Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 18/09/2018
Somos uma agência com experiência no mercado editorial e especializada em assessoria de imprensa e na produção de eventos destinados à conexão entre profissionais de diversas áreas.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
Adaptamos seu valioso conteúdo para o universo digital com tecnologia de nível mundial. Na Hondana, o seu conteúdo é tratado da maneira que merece.
PublishNews, Redação, 18/09/2018

Juergen Boos, diretor da Feira do Livro de Frankfurt | © Peter Hirth / Frankfurt Book FairEntre os dias 10 e 14 de outubro, o mundo editorial volta seus olhos para a cidade de Frankfurt que será palco, pela 70ª vez seguida, da maior e mais importante feira de negócios do livro no globo. Além da venda e o licenciamento dos direitos de tradução, a diversidade e os Direitos Humanos Universais estarão no topo da pauta do evento. E o seu caráter político deve ganhar contornos ainda mais intensos em 2018. “À luz das questões urgentes que nossa sociedade enfrenta hoje, a Feira do Livro de Frankfurt é uma importante plataforma pública”, comentou Juergen Boos, diretor geral da Feira. “Desde que reabriu, após a Segunda Guerra Mundial, em 1949, a feira de livros mais internacional do mundo representou a liberdade de expressão e de publicação e formou uma rede internacional de diálogo. A 70º edição da feira também acontecerá em um clima politicamente carregado. Devemos permitir o debate - incluindo, acima de tudo, questões controversas. Tolerar e refutar, através da argumentação, opiniões são conquistas de uma sociedade democrática. Esses princípios fazem parte do nosso DNA”, completou dando o tom da edição que começa em 22 dias. E isso se reflete na programação da Feira. Além da conferência de imprensa, que contará com uma apresentação da autora Chimamanda Ngozi Adichie, a feira realizará uma programação que vai reunir nomes como Federica Mogherini, alta representante da União Europeia para Assuntos Exteriores e Política de Segurança; Monika Grütters, comissária do governo alemão para Cultura e Mídia, e Mamuka Bakhtadze, primeiro-ministro da Geórgia, o convidado de honra da edição de 2018. Outro ponto de destaque dessa 70ª edição será a presença de editores cubanos que voltarão a ocupar, depois de anos, um estande coletivo no pavilhão. Editores africanos e do Sudeste Asiático também ganharão espaços especiais na programação da Feira. Clique no Leia Mais para conferir outros destaques e novidades da 70ª edição da Feira do Livro de Frankfurt.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Já podem marcar na agenda. Como já era de se esperar, os brasileiros preparam mais uma edição do Caipirinha meets Oktoberfest que já virou tradição na Feira do Livro de Frankfurt (10 a 14/10). O happy hour, com caipirinha, cerveja e pretzels na faixa, serve de pretexto para reunir brasileiros e editores internacionais que estiverem pela maior e mais importante feira da indústria do livro no mundo. O convescote acontece na quinta-feira (11/10), a partir das 17h, no estande do Brasil, que ocupará a posição B46 do Hall 5.1. O encontro é realizado pelo Brazilian Publishers, projeto setorial da Câmara Brasileira do Livro e da Apex-Brasil.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Ministro Sérgio Sá Leitão (centro) conduziu a reunião do GT, em Brasília. Grupo tem por objetivo elaborar proposta de legislação e de política pública para a promoção do mercado editorial brasileiro | © Elisa Ferreira / DLLLB MinCNa última semana, o Ministério da Cultura (MinC) realizou a primeira reunião do Grupo de Trabalho (GT) para debater a atual crise do setor livreiro brasileiro. A reunião, cujo objetivo foi elaborar uma proposta de legislação e de política pública para a promoção do mercado editorial no Brasil, contou a presença do próprio ministro Sérgio Sá Leitão, da Cultura, além de representantes do próprio ministério, da Fundação Biblioteca Nacional, da Câmara Brasileira do Livro (CBL), do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), da Associação Nacional de Livrarias (ANL), da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (Abeu) e da Liga Brasileira de Editoras (Libre). De acordo com o secretário de Economia Criativa do MinC, Douglas Capela, os andamentos da primeira reunião foram tão positivos que será possível encerrar os trabalhos do GT ainda no mês de setembro. "Trabalhamos na exposição de motivos e em propostas de legislação do setor para aumentar a quantidade de pessoas que possam ter acesso aos livros. Se você tem uma crise nesse mercado, você também tem uma restrição ao acesso à leitura”, explicou Capela. O próximo encontro foi antecipado para o dia 25 de setembro, data em que o GT pretende concluir as discussões e repassar as propostas legislativas para análise do ministério.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Em recuperação judicial desde abril, BookPartners mudou, nesta segunda-feira (17), de endereço. A distribuidora passou a ocupar um espaço de 1,6 mil m² no Centro Logístico de Itapevi (Rodovia SP 029, 1730 – Unidade 23) localizado na cidade da Grande São Paulo. “Essa mudança de endereço [que faz parte do seu plano de recuperação judicial] significa uma redução significativa das despesas fixas da empresa sem perder em capacidade operacional. Estamos apenas a 3 km de distância do antigo endereço. Em uma área de 1.600 m² a armazenagem passa a ser verticalizada permitindo a manutenção dos nossos serviços”, explicou Mauro Azevedo, diretor de Operações da empresa.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

A Todavia prepara para novembro o livro Medo: Trump na Casa Branca. Escrita por Bob Woodward, um dos mais destacados repórteres políticos dos EUA, a obra foca nos explosivos debates entre os assessores e a maneira atabalhoada como são tomadas as decisões na Casa Branca. Woodward se vale de centenas de horas de entrevistas com fontes primárias, atas de reunião, diários pessoais, arquivos e documentos. Com detalhes sobre a rotina de Trump, diálogos e documentação, Medo trata de assuntos-chave da política internacional, como a Coreia do Norte, Afeganistão, Irã, Oriente Médio, China e Rússia, assim como pontos cruciais da política interna, como imigração, o Acordo Climático de Paris e a violência racial em Charlottesville em 2017. Entre tantos detalhes desconcertantes sobre a administração Trump, a obra também mostra como assessores da Casa Branca se juntam para simplesmente sumir com papéis da mesa de trabalho do presidente, de modo que ele não ponha em risco operações importantes de inteligência. O livro chega às livrarias brasileiras na primeira semana de novembro. Enquanto isso, no Reino Unido ele já é o mais vendido. Segundo o The Bookseller, em apenas uma semana, Medo conseguiu passar a obra de Joe Wicks, 30-Minute Meals, e já vendeu até agora 22.052 exemplares.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Estão abertas até 8 de novembro as inscrições para o Prêmio Off Flip de Literatura, que oferecerá aos vencedores R$ 30 mil, além de estadia em Paraty, passeio de escuna e cota de livros. Os contos e poemas selecionados serão publicados em coletânea a ser lançada durante a Flip 2019, em formato impresso e em e-book, com download gratuito. Os vencedores nos gêneros infantil e juvenil terão suas obras publicadas em livros ilustrados e em formato impresso. O sarau de premiação acontecerá no Sesc Paraty, durante a Festa Literária Internacional de Paraty. O regulamento você encontra clicando aqui.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

A Boitempo e a Editora Contracorrente realizam, ao longo deste mês, o lançamento do livro Resgatar o Brasil (128 pp, R$ 35), coletânea organizada por Rafael Valim e Jessé Souza. A obra aborda os problemas centrais do Brasil e aponta o que o autor considera "os verdadeiros inimigos do povo brasileiro". Para divulgar o livro, as editoras prepararam dois eventos de lançamento. O primeiro acontece amanhã (19), às 19h, no Teatro Tucarena (Rua Monte Alegre, 1024 – São Paulo / SP) e terá o debate Como resgatar o Brasil? Enfrentando os problemas centrais do país, que contará com a participação de André Horta, Gilberto Maringoni, Jessé Souza, Luis Nassif, Maria Lucia Fattorelli e Rafael Valim, com mediação de Renato Rovai (Revista Fórum). O segundo evento acontece no dia 25, também às 19h, na livraria do espaço cultural Tapera Taperá (Av. São Luís, 187 – São Paulo / SP).

PublishNews, Redação, 18/09/2018

De 15 de outubro a 25 de novembro, o Laboratório Emília de Formação realiza o curso on-line de ilustração A voz própria – laboratório de imagens, com o ilustrador espanhol Javier Zabala, autor premiado e professor em diversos países. O propósito do curso é estimular o desenvolvimento do trabalho autoral, de maneira que os participantes possam encontrar sua “voz própria” - daí o título -  como artistas ilustradores. Os melhores trabalhos serão selecionados para compor um catálogo on-line, que será apresentado nas feiras de Xangai, Bolonha e Guadalajara, em 2019. As inscrições estão abertas no site do Laboratório Emília.

“A escrita é uma experiência de amor, de humanidade na sua essência.”
Ana Holanda
Escritora brasileira no livro 'Como se encontrar na escrita'
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
Para todos os garotos que já amei
4.
O milagre da manhã
5.
Seja foda!
6.
P.S.: Ainda amo você
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
Agora e para sempre, Lara Jean
9.
21 lições para o século 21
10.
Me poupe!
 
PublishNews, Redação, 18/09/2018

Antonio Carlos Secchin estreia na literatura para crianças com um poema cheio de significados. Em O galo gago (Rocco, 40 pp, R$ 34,90), o autor apresenta uma visão curiosa sobre o fluxo do tempo e como é essencial que depois do dia venha a noite e, seguida a ela, venha novamente o dia. Se não fosse mais assim? Se Sol e Lua não percebessem a hora de chegar e a hora de ir? E, o mais importante, se apenas o galo fosse responsável por avisar Sol e Lua e não pudesse cumprir sua tarefa direito? Em um compasso bem ritmado, Secchin conta a história de um galo que não consegue cantar e, por isso, bagunça a vida do Dia, da Noite e dos outros animais. Mas, em vez de ser rechaçado pelos outros bichos, o galo recebe ajuda de seus amigos. Todos estão empenhados em fazer o Dia e a Noite acontecerem para que a vida possa seguir normalmente.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Zazi e Ziwelene estão curiosos. Querem saber quem foi aquele homem de que tanto fala a sua avó Zindzi Mandela. Um dia, os dois fizeram à sua avó, Zindzi Mandela, 15 perguntas sobre Nelson Mandela, uma das personalidades mais importantes da história universal – ícone global de paz e perdão que passou 27 anos na prisão. Uma lição de resistência e paz para as novas gerações. Durante o papo, os dois descobriram que o bisavô lutou pela liberdade, foi presidente da África do Sul, ganhador do Prêmio Nobel da Paz. E o mais importante: que eles deveriam transmitir às novas gerações o seu legado. Visto pela perspectiva de uma criança, e criado em conjunto por seus bisnetos e filhas, Vovô Mandela (V&R, 40 pp, R$ 46,90) celebra o centenário de nascimento do líder sul-africano. O livro é escrito por Zindzi Mandela, Zazi Mandela e Ziwelene Mandela e ilustrado por Sean Qualls.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Na hora de dormir, um quarto escuro pode guardar algumas surpresas... Você tem certeza de que a porta do guarda-roupa está fechada? Tem certeza de que não há nada dentro, ou melhor, morando no guarda-roupa? Um monstro talvez? Se eu abrir esta porta agora... (Sesi-SP, 56 pp, R$ 44), oitavo livro de Alexandre Rampazo, faz o leitor assumir o protagonismo da história ao se colocar no lugar do personagem, abrindo sucessivas vezes a porta do guarda-roupa em um quarto escuro, sendo a cada momento conduzido a uma surpresa diferente. O autor usa o formato do próprio livro (que emula uma porta) para transformá-lo em um elemento da narrativa, permitindo que imaginação e realidade se misturem, em uma história que conduz o olhar do leitor a uma experiência única.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Mães choram. Choram de preocupação, choram por medo, choram por cansaço e choram até por coisa nenhuma. Mas pode ser um susto quando a criança descobre que elas têm isso, pelo menos isso, em comum com o restante da humanidade. Foi dessa memória, o dia que descobriu que havia lágrimas no rosto da sua mãe, que nasceu a inspiração para o primeiro livro da educadora Isabelle Borges. Bilica chorona (Lago de Histórias, 32 pp, R$ 39,90) conta a história de uma menina que usa o choro para se fazer entender e questiona como engolir o choro se as lágrimas teimam e transbordam. Será que choro acaba um dia? Adultos não choram? Onde guardam o choro? O lançamento do livro acontece no dia 22, às 16h, na Livraria da Travessa (Av. Travessa de Melo Franco, 290 – Rio de Janeiro / SP) e contará com a presença da ilustradora, Taline Schubach.

PublishNews, Redação, 18/09/2018

Minha família Enauenê (FTD Educação, 48 pp, R$ 45- Ilustração: Anabella López) conta a história da autora Rita Carelli, que passou parte de sua infância na aldeia indígena dos Enauenê-Nauê, no Mato Grosso. Dentre as diversas descobertas que faz entre os indígenas, uma em especial lhe chamou a atenção: os papéis rígidos estabelecidos para homens e mulheres. As meninas circulavam por trás das casas de palha cuidavam da comida, do fogo, dos bebês, já os meninos brincavam pelo pátio, nas árvores e pelo rio. Meninos e meninas não se misturavam. A menina se vê então em um empasse: brincar, nadar no rio e jogar futebol com os meninos, ou realizar as tarefas próprias das mulheres. O livro aborda, de maneira sensível, questões como a dos papéis sociais, da divisão do trabalho, da diversidade cultural e dos diferentes modos de vida.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.