Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 04/02/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Redação, 04//02/2019

A Kisoul, empresa criada por André Uzum e especializada em implementar e gerenciar bibliotecas corporativas, foi o assunto de uma matéria do Valor neste final de semana. Dentre os clientes da empresa estão nomes como Bayer, EY e a Network1 ScanSource, distribuidora de soluções de tecnologia. Esta última reconheceu na implantação de uma biblioteca corporativa, hoje com cerca de 400 livros, “mais uma ferramenta de capacitação e retenção de talentos”, conta o diretor executivo Santiago Neto. Já na EY, o acervo com cerca de 200 livros ocupa parte do 9º andar da empresa, por onde calcula-se que circulem cerca de 1.400 usuários da biblioteca. “Além de montar e fazer a gestão do espaço físico e do aplicativo web para retirada e devolução dos exemplares, criamos o acervo de acordo com as necessidades do cliente”, explica Uzum. A coluna da Babel trouxe a notícia que depois que deixou de fornecer para a Cultura e Saraiva, a Martins Fontes – Selo Martins registrou crescimento de 700% nas vendas em seu site em janeiro (comparando com o mesmo período de 2018). A meta, agora, é fechar o ano faturando com seu e-commerce o mesmo que ganharia com as vendas nas duas redes. Clique no Leia Mais para ler a íntegra dessa nota.

PublishNews, Redação, 04/02/2019

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) prorrogou até o próximo dia 15 o prazo para preenchimento do questionário da Pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro ano base 2018. É um dos instrumentos mais importantes para se entender o mercado editorial brasileiro e a participação de editores é fundamental nesse processo. A Fipe lembra que não é necessário completar o questionário de uma só vez. O usuário pode salvar os dados já inseridos e continuar a preencher posteriormente. A Pesquisa Fipe, como o estudo ficou conhecido no meio, é encomendada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e no ano passado apontou que, em 2017, o mercado brasileiro produziu 393 milhões de exemplares, vendeu 354 milhões e faturou R$ 5,1 bilhões. Para acessar o questionário, clique aqui e qualquer dúvida pode ser resolvida entrando em contato com Mariana Bueno pelo e-mail cbl-snel@fipe.org.br.

PublishNews, Redação, 04/02/2019

A Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (Aeilij) acaba de colocar no ar o seu Anuário de 2019. Nele estão listados os livros lançados pelos criadores associados durante o ano passado. A publicação, cuja capa é ilustrada por Maria Carolina Pereira Jorge, traz ainda uma entrevista com João Paulo Hergesel, vencedor da última edição do Prêmio Barco a Vapor, uma linha do tempo das principais atividades da entidade durante 2018 e resenhas dos livros vencedores do I Prêmio Aeilij: Catarina e o lagarto (All Print), de Katia Gilaberte; Esopo: Liberdade para as fábulas (Escarlate), de Luiz Antonio Aguiar, e A alma secreta dos passarinhos (Olho de Vidro), de Elisabeth Teixeira. Para conferir o Anuário, clique aqui.

PublishNews, Redação, 04/02/2019

Ruffato faz leitura de seu romance inédito no próximo sábado | © G.Garitan / WikicommonsNo próximo sábado (9), Luiz Ruffato fará leitura de trechos do seu novo romance O verão tardio, que só chega às livrarias no fim de março pela Companhia das Letras. A leitura acontece a partir das 11h, na Tapera Taperá (Av. São Luiz, 184 - 2º andar - loja 29 da Galeria Metrópole - São Paulo / SP). Durante o evento, o saxofonista e cantor Edgar Guerra fará performance musical com repertório nacional e internacional e serão realizados sorteios de livros de Ruffato. A entrada é gratuita.

PublishNews, Redação, 04/02/2019

Djamila Ribeiro | © Marlos BakkerNeste sábado (9), como parte da comemoração dos nove anos de atividades da Biblioteca de São Paulo (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630), o projeto Segundas Intenções recebe a escritora Djamila Ribeiro. Autora dos livros Quem tem medo de feminismo negro? (Companhia das Letras) e O que é lugar de fala? (Letramento), segundo livro mais vendido na Flip 2018, Djamila é filosofa, feminista e acadêmica brasileira. É pesquisadora e mestra em Filosofia Política pela Universidade Federal de São Paulo e tornou-se conhecida no país por seu ativismo na internet. O bate-papo será mediado por Manuel da Costa Pinto e acontece das 11h às 13h, com entrada gratuita. Para conferir a programação completa deste sábado na Biblioteca clique aqui.

PublishNews, Redação, 04/02/2019

No dia 21 de fevereiro, às 20h, o Teatro Paulo Autran do Sesc Pinheiros (Rua Paes Leme, 195 – São Paulo / SP) recebe Maria Ribeiro, Gregório Duvivier e Xico Sá que participarão do bate-papo sobre literatura no mundo contemporâneo, Você é o que você lê. O trio compartilha com o público uma conversa em que tudo se transforma em literatura: redes sociais, youtubers, política, futebol – o que importa para os três é o encantamento por um bom livro e por boas histórias. A ideia é atrair leitores fiéis e futuros para uma abordagem da literatura como prazer e diversão. Gregorio Duvivier, Maria Ribeiro e Xico Sá contam como diferentes autores marcaram fases distintas das suas vidas e contribuíram em suas trajetórias como artistas e escritores. O Você é o que Lê nasceu em 2016, em Salvador, e no total, foram mais de 30 mil espectadores que compareceram ao bate-papo em teatros grandes, pequenos e em espaços públicos abertos para falar de literatura e de todas as facetas da leitura no cotidiano. O ingresso custa R$ 17.

PublishNews, Redação, 04/02/2019

O Big Bang, as primeiras formas de vida, os dinossauros, o Homo sapiens, as civilizações, as grandes revoluções e toda a trajetória da humanidade até hoje – tudo isso está descrito n'O pequeno livro da grande história (Benvirá, 304 pp., R$ 39,90 - Trad.: Petê Rissatti), dos autores Jeremy Black, professor de História na Universidade de Exer, na Inglaterra; e Ian Crofton, estudioso e autor de inúmeros livros de Ciência e História. Tratando não só do desenvolvimento do homem, mas de todo o universo, os autores apresentam uma análise macro, narrando os principais acontecimentos da vida na Terra. A obra passa por temas como: a formação do planeta e os primeiros organismos multicelulares; como o Homo sapiens dominou o planeta; as primeiras ferramentas, a domesticação dos animais, a escrita e tudo o mais relacionado ao progresso das civilizações; as grandes revoluções que marcaram o Ocidente e o Oriente; e a globalização, os problemas ambientais e o futuro da humanidade.

PublishNews, Redação, 04/02/2018

Pensar o ensino para além das fórmulas pré-estabelecidas e consideradas naturais pode ser bastante desafiador. E é este caminho que o Prêmio Nobel de Literatura (1950) Bertrand Russell (1872-1970) percorre em Educação e ordem social (Editora Unesp, 234 pp, R$ 59 - Trad.: Fernando Augusto Lopes). Ao longo de 16 capítulos, Russell trabalha a ideia de uma “educação livre”. “O argumento favorável à maior liberdade possível na educação é muito forte. Para começar, a ausência de liberdade envolve conflitos com adultos que costumam ter um efeito psicológico muito mais profundo do que se pensava até pouco tempo atrás”, escreve. “A criança que de algum modo é coagida tende a reagir com ódio e se, como costuma acontecer, não for capaz de expressar livremente o seu ódio, este será entranhado e poderá mergulhar no inconsciente, com toda espécie de consequências estranhas pelo resto da vida”, completa.

“A escrita é solitária, a entrega tem que ser solidária.”
Marcelino Freire
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Me poupe!
4.
Seja foda!
5.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
6.
Demos graças a Deus
7.
O poder da ação
8.
Aprendizados
9.
Os segredos da mente milionária
10.
Minha história
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.