu e explica como funciona cada uma de suas invenções, como a moto a vapor e o carro movido a vela. Opa é um inventor e aventureiro avô que está sempre com um exuberante chapéu cheio de lâmpadas. A neta sabe que é no chapéu que ele guarda todas as suas ideias e histórias. E o que ela mais gosta é de escutar as aventuras dele. E, de repente, enquanto a menina escuta mais uma das histórias, ela percebe que uma lâmpada se apaga e que seu Opa está se esquecendo das coisas. Aos poucos, mais lâmpadas vão se apagando, o que irá mudar a relação entre os dois e provocar novas aventuras.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

Em Reinações de Narizinho (Editora do Brasil, 80 pp, R$ 49,90), a menina de nariz arrebitado é a protagonista dessa narrativa divertida e cheia de surpresas, que explora desde o Reino das Águas Claras até a Aventura no Mundo das Maravilhas. Um livro que encantou gerações, Reinações de Narizinho é o primeiro da série que abriu as porteiras do Sítio do Picapau Amarelo e é considerado um dos maiores clássicos da literatura infantojuvenil escrito por Monteiro Lobato. Esta edição conta com uma adaptação cuidadosa e contemporânea com a assinatura de Fernando Nuno e Silvana Salerno. As ilustrações ficaram por conta de Raquel Matsushita.

“Ler é verbo que não aceita bem o imperativo.”
Marília Paiva
Presidenta do Conselho Regional de Biblioteconomia da 6ª Região​
1.
Mais esperto que o diabo
2.
Atitude positiva diária
3.
A sutil arte de ligar o foda-se
4.
Do mil ao milhão
5.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
6.
A revolução dos bichos
7.
O duque e eu
8.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
9.
Uma terra prometida
10.
O poder da autorresponsabilidade
 
PublishNews, Redação, 14/01/2021

Escrito pela jornalista Isa Colli, Tâmaras e quibes (Colli Books, 40 pp, R$ 13,90 – Ilustração: Ramon Waldry Ribeiro) traz como tema central a imigração, o respeito às diferenças e lições básicas dos valores dos estudos, trabalho e do empreendedorismo. A obra começa com o português José Braz, de coração enorme e que recebia em sua chácara imigrantes vindos de várias partes do mundo. Em pouco tempo, a chácara virou um povoado com pessoas incríveis como o senhor Mohamed, dono de um comércio de comidas árabes, com restaurante e loja de temperos que agradavam em cheio os fregueses, como o menino Zezinho. Com o tempo, a amizade entre os dois iria mudar o destino do garoto. A obra convida os pequenos leitores a passearem pela culinária dos países árabes, falando sobre o respeito às outras culturas e o valor da amizade.

PublishNews, Redação, 14/01/2021

Em A menina e o leão (Sesi-SP, 32 pp, R$ 69,90 – Trad.: Hedi Gnadinger | Ilustração: Julie Volk), do escritor dinamarquês Kim Fupz Aakeson, o leitor acompanha a história de Louise, uma garotinha cheia de vida, mas que passa boa parte do tempo sozinha, mesmo quando está na escola, rodeada de outras crianças. A diferença é que ela tem um leão só dela. Um grande leão dourado que a ajuda a ser forte e a enfrentar alguns medos. Tudo muda quando um caçador de animais selvagens passa a morar no mesmo prédio que Louise e os papéis se invertem. Agora, ela é quem precisa proteger seu amigo. A menina e o leão conta a história de uma menina que abandona seu mundo de fantasias e acaba encontrando um amigo na vida real.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.