Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 10/06/2020
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
PublishNews, Redação, 10/06/2020

Uma feliz coincidência marca a entrega das categorias competitivas do Prêmio PublishNews 2019. A cerimônia virtual, marcada para logo mais, às 14h, acontece dois dias depois da divulgação dos resultados da Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro. O estudo apontou que, no ano passado, as editoras brasileiras produziram mais, venderam mais e faturaram mais, apesar de todos os prognósticos apontados pela severa crise iniciada em 2018. É uma feliz coincidência porque o que o Prêmio procura fazer é dar reconhecimento aos profissionais que tiveram que descobrir novos caminhos e encontrar alternativas para a sobrevivência das empresas onde trabalham. E eles não só encontraram como conseguiram ampliar receitas diversificando canais de vendas e o resultado disso se vê na Pesquisa. São estes profissionais que serão festejados nesta quarta-feira. A cerimônia virtual começará com a entrega do Prêmio Metabooks, cujo objetivo reconhecer o trabalho de editoras e livrarias que se destacaram na gestão de metadados ao longo de 2019. Concorrem na categoria Editoras a Contexto, a Évora e o Grupo A. E as livrarias finalistas neste ano são: a Amazon, a Martins Fontes Paulista e o Submarino. Na sequência, os cinco finalistas do Prêmio Profissional de Marketing e de Vendas do Ano serão entrevistados pela equipe editorial do PublishNews. Eles são (em ordem alfabética): Caroline Bueno (Faro), Corina Campos (que estava na Rocco quando se tornou finalista, mas hoje está na Melhoramentos), Franciele Silva (Record), Jeferson Bignardi (Intrínseca) e Telma Kobori (Autêntica). Ao final, será revelado o ganhador do Prêmio que viajará para a Argentina para acompanhar a próxima edição da Feira do Livro de Buenos Aires. A cerimônia será transmitida via LabPub. Para acessar, basta clicar neste link. Para os que quiserem, podem já se cadastrar e optar por receber um lembrete minutos antes do início do evento.

PublishNews, Redação, 10/06/2020

A Associação Nacional de Livrarias (ANL) e a GfK divulgaram o seu relatório mensal de acompanhamento do varejo de livros no Brasil referente a abril, mês em que as livrarias físicas de todo o país permaneceram fechadas por conta das medidas de isolamento impostas pela pandemia do novo coronavírus. Entre os dias 30 de março e 26 de abril, o instituto de pesquisa apurou a venda de 2,5 milhões de exemplares, o que representa queda de 30,6% em relação ao mesmo período de 2019. O faturamento neste intervalo de tempo foi de R$ 100 milhões, queda de 33% na mesma base de comparação. No acumulado do ano, o varejo perdeu 9,4% em volume, alcançando 14,4 milhões de cópias vendidas de janeiro a abril. O faturamento foi 10,9% menor quando comparado com os quatro primeiros meses de 2019. Em números absolutos, o instituto de pesquisa estima que o setor varejista de livros faturou R$ 690 milhões no período. Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Felipe Lindoso, 10/06/2020

Assisti à apresentação da pesquisa, deste ano (base 2019), em videoconferência com a presença do Vítor Tavares (CBL), Marcos da Veiga Pereira (SNEL), Mariana Bueno (Nielsen, a coordenadora da pesquisa), com mediação da dra. Fernanda Gomes, diretora-executiva da CBL. Infelizmente não consegui assistir à apresentação ao vivo, só depois na gravação. Desde o início da pesquisa, havia a preparação de um relatório de divulgação para a imprensa e o público em geral, mas havia também um relatório bem mais detalhado dos dados, que era enviado aos sócios. Como não sou sócio nem da CBL nem do SNEL, há anos que não leio o relatório completo, que suponho continue sendo produzido. Assim, com base no divulgado e na apresentação feita hoje, meus pitacos (dúvidas e aplausos). A coordenadora informou que a amostragem incluiu 61% do mercado. Mais adiante qualificou o assunto explicitou que os livros digitais não entraram, e que estão sendo objeto de outra pesquisa. Mas eu me pergunto: como se chegou a essa porcentagem da amostra? Outra colocação, desta vez sobre o preço médio. Logo no começo, a Mariana Bueno reconheceu que são muitos os fatores que condicionam o que se poderia chamar de preço médio: tamanho, acabamento, número de páginas. Certíssimo. Mas, logo adiante, revelou: o cálculo é feito simplesmente pela divisão do faturamento – líquido, é claro – pela quantidade de exemplares vendidos. Assim, um livro para crianças que custe R$ 20 é somado com os livros CTP que podem custar mais de R$ 100. Qual a média disso? [Nota do editor: Em sua coluna, Felipe Lindoso observa a recém-divulgada Pesquisa e levante questionamentos. Vale a leitura e o PublishNews abre o espaço para a resposta, caso seja do interesse dos organizadores e realizadores do estudo. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra do artigo].

PublishNews, Redação, 10/06/2020

A Metabooks realiza nesta quinta (11), às 14h, a terceira live do projeto Conexão Metabooks – série resultado da parceria entre a plataforma de metadados e o PublishNews. Com o tema As feiras de livro do futuro, Ricardo Costa, CEO da Metabooks Brasil, conversa com Juergen Boos, diretor da Feira do Livro de Frankfurt. A pandemia do novo coronavírus exigiu mudanças e adaptações também para os eventos literários. A Feira de Frankfurt, por exemplo, confirmou sua edição de 2020 prometendo uma experiência totalmente nova para todos os envolvidos. Mas como serão os eventos literários daqui para frente? Como farão para proporcionar aos profissionais do mercado e ao público experiências significativas nesse novo contexto? Na conversa, que será transmitida pela página do PublishNews no Facebook, Juergen irá responder essas perguntas, falará sobre os novos planos e ideias, as ações que a feira está tomando e os próximos desafios relacionados aos eventos literários.

PublishNews, Redação, 10/06/2020

Eduardo Bueno, Ana Paula Maia, Sérgio Abranches, Sue Hecker e Tatiana AmaralNo início do ano, a Word Audio, editora sueca de audiolivros, colocou em prática seus planos para começar a operar no Brasil. Além de contratar Livia Rosa para seu time – que já conta com a ajuda de Carlo Carrenho, fundador do PublishNews – a editora informou que abriria seu catálogo por aqui com o livro O doce veneno do escorpião, de Bruna Surfistinha. Continuando sua expansão no Brasil, a editora acaba de anunciar que fechou contrato com mais alguns autores nacionais. “A proposta da Word Audio é aliar o local ao global: selecionar autores nacionais de relevância para serem lançados nas plataformas de audiolivros de todo o mundo”, explicou Livia. Dentre os novos autores da editora sueca estão Eduardo Bueno, Sérgio Abranches, Ana Paula Maia, Sue Hecker e Tatiana Amaral. “Nosso trabalho é trazer para o primeiro plano a força do texto de cada autor, de modo a proporcionar ao público uma nova experiência com o conteúdo por meio do áudio”, adiantou Livia. Clique no Leia Mais para conhecer os próximos lançamentos da editora sueca de audiolivros.

PublishNews, Raiane Saraiva*, 10/06/2020

O ano é 1983, você caminha pela rua e entra em uma livraria. A primeira vez naquela, dentre as cinco ou seis existentes no bairro. O ambiente é aconchegante, um profissional te aborda para ajudar a encontrar os livros que precisa, te analisa – vestimentas, postura, interesses, detalhes. Você busca por livros escolares e tem bottons de jazz na bolsa que carrega no ombro esquerdo. Recebe a sugestão de um livro sobre música para complementar suas compras. Atrativo. Aquele ainda não faz parte da sua coleção. Mas como ele pode ser tão assertivo, com base apenas em um breve diálogo? A percepção extremamente apurada permitia que os livreiros da época identificassem as características de cada cliente que poderiam gerar uma nova oportunidade de vendas. Em 2020, 37 anos depois, a evolução da tecnologia proporciona muitas mudanças comportamentais. Isso porque a conexão constante através da internet e o imediatismo exigem praticidade, com impactos até mesmo nas formas de compras. Na prática, a transformação gera abertura para a chegada de novos recursos que permitem ao público uma facilidade muito maior para encontrar, escolher e receber informações e produtos, enquanto, por outro lado, ajuda as empresas a entenderem o perfil de cada cliente. Clique no Leia Mais e confira a íntegra deste artigo.

PublishNews, Redação, 10/06/2020

O Instituto Estação das Letras (IEL) realiza nesta quinta (11), às 18h, o encontro Janelas Literárias sobre Clarice Lispector, que será conduzido pelo escritor José Castello e a psicanalista Maria Hena Lemgruber. O Janelas Literárias tenta resgatar, de forma virtual, o projeto Rodas de Leitura, criado e desenvolvido pelo IEL nos anos 1990. São leituras feitas em grupo, nas quais um mediador lê um texto em tela e comenta com a plateia para uma reflexão, uma conversa simples e lúdica. O objetivo do evento, que passa a ser realizado mensalmente pelo IEL, é despertar o gosto pela leitura da literatura nacional ou estrangeira. Nesta edição, o Janelas Literárias trabalhará textos, livros, falas e entrevistas de Clarice, no ano de seu centenário. O investimento é de R$ 50 e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail iel@estacaodasletras.com.br. O encontro virtual é ainda um tira gosto para o Extremos - Círculo de Leitura de Ficções Radicais, no qual Castello e Hena trabalharão A Peste, romance de Albert Camus. A oficina será realizada de 17 de junho a 26 de agosto, sempre às quartas-feiras, das 19h às 21h.

PublishNews, Redação, 10/06/2020

Porto Alegre – Guia inútil de lugares improváveis (Camaleão / Faria e Silva, 100 pp, R$ 75) é a obra-mestra do artista e ilustrador Eloar Guazzelli. É um exercício de linguagem, no qual ele explora os limites dos quadrinhos para ir além: subverte a narrativa tradicional, a sequência linear, ao poetizar a trajetória de uma viagem familiar e quase lisérgica rumo a um ritual de despedida de sua mãe. A forte a presença dos filhos nesta viagem – e a pureza deles – serve para aplacar a dor da perda, neste sequenciamento inevitável das gerações, e resgatar, do fluxo insano de pensamento sombrio, este narrador protagonista, trazendo para um lado mais suave e cotidiano da vida. A obra foi lançada junto com sua sequência, A casa azul (112 pp, R$ 76). Nesta segunda obra, a ruptura não linear permanece até sua conclusão, com movimentos psicológicos complexos desencadeados pelas emoções vindas por meio do rito de passagem dos personagens.

“A literatura nos integra, pois nos mostra os outros a partir de seu interior. Graças a ela podemos viver as vidas das outras pessoas, entrar nas suas existências.”
Olga Tokarczuk
Escritora polonesa e vencedora do Nobel de Literatura de 2018
1.
Desperte a sua vitória
2.
Decida vencer
3.
Economia do desejo
4.
Mais esperto que o diabo
5.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
6.
Box Harry Potter
7.
A sutil arte de ligar o foda-se
8.
Do mil ao milhão
9.
1984
10.
O poder do hábito
 
PublishNews, Redação, 10/06/2020

Para celebrar os 80 anos da Marvel, a Panini lança Marvel Comics 1000 (Panini, 128 pp, R$ 49,90), volume que reúne uma seleção de 80 equipes criativas diferentes para conectar, de modo especial, os mais diversos heróis e vilões ao longo das décadas. Cada página faz referência a acontecimentos importantes que transcorreram ao longo de cada ano da história da Marvel. Na história, um mistério que atravessa o Universo Marvel, mas as respostas que surgem podem trazer desastrosas consequências para o universo. Em um único volume, nomes do passado, do presente e até mesmo do futuro, como Jimmy Palmiotti, Declan Shalvey, Kaare Andrews, Amanda Conner e Bill Morrison participam da criação do roteiro e da arte desta história lendária.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.