Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 31/07/2019
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
Primavera Assessoria oferece serviço de revisão de textos em português, preparação de originais para editoras e autores, padronizações e outros serviços editoriais.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
PublishNews, Leonardo Neto, 31/07/2019

Por muitos anos, Marcus Teles, diretor da Rede Leitura de livrarias, foi relutante em voltar a operar com um e-commerce. A sua primeira experiência, que ficou no ar com uma plataforma própria de 2008 até 2013, revelou-se deficitária. E, para um cara que não vê problemas em encerrar atividades de lojas pouco rentáveis, isso era algo inadmissível. Ele acompanhou, por anos, a evolução dos e-commerces dos seus concorrentes, sempre fechando no vermelho, e por isso mesmo, sempre foi refratário à ideia. Mas, achou um caminho e a Leitura acaba de colocar no ar a sua nova loja virtual. O desenho encontrado pela Leitura para conseguir se sobressair nesse segmento foi criar um marketplace interno, usando os próprios estoques de suas 70 unidades físicas para alimentar a loja virtual. O foco está nas pontas de estoques, aqueles títulos que têm poucos exemplares remanescentes nos depósitos. Segundo levantamento realizado pela própria rede, existem 40 mil títulos nessas condições. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 31/07/2019

O episódio da PublishNewsTV dessa semana aproveitou o cenário de Paraty e o clima da Flip para conversar com Marifé Boix García, vice-presidente da Feira do Livro de Frankfurt. Andando pelas ruas de Paraty, Marifé contou um pouco sobre a sua infância, sua formação, seu trabalho na feira alemã e sobre a sua relação com o Brasil e com os outros territórios que estão sob sua responsabilidade. Ela contou ainda um pouco sobre os bastidores do seu trabalho, as dificuldades que encontra, as pessoas com quem lida e deu destaque para a responsabilidade cultural e política da Feira do Livro de Frankfurt. “Temos a parte cultural, que é óbvia, a parte econômica, mas tem também a parte política. Nós temos sempre discussões políticas”, disse na conversa que teve com André Argolo. Lembrou de episódios recentes, como a reação do Irã ao convite de Salman Rushdie. O país resolveu boicotar a feira quando soube que Rushdie faria a conferência de imprensa da Feira. Destacou que a feira serve como um grande palco para a diversidade, a pluralidade e a liberdade de expressão. “No final é uma coisa apaixonante”, admitiu. Clique no Leia Mais e confira esse episódio que está imperdível.

PublishNews, Redação, 31/07/2019

A um mês do início da XIX Bienal Internacional do Livro Rio, que começa no dia 30 de agosto, a organização do evento divulgou na tarde de ontem (30) a sua programação completa, que pretende ser a mais diversa de todos os tempos, com conteúdos múltiplos e debates sobre temas como democracia, feminismo, fake News, meio ambiente, história, diversidade, fé, entre outros assuntos. Uma das novidades é que pela primeira vez, o festival terá um pavilhão inteiramente dedicado ao público infantil, onde estará a maior atividade do evento: Pela Estrada a fora... – área cenográfica de 500 m² que convidará as crianças a viver uma experiência imersiva e sensorial como se estivessem em uma floresta, dentro de um grande livro pop-up que ganha vida. Segundo Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), um dos organizadores do festival, a programação cultual da Bienal vai além do lançamento de livros. “O livro é um elemento transformador, muito latente e nossa sociedade precisa de mudanças e dessa consciência. Por isso, nos empenhamos muito para trazer essas novidades”, contou. Além do espaço para o público infantil, a Bienal terá ainda outros cinco espaços segmentados. De 30 de agosto a 8 de setembro elas terão a oportunidade de estar com mais de 300 autores nacionais e internacionais, pegar autógrafos, assistir a palestras, debates e espetáculos culturais. Clique no Leia Mais para saber outros detalhes do evento.

PublishNews, Redação, 30/07/2019

Neste fim de semana, de 2 a 4 de agosto, acontece no Centro Cultural São Paulo (CCSP - Rua Vergueiro, 100 - São Paulo / SP), a terceira edição do FLIPOP - Festival de Literatura Pop, criado pela Editora Seguinte, selo jovem do Grupo Companhia das Letras, com foco em jovens leitores. Com números crescentes a cada ano, o Flipop de 2019 terá a presença de 57 autores de 14 editoras. Além da Seguinte, participam ainda Aleph, Astral Cultural, Avec Editora, Duplo Sentido Editorial, Editora Planeta Brasil, FTD Educação, Grupo Editorial Record, Harper Collins Brasil, Morro Branco, Plataforma 21, Rico Editora, Rocco e todavia, e os parceiros Agência Página 7, LabPub e Turista Literário. Nas mesas, os autores vão discutir temas que vão desde a importância da representatividade, os clássicos juvenis, k-pop, afrofuturismo e a volta das comédias românticas até questões de mercado como financiamento coletivo e publicação independente. Entre os convidados estão duas estrangeiras em visita ao Brasil: a americana Erin Beaty, que lançou O beijo traiçoeiro e A missão traiçoeira, e a canadense Kristen Ciccarelli, de A caçadora de dragões e A rainha aprisionada, todos pela Seguinte. A programação tem ainda Jarid Arraes, Thalita Rebouças, Pedro Bandeira, Luisa Geisler, Duda Porto de Souza, Eric Novello, Iris Figueiredo, Luly Trigo e Socorro Acioli, entre outros. Em paralelo, e em parceria com a CCSP, acontece também a mostra Pop Cinema, Ficções / Fricções da Adolescência, uma seleção de filmes para e sobre o adolescente. Para complementar, uma série de três mesas do Flipop vai trazer debates sobre sexualidade, educação emocional e consciência negra na juventude. Para comprar ingressos e conferir a programação completa é só entrar no site do evento.

PublishNews, Redação, 31/07/2019

A Intrínseca comprou os direitos de mais um livro de R. J. Palacio, autora do best-seller Extraordinário. Com nove livros sobre o universo de Auggie já publicados, agora a editora prepara a obra White Bird: A Wonder story. Em Auggie & Me, publicado por aqui em 2015 e que expande os personagens de Wonder, os leitores foram apresentados à avó de Julian, Grandmère. Palacio faz sua estreia no romance gráfico com a história de Grandmère como uma jovem judia escondida por uma família na França ocupada pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Sua experiência demonstra o poder da bondade para mudar corações, construir pontes e até salvar vidas. A Intrínseca ainda não tem data uma confirmada para o lançamento da obra.

PublishNews, Redação, 31/07/2019

A editora G. Gili, especializada em cultura visual, com livros de arte, arquitetura, design, fotografia e moda, abriu duas vagas, uma para promotor de vendas e outra para estágio em marketing. Para a primeira delas o contratado será responsável pela divulgação da linha de produtos e catálogo da empresa, por manter contato frequente com os clientes, e por absorver clientes potenciais. É desejável conhecimentos no segmento de livraria e editoras e ter disponibilidade para viagens curtas. Para a vaga de estágio em marketing, o contratado terá como funções auxiliar no desenvolvimento de soluções de marketing on-line para divulgação de campanhas e propagandas em mídia digital; por fazer emissão de pedidos, controle de correios e mala direta; e por cuidar do atendimento ao cliente por telefone e pessoalmente. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail elizangela@relizarh.com.br.

PublishNews, Redação, 31/07/2019

A Sala Tatuí inaugura em agosto o Clube Tatuí de Leitura, um ciclo de discussão e reflexão literária mensal com a participação de alguém que conhece profundamente a obra debatida: o editor. Quem conduz a conversa é o responsável por editar a obra em discussão. É a possibilidade de conhecer os bastidores do trabalho editorial tomando como ponto de partida um livro específico. Os editores, além de mediadores, vão participar ativamente do encontro trazendo detalhes, histórias e curiosidades do processo de edição desses livros. Os encontros são gratuitos e acontecerão sempre na primeira terça-feira de cada mês, com um livro e um convidado diferentes. O primeiro encontro está marcado para o dia 6 de agosto e discutirá o livro Ninguém abandona o Paraíso pela porta da frente, de Helena Cerello, a mediação ficará por conta de Bruno Zeni (Quelônio). Já no dia 3 de setembro é a vez de Gustavo Faraon (Dublinense) falar sobre o livro Amora, de Natalia Borges Polesso. A leitura prévia da obra é recomendada, porém não obrigatória. Quem quiser se inscrever com antecedência pode clicar aqui.

PublishNews, Redação, 31/07/2019

João do Rio (1881-1921) foi um cronista e contista que registrou de forma literária a época em que viveu e, em especial, a cidade onde nasceu: o Rio de Janeiro. João fez carreira ligado ao jornal diário, o que marcou seu estilo literário e o tornou uma figura conhecida (e controversa) na capital carioca. Publicada em 1919, A mulher e os espelhos (Peixoto Neto, 244 pp, R$ 24,90), traz um retrato contundente e perspicaz da sociedade metropolita brasileira do começo do século XX: seus hábitos e costumes e, em especial, o papel que a mulher começou a ocupar na sociedade nesse momento. Sem a intensão de entender por completo a natureza feminina, o autor traça diferentes retratos de personagens diante de diversas situações: desigualdade social, traições, violência, sedução, beleza. A obra faz parte da coleção Contos de Bolso, da editora Peixoto Neto, que para comemorar seus 20 anos no mercado criou a coleção que contém grandes obras da literatura a preços acessíveis. A coleção contém 10 volumes cujos preços variam de R$ 15,90 a R$ 24,90.

“Escrever é, e sempre foi, um prazer.”
Maria Valéria Rezende
Escritora brasileira
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Do mil ao milhão
4.
Mais esperto que o diabo
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
F*deu geral
7.
A garota do lago
8.
Seja foda!
9.
Brincando com Luccas Neto
10.
Os segredos da mente milionária
 
PublishNews, Redação, 31/07/2019

Serotonina (Alfaguara, 240 pp, R$ 59,90 – Trad.: Ari Roitman e Paulina Wacht), livro de Michel Houellebecq, conta a história de Florent-Claude Labroust, um homem de 46 anos que detesta seu nome e toma antidepressivos que liberam serotonina e causam três efeitos colaterais: náusea, falta de libido e impotência. Seu périplo começa em Almeria (Espanha), segue por Paris e depois pela Normandia, onde os agricultores estão em luta. A França está afundando, a União Europeia está afundando, a vida de Florent-Claude está afundando. O sexo é uma catástrofe. Nesse contexto, Florent-Claude descobre vídeos pornográficos assombrosos em que sua atual companheira aparece, e isso é a gota d’água para que ele deixe o trabalho e passe a viver em um hotel. Perambula pela cidade, visita bares, restaurantes e supermercados. Repassa suas relações amorosas, marcadas sempre pelo desastre, que transitam entre o cômico e o patético. Ao se reencontrar com um velho amigo aristocrata, que parecia ter uma vida perfeita, mas que foi abandonado pela esposa e se vê falido, Florent-Claude aprende a manejar uma arma de fogo — que vai mudar sua vida para sempre.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.