Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 29/10/2019
A Transporte Executivo Luiz Henrique Pinho oferece serviço de transporte para autores e colaboradores no Rio de Janeiro. Já atende editoras como Sextante e Intrínseca.
Tradutor Editorial (ING-PT), especialista em textos de não-ficção, sobretudo em temas ligados à aeronáutica, história militar, humanidades e ciências sociais. Trabalha para diversas editoras como tradutor e copidesque.
Com mais de 25 anos de experiência, a Claro e Ponto Assessoria em Produção de Textos oferece serviço de revisão e preparação para diversos gêneros textuais. Também trabalhamos com redação e edição de textos publicitários e jornalísticos.
PublishNews, Mariana Bueno*, 29/10/2019

Há quase dez anos estudo o mercado editorial Brasileiro e ao longo desse tempo os resultados obtidos mostraram que, apesar de existir um aumento no número de exemplares vendidos durante o período, o faturamento do setor sofreu queda acentuada apesar da expectativa da indústria de alcançar um ganho de escala com a redução do preço médio do livro. Em outras palavras, a redução significativa do preço médio do livro não foi suficiente para garantir o crescimento necessário do número de exemplares vendidos, o que resultou na queda do faturamento do setor. Essa é, sem dúvida, a explicação mais evidente para o ocorrido, mas será que é suficiente? Qual terá sido o desempenho real de outros mercados editoriais da América Latina e do mundo? Como comparar o desempenho e tamanho desses mercados? O comportamento de livros didáticos, trade e CTP (Científico, Técnico e Profissional) é parecido nos diferentes países? Qual a importância do governo para os mercados latino-americanos? [Nota do Editor: Mariana Bueno é uma das pessoas que mais entende dos números do mercado no Brasil. À frente da Pesquisa Produção e Vendas de Livros no Brasil, ela sabe como poucos entender o que está por trás dos números e se propôs e a compará-los com outros mercados. As suas primeiras conclusões - esse é o primeiro de uma série de artigos que ela prepara - podem ser acessadas clicando no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

Vencedores do Prêmio IPL - Retratos da Leitura de 2018O Prêmio Retratos da Leitura, realizado pelo Instituto Pró-Livro (IPL), anunciou os finalistas da sua quarta edição. Este ano, 216 projetos de fomento à leitura, de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal foram inscritos. Dos 216, 42 foram selecionados como finalistas e estão distribuídos em quatro categorias: Bibliotecas, Cadeia Produtiva, Mídia e Organizações Sociais Civis. A categoria com maior número de inscritos foi a das Bibliotecas (50%), seguida das Organizações Sociais Civis (22%), Mídias (15%) e Cadeia Produtiva (13%). Para a categoria das Bibliotecas, excepcionalmente, foram escolhidos 12 finalistas. “Os resultados positivos da pesquisa Retratos da Leitura – Bibliotecas Escolares, que lançamos neste ano, nos inspiraram a incluir projetos que fazem a diferença na formação leitora e na vida de alunos”, contou Zoara Failla, coordenadora do Prêmio IPL- Retratos da Leitura. O próximo passo é a seleção dos premiados pelo corpo de jurados, que escolherá, entre os finalistas, três ganhadores em cada uma das quatro categorias, que levarão o troféu do Prêmio. Os vencedores serão conhecidos no dia 4 de dezembro. Clique no Leia Mais para conferir a lista completa dos finalistas.

PublishNews, Leonardo Neto, 29/10/2019

sheika Bodour Al Qasimi, Vice-Presidente da IPA | © DivulgaçãoO fim da manhã desta terça-feira marcou o encerramento da conferência profissional da Feira Internacional do Livro de Sharjah, nos Emirados Árabes. O dia teve como foco os mercados dos países africanos. Ao encerrar a conferência, a sheika Bodour Al Qasimi destacou as possibilidades que estes mercados podem apresentar. “Eu acredito que a África, o Oriente Médio e a Ásia são lugares para onde se devem olhar. São regiões com grande potencial, atraindo cada vez mais a atenção no cenário global. E, claro, esse dispositivo que cada um de nós têm em nossos bolsos tem feito isso acontecer ainda mais rápido. Além disso, eu acredito que estão nesses mercados emergentes o leitor do futuro”, disse em seu discurso. O ponto alto da programação desta terça-feira foi a mesa da qual participaram representantes de quatro dos sete projetos ganhadores de uma bolsa de incentivo à inovação dada pela fundação Dubai Cares e pela International Publishers Association. Ao todo, foram distribuídos US$ 140 mil aos sete projetos e outros US$ 50 mil foram destinados para a restauração da biblioteca pública Book Bunk, de Nairobi, no Quênia. Para conquistar a bolsa, os candidatos tiveram que comprovar a capacidade de escala e de sustentabilidade de seus projetos. Clique no Leia Mais para conhecer cada um dos projetos.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

A Globo Alt comprou os direitos e lança em maio do ano que vem o livro Swimming Lessons (ainda sem título em português), de Lili Reinhart, atriz da série Riverdale. O livro explora o eufórico começo do amor jovem, a batalha contra a ansiedade e a depressão frente à fama e a inevitável desilusão resultante de grandes paixões. Universais, mas profundamente íntimos; provocantes e reconfortantes, os poemas de Lili refletem a honestidade pela qual a atriz já é conhecida. Acompanhados de ilustrações, Swimming Lessons mergulha nas profundidades da experiência feminina e segue a linha de pensamento de Lili, que também é ativista em prol da divulgação de questões relacionadas à saúde mental e body positivity.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

A Editora Record divulgou as capas dos livros vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2019. O legado de nossa miséria (romance), de Felipe Holloway, conta a história de um crítico de literatura e professor universitário que é convidado para um evento sobre Jornalismo Literário numa fictícia cidade do interior de Minas Gerais. Lá ele conhece um famoso escritor cuja obra sempre admirou. No evento, os personagens rememoram suas respectivas carreiras, nas quais os fracassos éticos e estéticos se alternam. A segunda obra, O doce e o amargo (conto), de João Gabriel Paulsen, é uma coletânea composta por nove contos que tratam das tensões geracionais e os conflitos ocasionados pelos ritos de passagem. Os dois livros serão lançados em evento em São Paulo, no próximo mês, com tiragem inicial de dois mil exemplares.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

Já estão abertas as inscrições para o primeiro Prêmio Todavia de Não Ficção. Poderão ser inscritos projetos de biografias e reportagens sobre temas e trajetórias relevantes aos leitores brasileiros. Os projetos deverão ser inscritos pelo site da editora até 17 de março de 2020. O participante terá de enviar, no ato na inscrição, uma sinopse e uma amostra do livro com no mínimo 160 mil caracteres, além da data estimada para conclusão da obra. Só poderão ser inscritos projetos originais e inéditos - que não tenham sido publicados no Brasil em formato impresso ou digital. Os trabalhos serão avaliados por um júri formado pelos jornalistas Chico Felitti, Daniela Pinheiro, Dorrit Harazim e Rogério Galindo. O regulamento completo pode ser lido aqui. O prêmio será um contrato de publicação do livro que inclui um adiantamento no valor de R$ 15 mil reais e o resultado final será divulgado no site da editora, em setembro de 2020.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

A Fundação Tide Setubal realizará na próxima segunda (4), a 10ª edição do Festival do Livro e da Literatura de São Miguel. Com o tema Identidade, territórios e expressão dos povos, serão cinco dias dedicados às mais variadas formas de saber e de expressão cultural produzidas em territórios periféricos, com rodas de conversas, saraus, mostras de filmes, apresentações teatrais, lançamentos de livros, bate-papos sobre HQs, festivais literários e oficinas de grafite, literatura, desenho e percussão. Milton Hatoum, Chico Felitti, Jarid Arrais e Debora Garcia são alguns dos nomes confirmados no evento. O festival contará ainda com diversas atrações distribuídas em 25 espaços que mobilizarão escolas, centros culturais e demais instituições da comunidade de São Miguel Paulista e região. O evento conta com parcerias das editoras Companhia das Letras e Todavia, Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo, Fundação Educar DPaschoal e da Festa Literária das Periferias (FLUP), apoio cultural do SESC-SP, patrocínio da Rede e correalização da Fundação Tide Setubal e da Secretaria Especial da Cultura, do Governo Federal. A programação completa você confere clicando aqui.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

O Sesc Copacabana (Rua Domingos Ferreira, 160 – Rio de Janeiro / RJ) recebe até 26 de janeiro de 2020, A Biblioteca à noite, exposição imersiva imaginada e realizada pelo diretor canadense Robert Lepage e a Companhia Ex Machina, e inspirada no livro de mesmo nome do escritor argentino Alberto Manguel. A exposição – que já passou por São Paulo – oferece aos visitantes uma experiência ao mesmo tempo cenográfica e virtual, seguindo um roteiro de 10 bibliotecas, reais ou imaginárias. É um convite a uma viagem de Sarajevo até a Cidade do México, passando pela mítica biblioteca de Alexandria até o fundo dos mares a bordo do Nautilus, das Vinte Mil Léguas Submarinas, de Júlio Verne. Além disso, os visitantes poderão, até janeiro, participar de seminários e outras ações integradoras, como shows e saraus poéticos, espetáculos teatrais, oficinas e feiras de troca de livros. Com entrada gratuita, a visitação será somente mediante agendamento prévio pelo site da exposição.

“Não sou nada além de literatura e posso ser e querer ser qualquer outra coisa”
Franz Kafka
Escritor tcheco (1883-1924)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Prólogo, ato, epílogo
4.
Escravidão
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
O milagre da manhã
7.
Seja foda!
8.
Luccas Neto em "Os aventureiros"
9.
A garota do lago
10.
Do mil ao milhão
 
PublishNews, Redação, 29/10/2019

Zumbi foi o último líder do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial. Nascido no século XVII, na Capitania de Pernambuco, tornou-se um dos pioneiros na resistência contra a escravidão na América. Esta história, que o tornou um dos maiores heróis do Brasil, ganha agora uma nova versão com o livro Palmares de Zumbi (Nemo, 176 pp, R$ 44,90 - Ilustração: Luis Matuto), escrito por Leonardo Chalub. A narrativa começa em 1667. O jovem Francisco, capturado quando criança e entregue à Igreja, vive como coroinha em Porto Calvo, sonhando com a liberdade. Ágil e silencioso, explora o vilarejo à noite, pregando peças, vingando os negros mortos no tronco e aterrorizando feitores e senhores de engenho como um fantasma – ou um zumbi, em quimbundo, a língua típica de Angola. Quando surge uma oportunidade de fuga, Francisco a aproveita, dando início a sua jornada para se tornar aquele que a história não esqueceria: Zumbi dos Palmares, filho de Angola Janga. Palmares de Zumbi" traz uma releitura da saga de um dos maiores heróis negros do Brasil. Uma homenagem ao herói, narrada com paixão e reverência à cultura da capoeira e ao líder quilombola.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

Em 1959, ano anterior ao seu falecimento, Melanie Klein deixou, em meio a outros trabalhos inacabados, uma narrativa de suas origens familiares e profissionais. Embora extensamente utilizada nas biografias que lhe foram dedicadas, a versão integral de suas memórias havia permanecido até há pouco tempo inédita. Nela, o leitor encontra a pioneira da análise de crianças revisitando sua própria infância e sua juventude. Esta edição da autobiografia de Melanie Klein (Blucher, 222 pp, R$ 55 – Trad.: Elsa V. K. P. Susemihl e Paulo Sérgio de Souza Junior), organizada por Alexandre Socha, é complementada por comentários de colegas reconhecidos no estudo de sua obra, oferecendo, no conjunto, um registro pessoal e documental de uma das grandes inovadoras do pensamento psicanalítico.

PublishNews, Redação, 29/10/2019

Apresentando centenas de citações cuidadosamente selecionadas por Janet Browne - biógrafa de Darwin e professora de história da ciência em Harvard -, o livro Darwin por Darwin (Zahar, 328 pp, R$ 69,90 – Trad.: Maria Luiza X. de A. Borges) é baseado nas obras determinantes do grande cientista, em sua autobiografia, cartas para amigos e anotações de seus cadernos científicos pessoais. Um retrato multifacetado que fornece pronto acesso às ideias de Darwin e conduz os leitores através de suas principais realizações: sua juventude e a famosa viagem a bordo do Beagle; a gradual perda da fé religiosa; o desenvolvimento e a publicação da teoria da seleção natural. O livro também expõe reações e críticas com as quais ele se deparou ao questionar as convicções dominantes sobre a criação, tanto de cientistas quanto de formadores de opinião da Inglaterra vitoriana. Darwin por Darwin traz sobretudo uma nova perspectiva sobre um homem extraordinário. Indo além da figura pública, do botânico e geólogo inovador, estão ainda presentes o marido e pai afetuoso e o entusiasta escritor de cartas.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.