Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 08/10/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Carlo Carrenho, 08/10/2018

O Frankfurt Pavillion receberá o CEO Talk na edição de 2018 da Feira de Frankfurt | © Schneider + SchumacherEm 2013, um divertido Marcus Dohle foi o entrevistado do CEO Talk, um dos eventos mais concorridos da Feira de Frankfurt. Depois de Dohle, passaram pelo CEO Talk quase todos os diretores executivos das editoras Big Five. Brian Murray (HarperCollins), Arnoud Nourry (Hachette) e Carolyn Reidy (Simon & Schuster) encararam em anos recentes a sabatina dos jornalistas das revistas setoriais Publishers Weekly, Buchreport, Livres Hebdo, The Bookseller, BookDao e PublishNews, que realizam o evento junto com o consultor austríaco Rüdiger Wischenbart. Mas faltava uma das Big Five: a Macmillan. Bem, nesta semana não faltará mais porque o CEO global da empresa, o norte-americano John Sargent, vai encarar o grupo internacional de jornalistas na próxima quarta-feira (10/10), às 14h, na Feira de Frankfurt que se inicia no mesmo dia. E esta não é a única novidade do evento. Neste ano, o CEO Talk será realizado no espaço mais nobre da Feira, o recém-criado Frankfurt Pavillion, que fica no espaço interno do evento, conhecido como Agora, entre os diversos pavilhões de exposição. Além disso, se antes o evento era reservado aos visitantes que adquiriam um ingresso para o Business Club – a área VIP do evento alemão –, agora o acesso é livre para todos os visitantes. Clique no Leia + para saber mais informações deste evento e garantir sua presença.

PublishNews, Redação, 08/10/2018

 Pierre André Ruprecht participou ao lado da nossa equipe do Podcast do PublishNews | © Zé BarrichelloEsse ano foi especial para Pierre André Ruprecht. Ele dirige a SP Leitura, Organização Social responsável pela gestão de equipamentos públicos como as bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos, ambas na capital paulista. As duas casas estão entre as melhores bibliotecas do mundo. A Biblioteca de São Paulo, construída onde ficava a Casa de Detenção Carandiru, cenário de um dos mais sangrentos massacres da história recente do país, conquistou o reconhecimento mundial ao figurar entre os finalistas do Prêmio Excellence Award da Feira do Livro de Londres. Já a Villa-Lobos também apareceu na lista das cinco melhores bibliotecas públicas no mundo no prêmio concedido pela Federação Internacional de Associações de Bibliotecas (Ifla) entregue em agosto passado na Malásia. Para contar um pouco sobre tudo isso, ele foi o convidado dessa semana do Podcast do PublishNews. Na conversa que teve com a nossa equipe, Pierre falou um pouco sobre os conceitos por trás de cada uma das bibliotecas, defendeu compras periódicas e frequentes para recomposição de acervos e que as bibliotecas sejam como praças, recebendo e atendendo a todos que as procuram. “O centro da biblioteca é a comunidade a que ela serve”, disse durante a entrevista.

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Na próxima quarta-feira (10), uma edição especial do projeto Sempre um Papo vai marcar a abertura da mais nova livraria de Belo Horizonte. Instalada no antigo endereço da icônica Livraria Mireniana (Rua Paraíba, 1.419 – Savassi), o Outlet de Livro vai receber o cientista político Newton Bignotto e a historiadora Heloisa Starling, que vão conversar sobre o livro Como ganhar uma eleição (Bazar do Tempo), manual escrito em 64 a.C, o general e político romano Quintus Cicero. A nova livraria é encabeçada por José Henrique Guimarães (Acaiaca) e vai oferecer descontos de até 90% nos livros que terão três preços básicos: R$ 9,90 / R$ 14,90 / R$ 19,90. “Esse novo canal do e-commerce com lojas físicas de ponta de estoque atende, por um lado, a demanda de consumidores de livros e, por outro lado a indústria, no caso editoras, que precisam desovar estoques de baixo giro”, explica Guimarães. 

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Nas notícias do final de semana, mais uma ligada aos livros e à intolerância. O G1 informou que livros que contam a história da luta pelos Direitos Humanos no Brasil foram rasgados na Biblioteca Central da Universidade de Brasília (UnB). Segundo um servidor do departamento, ao todo, sete obras foram danificadas. Em nota, a administração da UnB afirmou que vai pedir a abertura de uma investigação para apurar as circunstâncias dos danos e identificar os responsáveis. O comunicado diz que a universidade "repudia quaisquer atos de vandalismo". Na coluna da Babel, destaque para a Primavera Literária que será realizada pela primeira vez no Brasil. O projeto idealizado pelo professor Leonardo Tonus realiza o encontro de alunos do curso de português ou que trabalham com o universo lusófono com escritores e artistas brasileiros e será realizada na PUCRS, em Porto Alegre, nos dias 19, 20 e 22. “O objetivo é, entre outros, fazer com que estudantes de Letras tenham contato com a jovem produção nacional e internacional”, explicou Tonus à coluna. A Babel anunciou ainda a chegada de uma nova editora ao mercado. Idealizada por Florence Curimbaba, a Temporal focará nos livros de dramaturgia contemporânea. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra dessa nota.

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Foram divulgados na última sexta-feira (05), pela Associação Brasileira das Editoras Universitárias (Abeu), os finalistas do Prêmio Abeu 2018. O Prêmio chega a sua 4ª edição com um novo curador: até 2017, a escolha dos jurados e avaliadores das obras era realizada por José Castilho Marques Neto, colunista do PublishNews, posição que passou a ser ocupada por Sheila Diab Maluf. Além disso, o número de categorias premiadas aumentou, passando de cinco para sete. A categoria Ciências Sociais e da Expressão foi dividida em Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes. Na categoria Capa, introduzida no prêmio em 2017, tem como finalistas as obras Navegar é Preciso, Comunicar é Impreciso, com projeto de Bruno Tenan; Romantismo Tropical: Um pintor francês no Brasil, com projeto de Carla Fernanda Fontana; e Santuários Heterodoxos: Subjetividade e heresia na literatura judaica da Europa central, com capa produzida por Carla Fernanda Fontana. A lista completa com os finalistas você confere clicando aqui. A cerimônia de premiação ocorre no dia 5 de novembro, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, quando serão apresentados os ganhadores de cada categoria.

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Diversos elementos presentes no livro contribuem para que ele se destaque dos demais na estante de uma livraria. O título, a quarta capa e a orelha são alguns desses elementos. Para abordar esses temas, a Universidade do Livro, braço educacional da Fundação Editora da Unesp, apresenta o curso on-line inédito Os textos que vendem o livro: da orelha aos metadados, ministrado pela jornalista Silvana Salerno. Durante as aulas, Silvana trata dos textos que compõem a capa de um livro: título, quarta capa, biografia e orelhas. Além disso, serão trabalhados os textos produzidos sobre o livro para sites, livrarias on-line, divulgação e imprensa. Ao longo do curso o aluno poderá acompanhar diversos estudos de caso apresentados por diretores editoriais, comerciais, de arte e de marketing, editores e designers do mercado editorial. As aulas acontecem de hoje (8) a 3 de dezembro e investimento é de R$ 399.

PublishNews, Redação, 08/10/2018

A Editora Unesp estará presente na Feira de Frankfurt (10 a 14/10). Lá a editora aproveita para lançar seu catálogo impresso em inglês, com destaque para 28 títulos de autores nacionais disponíveis para venda de direitos autorais, além de um site exclusivo em português, inglês e espanhol, com detalhes sobre cada obra, como release, biografia do(s) autor(es), ficha técnica e sumário completo. “A ideia é ampliar as informações fornecidas às editoras internacionais, de modo que possam conhecer a diversidade das obras publicadas pela Editora Unesp e a profundidade dos temas abordados”, explica o diretor-presidente da Fundação Editora da Unesp, Jézio Hernani Bomfim Gutierre, que estará presente na feira. A Editora Unesp é uma das 28 editoras brasileiras que participam da Feira de Frankfurt por meio do estande coletivo do Brazilian Publishers, projeto de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, uma parceria da Câmara Brasileira do Livro (CBL) com a Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Lançado em 2002 no Brasil, o álbum Como uma luva de veludo moldada em ferro (Nemo / Autêntica, 144 pp, R$ 49,80 - Trad.: Jim Anotsu), de Daniel Clowes, retorna às prateleiras das livrarias depois de ficar indisponível por anos. A nova tradução traz em volume único as dez partes da história, originalmente publicada de maneira seriada na revista Eightball entre 1989 e 1993. A graphic novel acompanha a história de Clay Loudermilk, que se vê envolvido em uma trama cada vez mais misteriosa e bizarra ao tentar desvendar o mistério por trás de um snuff film, gênero em que as mortes filmadas são reais. Em seu traço cru e seus desenhos em preto e branco ricos em detalhes, Clowes apresenta personagens excêntricos como uma dupla sádica de policiais que entalha um estranho símbolo no calcanhar de Clay; um cão sem qualquer orifício (que tem de ser alimentado via injeções); duas vítimas sinistras de implantes capilares terrivelmente malfeitos e um carismático líder de culto, no melhor estilo Charles Manson, que planeja sequestrar um famoso colunista.  

“Trabalhar com palavras permite que se crie uma pequena distância entre si e o que está acontecendo no mundo.”
Lydia Davis
Escritora americana
1.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Combate espiritual
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
Seja foda!
7.
Me poupe!
8.
Poesia que transforma
9.
Crença Inabalável
10.
21 lições para o século 21
 
PublishNews, Redação, 08/10/2018

A Casa Guilherme de Almeida (Rua Macapá, 187 - São Paulo / SP) recebe logo mais, a partir das 19h, os escritores Ermildo Panzo (Angola), Shelly Bhoil (Índia) e Tarek Albertawi (Síria) para a mesa redonda Escrever entre línguas. Em comum, eles têm o fato de serem estrangeiros e residirem em São Paulo. No encontro, eles vão discutir a produção literária longe do seu país de origem e a sua relação com o português do Brasil, relatando suas experiências literárias relacionadas à migração. Para mais informações, clique aqui.

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Um craque do futebol e ídolo da seleção resolve se declarar homossexual depois do assassinato de um ex-namorado. Este é o pontapé inicial de O outro lado da bola (Record, 216 pp, R$ 54,90), graphic novel de Alê Braga, Alvaro Campos e Jean Diaz que mostra, de forma bela e pungente, uma estrutura entranhada de preconceito e corrupção. Na trama, o protagonista Cris vê sua vida pessoal e sua carreira virarem de ponta cabeça com a reação de colegas, patrocinadores e torcida. Parece impensável que, em pleno 2018, nunca um jogador de futebol no Brasil tenha dito abertamente que é homossexual – algo destacado tanto por André Rizek, na orelha, como por Arnaldo Branco, na apresentação da obra. É aí que reside uma das maiores forças da narrativa de O outro lado da bola, que exibe, página após página, o universo preconceituoso e intolerante em que ainda vivemos.

PublishNews, 08/10/2018

Conhecido mundialmente, o premiado quadrinista Danilo Beyruth fechou sua primeira parceria com a DarkSide. Juntos eles publicam a HQ inédita Samurai Shirô (192 pp, R$ 59,90). A graphic novel conta a história de lutas sangrentas pelo poder, honra familiar e do reencontro violento com o passado, vivido no agora por samurais modernos e a Yakuza -máfia japonesa -, que usa de cenário o bairro da Liberdade, na cidade de São Paulo. Akemi é uma jovem descendente de japoneses que vê surgir em seu caminho um estranho homem sem memória, com uma katana - tipo de espada japonesa -, e passa a ser perseguida pelos membros do Yakuza. Ela vai precisar enfrentá-los, assim como seu próprio passado, para sobreviver. 

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Tia Geralda, personagem criado pelo ilustrador, programador visual e poeta mineiro Rômulo Garcias, é uma senhora bem vivida e muito sabida, que no seu dia a dia tenta convencer a morte a esperar mais um pouquinho. O livro Tia Geralda, a morte e o gato (Aquarela Brasileira, 140 pp, R$ 30) reúne 67 tirinhas dessa anti-heroína cujo poder são a esperteza e a astúcia. “Pelas cores e pelo humor de Rômulo, observador atento do risível que há em nós, Tia Geralda ganha fôlego para nos divertir sem hora marcada. Pois até a morte pode esperar. É como dizer: liberdade e tempo para quem quer viver! Se os gatos têm sete vidas, desde agora a nossa Tia colorida tem a eternidade”, comenta Wagner Merije na apresentação da obra. 

PublishNews, Redação, 08/10/2018

Com humor afiado, a artista sueca Liv Strömquist expõe, no seu livro A origem do mundo (Quadrinhos na Cia, 144 pp, R$ 69,90 -  Trad.:  Kristin Lie Garrubo) as mais diversas tentativas de domar, castrar e padronizar o sexo feminino ao longo da história. Dos gregos antigos a Stieg Larsson, das mulheres da Idade da Pedra a Sigmund Freud, de Jean-Paul Sartre a John Harvey Kellogg (o inventor dos sucrilhos), da fábula da bela adormecida a deusas hindus, de livros de biologia ao rapper Dogge Doggelito, A origem do mundo esquadrinha nossa cultura e vai até o epicentro da construção social do sexo. Para Liv, “culpabilizar” o prazer é um dos mais efetivos instrumentos de dominação — graças à culpa, a maçã é venenosa e o paraíso mantém seus portões fechados. Uma crítica hilária, libertadora e instrutiva sobre o sexo feminino.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.