Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 29/08/2019
Somos especialistas em criação de projeto gráficos, diagramação de grandes materiais, tratamento de imagens e tradução e revisão de laudas.
Há 14 anos no mercado, representa cerca de 400 editoras do comércio varejista de livros. Tem aproximadamente 820 mil títulos em estoque, e cerca de 400 novos títulos ao mês.
Uma empresa com 13 livrarias físicas pelo Brasil e uma das principais livrarias online do país, com títulos de inúmeras categorias das melhores editoras, abrangendo didáticos, jurídicos, livros de ficção, entre outros.
PublishNews, Leonardo Neto, 29/08/2019

Sérgio Mena Barreto - presidente da Abrafarma - falou como as farmácias se reinventaram e deu dicas para que as livrarias sigam no mesmo caminho | Immonem BarrosHá que se tirar o chapéu para a organização desta edição da Convenção da Associação Nacional de Livrarias (ANL) que foi aberta oficialmente nesta quarta-feira e segue com a sua programação nesta quinta. A programação está realmente boa. Ontem, os livreiros e editores presentes tiveram a chance de ouvir de Sergio Mena Barreto, presidente da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), como o seu segmento se reinventou e saltou de um faturamento de R$ 3 bilhões para R$ 51 bilhões. Ele mostrou como a automatização dos estoques; a dinamização da distribuição de medicamentos; a gestão colaborativa com fornecedores e as informações compartilhadas entre indústria, distribuidores e varejo ajudaram a expansão do negócio no Brasil. Foi uma aula. Outro destaque da programação desta quarta-feira foi a participação de Roger Chartier. Professor, acadêmico e grande pensador da história do livro também deu uma aula. Com português impecável mostrou estar antenado com o que acontece no Brasil. Começou, como não poderia deixar de ser, falando sobre o “momento dramático”, fazendo uma referência às queimadas na Floresta Amazônica, “a mais importante livraria e biblioteca cultural da humanidade”. Depois citou matérias recentes publicadas pelos principais veículos de comunicação do País a respeito da situação atual das livrarias brasileiras. Clique no Leia Mais para saber outros detalhes do primeiro dia da convenção.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

No penúltimo episódio da Audioteca Paraty você ouve a mesa A hora e a vez dos ignorados: Como o mercado digital está chegando mais longe para alcançar os leitores esquecidos pelo mercado tradicional, que integrou a programação da Casa PublishNews este ano na Flip. Essa mesa contou com a participação de Raphael Secchin, da Bibliomundi; de Reinaldo Ferraz, da NIC.br; de Jonatas Eliakin, da Blucher; e foi mediada por Bruno Mendes, dono do #coisadelivreiro e sócio do PublishNews. A conversa falou basicamente sobre as ferramentas digitais que promovem a democratização da publicação e da leitura, além da acessibilidade para leitores sensíveis, sobre a diversidade da produção de conteúdos, as estratégias usadas e como esses processos estão impactando a produção e os negócios no mercado. Clique no Leia Mais para ouvir o programa.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

Estande Zahar Bienal 2017Este ano a Zahar estará novamente na Bienal do Rio com um estande assinado pela arquiteta Bel Lobo, parceria que já rendeu premiação à editora. O espaço, localizado no Pavilhão Azul – G70, terá lançamentos, novidades da Zahar e a presença de importantes autores da casa. No Café Literário eles também estarão presentes: no dia 7 de setembro, às 13h, o cientista político Steven Levitsky, autor do best-seller Como as democracias morrem, participará de uma mesa sobre as raízes do autoritarismo e as fragilidades do sistema democrático no Brasil e no mundo, com a historiadora Lilia Schwarcz. No dia 8, Melina Risso, especialista em políticas públicas e coautora, com Ilona Szabó, do livro Segurança pública para virar o jogo, conversará com Miriam Leitão e Mário Magalhães sobre fatos recentes da História do Brasil para lançar um olhar múltiplo sobre o futuro do país. Ana Lucia Azevedo (Novos tempos) e Lúcia Hiratsuka (Chão de peixes e Orie), também estarão no espaço para falarem sobre as tragédias ambientais recentes e sobre a literatura e cultura japonesa, respectivamente. Voltando ao estande da editora, acontece o lançamento do audiolivro Como as democracias morrem, narrado pela atriz Erika Riba e produzido pela Zahar em parceria com o Selo Sputnik Phonograms. A programação completa está disponível no blog da Zahar.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

Quando a perseguição nazista contra os judeus se intensifica em Amsterdã, a família Frank se muda para um esconderijo, atrás de uma estante num estabelecimento comercial. No cômodo, a menina judia Anne Frank e sua família vivem por mais de dois anos até serem encontrados em 1945. Para reverenciar a memória da autora de um dos mais famosos e comoventes relatos da II Guerra, no ano em que faria 90 anos, o estande do Grupo Editorial Record na Bienal Internacional do Livro do Rio 2019, localizado no Pavilhão Azul G100/H70, terá uma passagem secreta para um anexo, onde o público conhecerá detalhes sobre o cotidiano de Anne Frank no tempo em que viveu escondida. A programação da editora você encontra clicando aqui.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

Pedro Bandeira, Ilan Brenman e Walcyr Carrasco | © DivulgaçãoA Moderna e Salamandra estarão presentes na Bienal do Rio para apresentar os principais lançamentos de seus autores exclusivos. Os escritores Walcyr Carrasco, Pedro Bandeira e Ilan Brenman farão lançamentos ao longo do evento com uma programação de sessão de autógrafos no estande das editoras, localizado no Pavilhão Azul - K95. O primeiro a se apresentar será o novo autor exclusivo de obras de literatura infantojuvenil da Moderna, Ilan Brenman. Ele lançará dois livros inéditos: Famílias e Refugiados. Os novos títulos marcarão a inauguração da biblioteca do escritor, organizada em coleções e que reunirá gradativamente as mais de 70 obras de Ilan, todas reformuladas e com novos projetos gráficos, capas, ilustrações. Já o escritor Pedro Bandeira lançará o livro Narizinho, a menina mais querida do Brasil. O volume fala sobre a personagem Narizinho, considerada pelo autor a mais importante da literatura brasileira, ao lado da imortal Capitu, de Machado de Assis. Quem visitar o estande também encontrará Walcyr Carrasco, que já escreveu diversas novelas, peças de teatro e publicou mais de 40 livros infantojuvenis. Ele lançará duas obras adaptadas: Reinações de Narizinho e A Reforma da Natureza e apresentará uma "retextualização" que preserva a estrutura, os personagens e o fluxo da narrativa criada por Lobato. O espaço da Moderna e da Salamandra também oferecerá ações promocionais de vendas de livros e venda de livros autografados com brindes exclusivos. No local ainda serão realizadas oficinas e contações de histórias para o público infantil. A programação completa das editoras você encontra no site da Bienal.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

A Editora Bambolê participa este ano da sua segunda Bienal, mas será a primeira vez que além de um estante – localizado no Pavilhão Verde, R41 – com 15 eventos entre oficinas de ilustração e lançamentos de livros, que ela será a Livraria Parceira da Bienal do Livro para a Arena #SemFiltro. A livraria, que ficará também no Pavilhão Verde, no estande R77, desempenhará a mesma função da livraria do Café Literário (ocupada pela Travessa nesse ano) com a venda dos livros da Arena, com a área de autógrafos dos autores que estarão na programação oficial deste espaço. No estande da editora, que abrigará os eventos, a Bambolê terá uma árvore de livros, baseada nos livros Dandi e a árvore palavreira e Caixa de Desejos, da autora Ana Cristina Melo, na qual os leitores poderão tirar um "desejo" da árvore, que será também um brinde. As crianças e jovens poderão escrever desejos ligados à literatura que serão colocados numa urna e dois deles serão sorteados com uma cesta de livros. A equipe da Bambolê lerá todos os desejos e escolherá um para ser realizado. A programação completa da editora você confere aqui.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

Completando 10 anos no mercado, a editora Novo Conceito estará pela quinta vez na Bienal do Rio. Nos últimos anos, a editora trouxe para o evento autores internacionais como Nicholas Sparks, Emily Giffin, Nick Vujicick, Corban Addison, Lesley Pearse e Lucinda Riley. Para esta edição, no entanto, o foco será nos nacionais. Localizada no Pavilhão Verde - P60I, a editora realiza nesta sexta (30), às 18h, um encontro com blogueiros. No dia seguinte, Luisa Bérard, autora do romance Nas Montanhas do Marrocos participará de um bate-papo seguido de sessão de autógrafos, às 12h. Às 15h, a editora receberá o público para o lançamento do livro Mulherão da porra, da empresária e coach Karine Carrijo. Para fechar o sábado, às 18h, o delegado da Polícia Federal Edson Geraldo de Souza e o jornalista João Carlos Borda receberão os leitores do livro Arco de fogo para contar como foi escrever um romance policial baseado em fatos reais vividos durante o comando de uma das bases da maior operação da Polícia Federal contra o desmatamento ilegal na Amazônia.

PublishNews, Redação, 29/08/2019

Em Penitência (Gutenberg, 192 pp, R$ 44,90 – Trad.: Elisa Nazarian), Kanae Minato, autora de Confissões, narra o assassinato de uma menina de 10 anos em uma pacata cidade do interior do Japão. Quatro garotas que estavam com a vítima pouco antes de ela ser morta falaram com o suspeito, mas, por algum motivo, nenhuma delas conseguia se lembrar do rosto dele, e o caso foi arquivado. A mãe, inconformada com a perda da filha, queria vingança e ameaçou as garotas. As protagonistas carregam esse fardo sobre os ombros ao longo de 15 anos, até chegarem à vida adulta, quando uma série de tragédias acontece. Neste sábado (31), às 15h, Kanae estará na Japan House (Av. Paulista, 52 – São Paulo / SP) para falar sobre seu novo livro, seu processo de criação e sua trajetória. De São Paulo, a autora parte para o Rio de Janeiro rumo à XIX Bienal Internacional do Rio, que tem o Japão como país homenageado. Lá ela participará das mesas A sedução dos thrillers, no dia 1º de setembro, às 19h, e Como me tornei uma escritora: o nascimento de 'Confissões', no dia 2, às 15h, ambas no Café Literário. A sessão de autógrafos está marcada para as 17h30 no estande do Grupo Autêntica (Pavilhão Azul, Estande H55 / I95).

“Não há mais espaço para escritores de fim de semana.”
Luiz Antonio de Assis Brasil
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Do mil ao milhão
3.
Seja foda!
4.
O poder da autorresponsabilidade
5.
O milagre da manhã
6.
Mais esperto que o diabo
7.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
8.
A garota do lago
9.
Me poupe!
10.
Nunca foi sorte
 
PublishNews, Redação, 29/08/2019

A obra Atlas Ageográfico de lugares imaginados (Lendari, 256 pp, R$ 45), da escritora Ana Cristina Rodrigues, mistura fantasia e ficção científica. Em um deserto impossível entre tempos e dimensões, companheiros de viagem improváveis se encontram. O homem-morcego carrega sozinho as dores de ter perdido seu mundo e de não poder compartilhar essa lembrança. A jovem sem memórias tem um livro em branco como única pista para seu passado. O rei mecânico sofre no exílio causado pelos demônios que comprou para se tornar mais poderoso. Eles seguem e são seguidos por um cavalo sem nome e por uma criatura que aparece e reaparece, sempre com um desafio. Eles não sabem, mas todo o universo multiplanar está ameaçado e o primeiro passo para salvá-lo é enfrentar três dias de jornada em busca de respostas e lembranças, derrotando obstáculos invocados por três entidades misteriosas. Ana Cristina lança a obra no estande da Coesão Independente (Pavilhão Verde, N110), no dia 7 de setembro, às 18h.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.