Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 01/12/2020
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Redação, 1º/12/2020

Já está no ar a programação do InterLivro – Encontro Internacional de Profissionais do Livro, realizado pelo PublishNews em parceria com a Bienal do Livro de São Paulo. Neste ano, o evento terá a sua programação distribuída ao longo de cinco dias – de 7 a 11 de dezembro – e será transmitido ao vivo pela plataforma da Bienal Virtual. Temas como audiolivros, diversidade, e-commerce e ambiente de trabalho do futuro estarão na pauta do InterLivro de 2020. Para Leonardo Neto, editor do PublishNews, a programação reflete temas importantes para o futuro do mercado editorial e livreiro. “Mais uma vez, com muita honra, o PublishNews acompanha a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, com uma programação pensada nos profissionais que fazem a roda do livro girar. Buscamos trazer temas fundamentais para entender para onde a indústria e o comércio do livro estão indo. Ao discutir a diversidade, por exemplo, queremos mostrar que esta deve ser uma preocupação presente de editores e livreiros na construção de um futuro para este mercado”, comentou. Nomes como Jonas Tellander, fundador e CEO da Storytel; Leonora Monnerat, diretora-geral da HarperCollins Brasil; Ruy Shiozawa, presidente do Great Place to Work; Fernando Baldraia, editor de diversidade do Grupo Companhia das Letras; Felipe Brandão, editor do selo Outro Planeta (Planeta); Maria Helena Chenque, especialista em acessibilidade da Ateliê da Escrita, e Maurici Jr., fundador da ComSchool, escola especializada em e-commerce recém-comprada pelo Magazine Luiza, confirmaram presença no evento que será gratuito. Para mais informações e conferir a programação completa, clique no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

Governador João Dória anuncia, um dia depois do segundo turno das eleições municipais, recuo no Plano SP | © Governo de SPEm coletiva realizada no fim da manhã desta segunda-feira (30), um dia depois do segundo turno das eleições municipais, o governador paulista João Dória (PSDB) anunciou que o estado voltará à fase amarela do Plano São Paulo, que estabelece o regramento do comércio diante da pandemia do novo coronavírus. Nesta fase, os estabelecimentos considerados não essenciais poderão continuar abertos, mas com horário de funcionamento e capacidade reduzidos. Se antes, o comércio podia ficar aberto por 12 horas, respeitando o limite de 60% de sua capacidade, agora, poderão funcionar durante dez horas diárias, com capacidade de até 40%. O horário de funcionamento não poderá passar das 22h. A medida afeta livrarias que deverão respeitar estes limites. Além disso, aqueles estabelecimentos varejistas do livro que já estavam ensaiando o retorno de lançamentos presenciais deverão pisar no freio. É que eventos com pessoas em pé também voltam a ser proibidos em todo o território paulista. Um impacto imediato disso foi sentido pela Livraria do Comendador, localizada na região da Avenida Paulista, em São Paulo, que decidiu baixar as portas sem data para reabrir. A livraria está integrada a um café-restaurante e os proprietários entenderam que a limitação de pessoas inviabiliza a operação. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) realiza a sua 18ª edição a partir desta quinta-feira (3), até 6 de dezembro, em formato virtual. A programação será totalmente livre e gratuita, através do site, YouTube e redes sociais da Festa, composta por mesas transmitidas ao vivo e vídeos gravados antecipadamente. A edição deste ano foi pensada de modo a qualificar a linguagem virtual em seu potencial artístico e poético, criando um ambiente rico de troca e experiências literárias e os encontros e conversas propostos refletem questões essenciais do nosso tempo. Além disso, antes das mesas e nos intervalos da programação será exibida uma série de vídeos sobre as “manifestações paratienses”, que mostrarão a relação da Festa com a vida cultural, artística e literária de Paraty. Artistas, artesãos, poetas e autores locais ou que vivem na cidade vão contar um pouco de sua própria história e de sua relação com a Flip, além de lerem trechos das obras dos escritores convidados. A programação começa nesta quinta (3), às 18h, com a mesa Diásporas, que contará com a participação da escritora inglesa Bernardine Evaristo e da brasileira Stephanie Borges. Na conversa, Evaristo falará sobre seu livro Garota, mulher, outras, que venceu a última edição do Booker Prize. A programação completa da Flip Virtual 2020 você encontra clicando aqui.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

Hervé Le Tellier |© Wiki Commons / VicenteO Goncourt, importante prêmio literário francês, foi atribuído nesta segunda (30) ao escritor Hervé Le Tellier pelo livro L'anomalie (A anomalia), da Editora Gallimard. A obra narra um acontecimento estranho: um voo entre Paris-Nova York que ocorre duas vezes com os mesmos passageiros, com alguns meses de intervalo. A narrativa é uma mistura de um romance policial, uma história literária clássica, relatórios de interrogatório, misturando ainda outros gêneros e características. L'anomalie recebeu oito votos do júri, contra dois de L'Historiographe du royaume (O historiógrafo do reino), de Maël Renouard. "Nunca esperei receber um prêmio como o Goncourt. Em primeiro lugar, você não escreve para recebê-lo, e, em segundo, não imagina ganhá-lo", disse Hervé Le Tellier na videoconferência do prêmio ao lado de seu editor Antoine Gallimard. A última vez que a Gallimard teve um livro vencedor do Goncourt foi em 2016, quando o júri premiou Leïla Slimani por Canção de ninar, publicado por aqui pela Tusquets.

PublishNews, Redação, 30/11/2020

Em 2020, a Lei Brasileira de Inclusão (LBI) completa cinco anos. Considerada um avanço na garantia dos direitos das pessoas com deficiência, a lei estabelece normas inclusive no campo dos livros e da leitura. Na próxima quarta-feira (02), às 10h30, Carlos Ferrari, diretor de Relações Institucionais da Organização Nacional de Cegos do Brasil; Fabiano de Moraes, procurador da República do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, o deputado federal Felipe Rigoni (PSB/ES) e Nadja Cezar Ianzer Rodrigues, coordenadora-geral dos Programas do Livro FNDE/MEC debaterão sobre a LBI e as suas implicações na ampliação da leitura. O evento virtual será transmitido pelo Facebook da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e terá mediação de Lauri Cericato. Além da CBL, a Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional (Abrelivros) e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) são os promotores do debate.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

A Biblioteca Pública do Paraná (BPP) anunciou na última sexta-feira (27) os títulos dos livros vencedores da primeira edição do Prêmio Biblioteca Digital. Criado para fomentar a produção e circulação de livros inéditos no formato digital, o concurso selecionou obras de autores de todo o país em quatro categorias: Romance, Conto, Poesia e Infantil. Em Romance, o primeiro colocado foi O cubo mágico, de Guido Viaro (Curitiba / PR); em Conto foi a obra Quando perdemos o Norte, de Leonardo Gomes Nogueira (São Paulo / SP). Na categoria Poesia, quem garantiu o primeiro lugar foi Pangeia: a etimologia do ser, de Mariana da Rocha Basílio (Bauru / SP); e em Infantil, o primeiro selecionado foi Os bichos falam português, de Alécio Donizete da Cilva (Cuiabá / MT). Os três primeiros colocados de cada categoria receberão prêmios em dinheiro de R$ 10 mil (primeiro lugar), R$ 5 mil (segundo lugar) e R$ 3 mil (terceiro lugar). Os 12 livros vencedores formarão uma coleção e serão disponibilizados para download gratuito no site da BPP. No dia 8 acontece uma live com a participação dos primeiro colocados de cada categoria, durante a Flibi, a festa Literária da Biblioteca Pública do Paraná. A lista completa dos premiados você confere clicando aqui.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

Mais de dez anos depois da publicação do best-seller mundial O segredo, Rhonda Byrnes apresenta ao leitor seu novo trabalho. O maior segredo (HarperCollins, 272 pp, R$ 54,90 – Trad.: Roberta Clapp e Bruno Fiuza) é um convite para descobrir a felicidade verdadeira e duradoura, por meio de ensinamentos que pretendem ajudar qualquer um a dissolver sentimentos negativos. Enquanto O segredo mostrou o caminho para criar aquilo que queríamos ser ou ter, O maior segredo revela a descoberta mais profunda que um ser humano pode fazer, eliminando negatividade, medo e sofrimento e abrindo as portas para uma vida de felicidade e êxtase permanentes. A mensagem por trás de O segredo é empoderar leitores com a percepção de que eles têm o poder de criar a vida que escolherem. Em O maior segredo, Rhonda extrai aprendizados dos poucos que descobriram de fato a verdade sobre si mesmos e sobre o mundo – uma verdade que, segundo a autora, é capaz de nos libertar para viver uma vida de paz e felicidade duradouras.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

Em 23 motivos para não se apaixonar (ou para amar ainda mais) (Outro Planeta, 160 pp, R$ 49,90), Gabie Fernandes reúne 23 verdades indigestas que carregou durante muito tempo como dogmas em sua vida. Todo mundo trai; alma gêmea não existe; amor é guerra; amar não é para mim... e muitas outras afirmações sobre este sentimento que acabaram se tornando crenças difíceis de mudar. Pelo menos até aqui... “Com o tempo, a vivência e os tombos (merecidos ou não), a gente vai entendendo o mundo sob outro prisma e percebe que ver a vida com olhos de criança não é uma opção, mas sim uma necessidade pra continuar seguindo em frente. No final, os clichês estão sempre certos: a resposta pra tudo é o amor”. Com mais de três milhões de seguidores em seu canal do YouTube, Depois das onze, Gabie busca inspirar as pessoas a se entregarem ao amor.

“O maior flagelo do País é a educação. Literatura e educação estão intrinsecamente ligados.”
Samuel Seibel
Dono da Livraria da Vila
1.
Uma terra prometida
2.
Box Harry Potter
3.
Mais esperto que o diabo
4.
A sutil arte de ligar o foda-se
5.
Viva a sua melhor versão
6.
Do mil ao milhão
7.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
8.
O poder da ação ( edição de luxo)
9.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
10.
Pequeno manual antirracista
 
PublishNews, Redação, 1º/12/2020

O cavaleiro preso na armadura (Record, 112 pp, R$ 39,90 – Trad.: Luiz Paulo Guanabara) é uma história publicada pelo roteirista e dramaturgo Robert Fisher (1922-2008) em 1987 e que continua muito atual. O livro narra a dificuldade que muitas vezes temos de nos mostrar exatamente como somos, de baixar nossa guarda e revelar nosso rosto. Ao contar a história de um cavaleiro – o mais corajoso do reino, sempre pronto para a batalha e disposto a ajudar quem precisa – obra fala diretamente a todos que se sentem presos aos compromissos e às responsabilidades do mundo moderno, que se distanciaram daqueles que amam e que deixaram de lado seus desejos. Na história, quando o cavaleiro percebe que não consegue mais se desvencilhar da armadura, ele parte em busca de seu eu esquecido no tempo. Assim, a obra é um incentivo a embarcar nos próprios Caminhos da Verdade para entender o porquê desse distanciamento para assim encontrar uma solução.

PublishNews, Redação, 1º/12/2020

Todo mundo tem hábitos que querem ou precisam ser mudados. Na obra Qualquerum (Edições Loyola, 36 pp, R$ 18 - Ilustração: Bárbara Amaral e Carolina Farah), a médica cardiologista Floriana Bertini criou um personagem para ajudar nesse processo. O Sr. Qualquerum é tido como um construtor de "pontes" entre a teoria e o entendimento e acompanha o leitor na sua jornada pelos estágios de prontidão que se fazem presentes nas mudanças de hábitos. O objetivo da obra é ajudar quem quer mudar a dar o primeiro passo, seja para abandonar vícios, mudar hábitos alimentares, cuidar da saúde e bem-estar ou gerenciar o estresse. O e-book será lançado Bienal Virtual do Livro de SP, no dia 11 de dezembro, às 19h, na Arena Virtual. A conversa terá a participação de Floriana, Monja Coen e da psicóloga Karina Fukumitsu. Juntas, elas levarão o público a refletir sobre mudanças, resiliência e a capacidade do ser humano de se adaptar a determinadas situações sem perder sua integridade.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.