Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 30/11/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Leonardo Neto, 30/11/2018

George R. R. Martin | © Archipelacon / Henry SöderlundA lista dos mais vendidos do PublishNews, que consolida as vendas realizadas em 12 livrarias (confira a lista aqui), veio recheada de títulos que não são, assim, exatamente novidades nessa Black Friday. Apesar disso, as vendas cresceram, tanto em comparação com a semana passada  (12%) quanto em relação à Black Friday do ano passado. Nossa equipe somou os números de vendas da Lista Geral desse ano. Dos Top20 da Black Friday foram vendidos 75.420 exemplares vendidos. No ano passado, essa mesma soma foi de 39.544. Chama a atenção o crescimento robusto da Lista de Ficção (+135%). Nessa categoria, o destaque vai para a estreia de Fogo & sangue (Suma / Companhia das Letras), de George R. R. Martin. Foram 2.020 exemplares, número suficiente para colocá-lo na posição de número 10. A categoria recebeu outras quatro estreantes que não são exatamente novidades: as edições econômicas de Uma longa jornada e de Dois a dois (Arqueiro), ambos de Nicholas Sparks; Como eu era antes de você (Intrínseca), de Jojo Moyes, e A culpa é das estrelas (Intrínseca), essas duas com as respectivas edições que trazem a capa do filme. As edições originais desses livros são respectivamente de 2015, 2017, 2013 e 2012. Chamou a atenção também a dança das cadeiras na Lista GeralA sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca) continua sendo o livro mais vendido da semana, com 9.369 exemplares vendidos na Black Friday, mas O milagre da manhã (BestSeller / Record) subiu na lista e fechou a semana de promoções ocupando a posição de número dois, com 6.450 cópias vendidas. O poder da ação (Gente) completa o pódio, com 5.244. O “livrão” de Luccas Neto, que há muitos meses frequenta o pódio, foi parar na sétima posição, com 4.001. Clique no Leia Mais para conferir outros detalhes da lista.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

Em conversa que teve com o PublishNews na tarde desta quinta-feira (29), Rui Campos, da Livraria da Travessa, disse que prepara, para 2019, a abertura de duas novas lojas da rede. Ele fez mistério sobre onde serão instaladas as novas unidades, mas adiantou que serão fora do Rio de Janeiro. Atualmente, a Travessa tem nove unidades, duas delas no estado de São Paulo. Fonte ouvida pelo PublishNews disse que uma dessas lojas poderá ser na Vila Madalena, na Zona Oeste de São Paulo. A informação não foi confirmada pela livraria. Outra novidade é que a Travessa vai lançar em breve um sistema de compartilhamento de informações com seus fornecedores. Por ali, eles poderão conferir o status de suas vendas, os níveis de estoque, além de outras informações gerenciais. Com isso a Travessa quer dar transparência na lida com seus fornecedores. Clique no Leia Mais para conhecer melhor essa nova ferramenta.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

Os deputados da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovaram projeto de lei (PL) que quer destinar no mínimo 3% dos recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) para a compra de livros. Eles acompanharam o relatório do deputado Floriano Pesaro (PSDB / SP) que tinha emitido parecer favorável à matéria proposta pela ex-deputada Pollyana Gama (PPS / SP). No seu relatório, Pesaro fez uma emenda propondo a retirada da limitação dos 5%, proposta pela ex-parlamentar, dizendo que é “plenamente razoável e desejável que, se assim puder, a escola possa usar proporção maior destes recursos para uma maior qualidade, quantidade e variedade dos livros e outros materiais similares assim adquiridos”. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

A Academia Brasileira de Letras (ABL) vai eleger na próxima quinta (6), sua diretoria para o ano de 2019, às 16h, no Petit Trianon. A chapa única está assim constituída: Marco Lucchesi (presidente); Merval Pereira (secretário-geral); Ana Maria Machado (primeira-secretária); Segundo-Secretário: Edmar Bacha (segundo-secretário); e José Murilo de Carvalho (tesoureiro). A votação será para cada cargo, separadamente e estarão eleitos os acadêmicos que alcançarem a maioria dos votos. Ao final da sessão, serão anunciados os diretores eleitos, procedendo-se, em seguida, à cerimônia de incineração das cédulas. A posse será na quinta-feira (13), às 17h, também no Petit Trianon.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

No próximo dia 10, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) será homenageada no Senado Federal, com a comenda de Incentivo à Cultura Luís da Câmara Cascudo. A láurea, inédita até agora, será entregue a pessoas ou entidades que contribuem para manter viva as tradições, as culturas populares e a história do país. Além da CBL, foram selecionados Antônio Francisco Teixeira de Melo, Nelson da Rabeca, Nilson Rodrigues da Fonseca e Pedro Baião e o Museu da Gente Sergipana. A comenda foi instituída a partir de um projeto da governadora eleita pelo Rio Grande do Norte, a senadora Fátima Bezerra. “Essa comenda, para mim e para o povo potiguar, tem um significado muito especial porque vai incentivar a cultura em nosso País, eternizando a memória de Luís da Câmara Cascudo, um dos maiores estudiosos da cultura popular brasileira”, comentou. Também serão homenageados, em memória, Romualdo Rosário da Costa (Mô do Katendê), João Carlos D’ Ávila Paixão Côrtes e Deífilo Gurgel. 

PublishNews, Redação, 30/11/2018

A Editora Vida & Consciência (Rua Agostinho Gomes, 2.312 – São Paulo / SP) realiza nos 8 e 9 de dezembro, das 10h às 20h, seu Megafeirão de Natal. O evento teve sua primeira edição em 2015 e volta à programação da editora para aproximar os leitores de seus autores preferidos por meio de palestras, sessões de autógrafos e muita venda de livros com descontos de até 70%. Dentre os nomes confirmados estão Ana Cristina Vargas, Cristina Cimminiello, Eduardo França, Maria Aparecida Martins e Priscila Toratti, que autografam seus livros; e Claudiney Prieto, Otávio Leal, Rita Duller, Gilvanize Balbino, Nilton Schutz, Valcapelli, Irineu Gasparetto entre outros, que irão ministrar palestras sobre variados assuntos ao longo dos dois dias de evento.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

Pensamentos uniformes, comportamentos programados, regimes de exceção, controle social, experiências genéticas e a luta por uma sobrevivência cada vez mais em risco pelo desrespeito à natureza estão em O ano do dilúvio (Rocco, 472 pp, R$ 54,90 – Trad.: Márcia Frazão), romance pós-apocalíptico da canadense Margaret Atwood. A degradação, o temor e o instinto de sobrevivência caminham juntos neste cenário de desesperança traçado pela autora, numa trama perturbadora, sombria e extremamente atual que reflete sobre a ilimitada capacidade humana para dizimar sua própria espécie. O livro se inicia no Ano 25, o Ano do Dilúvio Seco, termo com que os personagens se referem à epidemia que matou muitas pessoas. Os sobreviventes estão divididos entre os que preferem o mundo dos prazeres artificiais e os que buscam um retorno à vida naturalista. O ano do dilúvio é o segundo de uma trilogia que começa com Oryx e Crake e se encerra com MaddAddão, e retorna às livrarias com novo projeto gráfico de capa.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

Com seu trabalho revolucionário em física e cosmologia, Stephen Hawking encantou milhões de leitores com a origem do universo e a natureza dos buracos negros, além de inspirar todos pela coragem e determinação que mostrou em sua luta contra a doença do neurônio motor. Agora, em Breves respostas para grandes questões (Intrínseca, 256 pp, R$ 39,90 – Trad.: Cássio de Arantes Leite), reunião póstuma de seus trabalhos, o leitor pode conhecer seus pensamentos a respeito das grandes questões que povoam nossas mentes desde os primórdios e daquelas mais prementes na atualidade. Assim, Hawking apresenta suas reflexões sobre a origem do universo, a existência de deus e a natureza do tempo, assuntos sempre submetidos a seu intelecto afiado de cientista. Aliado à curiosidade que o impulsionou por toda a vida, ele projeta seu olhar também para o futuro, buscando soluções para problemas que ameaçam hoje o mundo como o conhecemos, tais como o aquecimento global, a fome e a urgência de um desenvolvimento sustentável. 

“A Hilda era rock'n'roll”
Zeca Baleiro
Cantor brasileiro - Flip 2018
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
O poder da ação
4.
Aprendizados
5.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
6.
Me poupe!
7.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
8.
Seja foda!
9.
Ainda sou eu
10.
Bíblia para crianças
 
PublishNews, Redação, 30/11/2018

Adaptado inúmeras vezes para as telas e os palcos, O corcunda de Notre-Dame (Penguin, 680 pp, R$ 54,90 – Trad.: Eduardo Brandão), drama medieval de Victor Hugo conta a história da bela Esmeralda, uma cigana adorada por três homens: o arquidiácono Frollo, o corcunda Quasímodo e o capitão Phoebus. Falsamente acusada de tentar matar Phoebus, que quase a violentou, Esmeralda é sentenciada à morte, e salva da forca por Quasímodo, que a defende até o fim. Para além da questão amorosa, descortina-se uma série de tragédias que falam sobre revolução e luta social, sobre amor e perda, sobre destino e livre arbítrio, protagonizadas por personagens que vão desde o rei da França até os mendigos nos esgotos de Paris. E, no centro de tudo, a grande e onipresente Catedral de Notre-Dame. O volume inclui uma introdução de John Sturrock, que apresenta o livro como uma história de ideias apaixonadas, escrita em defesa da arquitetura gótica e da democracia, demonstrando que um exterior repulsivo pode esconder uma grande beleza moral.

PublishNews, Redação, 30/11/2018

Em O sentido da existência humana (Companhia das Letras, 168 pp, R$ 54,90 – Trad.: Érico Assis), o premiado biólogo Edward O. Wilson debruça-se sobre questões existenciais para entender o que faz os seres humanos serem tão diferentes de todas as outras espécies. Procurando sentido no que Nietzsche chamou de “as cores do arco-íris” às bordas do saber e da imaginação, Wilson une ciência e filosofia para conduzir os leitores a uma viagem pela nossa origem mais remota até uma provocadora hipótese sobre o futuro. Wilson afirma que hoje sabemos tanto sobre o universo e sobre nossa espécie que nos aproximamos de maneira sistemática e empírica de reflexões quanto ao significado da vida inteligente. Seja tentando explicar o livre arbítrio ou a religião; alertar para o colapso da biodiversidade; ou até criar um convincente retrato de um ET, o autor defende que a humanidade de fato ocupa um lugar especial no universo conhecido.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 30/11/2018
 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.