Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 20/08/2019
Somos especialistas em criação de projeto gráficos, diagramação de grandes materiais, tratamento de imagens e tradução e revisão de laudas.
Há 14 anos no mercado, representa cerca de 400 editoras do comércio varejista de livros. Tem aproximadamente 820 mil títulos em estoque, e cerca de 400 novos títulos ao mês.
Uma empresa com 13 livrarias físicas pelo Brasil e uma das principais livrarias online do país, com títulos de inúmeras categorias das melhores editoras, abrangendo didáticos, jurídicos, livros de ficção, entre outros.
PublishNews, Redação, 20/08/2019

A Biblioteca Mário de Andrade, uma das maiores e mais relevantes na América Latina, terá um festival pra chamar de seu. A primeira edição do Festival da Mário de Andrade está marcado para acontecer nos dias 5 e 6 de outubro e, para compor as suas atividades, está chamando editoras, livrarias, bibliotecas, coletivos literários, feiras e festas literárias, grupos e instituições dedicadas ao livro e à leitura de todo o território nacional para apresentar propostas de ocupação. A Prefeitura de São Paulo colocará à disposição dos selecionados tendas medindo 4 x 4 m, nas quais eles poderão expor e comercializar seus trabalhos. Cada organização poderá solicitar até duas tendas. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas até o dia 2 de setembro. Os interessados deverão anexar uma proposta de ocupação, descrevendo os itens que serão expostos e/ou comercializados, apresentando o formato que será feito a exposição e a descrição das atividades (se for o caso). Para mais informações e inscrições, clique aqui.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

Lista dos Mais Vendidos dá as boas-vindas à Livraria do Comendador | Cris VieiraDesde a semana passada, a Lista dos Mais Vendidos do PublishNews conta com mais um reforço. É que a Livraria do Comendador, das irmãs Carol e Talita Camargo, passou a integrar a lista e fornecer os seus números de vendas. O ranking de livros mais vendidos é elaborado a partir da soma simples das vendas de todas as 14 livrarias consultadas: A Página, Argumento, Blooks, Cultura, Curitiba, Leitura, Cameron, da Vila, Lojas Americanas, Martins Fontes SP, Nobel, Saraiva, da Travessa, e agora, a Livraria do Comendador.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

André Argolo, Susana Cerveira e Juliana Santos | © Talita FacchiniNo primeiro episódio da Audioteca Paraty dessa semana, você vai ouvir a mesa O Sesc na formação de leitores. Mediado por André Argolo, o bate-papo contou com a participação de Juliana Santos e Susana Cerveira, assistentes da área de literatura e biblioteca do Sesc São Paulo. Elas falaram sobre as ações que o Sesc realiza para promover a leitura e formar novos leitores; sobre como os projetos da instituição cresceram nos últimos anos e de como o Sesc tem feito a diferença na promoção da leitura. A Audioteca tem trazido, desde o fim da Flip, a íntegra das mesas que compuseram a programação da Casa PublishNews em Paraty. Para ouvir a íntegra do áudio, clique no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

O Grupo Editorial Edipro prepara para a 19ª Bienal Internacional do Rio (30/08 a 8/09) o lançamento da linha infantil do selo Caminho Suave, que leva o nome da tradicional cartilha responsável por alfabetizar diversos brasileiros. A obra escolhida para estrear o selo é Cocô, xixi e pum – Adeus fralda!, de Maíra Lot Micales, publisher do grupo. A obra, além de ajudar as mães no desfralde, traz também um guia para pais e cuidadores, assinado pela Dra. Gilda Porta, presidente do Departamento Científico de Hepatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Além deste, o selo coloca no mercado o Livro de atividades Caminho Suave, com passatempos lúdicos e educativos para crianças em idade pré-escolar. As obras estarão expostas durante toda a Bienal no Estande do Grupo Editorial Edipro (R58 - Pavilhão Verde). Já em São Paulo, a Livraria Cultura (Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.232) recebe junto com o lançamento da obra no dia 14 de setembro, às 16h, contações de histórias e uma oficina com Thiago Egg, ilustrador de Cocô, xixi e pum.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

Na certidão de batismo da Faro Editorial consta que o anúncio de sua chegada aconteceu na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro de 2013. Agora, a editora acaba de publicar o seu 100º livro e, para celebrar, volta para a Bienal do Rio, com um estande de 108m² onde receberá amigos, leitores e fãs. Pedro Almeida, publisher da casa (e colunista do PublishNews) garante que vai surpreender quem passar pelo estande M60. No dia da abertura do evento (30), a editora prepara um coquetel de abertura, a partir das 17h.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

O Prêmio Kindle de Literatura está com as inscrições abertas para a sua quarta edição. Parceria entre a Amazon e a Nova Fronteira, o prêmio pretende reconhecer o trabalho de autores independentes e já atraiu mais de 4,5 mil novos livros publicados nas edições anteriores, todos lançados pela ferramenta de autopublicação da Amazon, o Kindle Direct Publishing (KDP). Assim como nos outros anos, o vencedor receberá um prêmio em dinheiro de R$ 30 mil e um contrato para a versão impressa do livro pela Editora Nova Fronteira. Nesta edição, os finalistas do Prêmio também concorrerão com finalistas dos outros prêmios literários da Amazon de todo o mundo por uma chance de assinar um contrato de opção de produção audiovisual com a Amazon Prime Video. Para participar do Prêmio Kindle de Literatura, autores precisam publicar suas obras no KDP da Amazon até 15 de outubro. Os autores devem colocar o termo PremioKindle no campo de palavras-chave durante o processo de publicação e registrar os livros sob a categoria Ficção. Além disso, os títulos enviados precisam ser romances originais em português, não publicados anteriormente, à venda exclusivamente na Amazon durante o período da premiação, precisando estar inscritos no programa KDP Select. Os termos e condições do prêmio podem ser acessados clicando aqui.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

A Companhia das Letras está à procura de dois estagiários, um para atuar no seu departamento editorial e outro para o departamento de produção. O contratado para o departamento editorial será responsável pela elaboração de contratos de tradução, envio de cota de livros aos colaboradores, e pelo auxílio no processo de cessão de direitos autorais e inscrição de livros estrangeiros nos processos de apoio à tradução. É necessário residir em São Paulo; estar cursando Jornalismo, Letras, Editoração ou Administração a partir do terceiro semestre; ter domínio do inglês e dos programas Excel e Word; e conhecer o catálogo e os selos da editora. Já a rotina do estagiário do departamento de produção consistirá na organização de arquivos e na aplicação de pequenas emendas em arquivos em InDesign, no auxílio no fluxo de provas e no cadastro de títulos para solicitação da fichas catalográficas e ISBNs. Para a vaga é necessário cursar partir do 3º semestre de Produção Editorial, Jornalismo, Comunicação Social ou cursos relacionados no período noturno. Os currículos – que devem informar a previsão de término do curso e o período em que estuda – podem ser enviados para o e-mail curriculo@companhiadasletras.com.br.

PublishNews, Redação, 20/08/2019

A Madras, editora que publica livros nas áreas de misticismo e de religiões, abriu uma vaga para analista de marketing digital. A editora pede que o candidato tenha experiência na área. As responsabilidades do cargo incluem criar e administrar anúncios em redes sociais e sites e realizar a análise de vendas. É necessário também ter conhecimento em programas de edição de imagem. Os benefícios incluem vale transporte e refeição, e convênio médico e odontológico. Os interessados devem enviar currículo para o e-mail rh@madras.com.br aos cuidados de Thaís.

“A literatura é o esforço do homem para se indemnizar pelas imperfeições da sua condição.”
Ralph Waldo Emerson
Escritor, filósofo e poeta americano (1803-1882)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Do mil ao milhão
3.
O milagre da manhã
4.
Seja foda!
5.
Mais esperto que o diabo
6.
O poder da autorresponsabilidade
7.
F*deu geral
8.
Nunca foi sorte
9.
Sapiens
10.
A garota do lago
 
PublishNews, Redação, 20/08/2019

Jair Bolsonaro tornou-se uma figura pública em 1986, quando assinou, na revista Veja, um artigo em que reclamava do baixo soldo pago aos militares. Um ano depois, nas páginas da mesma revista, reapareceu numa reportagem que revelava um plano de estourar bombas em locais estratégicos do Rio de Janeiro. A revista publicou um desenho que detalhava o plano. O croqui, supostamente de autoria do capitão, comprovaria a conspiração em curso no Exército. Instado a prestar contas, Bolsonaro foi considerado culpado no primeiro julgamento, e mais tarde inocentado pelo Superior Tribunal Militar (STM). Após a decisão da corte, deixou a farda, passou à reserva e ingressou na política. Em O cadete e o capitão (Todavia, 256 pp, R$ 54,90), o jornalista Luiz Maklouf Carvalho examinou a documentação do processo (reproduzida no livro) e escutou as mais de cinco horas de áudio da sessão secreta. Também entrevistou personagens que atuaram no caso, entre jornalistas de Veja e militares colegas de Bolsonaro. Além de reunir indícios suficientes para apontar que a autoria do croqui, como sustentou Veja até o fim, era mesmo do capitão, Maklouf reconstitui um episódio decisivo não apenas para a trajetória do presidente eleito em 2018, mas também para a redemocratização e o jornalismo no Brasil.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.