Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 09/08/2019
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
Primavera Assessoria oferece serviço de revisão de textos em português, preparação de originais para editoras e autores, padronizações e outros serviços editoriais.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
PublishNews, Redação, 09/08/2019

Napoleon Hill | © Wiki CommonsO leitor brasileiro, às vezes, elege um livro de fundo de catálogo para comprar. Pode ter sido a indicação de um influenciador potente, pode ter sido uma ação da editora, não importa. Acontece de vez em quando. Foi assim com A parte que falta (Companhia das Letras), quando Jout Jout o indicou, emocionada, em seu canal no YouTube. O livro era de 2014, mas virou febre em 2018. Agora, a lista vê fenômeno parecido. O livro Mais esperto que o diabo (Citadel), do clássico da autoajuda Napoleon Hill (1833-1970), lançado pela Citadel em 2014 e que, só agora, apareceu na lista com destaque. E ele veio com força, ocupando duas posições na lista de Autoajuda. A versão normal, no segundo lugar, com 4.766 cópias vendidas e a de bolso (estreante na lista), em 17º, com 901. O livro ocupa também a terceira posição da Lista Geral. A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), segue inabalável no topo da Lista Geral, com 7.108 exemplares vendidos. Do mil ao milhão (HaperCollins), de Thiago Nigro (que já resenhou em seu podcast o Mais esperto que o diabo) completa o pódio, ocupando a segunda posição, com 5.234 cópias vendidas. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da lista.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

A Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC) lançou esta semana uma carta aberta contra o decreto n° 9.930, publicado no último dia 24 e que alterou o decreto que dispõe sobre o Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL). O documento assinado no mês passado pelo presidente Bolsonaro e pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra, tem como principais ações a extinção do Conselho Consultivo do Plano Nacional do Livro e da Leitura e a redução do número de representantes da sociedade civil no Conselho Diretivo do plano. Em um trecho da carta, a RNBC defende que a participação da sociedade civil é uma ação legítima e primordial para a formulação de políticas públicas que atendam às reais demandas da população brasileira. A rede nacional também destaca no documento que a manutenção dos espaços de participação social atuam no fortalecimento da luta pela ampliação do acesso à informação e à leitura para todos. Além disso, a rede convoca os demais movimentos sociais e culturais, como as cadeias da economia do livro e da leitura e a sociedade civil para assinar a carta e fortalecer o movimento contra os desmontes nas políticas do livro, da leitura, literatura e bibliotecas. Para ler a carta aberta da RNBC na íntegra clique aqui e para assiná-la, acesse esse link.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

Em 2013, Edward Snowden, ex-analista da CIA (Agência Central de Inteligência) que também trabalhou como agente da NSA (Agência Nacional de Segurança), chocou o mundo ao desmascarar detalhes dos serviços secretos americanos. Snowden revelou que o governo dos EUA estava secretamente desenvolvendo meios para coletar todos os telefonemas, mensagens de texto e e-mails enviados no mundo. O resultado seria um sistema sem precedente de vigilância em massa capaz de intrometer-se na vida privada de qualquer pessoa no planeta. Em Permanent record (título original, ainda sem tradução no Brasil), ele conta como ajudou a criar este sistema de espionagem mundial e também como atuou para desmantelá-lo ao se dar conta dos perigos deste projeto. Com lançamento mundial marcado para o próximo dia 17 de setembro, Permanent Record será publicado em mais de 20 países, entre eles o Brasil, pela editora Planeta.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

A 31ª edição do Troféu HQMIX vai comemorar os 150 anos da publicação do primeiro quadrinho brasileiro e a coordenação do prêmio acabou de divulgar o troféu deste ano, baseado no personagem Nhô Quim, do autor Angelo Agostini. A escultura foi confeccionada no processo 3D pelo artista plástico Itamar Braga, com a reprodução do artista Wilson Iguti. Angelo Agostini (1843-1910), italiano radicado no Brasil, foi personagem importante de sua época, como ativista pelo movimento republicano e antiescravagista. Considerado o maior artista gráfico do segundo reinado, começou a publicar quadrinizações antes dessa data, em O Cabrião, em São Paulo. Mas, foi na primeira graphic novel do mundo, As aventuras de Nhô Quim, que criou personagem fixo e com capítulos semanais, publicados na revista Vida Fluminense. Outra novidade é que o escolhido como o Grande Mestre dos Quadrinhos desta edição é Carlos Edgard Herrero, que trouxe grande contribuição para toda a área das HQs no Brasil. Paulistano e corintiano roxo, nasceu em 2 de agosto de 1944, estudou na Escola de Belas Artes e desenhou cerca de quatro mil páginas de quadrinhos Disney para a Editora Abril. Os ganhadores do prêmio serão conhecidos dias antes do evento que acontecerá no dia 15 de setembro, às 17h30, a comedoria do SESC Pompeia (Rua Clélia, 93 - São Paulo / SP), com apresentação de Serginho Groisman.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

© Mariana VilhenaA Liga Brasileira de Editoras (Libre) estará presente na 18ª Bienal Internacional do Rio de Janeiro (30/08 a 8/09) com um estande de 100m². "A entidade deseja levar ao Pavilhão Verde do Riocentro um pouco do conceito e da leveza de sua já conhecida Primavera Literária", adiantou Raquel Menezes, presidente da Libre. O Espaço Libre reunirá livros e uma programação cultural de suas associadas. Estarão presentes as editoras Bazar do Tempo, Editora 34, Pinakotheke, Oficina Raquel, Editora Fora da Caixa, Numa Editorial, Mourthé, Andréa Jakobson, Mil Caraminholas, Gryphus e Marsupial. Já a programação contará com lançamentos importantes como o do livro Meu lote (Numa), de Nei Lopes, debates sobre temas que vão desde literatura até empreendedorismo, mesas temáticas sobre o mercado editorial e educação, com curadoria da LabPub, e oficinas educativas com foco no desenvolvimento da criatividade e habilidades artísticas, que serão oferecidas pela Compactor, fabricante de canetas. O Espaço ainda está acolhendo sugestões para compor sua programação e autores independentes que queiram lançar seu livro na Bienal devem preencher o formulário on-line clicando aqui. O Espaço Libre ficará no Pavilhão 4, setor verde, estande O128/130.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

Porto Alegre conta com uma nova programação gratuita em seu calendário cultural. Na próxima quarta-feira (14), acontece a primeira edição do Literatura RS na Livraria Cultura, ciclo de atividades que abre um espaço de diálogos sobre temas contemporâneos e pertinentes à literatura. Para marcar a estreia, a escritora, poeta, slammer, filósofa e colunista do site Literatura RS Atena Beauvoir conversa com o jornalista Vitor Diel, idealizador do Literatura RS, sobre a literatura invisível e o impacto do existencialismo francês em sua obra. A atividade acontece no auditório da Livraria Cultura (Av. Túlio de Rose, 80, Bourbon Shopping Country - Porto Alegre / RS), a partir das 19h, com entrada franca.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

Tem um muro no meio deste livro. E um pequeno cavaleiro está confiante de que o tal muro protege o seu lado bom do livro dos muitos perigos do outro lado – um tigre faminto, um rinoceronte gigante, um gorila, além do pior de todos, um ogro terrível que seria capaz de comê-lo com uma só mordida. Mas ao perceber que o seu lado do livro não é tão seguro quanto ele achava, o pequeno cavaleiro vai aprender que nem tudo é o que parece. Com gentileza e humor, O muro no meio do livro (Pequena Zahar, 48 pp, R$ 54,90 – Trad.: Juliana Freire), do aclamado autor e ilustrador americano Jon Agee, mostra que em vez de muros precisamos construir pontes.

PublishNews, Redação, 09/08/2019

Uma joaninha voa para cá e para lá, descobrindo cores, cheiros e sabores. De repente, algo inusitado acontece: ela se vê parte de uma obra de arte! Integrando a Coleção LerArte para Pequenos, Frida e a joaninha Flora (Editora do Brasil, 32 pp, R$ 42,10 - Ilustração: Natália Gregorini), de Mércia Maria Leitão e Neide Duarte, traz um texto poético e ilustrações cheias de cores marcantes, para que as crianças possam se divertir e aprender mais sobre a artista mexicana Frida Kahlo e suas famosas pinturas. O livro também oferece atividades lúdicas para que os pequenos possam colocar tudo isso em prática. Para o supervisor de literatura da Editora do Brasil, Gil Sales, o título é um convite para os pequenos leitores não só entrarem em contato com o universo das artes plásticas, como também para iniciar uma reflexão sobre multiplicidade cultural.

“A literatura num país sem liberdade pública é a única tribuna do alto da qual se pode fazer ouvir o grito da sua indignação e da sua consciência.”
Alexandre Herzen
Filósofo russo (1812-1870)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Do mil ao milhão
3.
Mais esperto que o diabo
4.
O milagre da manhã
5.
Seja foda!
6.
Como fazer amigos e influenciar pessoas
7.
F*deu geral
8.
Buda dançando numa boate
9.
A garota do lago
10.
O poder da autorresponsabilidade
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.