Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 07/06/2019
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Leonardo Neto, 07/06/2019

Charlie Donlea faz dobradinha na lista e lidera a categoria FicçãoCharlie Donlea (na foto ao lado) foi um dos destaques da última edição da Bienal de São Paulo, em 2018. Essa ação fez parte de uma estratégia da Faro, sua casa no Brasil, de pavimentar uma estrada para o autor no País. “Foram três anos trabalhando o autor e seu público”, disse Pedro Almeida, publisher da Faro ao PublishNews. Os resultados começaram a aparecer. A garota do lago, seu primeiro livro lançado em 2016, estreou na lista em abril passado. Há três semanas, alcançou o topo da lista de Ficção e, desde então, não largou mais o osso. Nessa semana, foram mais 1.961 cópias vendidas. Pedro revela o segredo: “Desde o lançamento, vendemos 250 mil cópias de A garota do lago. O livro sempre tocou a lista, mas sem alcançá-la. Percebemos que não adiantava vender bem em uma rede e ignorar outra. Agora, fortalecemos [a presença do livro] em todas as redes e chegamos ao nosso objetivo”. E o sucesso de A garota do lago trouxe a reboque Uma mulher na escuridão, quarto livro da lavra do autor, que acaba de sair no Brasil pela Faro. Foram 413 unidades vendidas na semana de estreia, número suficiente para colocá-lo na 18ª posição da Lista de Ficção. Os livros de Donlea não são os únicos que merecem destaque nessa semana. Em Negócios, estreou Como ficar rico ganhando pouco, de Diogo Gonçalves, que há 12 anos faz palestras sobre planejamento financeiro familiar e pessoal. Foram 1.751 cópias vendidas na semana, o que colocou o livro na sexta posição da categoria. E é uma estreia dupla, já que o título marca também a chegada da editora Quatro Ventos à lista. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

Um e-mail enviado no fim da manhã desta quinta-feira (6) colocou um fim na espera de alguns autores que aguardavam os bilhetes aéreos e a confirmação de hotel para participarem da 35ª edição da Feira do Livro de Brasília (FeLiB). Mas o e-mail não chegou com o esperado e sim com um “desconvite”. É que a organização do evento teve que cancelar parte da programação do Café Literário por questão de verbas. “Num momento em que o mercado editorial diminuiu pelo quinto ano consecutivo, em que as livrarias estão fechando, em que os investimentos privados são ainda pouco significativos e esparsos, em que as políticas públicas do livro, da leitura e bibliotecas estão aquém do necessário, ainda assim, conseguimos mais uma vez colocar de pé, com altivez, a tradicional 35ª Feira do Livro de Brasília. Mas a tarefa a cada ano mostra-se mais hercúlea. Fomos forçados a fazer diversos e dolorosos cortes indigestos. Entregamos a melhor FeLiB possível, mas não a que desejávamos”, diz o documento assinado por Ivan Valério da Silva e Atanagildo Brandolt, respectivamente presidentes da Câmara do Livro do DF e do Instituto Latinoamerica, organizadores da feira. Mesmo menor, a Feira de Brasília abriu suas portas e segue com a sua programação até o próximo dia 16, no Complexo Cultural da República. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

A Casa Paratodxs, que reúne as editoras independentes Nós, Edith, Demônio Negro, Relicário, Dublinense, Kapulana, Macondo e Cepe, realiza pelo segundo ano a sua oficina literária, que abrange todos os aspectos acerca do livro, desde a criação à divulgação da obra, contando com a participação dos editores da Casa Paratodxs e de convidados especiais.O curso acontecerá de 11 a 14 de julho, de quinta a domingo, das 9h às 11h, na galeria Aécio Sarti (Rua Dr. Samuel Costa, 254). As vagas são limitadas e haverá um processo de seleção. O valor total do curso é de R$ 600, sendo 50% a ser depositado no ato da inscrição do(a) selecionado(a), e 50% até o dia 10 de julho. Os interessados deverão enviar mensagem de intenção, anexada a um trecho de seu trabalho literário, para o e-mail casaparatodosparaty@gmail.com. Ao final do curso, os participantes serão orientados a enviar um original para o concurso exclusivo da Casa Paratodxs, que escolherá um dos originais para publicação, em qualquer gênero literário e não necessariamente de autoras e autores inéditos. A primeira edição do concurso, no ano passado, teve como vencedora a escritora Mariana Carrara, que terá o seu romance Se Deus chamar não vou lançado pelas editoras Nós e Edith, durante as atividades deste ano em Paraty.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

As editoras Sesi-SP e Senai-SP abriram uma vaga para analista de promoção e comunicação. Os candidatos devem ter formação de nível superior em Publicidade e Propaganda, Marketing, Jornalismo, Administração ou Comunicação Social. É necessário também ter experiência de seis meses em marketing ou assessoria de imprensa e eventos, preferencialmente, em editora, livraria física ou virtual. Os currículos devem ser enviados clicando aqui.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

Reunião para a imprensa | © Sabine FelberEm uma reunião para a imprensa essa semana, a Noruega, convidado de honra da Feira de Frankfurt deste ano (16 a 20/10), anunciou algumas novidades que levará para o evento. Com o tema O sonho que carregamos, o país homenageado terá, além do programa literário, um programa cultural com artes cênicas, música, cinema, arquitetura e exposições nos museus de Frankfurt que ficarão pela cidade até 2020. Já os escritores Erika Fatland e Karl Ove Knausgård, publicado por aqui pela Companhia das Letras, serão os oradores da Cerimônia de abertura e no geral, mais de 75 autores noruegueses são esperados para a feira incluindo Maja Lunde, Jo Nesbø, Dag Solstad e Maria Parr. Por fim, o pavilhão do convidado de honra descreverá uma geografia imaginária da literatura norueguesa com um design inspirado em poemas do país e se baseará nos detalhes do interior de bibliotecas famosas como a Phillips Exeter Academy e a Gunnar Asplund. O espaço de 2,3 mil m² terá também um café, palcos para leitura e a exposição Books on Norway. Outra novidade é que a princesa do país, Mette-Marit, conhecida por ser a embaixadora da literatura na Noruega, levará o "Trem da Literatura" para Frankfurt. O projeto tem percorrido todo o país visitando bibliotecas e casas de leitura.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

A DarkSide decidiu investir no segmento de terror no audiovisual com a estreia da Macabra, portal brasileiro voltado exclusivamente para conteúdos do gênero crescente no país. A intenção é cultivar o horror em todas as suas formas, promovendo filmes, curtas, séries e seus criadores, e apresentando os novos nomes do cinema de terror nacional e internacional. O portal faz uma curadoria de filmes, livros, ilustrações, músicas e notícias deste universo e disponibiliza uma agenda de eventos relacionados ao terror no Brasil e no mundo. A ideia é que em breve também seja lançada categoria dedicada para podcasts originais e loja virtual.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

Clara é uma mulher de meia-idade que parece estar com a vida ganha. Professora universitária, dinheiro no banco, uma filha ótima e um ex-namorado que ainda se faz presente. Talvez seja por isso que tantas pessoas ao redor a tachem de louca quando decide dar uma pausa em tudo e passar um tempo sozinha pela primeira vez na vida. Imersa nas surpresas que a ilha de Malta lhe revela, vivendo um cotidiano muito diferente do seu, Clara passa em revista feridas do passado, frustrações e desejos, num reencontro poderoso com sua própria identidade. Ao mesmo tempo em que se lança numa empreitada de ousadia e libertação, com direito a reviravoltas e paixões inesperadas, também mergulha numa reconquista de sua própria história. Fui (Tinta Negra, 384 pp, R$ 49,90), romance de Nilza Rezende se desdobra página a página, na construção de uma personagem que diz muito sobre as angústias e impasses de ser mulher hoje. A obra tece também um retrato mordaz e ácido das relações no Brasil contemporâneo. Feminista sem ser militante e agridoce sem ser piegas.

PublishNews, Redação, 07/06/2019

A morte de um boticário francês na fictícia cidade pernambucana de Mangueirinhas desencadeia uma sucessão de outros crimes aparentemente provocados por assombrações do folclore nordestino, levando a pacata população local a um estado de histeria coletiva. Para solucionar tais crimes, a delegada da cidade precisa superar as desavenças que cultiva com o filho de seu padrasto, um historiador que regressou à cidade, mas que renega o parentesco e as origens. Em Jogo de cena (Cepe, 327 pp, R$ 40), Andrea Nunes, promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco especializada no combate à corrupção, utiliza informações verídicas sobre o mais ousado projeto científico da humanidade e traz revelações sobre a crise mundial do Petróleo. Um livro que contém estratégias de espionagem, ação, suspense e reviravoltas e é arrematado com um final desconcertante para o leitor.

“Na literatura, assim como no amor, sempre somos surpreendidos pelas escolhas dos outros.”
André Maurois
Escritor francês (1885-1967)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Brincando com Luccas Neto
4.
O poder oculto
5.
Seja foda!
6.
F*deu geral
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
Os segredos da mente milionária
9.
Do mil ao milhão
10.
Me poupe!
 
PublishNews, Estevão Ribeiro, 07/06/2019
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.