Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 02/08/2019
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
Primavera Assessoria oferece serviço de revisão de textos em português, preparação de originais para editoras e autores, padronizações e outros serviços editoriais.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
PublishNews, Redação, 02/08/2019

Em junho passado, diante da resistência por parte de seus credores, a Saraiva resolveu suspender a assembleia geral na qual iria aprovar o seu plano de recuperação judicial. O temor era que eles não o aprovassem e a falência fosse decretada automaticamente. A empresa então se comprometeu a rever o plano. Agora, acaba de publicar uma nova versão do documento no qual estão detalhadas as medidas por meio das quais a Saraiva pretende reestruturar as suas dívidas, gerando fluxo de caixa necessário ao pagamento desses títulos, para conseguir dar continuidade às suas atividades. O primeiro plano previa, em termos gerais, o pagamento das dívidas da seguinte forma: 5% do total pago em parcelas mensais durante 14 anos e os 95% restantes seriam transformados em debêntures, títulos da dívida da Saraiva, que seriam pagos depois de 16 anos. Agora, a principal mudança foi a desistência da Saraiva em transformar sua dívida em debêntures. Na sua previsão de fluxo de caixa, a recuperanda incluiu a linha “Geração de Caixa Pré-Pagamento a Credores” na qual demonstra como pretende formar uma espécie de fundo que será rateado por seus credores ao final do período de 14 anos. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 02/08/2019

Paula Abreu | © Redes SociaisEm tempos em que a maioria das notícias nos deixa preocupados, cabisbaixos e até irritados, a lista dos mais vendidos dessa semana dá destaque para um livro que pretende ensinar o leitor a olhar o mundo e os acontecimentos sob uma perspectiva leve e bem-humorada. Parece difícil, mas é essa a ideia de Buda dançando numa boate (Buzz), livro da consultora empresarial Paula Abreu, que vendeu 2.512 exemplares na sua semana de estreia e garantiu o 5º lugar na lista de Autoajuda e o 10º da Lista Geral. Além do livro de Paula, a listra trouxe ainda cinco novidades e outra que merece destaque é Amiga ursa (Globinho), novo livro de Rita Lee que conta a história da ursa Rowena, que se chamava Marsha e ficou conhecida como a “ursa mais triste do mundo”. Na obra, Rita Lee encarna a personagem da vovó Ritinha e ainda traz para a história a ativista Luisa Mell, que ajudou no resgate da ursa e a levou para um novo lar. A obra entrou na lista Infantojuvenil no 17º lugar com 482 exemplares vendidos e ainda marcou a estreia do selo Globinho, da Globo Livros, na lista. Clique no Leia Mais para conferir os outros destaques da lista desta semana.

PublishNews, Henderson Furst, 02/08/2019

A última pesquisa Fipe sobre o mercado editorial trouxe novos números angustiantes para o mercado científico-técnico-profissional (CTP, para os mais íntimos). Os dados demonstram que a redução acumulada entre 2015 a 2018 foi de 44,9%, um número assustador e igualmente triste. Este artigo é para falarmos dos inacreditáveis números do livro jurídico. E falo deles para procurar alguma explicação plausível e, com isso, esboçar o futuro do livro jurídico. Entre 2014 e 2018, a queda de exemplares vendidos foi de 65,8%! Isso mesmo, em apenas quatro anos, o mercado editorial jurídico reduziu 2/3: de 14.285.422 exemplares, em 2014, para 4.887.361 exemplares, em 2018! Tais números são impressionantes, mas se considerarmos outros números do mundo jurídico, eles se tornam inacreditáveis. Permitam-me reunir os números relevantes numa única frase: enquanto o mercado editorial jurídico reduziu 65,8% da quantidade de exemplares vendidos entre 2014 e 2018, o número de faculdades de Direito aumentou 18,14% e a quantidade de advogados ativos inscritos na OAB aumentou 31,73%! Esses são os números inacreditáveis do mercado editorial jurídico! Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta coluna.

PublishNews, Redação, 02/08/2019

O Itamaraty se recusou a publicar um livro por conter prefácio escrito por Rubens Ricupero, diplomata, historiador e ex-embaixador do Brasil em Washington. A obra em questão é a biografia Alexandre de Gusmão (1695-1753): O estadista que desenhou o mapa do Brasil, que foi encomendada pela Funag (Fundação de Alexandre de Gusmão) e escrita pelo embaixador Synesio Sampaio Goes Filho. Ao terminar o livro, Goes Filho foi informado que ele só seria publicado caso retirasse o prefácio escrito pelo diplomada. Isso porque Ricupero é um desafeto do chanceler Ernesto Araújo e já fez diversas críticas a ele e sobre os rumos da política externa do governo Bolsonaro. À Folha, Goes Filho disse que a atitude é uma censura. “Isso é censura, obscurantismo; desse jeito, nenhum embaixador de prestígio vai poder publicar”, desabafou. O tal prefácio trata apenas da trajetória de Gusmão, mas o Itamaraty disse que o livro havia sido aprovado pelo conselho editorial da Funag sem o prefácio de Ricupero, e que o autor apresentou o texto somente depois.

PublishNews, Redação, 02/08/2019

O Grupo Editorial Pensamento, que publica livros sobre esoterismo, espiritualidade, autoajuda, sabedoria oriental e saúde com terapias alternativas, abriu uma vaga para executivo de vendas. É necessário ter ensino superior, possuir perfil comercial, experiência no setor comercial de livrarias e editoras, disponibilidade para viagens curtas, inglês intermediário e boas técnicas de vendas e negociação. As funções do cargo incluem o desenvolvimento das ações de vendas, relacionamento com os clientes, auxílio em projetos especiais, acompanhamento dos resultados dos clientes, participação em feiras de livros e convenções d livrarias e auxiliar na coordenação da equipe comercial. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail vagas@grupopensamento.com.br.

PublishNews, Redação, 02/08/2019

O Centro Universitário Maria Antonia da USP (Rua Maria Antonia, 294 – São Paulo / SP) realiza, a partir de 7 de agosto, o curso Leituras da obra de Freud: da natureza do psíquico. Ministrado pela psicanalista e pesquisadora da USP, Mara Selaibe, o curso apresenta três obras escritas por Sigmund Freud e tem como objetivo fazer a leitura e discussão de textos que tratam da natureza do psíquico e das construções e reflexões teórico-metodológicas trabalhadas por Freud ao final de sua vida. Segundo Selaibe “os textos escolhidos propõem uma entrada direta no pensamento freudiano, tendo em conta o movimento do autor diante de toda sua obra, ao longo de quatro décadas: um registro final do que considerou nuclear para a posteridade”. Dividido em quatro encontros, o curso será realizado sempre às quartas-feiras das 19h às 21h e o investimento é de R$ 200. Para mais informações ou inscrições é só mandar e-mail para cursosma@usp.br.

PublishNews, Redação, 02/08/2019

"Ah, mas eu só sei desenhar boneco-palito!". "Ih, é impossível desenhar um cavalo de memória". "Nossa, não sei mesmo como fazer essa curva do dinossauro". Será mesmo? O artista plástico Jonas Meirelles defende que todo mundo sabe desenhar. “Desenhando desde sempre, nunca fui de usar aqueles manuais antigos de desenho, criando cabeças com esferas, dividindo o corpo humano em oito cabeças. Por que não pensar esse "manual" textualmente?”, se questionou. Daí resolveu escrever Como desenhar um dinossauro (Memória Visual, 20 pp, R$ 34,90), que será lançado neste sábado (03), a partir das 12h, na Casa de Livros (Rua Capitão Otávio Machado, 259 - Chácara Santo Antônio - São Paulo / SP).

PublishNews, Redação, 02/08/2019

O AntiEspelho - Guia para ser uma antiprincesa (Sur Livro, 24pp, R$27,00), de Nadia Fink e Pitú Sáa é o novo título da série AntiPrincesas, mas agora, a ideia não é odiar as princesas, e sim apontar novos caminhos mais felizes e menos idealizados para as crianças. Em um mundo em que insistem que as meninas sejam princesas à espera de um príncipe que as salve, o livro reivindica o direito delas à liberdade. Elas querem espelhos que as mostrem como são de verdade: de muitos tamanhos e cores, descabeladas, com picadas de pernilongo, com piolhos na cabeça, com laços desfeitos de tanto brincar no balanço, e com um sorriso gigante de tanto gostar de si mesmas. Um livro para quebrar estereótipos.

“Palavra puxa palavra, uma ideia traz outra, e assim se faz um livro, um governo, ou uma revolução, alguns dizem que assim é que a natureza compôs as suas espécies”
Machado de Assis
Escritor brasileiro (1839-1908)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Do mil ao milhão
3.
O milagre da manhã
4.
Mais esperto que o diabo
5.
F*deu geral
6.
Seja foda!
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
A garota do lago
9.
Brincando com Luccas Neto
10.
Buda dançando numa boate
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.