Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 01/03/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Leonardo Neto, 1º/03/2019

Jessé Souza é autor de A elite do atraso Pela apuração do PublishNews, em 2018, os leitores brasileiros compraram mais de 58 mil exemplares de A elite do atraso – da escravidão à Lava-Jato (LeYa), de Jessé Souza. Agora, o livro foi revisto, ampliado e saiu por uma nova casa: o selo Estação Brasil, da Sextante. A elite do atraso – da escravidão a Bolsonaro estreia nessa semana na lista, com 299 cópias vendidas, número suficiente para colocá-lo na posição de número 19 da categoria de Não Ficção. O ex-presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a propósito, pontuou com outro livro: A classe média no espelho (Estação Brasil / Sextante). Desse título, foram vendidas 325 cópias o que o colocou em 17º lugar da categoria. Na comparação com a semana passada, essa apresentou queda de 6% nos números gerais. Autoajuda (-18%) foi a que mais sentiu. Queda também em Não Ficção (-8%) e Ficção (-3%). Infantojuvenil se manteve estável e Negócios (+7%) foi a única que cresceu no período. Um livro pode ter ajudado nisso. Quem pensa enriquece (Citadel), de Napoleon Hill, o mais clássico dos autores de autoajuda, chegou chegando, vendendo 1.398 cópias, o que o colocou na posição de número sete da categoria. Clique no Leia Mais para conferir outros destaques da Lista dos Mais Vendidos dessa semana.

PublishNews, Redação, 1º/03/2019

Em um comunicado postado no seu Instagram, a Livraria da Travessa anunciou que precisou encerrar as atividades da loja instalada na Avenida Rio Branco, no centro do Rio de Janeiro. O imóvel utilizado pela livraria nos últimos 18 anos é de propriedade do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) que o solicitou de volta. Nesse período, ainda de acordo com a livraria, foram vendidos mais de um milhão de exemplares na loja, sendo O monge e o executivo, A cabana e O código Da Vinci os três mais vendidos nesses 18 anos. Os clientes da unidade da Rio Branco passam a ser atendidos pela loja que ocupa o número 54 da Rua Sete de Setembro, também no centro do Rio. Para maio, a Travessa planeja a abertura de duas lojas: uma em São Paulo e outra em Lisboa.

PublishNews, Volnei Canônica, 1º/03/2019

Saci Pererê pelas mãos de Ziraldo | ReproduçãoEu estava mediando um bate-papo com a mais importante escritora brasileira de contos de fadas, a Marina Colasanti. Ela disse: "Quando criança, os contos de fadas me preparavam para um dos momentos mais difíceis, a hora de dormir”. Marina falava sobre o quão indefesa e despreparada a criança está neste momento no qual, por meio do sono, entra em contato com suas questões mais subjetivas. Ler contos de fadas para crianças possibilita que elas reconheçam os seus medos e fortalezas, que aprenda a ter estratégias para vencer bruxas, ogros, dragões e bichos de sete cabeças durante os sonhos. É importante entender que esses seres não são só a personificação do mal. Não podemos cair nesse maniqueísmo, mas também não podemos enfraquecer e nem julgar esses personagens amenizando a sua capacidade de crueldade. Quanto mais cruel for o ser fantástico, maior será a saga do herói, suas virtudes e seus aprendizados. Aprender a lidar com o simbólico é mais seguro do que lidar com as coisas ditas reais. Me preocupa toda vez que tenho notícia sobre a exclusão ou proibição de livros com seres fantásticos. Como adulto, educador e especialista em literatura infantil e juvenil sei que todo pai e mãe tem a liberdade de escolha para os seus filhos. Talvez, ao fazerem essas escolhas esses pais não tenham claras muitas dessas questões que trago nesse artigo que pode ser lido na íntegra clicando no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 1º/03/2019

Australiana radicada no Brasil, Alison Entrekin foi tradutora para o inglês de livros como Cidade de Deus, de Paulo Lins; O filho eterno, de Cristovão Tezza; Perto do coração selvagem, de Clarice Lispector; Budapeste, de Chico Buarque, e trabalha na hercúlea missão de verter para o inglês Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa. Ela está no páreo do SW Premier's Translation Prize, concedido pelo International PEN Sydney Centre e financiado pelo Create NSW. O prêmio tem por objetivo dar reconhecimento ao trabalho de tradutores australianos pela sua capacidade de colocar os leitores locais em contato com escritores estrangeiros. Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 1º/03/2019

A Storytel, plataforma de audiolivros que já opera em 15 países, apresentou esta semana seus resultados globais para o último trimestre de 2018. O relatório geral sai somente em abril, mas já é possível ter uma boa ideia de como anda a empresa sueca que deve desembarcar de vez no Brasil esse ano. Para começar, as assinaturas cresceram 44% e as receitas tiveram um aumento de 38% no último trimestre de 2018 em relação a 2017. A receita total por streaming ultrapassou a meta de um bilhão de coroas suecas e também conseguiu chegar a marca de 800 mil assinantes pagantes. Para 2019, a plataforma espera alcançar outros cinco territórios com potencial de ter dez mil assinantes, além de dois a quatro mercados com potencial para 50 mil assinantes. Com isso, espera chegar a 1,1 milhão de usuários até o fim de dezembro. Um desses mercados é a Alemanha onde deve aportar até o fim desse ano. Lá, eles terão que concorrer diretamente com a Audible, a plataforma de audiolivros da gigante Amazon.

PublishNews, Redação, 1º/03/2019

Morreu no início da tarde desta quinta-feira (28) Marcos Tibério, que atualmente atuava como supervisor de vendas das Edições Paulinas. Tibério teve uma história de 30 anos na indústria do livro tendo passagens anteriores pela Distribuidora Loyola e pelas editoras Vozes e Paulus. Em nota, as Paulinas lamentaram a morte: "Estamos profundamente consternados, ao mesmo tempo em que reconhecemos o quanto Tibério foi um homem honesto, dinâmico, responsável, profissional e amigo de todos". Ainda de acordo com a editora, foi vítima de trombose cerebral. O velório está marcado para começar ao meio dia desta sexta-feira e a cerimônia de despedida está marcada para sábado (2) às 10h30, no crematório do Memorial Parque Paulista (Rua Suécia, 56 - Jd. das Oliveiras - Embu das Artes \ SP - Km 275 da Rodovia Régis Bittencourt). 

PublishNews, Redação, 1º/03/2019

Em Reificação (Editora Unesp, 223 pp, R$ 48 – Trad.: Rúrion Melo), o filósofo e sociólogo alemão Axel Honneth, destacado representante contemporâneo da Escola de Frankfurt, propõe uma roupagem inovadora para o conceito de reificação, ao atrelá-lo também a comportamentos cotidianos, por exemplo, os que se verificam no ambiente familiar, no mercado de trabalho e nos relacionamentos amorosos mediados por redes sociais. A pesquisa divide-se em duas partes. Na primeira, segmentada em seis capítulos, o leitor explora a teoria do reconhecimento e os contornos e fontes sociais da autorreificação e da reificação. Na segunda parte, ganham voz Judith Butler, Raymond Geuss e Jonathan Lear, que, em ensaios próprios, tecem comentários sobre a questão. Ao final, Honneth acrescenta sua réplica. Assim, o livro sintetiza duas décadas de reflexões do autor sobre a reificação, apresentando um olhar surpreendente para as transformações do sistema social e político de nossos tempos.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 1º/03/2019
“O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria se aprende é com a vida e com os humildes.”
Cora Coralina
Poetisa e contista brasileira (1889-1985)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Seja foda!
4.
Me poupe!
5.
Tamo junto
6.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
7.
O poder da ação
8.
O poder do hábito
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Minha história
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.