Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 26/09/2019
Imagem de Arquivo é uma microempresa, localizada na cidade do Rio de Janeiro, especializada em produção de conteúdo e pesquisa iconográfica para produtoras de audiovisual editoras e instituições.
A Fino Verbo é uma empresa de revisão, redação e preparação de textos para diversos segmentos, ou seja, se tem texto, nós podemos ajudar.
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
PublishNews, Redação, 26/09/2019

Anualmente, os principais veículos da cobertura da indústria editorial mundo afora se reúnem para lançar, em parceria com o consultor austríaco Rüdiger Wischenbart, o Global 50, um ranking que reúne as maiores editoras do mundo. Pela metodologia, participam do ranking aquelas empresas que tiveram faturamento superior a 150 milhões de euros no ano anterior. A RELX Group (Reed Elsevier) lidera o ranking, com faturamento de 4,6 bilhões de euros. Em segundo lugar ficou a Pearson, com 4,58 bilhões de euros e em terceiro a ThomsonReuters, com 4,48 bilhões de euros. Ocupando a quarta posição, com faturamento de 3,62 bilhões de euros, a Bertelsmann é a primeira editora de interesse geral a aparecer no ranking, seguida pela Penguin Random House, que apurou faturamento de 3,42 bilhões de euros. Duas brasileiras entraram na lista: a Somos Educação, com faturamento de 422 milhões de euros, ocupando a 39ª posição e a FTD, com 150 milhões de euros, na 56ª. Participam do Global 50 a Bookdao (China), buchreport (Alemanha), Livres Hebdo (França), Publishers’ Weekly (EUA) e o PublishNews. Para marcar o lançamento do relatório, no dia 16 de outubro, às 14h, esses veículos realizam o já tradicional CEO Talk da Feira do Livro de Frankfurt. Representantes de cada um deles sabatinarão Kelly Luegenbiehl, vice-presidente da Netflix responsável pelo desenvolvimento e produção de séries originais em todo o mundo, menos nos EUA. Para se inscrever no evento e para baixar o relatório completo, clique no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

Gisela Armando, Omar Souza e Fernanda Zacharewicz | © Décio FigueiredoOs editores Gisela Armando e Fernanda Zacharewicz e Omar Souza, que já estavam juntos na Aller Editora, especializada na publicação de livros de psicanálise, resolveram ampliar o negócio e lançam agora a 106. Omar é quem explica o conceito da nova casa: "Editorialmente falando, vamos sempre buscar equilíbrio entre o que está em evidência e a ousadia, seja em termos de conteúdo ou forma. No que diz respeito à gestão, a ideia é buscar as melhores práticas e os processos mais eficientes. Está claro que os modelos tradicionais precisam de revisão. E nisso queremos inovar". E a nova editora já nasce com alguns "subselos", indicados logo abaixo do logotipo: 106 Ideias (ensaios, biografias, Filosofia, História etc.), 106 Pessoas (desenvolvimento pessoal, espiritualidade, negócios etc.), 106 Histórias (ficção histórica e contemporânea), 106 Clássicos (obras e autores consagrados), 106 Crônicas (textos produzidos por alguns dos melhores cronistas nacionais e internacionais), entre outros. A única exceção será o selo Aller, que já está no mercado com obras de psicanálise e que identificará os livros publicados para esse segmento. Clique no Leia Mais e saiba os primeiros livros da nova editora.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

A Quincas Consultoria -- o mais novo empreendimento de Orlando Prado, focado em soluções para o mercado editorial e livreiro -- está à procura de um representante comercial, que atuará para um grupo de editoras, focado em vendas para Livrarias e Distribuidores. As funções do cargo incluem manter uma rotina de atendimento e vendas, propor ações promocionais, analisar o acervo e sugerir recolocações e digitar e acompanhar pedidos. É necessário ter disponibilidade para participar de feiras, ter boa comunicação, ter iniciativa e afinidade com livros e não é exigida experiência anterior na função. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail orlando@quincasconsultoria.com.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

Mia Couto e José Eduardo AgualusaNa próxima terça (1º), às 19h30, o Instituto Tomie Ohtake (Rua Coropés, 88 – São Paulo / SP) recebe os autores José Eduardo Agualusa e Mia Couto que lançarão o livro O terrorista elegante e outras histórias. Lançado pelo selo Tusquets, da Planeta, a obra reúne três contos baseados em peças de teatro escritas em conjunto pelos dois autores. Em O terrorista elegante, conto que dá nome ao livro, um angolano é preso em Lisboa por suspeita de ligação com grupos terroristas. Durante o interrogatório na prisão, o homem, por sua vez, confunde os agentes com histórias que não coincidem com a de um criminoso, e conquista os três policiais levando-os a refletirem sobre suas próprias vidas. O livro traz ainda, uma entrevista com Mia e Agualusa, realizada por Anabela Mota Ribeiro e publicada no jornal português Público. No encontro da próxima terça os dois participam de um bate-papo mediado pela jornalista e apresentadora Marília Gabriela seguido de sessão de autógrafos.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

A Casa Tombada (Rua Ministro Godói, 109 – São Paulo / SP), espaço que abriga arte, educação e cultura, terá novas turmas de pós-graduação para 2020 e dará uma festa onde as pessoas poderão conhecer o espaço, os cursos, participar de dinâmicas, comer e se sentir em casa. A festa n’A Casa acontece neste sábado (28), a partir das 18h e todos estão convidados. No mesmo dia, além da pós O livro para a infância, outros três cursos abrirão suas inscrições: Caminhada como método para a arte e a educação; A arte de contar histórias em processos educativos: Ensino formal e não-formal e Narração Artística: Caminhos para contar histórias em contexto urbano. Para saber mais sobre os cursos é só aparecer no evento de sábado e para já conhecer um pouco mais sobre A Casa é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

Termina na próxima semana, o prazo para bibliotecas públicas e comunitárias se inscreverem no edital Recode Bibliotecas. Realizado pela organização social Recode, o edital tem como objetivo promover o empoderamento digital e fortalecer as habilidades dos profissionais de bibliotecas. O programa irá selecionar 270 bibliotecas em todo o país e irá oferecer apoio e formação para estimular o protagonismo dos profissionais e dos jovens na transformação social e digital de suas comunidades. Os participantes serão motivados a traçar uma nova programação para esses espaços em sintonia com as demandas locais, tendo a inovação e a tecnologia como aliadas. O percurso formativo inclui temas como pesquisa da comunidade, estratégias de comunicação e articulação de parcerias, visando ao aumento do número de frequentadores nas bibliotecas e o reconhecimento de boas práticas. Para participar da convocatória, as instituições devem ter um CNPJ ativo e no mínimo dois computadores instalados e voltados para o uso da comunidade. O edital está disponível clicando aqui e as inscrições podem ser feitas até o dia 4 de outubro.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

Na próxima quarta-feira (2), a partir das 20h, o Itaú Cultural abre a Ocupação Eduardo Coutinho. Formada por programação especial e com ferramentas de acessibilidade, a mostra apresenta ao público a vida do artista homenageado, sua trajetória, processo de criação e obra. A exposição faz um rastreamento da vida e obra de Coutinho, com trechos selecionados de seus filmes e depoimentos e a curadoria é da equipe do instituto, formada pelos Núcleos de Audiovisual e Literatura e de Memória e Pesquisa, com cocuradoria do jornalista e pesquisador Carlos Alberto Mattos. No dia da abertura, será lançado o livro Sete Faces de Eduardo Coutinho, de Mattos, publicado em coedição da editora Boitempo, Instituto Moreira Salles e Itaú Cultural. A Ocupação segue até 24 de novembro, e até lá, a programação presencial do Terças de Cinema, no IC, será toda voltada a filmes dele. Haverá também uma mostra on-line, uma master class com João Moreira Salles e um minicurso com várias pessoas que trabalharam com Coutinho.

PublishNews, Redação, 26/09/2019

Todo ano, Caroline, Mariana e Hélio costumavam deixar a capital paulista para encontrar Paulo, um jovem habituado à simples vida caiçara. No entanto, a amizade construída nas areias do litoral sofreu abalos sísmicos no Réveillon de 1999, quando algo tão inquietante quanto o bug do milênio abriu caminho para uma misteriosa ilha que despontava no horizonte, e explorá-la talvez não tenha sido a melhor decisão. Sobreviver à Ilha das Cobras tem um preço. Mais do que um equívoco darwiniano ou uma lenda popular, a ilha praticamente destruiu a vida deles. Entre memórias e fatos fragmentados, o que aconteceu naquela fatídica noite se tornou um mistério. Mas de algumas coisas eles se lembram perfeitamente: uma enorme e ameaçadora serpente, além de uma pessoa sendo entregue ao ninho da víbora, um sacrifício sem chance de recusa. Anos depois, Caroline é confrontada com um de seus piores pesadelos: a pessoa que eles abandonaram está viva. Então, ela decide reunir os amigos para entender o que aconteceu. E talvez o encontro seja parte de algo maior... e maligno. Em Serpentário (Intrínseca, 368 pp, R$ 44,90), Felipe Castilho mescla referências do folclore e da mitologia a elementos da cultura pop, da ficção científica e do horror.

“Quando acenderem as fogueiras, quero estar ao lado das bruxas.”
Fernanda Montenegro
Atriz brasileira
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Escravidão
3.
Do mil ao milhão
4.
O poder da autorresponsabilidade
5.
Seja foda!
6.
O milagre da manhã
7.
Mais esperto que o diabo
8.
Luccas Neto em "Os aventureiros"
9.
O poder da ação
10.
A garota do lago
 
PublishNews, Redação, 26/09/2019

A obra Não, não é bem isso (Não Editora, 160 pp, R$ 44,90) é um conjunto de experiências narrativas que transita por uma vontade de querer começar do zero após cada ponto final. E, diante de um mundo onde dizem que tudo já foi dito, que tudo já foi tentado, a cada novo texto o autor Reginaldo Pujol Filho segue a busca por uma forma diferente. Surgem no livro uma página de Wikipedia, fotografias, um monólogo teatral, uma especulação dentro da Arca de Noé e como um ator que se transfigura a cada papel, Reginaldo muda de voz de uma narrativa para outra. Neste sábado (28), às 17h, o autor estará na Livraria Mandarina (Rua Ferreira de Araújo, 373 – São Paulo / SP), para um bate-papo com as escritoras Veronica Stigger e Angélica Freitas seguido de sessão de autógrafos.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.