Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 20/05/2020
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Jaime Mendes*, 20/05/2020

Muito se tem dito e escrito relacionado a esta pandemia de covid-19. Parece que uma das certezas é de que o mundo não será mais o mesmo. Até o imenso buraco na camada de ozônio sobre o Polo Norte não existe mais, neste momento. Também temos algumas constatações que talvez, quem sabe, fiquem de vez: O Estado Mínimo é uma falácia; vírus e bactérias não sabem o que são fronteiras e nem se sujeitam a elas; Ciência e Cultura não são custo; só o trabalho gera riqueza; a mão invisível do mercado é outra falácia; o pequeno comércio de proximidade precisa ser fortalecido e a internet será cada vez mais utilizada na economia e no dia a dia da vida de cada um dos habitantes do planeta. No nosso caso, o mercado do livro, será tão mais forte quanto o forem os elos da sua cadeia. Um elo muito fraco pode quebrar um mercado. E os principais elos do ponto de vista da comercialização do livro são: editora – distribuidora – livraria. No Brasil, atualmente, existe uma animosidade muito grande no mercado do livro. Mas, de onde vem tudo isso? Qual sua origem? Como e por que se deve acabar com essa animosidade? A ausência de informação fidedigna, o desconhecimento no uso de ferramentas digitais e a falta de transparência nas ações e decisões são os “vírus” desta animosidade. A tecnologia e o estabelecimento de novas regras de negócio, e seu cumprimento, podem ajudar neste combate. Assim, sugiro alguns pontos para discussão de alternativas que possam fortalecer o mercado do livro. Uns mais simples de execução; outros mais complexos. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra deste artigo.

PublishNews, Redação, 20/05/2020

O Diário Oficial da União publicou na última terça (19) a lei sancionada – com vetos – pelo presidente Jair Bolsonaro que cria linha de crédito para auxiliar micro e pequenas empresas durante a crise do novo coronavírus. O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) irá abranger microempresas com faturamento de até R$ 360 mil e empresas de pequeno porte com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões. As empresas com menos de um ano de funcionamento poderão obter linha de crédito de até 50% do seu capital social ou de 30% da média do faturamento mensal. O valor poderá ser dividido em até 36 parcelas e as empresas que obterem a linha de crédito emergencial não poderão demitir seus funcionários, desde a contratação do crédito, até 60 dias depois da última parcela. Entre os vetos de Bolsonaro estão a carência de oito meses para o pagamento do empréstimo, que segundo ele “geraria risco à própria política pública, ante a incapacidade de os bancos públicos executarem o programa com as condições apresentadas” e a prorrogação, por 180 dias, dos prazos para pagamentos de parcelamentos da Receita Federal e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Para vigorar, será necessária a edição de uma medida provisória (MP) que libere crédito extraordinário de R$ 15,9 bilhões que serão usados no Fundo Garantidor de Operações. Além disso, o Banco Central e o Conselho Monetário Nacional também precisam regulamentar o programa que deverá estar disponível só no fim do mês, segundo avaliam especialistas.

PublishNews, Lorenzo Herrero, 20/05/2020

José Diego González é coordenador da área Ecossistema do Livro do Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe (Cerlalc) Na semana passada, o PublishNews trouxe a notícia sobre o lançamento do relatório O setor editorial ibero-americano e a emergência da covid-19, um documento que não só mostra a percepção do setor editorial sobre o impacto da pandemia, como também oferece recomendações para a sua recuperação. É sobre isso que Lorenzo Herrero, editor do PublishNews em Espanhol, conversou com José Diego González, coordenador da área Ecossistema do Livro do Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe (Cerlalc) e responsável pelo estudo. Clique no Leia Mais para conferir a entrevista.

PublishNews, Redação, 20/05/2020

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) realiza logo mais, às 18h, a palestra on-line Oportunidades de negócios na crise. Na conversa, Peter Dowling, editor e fundador da Oratia Media e conselheiro internacional da Associação de Editores da Nova Zelândia e Fabio Dantas, empreendedor e executivo de marketing irão apresentar ideias sobre como trazer inovação para o mercado editorial, se reinventar e diversificar, enxergar oportunidades na crise, usar ferramentas de tecnologia para fomentar os negócios e como o mercado editorial pode se reinventar. A conversa acontece às 18h e será mediada por Fernanda Garcia, diretora executiva da CBL. Para assistir é só clicar aqui. Hoje também acontece mais uma live da Arena Virtual, projeto realizado pela CBL, em parceria com o PublishNews e com o projeto Vá Ler um Livro. O convidado desta vez será o jornalista e escritor Bruno Capelas. Autor do livro Raios e trovões (Summus) que conta a história do fenômeno da TV Cultura, o Castelo Rá-Tim-Bum. No bate-papo que será mediado por Augusto Assis, do Vá Ler um Livro, Bruno falará sobre as referências literárias que acompanham o seu trabalho e o ajudam a escrever sobre temas como música, cinema, literatura, tecnologia e inovação. A conversa acontece às 16h, no Instagram da CBL (@cbloficial).

PublishNews, Redação, 20/05/2020

Em 1976, a autora Annie Rice publicava Entrevista com o vampiro (Rocco, 320 pp, R$ 24,90), livro que iniciou a série que apresentou O vampiro Lestat e A rainha dos condenados, levando os críticos à descoberta da mais voluptuosa e sedutora história de horror. Uma história que começa com a ousadia de um jovem repórter ao entrevistar Louis de Pointe du Lac, nascido em 1766 e transformado em vampiro pelo próprio Lestat, figura apaixonante que terminará, ao longo da série, arrebatando multidões como cantor de rock. Annie Rice cria um mundo de fantasia, gótico e romântico ao contar a história de Louis e de seu 'criador' Lestat aos leitores. A nova edição publicada pela Rocco traz o livro em capa dura com a tradução de Clarice Lispector. Em 1994, o livro foi adaptado para o cinema tendo em seu elenco nomes como Brad Pitt, Tom Cruise, Antonio Banderas e Kirsten Dunst.

PublishNews, Redação, 20/05/2020

Viagens temporais, aliens, outros planetas, personagens bizarros (que não são aliens), uma organização que planeja incursões no espaço-tempo, muitas fatias de pizza e uma máquina de escrever que abre portais. Tudo faz parte do livro Gastaria tudo com pizza (Pipoca & Nanquim, 224 pp, R$ 49,90), de Pedro Duarte, editor-chefe do Jovem Nerd. Na história, cansado de sua monótona rotina, Bob poderia simplesmente largar o trabalho e, quem sabe, fazer planos para uma viagem longa que incluísse uma ilha paradisíaca. Abandonaria redes sociais, e-mails, compromissos e esqueceria até que relógios existem. Mas ele preferiu colocar a mão na massa e construir um aparato que gera portais que lhe permitem viajar pelo tempo e espaço. Disfarçada sob a carcaça de uma inocente máquina de escrever, essa parafernália que Bob concebeu, e vem tentando fazer funcionar há oito anos, é o seu passaporte da alegria, um meio de se livrar de uma existência repetitiva e sem propósito. Na verdade, a única coisa de que ele provavelmente sentiria falta é uma generosa fatia de pizza, se possível de atum, especialmente do Restaurante do Waldir. Porém, o Universo não vai assistir aos planos de Bob sem intervir, o que fará seu destino mudar total e irremediavelmente. O design da publicação é da artista Giovanna Cianelli.

PublishNews, Redação, 20/05/2020

Veronica Clarke é uma aluna exemplar. Aos 17 anos, ela parece ter uma vida perfeita: um namorado apaixonado, pais que se orgulham dela e uma vaga na universidade dos seus sonhos. Mas, pela primeira vez, um resultado de positivo não lhe parece algo bom. Ao fazer um teste de gravidez, ela se descobre grávida e fica em pânico ao ver seus planos de futuro irem por água abaixo. Desesperada, ela decide realizar um aborto. Com medo de enfrentar julgamentos, Veronica encontra uma aliada improvável, a rebelde Bailey Butler, sua ex-melhor amiga e a única com quem ela pode contar. Para tentar realizar o procedimento, as duas partem em uma viagem de mais de três mil quilômetros, em meio a loucuras, risadas, cumplicidade e discussões que reabrem cicatrizes que precisam arder antes de, talvez, serem curadas. Desgrávida (Faro Editorial, 254 pp, R$ 44,90 - Trad.: Carlos Szlaka), dos roteiristas da série How I Met Your Mother, Jenni Hendriks e Ted Clapan teve os direitos de adaptação vendidos para a plataforma de streaming da HBO e já está em fase de produção.

PublishNews, Redação, 20/05/2020

Ana Vitta sempre foi uma criança alegre, saudável e... fofa. Ela nunca se incomodou em receber adjetivos, até notar que eles nem sempre serviam para ser legal com alguém. Conforme vai ficando mais velha, por mais que tente manter o sorriso estampado no rosto, os apelidos e implicâncias começam a mexer com ela. O jeito é colocar para fora, nem que seja no caderno. Agora Ana só precisa conseguir aplicar isso na realidade, o que não é tão fácil quanto parece. Primeiro ela tem que descobrir o que realmente a incomoda (e não o que incomoda os outros) e então encontrar maneiras de trazer à tona a Ana confiante que se escondeu dentro dela. Esse é o enredo de A fofa do terceiro andar (Galera Júnior, 144 pp, R$ 39,90), livro de Cléo Busatto que traz à luz um tema com reflexos para todas as idades: o bullying. Voltada ao público adolescente, na obra, a protagonista registra os fatos que vivencia e revela os sentimentos de uma fase repleta de dilemas e inquietações.

“Condições comerciais isonômicas são fundamentais para a sustentabilidade do mercado do livro a partir de agora.”
Jaime Mendes
Responsável pela Nova Guanabara
1.
Ouse ser diferente
2.
Todo santo dia
3.
Mais esperto que o diabo
4.
Viver, a que se destina?
5.
Box Harry Potter
6.
A sutil arte de ligar o foda-se
7.
Felicidade
8.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
9.
Do mil ao milhão
10.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
 
 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.