Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 31/07/2020
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Leonardo Neto, 31/07/2020

Em 2015, quando comemorava o seu 50º aniversário, a Nova Fronteira lançou a coleção O melhor de, antologias de grandes nomes da literatura brasileira. Três destes nomes foram reunidos no box O melhor de Mário de Andrade, Caio Fernando Abreu e Rubem Fonseca lançado no ano seguinte. Nesta semana, a coletânea destes grandes contistas e cronistas brasileiros veio parar na lista, ocupando a quinta posição da Lista de Ficção, com 295 unidades comercializadas. Em dezembro de 2018, o volume já tinha aparecido na Lista Nielsen PublishNews, aquela que apura os autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento do Brasil, mas é inédito na lista semanal. Outros dois estreantes pontuaram em Ficção: a “dark edition” de Drácula (DarkSide), de Bram Stocker, ocupa a posição de número 14, com 139, e Uma noiva rebelde (Arqueiro), de Julia Quinn, ficou na 16ª posição, com 128. Em Infantojuvenil, a Coleção especial Anne de Green Glabes (Ciranda Cultural), de Lucy Maud Montgomery, ganha posição de destaque, sendo a vice-líder na categoria, com 437 cópias vendidas. Outras três novidades em Autoajuda completam o time de estreantes da semana: O melhor de mim (Alta Life), de Mike Bayer, na 14ª posição, com 286; Hábitos atômicos (Alta Life), de James Clear, na 15ª, com 269, e Criando com empatia (Senac), de Bia Lombardi, na 19ª, com 243. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da lista desta semana.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

Um dos segmentos – dentro da cadeira do livro – que foi fortemente impactado pela pandemia do covid-19 foi o dos eventos literários. Sem poder reunir pessoas, eles tiveram que se reinventar. Nesta semana, o Flipoços anunciou que fará uma Feira Virtual de Livros entre os dias 11 e 15 de novembro. A plataforma – desenvolvida em parceria com a startup Nubbi – contará com setorização de gêneros literários, como Infantil/Juvenil, Religiões, Lançamentos e Best-Sellers, Literatura geral e comercial, Literatura Científica e Universitária, Artes/Fotografia/Música/Arquitetura e Cinema e Escritores Independentes, o que facilitará a visitação às lojas e expositores da Feira. A base tecnológica da plataforma propicia ainda que todos os visitantes se cadastrem para visitação à Feira e que esses sejam “rastreados” quando visitam os expositores, vejam os livros e buscam as novidades. Esse conteúdo, será disponibilizado para o expositor visitado oferecendo a ele uma importante ferramenta e base de dados para venda direta e relacionamento instantâneo e futuro. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

A Citadel Grupo Editorial abriu uma vaga de estágio para a área de marketing para atuar em Sorocaba (SP). É necessário estar cursando entre o 2º e o 5º semestre e Marketing, Publicidade e Propaganda ou Comunicação Social, ter interesse no mercado de livros e ter bons conhecimentos do Pacote Office. As atividades do cargo incluem dar assistência ao departamento de marketing e rotina da editora; auxiliar com elaboração de folders e material de propaganda; acompanhar e atualizar o site da editora; apoiar o acompanhamento do estudo de clientes e concorrência e auxiliar no cadastro e atualização de metadados. Durante a pandemia, o trabalho será em home office com reuniões por vídeo. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail editorial@citadel.com.br até 7 de agosto.

PublishNews, Leonardo Neto, 31/07/2020

A Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa de São Paulo abriu prazo para recebimento de sugestões de chamadas públicas com utilização dos recursos que serão disponibilizados pela Lei Aldir Blanc, que prevê ajuda emergencial ao setor cultural por conta dos impactos da pandemia do novo coronavírus. Entidades, empresas e profissionais do setor cultural poderão enviar sugestões até esta sexta-feira (31), clicando neste link. Para São Paulo, estão previstos R$ 264,1 milhões, dos quais cerca de R$ 52 milhões serão destinados a chamadas públicas de apoio a projetos culturais, prêmios e aquisições de bens e serviços destinados “à manutenção de agentes, de espaços, de iniciativas, de cursos, de produções, de desenvolvimento de atividades de economia criativa e de economia solidária, de produções audiovisuais, de manifestações culturais, bem como à realização de atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou disponibilizadas por meio de redes sociais e outras plataformas digitais”.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

A ComiXology, uma subsidiária da Amazon que disponibiliza HQs digitais premium, e o Stout Club Entertainment lançaram nesta quinta (30), uma série limitada de cinco edições que será publicada semanalmente a partir de 4 de agosto. Disponível em inglês e português, Funny Creek é a primeira de quatro séries que virão de um acordo da ComiXology Originals com a Stout Club Entertainment e foi coescrita pelos brasileiros Rafael Scavone e Rafael Albuquerque com arte de Eduardo Medeiros, cores de Priscilla Tramontano, letras de Bernardo Brice e editada por Bis Stringer Horne. A obra lida com a banalização da violência na sociedade e suas possíveis consequências. É uma história sobre a inocência da infância, a violência na sociedade e como as crianças processam traumas e lidam com a culpa. “De diversas maneiras, essa é uma história sobre amizade. É também uma história sobre crescer em uma cultura que idolatra a violência, algo que todos nós já passamos quando crianças. É um projeto muito especial para nós três, uma história que acreditamos que precisa ser contada. Portanto, é um prazer tê-lo como nosso título de estreia no ComiXology e no Kindle em todo o mundo”, explicam os escritores Rafael Albuquerque e Rafael Scavone. No Brasil, Funny Creek estará disponível no lançamento, sem custo adicional, para membros do Amazon Prime e Kindle Unlimited, e para compra na Loja Kindle por R$ 10,90 cada título. Clique no Leia Mais para saber detalhes da história.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

O Passaporte: Literatura, projeto do Goethe Institut São Paulo, apresenta nesta sexta (31), às 18h30, uma mostra de poesia contemporânea alemã em tradução, organizada por Douglas Pompeu, poeta e tradutor brasileiro e doutor pela Universidade Livre de Berlim. A mostra reúne vídeos exclusivos dos próprios autores lendo seus poemas, com a respectiva tradução nas legendas, e um bate-papo com os tradutores sobre o trabalho de verter para o português esses dez poemas de dez nomes importantes da poesia alemã atual. O encontro virtual é um convite para conhecer não apenas a obra desses autores, mas também a cena artística de que fazem parte. Participam os autores Ann Cotten, Dagmara Kraus, Jan Wagner, Lea Schneider, Marcel Beyer, Monika Rinck, Odile Kennel, Timo Berger e Steffen Popp e com as traduções de Charlotte Thießen, Douglas Pompeu, Érica Zíngano, Matheus Guménin Barreto e Simone Brantes. A live será transmitida pelo Facebook do Goethe Institut. Depois da apresentação, haverá um bate-papo com os tradutores, às 19h.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

Em O capital no século XXI, Thomas Piketty inflamou o debate em todo o mundo sobre a distribuição de renda e a desigualdade, o que alçou a obra ao status de importante referência da área de economia e uma das mais influentes da atualidade. A partir de discussões fomentadas em palestras, congressos e artigos, Piketty percebeu que uma questão lançada em seu best-seller precisava ser aprofundada: a forma como a ideologia agiu para justificar e perpetrar a desigualdade em todas as sociedades ao longo dos últimos séculos. Partindo de uma pesquisa de dados coletados no Ocidente e também em nações pouco analisadas como a Tunísia, a Rússia, o Líbano e a China – e discutindo longamente o caso do Brasil –, o autor faz em Capital e ideologia (Intrínseca, 1.056 pp, R$ 99,90 – Trad.: Maria de Fátima Oliva de Coutto e Dorothee de Bruchard) um apanhado que remonta às sociedades pré-Revolução Francesa e chega aos dias de hoje, para mostrar como a economia não é produto da natureza: como construção histórica, é passível de ser mudada e até revolucionada.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

O número sete traduz a perfeição, a consciência, a espiritualidade e a vontade e, também, a renovação. Atento às simbologias e aos ciclos, e em busca de uma constante inovação, que o escritor, educador e consultor empresarial Roberto Tranjan lançou Os sete mercados capitais (Buzz, 192 pp, R$ 49,90), livro que propõe uma mudança na forma de pensar mercados e enxergar as oportunidades que esperam para serem descobertas. Com a jornada de Jonas - CEO da Dédalo, empresa que enfrenta dificuldades devido à estagnação do mercado - neste contexto atual de transformação social e econômica, Tranjan revela a importância de defender novos princípios e práticas para inovar os modelos de gestão, com lideranças éticas e atentas ao lado humano dos indivíduos, capazes de implementar as estratégias e transformar o negócio com prosperidade e valores de uma Nova Economia. Um livro de inspiração para empresários e lideranças do setor econômico e financeiro.

“Pequenas livrarias são como estrelas reluzentes. Imagine um céu sem estrelas e veja o cenário catastrófico da vida sem elas.”
Nando Reis
Músico e compositor
1.
DNA da cocriação
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Do mil ao milhão
4.
Decida vencer
5.
O milagre da manhã
6.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
7.
Box Harry Potter
8.
Os segredos da mente milionária
9.
A sutil arte de ligar o foda-se
10.
O poder do hábito
 
PublishNews, Redação, 31/07/2020

Com a publicação de O verdadeiro criador de tudo (Crítica / Planeta, 400 pp, R$ 84,90), Miguel Nicolelis finaliza a trilogia iniciada uma década atrás com Muito além do nosso eu e Made in Macaíba, que apresenta o pensamento científico e humanístico apurado ao longo de 38 anos de carreira de neurocientista. Nesta obra, Nicolelis discute as criações do cérebro humano que inclui os mais diversos tipos de conhecimento, percepções, crenças, teorias científicas e filosóficas, culturas, tecnologias, obras de arte, ideologias, sistemas políticos e econômicos e todos os outros produtos mentais emanados do que ele chama do "computador orgânico" que virou o verdadeiro criador de tudo que a humanidade sonhou em fazer e fez. O livro introduz os detalhes de uma teoria, chamada de Teoria do Cérebro Relativístico (TCR), que tem como objetivo descrever como o cérebro, trabalhando isoladamente ou enquanto parte de redes formadas por outros cérebros individuais (chamadas de Brainets), realiza seus feitos. O verdadeiro criador de tudo é uma história de aventura sobre o papel central do cérebro na criação de nossa concepção do universo.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

Nos últimos anos, um fenômeno comunicacional tomou conta do mundo: o uso cada vez mais intenso das redes sociais por políticos de todas as instâncias. Ao mesmo tempo, o jornalismo aprofundou crises estruturais, provocadas pela queda das receitas publicitárias, pelas novas tecnologias e pelo consequente enxugamento das redações. Que riscos tudo isso pode trazer para as democracias? Numa época em que os efeitos devastadores das chamadas fake news são cada vez mais discutidos e que se tenta desacreditar o jornalismo profissional, Ricardo Gandour, diretor executivo da CBN, analisa o cenário no livro Jornalismo em retração, poder em expansão (Summus, 120 pp, R$ 40). Na esteira de uma consolidada carreira como editor e dirigente de redações, ele radiografa o enxugamento das redações, compara com o crescimento vertiginoso – e por vezes perigoso – do uso das redes por políticos e indaga, baseando-se em Habermas: estaremos vivendo a segunda morte da opinião pública? Um livro para quem se interessa pelo campo do jornalismo e da comunicação e seus impactos na democracia. O prefácio é assinado por Eugenio Bucci.

PublishNews, Redação, 31/07/2020

Em Democracia ameaçada (Faro Editorial, 208 pp, R$ 39,90 - Trad.: Carlos Szlak), o ativista chinês Joshua Wong, que começou seus movimentos de protesto aos 14 anos, narra o caminho que o levou para o ativismo, revela as cartas que escreveu durante sua prisão política e expõe um apelo poderoso e urgente: que lutemos pelo direito à livre expressão. Wong organizou o primeiro protesto estudantil em Hong Kong, se opondo à implementação doutrinária do currículo escolar imposto pela China comunista e criou o movimento dos guarda-chuvas amarelos, chamando a atenção da comunidade internacional para o momento de perda de liberdades que Hong Kong vive e que começa a se estender para outras nações. Hoje aos 23, é uma das vozes mais contundentes na luta pelos direitos democráticos de seu território.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 31/07/2020

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.