Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 19/09/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Redação, 19/09/2018

No dia 11 de outubro, o novo pavilhão da Feira do Livro de Frankfurt será palco para a literatura produzida na América Latina. E três autores representarão o Brasil na programação: Bianca Santana, Geovani Martins e João Paulo Cuenca. Às 9h30, será a vez de Cuenca (Corpo presente – Companhia das Letras) subir ao palco ao lado de Carla Maliandi (Argentina), Oscar Guardiola (Colômbia) e Vivian Lavin (Chile). Juntos eles participam da mesa Politic – Literature – Commitment: Latin American authors report. Apontado como uma das grandes promessas da literatura brasileira, Geovani (O Sol na cabeça – Companhia das Letras) participa, às 13h, da mesa Los novíssimos – New literature from Latin America ao lado de Antonio Ortuño (México), Ariana Harwicz (Argentina), Mike Wilson (Argentina) e Pilar Quintana (Colômbia). Encerrando a programação, Bianca Santana (Quando me descobri negra – Sesi SP) participa, às 14h, da mesa Diverse voices – Female authors from Latin America, junto com Gabriela Cabezón (Argentina) e Mercedes Rosende (Uruguay). Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

Nas duas últimas semanas, a Livraria Cultura confirmou o fechamento de cinco lojas da Fnac no Brasil, restando, até o momento, apenas a loja de Goiânia aberta. Em nota enviada aos jornalistas na manhã desta quarta-feira (19), a livraria se posiciona reafirmando o que o PublishNews já havia dito: está em curso um plano de reestruturação da rede que prevê “manter unidades com boa performance, qualificar a experiência do cliente em loja e crescer significativamente no e-commerce”. Na mesma nota, a empresa diz que, dentro desse plano estratégico, “os ambientes físicos estarão mais voltados para o fortalecimento da marca, ações específicas de marketing, engajamento com consumidor e relacionamento”. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra da nota.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

A Bookwire Brasil fechou uma parceria com a Árvore de Livros, plataforma de leitura digital para escolas do país que já atende mais de 120 mil alunos em mais de 700 escolas em todo o Brasil. Nesse modelo de negócio, as editoras terão seus livros digitais disponibilizados na biblioteca digital. Lá, cada aluno e professor possui seu próprio usuário e podem fazer empréstimos de livros, sendo permitido somente um por usuário. E para cada 52 empréstimos do livro, será pago 70% do preço de capa definido para aquele livro. Uma vez atingidos os 52 empréstimos, uma nova obra será adquirida. As editoras que utilizam os serviços da Bookwire terão automaticamente seus livros digitais disponibilizados neste serviço, mas caso não desejem participar devem mandar um e-mail para horacio.corral@bookwire.com.br até 21 de setembro.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

A Saraiva anunciou esta semana seu novo centro de distribuição em Extrema (MG), cuja operação logística ficará a cargo da CEVA Logistics. Esta nova estrutura, juntamente aos outros dois centros de distribuição em Cajamar (SP) e Salvador (BA), segundo a varejista, trará maior eficiência à malha logística, agilidade nas entregas e velocidade no abastecimento das mais de 100 lojas da rede, além de concentrar a operação de eletrônicos para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. “Com este novo centro de distribuição, nós reforçamos nossa estratégia de aprimorar, cada vez mais, a experiência dos clientes e a 'omnicanalidade', com a integração entre as lojas físicas e o e-commerce. Resultando não só em maior agilidade nas entregas a nível nacional, mas também em velocidade no abastecimento das lojas físicas da Saraiva”, afirmou Alexandre Faria, gerente de logística da Saraiva, no comunicado. “Esta expansão também faz parte do plano estratégico da companhia, ampliando nossa capilaridade com ganho de competitividade e eficiência, que incluem monitoramento e desenvolvimento de iniciativas voltadas para a melhoria de processos e sustentabilidade do negócio”, completou. O Centro de Distribuição em Extrema concentrará a operação das categorias de telefonia, informática, acessórios e games para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

Literatura de Cordel é uma narrativa poética popular com métricas e rimas perfeitas ou quase perfeitas | © Francisco Moreira da CostaO Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural se reúne hoje e amanhã (20) no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, para analisar o registro de seis novos patrimônios culturais. Dentre eles está a Literatura de Cordel, que apesar de ser bastante popular no Norte e Nordeste, hoje é disseminado por todo o Brasil. Em todo o país, é possível encontrar esta expressão cultural, que revela o imaginário coletivo, a memória social e o ponto de vista dos poetas sobre acontecimentos vividos ou imaginados. Junto com a Literatura de Cordel, também serão analisadas a Procissão do Senhor dos Passos, em Florianópolis (SC); o Sistema Agrícola Tradicional das Comunidades Quilombolas do Vale do Ribeira (SP) e os tombamentos do Acervo Arthur Bispo do Rosário e dos terreiros de candomblé Ilê Obá Ogunté Sítio Pai Adão, em Recife (PE), e Tumba Junsara, em Salvador (BA).

PublishNews, Redação, 17/09/2018

A Rocco comprou os direitos do novo livro de Iain Reid, autor de Eu estou pensando em acabar com tudo. Em Foe, também um thriller psicológico, Iain leva o leitor para um futuro próximo onde Junior e Henrietta vivem uma vida confortável e solitária em sua fazenda, longe das luzes da cidade, mas perto um do outro. Um dia, um estranho da cidade chega com a notícia de que Junior foi escolhido aleatoriamente para viajar para longe da fazenda. A parte mais incomum? Arranjos já foram feitos para que, quando ele sair, Henrietta não tenha a chance de sentir sua falta, porque ela não será deixada sozinha - nem por um momento, já que terá uma companhia um tanto quanto familiar. O suspense examina a natureza das relações domésticas, autodeterminação e o que significa ser (ou não ser) uma pessoa. A editora não informou quando o título chega às livrarias.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

O selo Casa da Palavra (LeYa) lançou em 2014 o livro A história do Brasil nas ruas de Paris e agora, a obra foi adaptada em podcast pela redação brasileira da Radio France Internationale. A partir desta semana, o livro será apresentado pela Rádio em uma série em formato de podcast relatando a trajetória dos brasileiros que deixaram um legado na França nos séculos 19 e 20. Com uma pesquisa que cobre 200 anos, Maurício Torres Assumpção explica o contexto histórico que levou esses brasileiros a Paris, o que eles realizaram na cidade, com quem se relacionaram e que impacto tiveram sobre seus pares e a sociedade francesa da sua época. Do imperador Dom Pedro I ao arquiteto Oscar Niemeyer, passando por Dom Pedro II, Alberto Santos Dumont, Tarsila do Amaral e Heitor Villa-Lobos, o podcast tira a poeira de placas e monumentos parisienses para revelar histórias diferentes e cativantes. Para ouvir o podcast é só clicar aqui

PublishNews, Redação, 19/09/2018

Em março, o PublishNews noticiou que a Biblioteca Pública do Paraná terminou a segunda fase de sua modernização. Agora, seis meses depois, o espaço iniciou a terceira etapa. As salas de Filosofia e Religião (no segundo andar), Ciências Puras e Aplicadas e Esportes e Belas Artes (no terceiro andar) receberão pintura, mobiliário e projeto de iluminação novos. Por conta da reforma, esses espaços ficam fechados até a primeira quinzena de outubro. Depois serão reformadas a Divisão de Documentação Paranaense (2º andar) e as salas de Ciências Sociais e Jurídicas e História. A Renault — empresa que também viabilizou os recursos das duas outras fases da reforma — investiu R$ 1,8 milhão para esta etapa da obra. Ao todo, desde 2017, foram investidos R$ 6,4 milhões na modernização do prédio histórico da BPP, inaugurado em 1954.

“Costumo dizer que o grande prêmio do escritor é o leitor talentoso; um bom leitor.”
Milton Hatoum
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
Para todos os garotos que já amei
4.
O milagre da manhã
5.
Seja foda!
6.
P.S.: Ainda amo você
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
Agora e para sempre, Lara Jean
9.
21 lições para o século 21
10.
Me poupe!
 
PublishNews, Redação, 19/09/2018

A guerra: A ascensão do PCC e o mundo do crime no Brasil (Todavia, 344 pp, R$ 54,90) é uma reportagem capaz de fixar a fisionomia do crime no Brasil. Bruno Paes Manso e Camila Nunes Dias obtiveram relatos inéditos de integrantes das facções e contam essa história sob um ângulo inédito e revelador. Geridas de dentro dos presídios, as facções criminosas se profissionalizaram. Quem assumiu a dianteira desse processo foi o PCC, responsável por um grau inédito de organização nos presídios brasileiros. Criada em 1993, meses após o Massacre do Carandiru, quando 111 presos foram mortos pela polícia, a facção passou a ditar as regras do crime nos presídios de São Paulo, impôs sua influência sobre outros estados e agora se internacionaliza a uma velocidade vertiginosa. Nunca essa realidade foi retratada com tintas tão fortes.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

Em Irmãos Uma história do PCC (Companhia das Letras, 408 pp, R$ 49,90), o sociólogo Gabriel Feltran oferece uma interpretação alternativa àquelas que vêm ocupando o debate público brasileiro e que buscam comparar o PCC com outras organizações criminosas como os comandos cariocas, as gangues prisionais americanas ou as máfias italianas, russas ou orientais. Para o autor, o modo de organização do PCC tem mais a ver com as irmandades secretas, funcionando como uma maçonaria do crime — uma rede de apoio mútuo, pautada por um conjunto de valores considerados justos, em que ninguém deve atravessar os negócios nem a honra do outro irmão. Feltran percorre os momentos cruciais da história da facção: sua criação em Taubaté; a megarrebelião de 2001; a revolução interna de 2002; as revoltas de 2006, que horrorizaram a classe média; as violentas disputas entre facções a partir de 2017. Irmãos apresenta um país em que o crime conquistou efetiva hegemonia política para partes significativas da população. 

PublishNews, Redação, 19/09/2018

Segurança é um assunto que há muito preocupa a todos nós. Não é de hoje que o Brasil está imerso em uma crise que parece não ter fim. Os níveis de criminalidade só aumentam, assim como nossa percepção de insegurança. Por isso, duas especialistas no tema, Ilona Szabó e Melina Risso, resolveram escrever o livro Segurança pública para virar o jogo (Zahar, 144 pp, R$ 29,90), que traz um panorama do sistema da segurança pública e justiça criminal no Brasil. Por que o Estado não consegue proteger seus cidadãos? Que fatores potencializam essa trágica realidade? Qual o papel das polícias? Por que é tão importante regular armas e munições? Respondendo de forma equilibrada e embasada às principais perguntas no debate público, as autoras defendem que, com prevenção, inteligência e investigação, há soluções possíveis e efetivas para tornar nossas cidades mais seguras.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

O Guia politicamente incorreto da política brasileira (LeYa, 336 pp, R$ 44,90), do jornalista Rodrigo da Silva, é um livro que critica e ironiza o exercício do poder no Brasil – um país que, na opinião do autor, tem o surrealismo como regime de governo. Não é uma obra para a direita ou a esquerda, para coxinhas ou mortadelas, mas uma leitura voltada a todos aqueles que já se deram conta de que há algo fora do lugar na política brasileira. O autor oferece um livro revelador, utilizando dados e contradições para quebrar mitos propagados há séculos e colocar em desconforto nossos próprios conceitos ideológicos. Rodrigo explica que o Estado brasileiro não faz o menor sentido e que o único critério que rege nossa produção legislativa é a falta de critério. Como Pedro Bial escreve no prefácio, “este guia é corretíssimo, incorreta é a realidade aqui descrita”. Uma realidade escandalosa, retratada no livro com ironia e sarcasmo.

PublishNews, Redação, 19/09/2018

Erick Wilson Pereira e Marcus Vinícius Furtado Coêlho, profissionais referência no âmbito jurídico, desenvolveram um guia didático com informações fundamentais sobre as resoluções mais recentes acerca das regras que regulamentam as eleições. Este é o conteúdo de Manual esquemático das eleições 2018 (José Olympio, 210 pp, R$ 54,90). O manual contempla diretrizes referentes a todas as etapas do pleito eleitoral de 2018, respondendo a dúvidas sobre o registro de candidatura, propaganda eleitoral, condutas vedadas aos agentes públicos, e normas sobre arrecadação, gastos com recursos e prestação de contas de campanha. O guia apresenta as principais datas do calendário eleitoral e um capítulo com um conjunto de regras objetivas intitulado “Pode e Não Pode”, que inclui normas específicas sobre práticas comuns nas eleições, como a realização de comícios, debates e propagandas gratuitas.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.