Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 05/09/2018
Somos uma agência com experiência no mercado editorial e especializada em assessoria de imprensa e na produção de eventos destinados à conexão entre profissionais de diversas áreas.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
Adaptamos seu valioso conteúdo para o universo digital com tecnologia de nível mundial. Na Hondana, o seu conteúdo é tratado da maneira que merece.
PublishNews, Redação, 05/09/2018

Desde a sua primeira edição, em 2015, o Prêmio Jovens Talentos procura profissionais que estejam preocupados em ir além das atribuições formais do seu cargo e fazer crescer a indústria do livro. E mais, que estejam antenados no seu tempo e de olho no futuro, acompanhando e dando respostas às tendências às quais o mercado precisa acompanhar. Essas características podem ajudar a definir o trabalho de Diana Passy, eleita para ganhar o Prêmio Especial que deu a ela uma viagem para acompanhar a Feira do Livro de Frankfurt com as despesas de passagem e hospedagem custeadas pela organização, além de uma ajuda de custo de 500 euros e ingressos para o Business Club, a área VIP da maior e mais importante feira de negócios do livro no mundo. Diana, além de analista de marketing e uma das responsáveis pela seleção de originais do selo Seguinte (Companhia das Letras), é a idealizadora da Flipop, festival de literatura pop totalmente focado nos leitores. Realizado pela Companhia das Letras, o evento foi abraçado por nove editoras concorrentes na sua segunda edição, em 2018. Mostrando que, muito mais do que concorrentes, essas editoras atuam numa mesma comunidade e naquele momento se apresentavam como parceiras. Para Marifé Boix García, vice-presidente da Feira de Frankfurt e componente do júri, a iniciativa de desenvolver essa comunidade de editores em torno da comunidade de leitores foi fundamental para a escolha. “Acho incrível que, além do trabalho na editora, ela tenha conseguido realizar a Flipop com êxito já na sua primeira edição e ainda fazer uma segunda edição incluindo editoras concorrentes. Valorizo muito o entusiasmo de Diana e a ideia de criar um evento em torno dessa comunidade que é fundamental para a sobrevivência da indústria do livro”, justificou. Clique no Leia Mais para ler o perfil completo de Diana.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Thiago Mlaker e Nathália Dimambro são os entrevistados do quinto encontro UmLivro com PublishNews | © Redes sociais dos editoresUma feliz coincidência bateu à porta da redação do PublishNews na manhã desta quarta-feira. Ao anunciar Diana Passy como ganhadora do Prêmio Jovens Talentos de 2018, nos demos conta que essa novidade casaria muito bem com o tema do encontro UmLivro com PublishNews que acontece logo mais, às 19h. O evento, que integra a série de encontros mensais realizados pelo PublishNews na Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2.500 – São Paulo / SP), terá como tema os bastidores da edição de livros voltados para o público Young Adult, comunidade em que a ganhadora do Jovens Talentos atua. No palco da Unibes estarão os editores Nathália Dimambro (Seguinte / Companhia das Letras) e Thiago Mlaker (Verus / Record). Entrevistados pela nossa repórter Talita Facchini, os editores vão falar sobre a sua atuação nesse segmento, mostrar como é feita a seleção de títulos voltados para esse público, revelar como se mantêm atualizados para atender às demandas dos jovens leitores e o que têm feito para deixar vivo o interesse desse público pelo livro. O evento é fruto da parceria com a UmLivro, plataforma que oferece diversas soluções de impressão por demanda e logística para as editoras e os interessados em participar podem se inscrever clicando aqui. Nesta edição, não haverá transmissão ao vivo, mas a íntegra do áudio poderá ser conferida no Soundcloud do PublishNews.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Jeff Bezos, o homem mais rico e dono da segunda empresa trilhonária do mundo | © Divulgação / AmazonA Amazon – a empresa que começou sendo uma livraria virtual e tem se tornado ‘a loja de tudo’ – atingiu nesta terça-feira a marca de US$ 1 trilhão de valor de mercado (valor somado de todas as suas ações). Esse feito elevou a empresa de Jeff Bezos (na foto ao lado) ao seletíssimo gripo de empresas trilhardárias (até então, das empresas privadas, só a Apple tinha alcançado esse posto elevado). A conquista chegou pouco depois de Bezos ser anunciado pela Bloomberg a pessoa mais rica da história moderna, com uma fortuna estimada de US$ 151 bilhões.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Nem só de trocas de empresas é feita a dança das cadeiras. No último mês, Daniele Cajueiro, diretora editorial dos selos Nova Fronteira e Petra passou a assumir a diretoria editorial de todo grupo Ediouro, incluindo os selos Coquetel e Pixel. Flavia Lago, que fazia parte da V&R desde 2011 e comandava o selo Plataforma 21 desde 2015, vai para a FTD. Na nova casa, Flavia irá integrar a equipe de editores do PEL (Projetos Especiais em Literatura). Já Luiz Machanoscki (na foto ao lado), mais conhecido como Jesus Livreiro, deixou a DarkSide, onde trabalhava desde 2014. 

PublishNews, Redação, 05/09/2018

No PublishNews da última terça-feira (4), noticiamos que Cristino Wapichana foi o único brasileiro convidado para integrar a Lista de Honra do Ibby (International Board on Books for Young People), mas não foi bem assim. Junto com o autor, estão Odilon Moraes e Eduardo Brandão, que também integram a lista, mas não estiveram presentes na cerimônia que aconteceu no último dia 30, em Athenas, na Grécia. No Brasil, a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) é responsável por indicar os nomeados para compor a Lista de Honra do Ibby que é feita a cada dois anos, dando espaço para escritores, ilustradores e tradutores. Odilon foi escolhido por ilustrar a obra Lá e aqui (Pequena Zahar); Eduardo Brandão, por traduzir o livro O conto do carpinteiro (Cia das Letrinhas), de Iban Barrenetxea, e Cristino, por escrever A boca da noite (Zit Editora).

PublishNews, Redação, 05/09/2018

A Carochinha Editora adquiriu os direitos da obra Tão tão grande, da premiada autora e ilustradora portuguesa Catarina Sobral. Inspirado em A metamorfose, de Franz Kafka, o livro é seu primeiro lançamento após vencer o Prêmio Bologna Ragazzi como Melhor Ilustradora. Tão tão grande fala sobre as mudanças físicas de uma criança, explorando a estranheza e o desconforto que surgem a partir desses eventos. Para ilustrar esses momentos, a autora usou um hipopótamo como a representação da “nova casca” que o personagem passa a habitar. Catarina recebeu seu primeiro prêmio, uma Menção Especial no Prêmio Nacional de Ilustração, após sua estreia literária com Greve, em 2011. Em 2014, mesmo ano em que recebeu o prêmio na Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, pelo livro O meu avô, seu livro Vazio foi incluído na prestigiada Seleção White Ravens pela Biblioteca Internacional da Juventude. A obra está prevista para chegar às livrarias brasileiras no primeiro semestre de 2019.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

A Belas Letras firmou uma parceria com a startup Dobra para expandir o universo dos livros. A Dobra produz carteiras, camisetas, bolsos e tênis feitos com uma fibra extremamente leve e fina, bastante parecida com o papel, mas que é resistente à água e não rasga. Nessa parceria, a empresa irá desenvolver linhas exclusivas de produtos, com temas de livros lançados pela Belas Letras. “A gente descobriu que tem muitas coisas em comum: somos negócios sociais e queremos mostrar com os nossos produtos que o mundo pode ser um lugar mais aberto e do bem”, explica Gustavo Guertler, CEO da editora. A primeira coleção fruto desta parceria é composta por carteira e bolso temáticos, com estampas exclusivas do livro O poder do eu te amo, de Marcos Piangers. Os produtos já estão à venda e são feitos 100% à mão, na cidade de Montenegro (RS), desde a impressão da estampa, montagem, dobra e colagem ou costura, até a embalagem e envio. 

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Logo mais, às 17h30, a Livraria da Vila (Al. Lorena, 1.731 – São Paulo / SP) recebe a ilustradora Vivian Suppa e o multifacetado Miguel Falabella para o lançamento do livro infantil Charlotte no Reino das Fadas do Dente (Callis, 40 pp, R$ 36,90). Charlotte Lunette é uma menina de sete anos que um dia recebe um presente especial das fadas do dente: óculos mágicos que mostram como a vida deveria ser, e não como ela é. A protagonista descobre de onde vieram seus óculos mágicos e porque ela foi a escolhida para ficar com eles. Acompanhada de Pelusso, seu cão de pelúcia que ganha vida quando ela coloca os óculos, a menina viaja ao Reino das Fadas do Dente e descobre um lugar cheio de magia. No evento, os autores, além dos autógrafos, participam de um bate-papo com as crianças e convidados.

“Eu vejo meu papel não só como o de selecionar e divulgar os livros que lançamos, mas também desenvolver e alimentar um mercado que ainda tem muito espaço para crescer.”
Diana Passy
Analista de marketing da Companhia das Letras
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
O milagre da manhã
4.
Seja foda!
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
Para todos os garotos que já amei
7.
Código da Alma
8.
Me poupe!
9.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
10.
Sapiens
 
PublishNews, Redação, 05/09/2018

Os nazistas capitularam no dia 8 de maio de 1945. Hitler se suicidou uma semana antes, em seu bunker berlinense. Os aliados e os soviéticos festejaram a vitória juntos. Essa é a versão mais conhecida da história. Na realidade, porém, no dia 1º de maio, Stálin ordenou que seus soldados investigassem a morte de Hitler e capturassem o corpo do ditador. O objetivo era buscar evidências da morte do homem ou um troféu de guerra que provasse ao mundo inteiro que seu país derrotara o monstro? Em 2017, depois de dois anos negociando com as autoridades russas, os jornalistas Jean-Christophe Brisard e Lana Parshina tiveram acesso aos dossiês confidenciais referentes à inacreditável perseguição ao corpo de Hitler empreendida pelos espiões soviéticos, assim como aos interrogatórios daqueles que testemunharam os últimos dias do Führer. E o mais importante: Moscou concordou em mostrar pela primeira vez e deixar que examinassem seus restos mortais — um pedaço do crânio com a marca da bala e a mandíbula. Numa investigação digna de um romance de espionagem, em A morte de Hitler (Companhia das Letras, 352 pp, R$ 59,90 – Trad.: Julia da Rosa Simões) os autores colocam um ponto final nos últimos questionamentos a respeito do assunto

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Anos antes do Pentágono autorizar a presença feminina na frente de combate das Forças Armadas dos EUA, uma equipe de mulheres se juntou ao grupo de Operações Especiais no Afeganistão, fazendo um delicado trabalho de campo: conversar com as cidadãs locais, a fim de obter o máximo de informações sobre os combatentes inimigos. Em A guerra de Ashley (Anfiteatro / Rocco, 320 pp, R$ 49,90 – Trad.: Angela Lobo de Andrade), Gayle Tzemach Lemmon conta a história da CST-2, unidade formada por essas pioneiras, e da heroína da tropa, a segunda-tenente Ashley White. A autora passou 20 meses viajando pelos EUA, centenas de horas de conversa e análise de pesquisas primárias e documentos, formando um retrato sensível e emocionante das voluntárias que marcaram época ao se alistarem para lutar por seus ideais e seu país.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Observador privilegiado da realidade política e econômica brasileira, Pedro Malan participou da elaboração, lançamento e implementação do Plano Real e atuou como ministro da Fazenda durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Por meio dos artigos publicados na coluna que assina desde 2003 no jornal O Estado de S. Paulo, ele parte de sua trajetória profissional e da sólida formação intelectual para analisar de maneira única o cenário político e econômico do país nos últimos 15 anos. Elencados e contextualizados com os principais acontecimentos na economia e na sociedade nesse período, os textos de Uma certa ideia de Brasil (Intrínseca, 512 pp, R$ 59,90) oferecem um panorama imprescindível para pensar o futuro do país, colocando em perspectiva, sob a ótica de um dos economistas mais relevantes do Brasil contemporâneo, um recorte de tempo fundamental para entendermos e avaliarmos com mais clareza o teor dos discursos dos principais candidatos ao governo.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

Muito se escreveu sobre Guimarães Rosa. E sua bibliografia, já bastante robusta, passa a contar agora com mais um livro de grande valor para entender a obra de um dos maiores escritores brasileiros: Lutas e auroras (Editora Unesp, 170 pp, R$ 54) do pesquisador Luiz Roncari. No livro, o autor constitui uma leitura de Grande sertão: veredas ou uma introdução a ela, nas palavras de Roncari. “Depois de muitas releituras e reflexões sobre o romance, penso ter encontrado nele pelo menos um modo melhor de entrada e, principalmente, também de saída interpretativa, sem me perder na cipoeira de seu emaranhado verbal”. Lutas e auroras se debruça sobre a “parte negra” do romance de Guimarães e é a continuação de O Brasil de Rosa, que analisa o lado oposto, dedicada aos episódios formativos do ser de Riobaldo.

PublishNews, Redação, 05/09/2018

A historiadora social e cultural Merry E. Wiesner-Hanks traz na obra História concisa do mundo (Edipro, 416 pp, R$ 79,00 – Trad.: Daniel Moreira Miranda) uma nova perspectiva à história do mundo, examinando a evolução social e cultural de forma global. Neste livro, ela conta a história da humanidade como produtora e reprodutora desde o Paleolítico até o presente. Em seus estudos, ela inclui famílias e grupos familiares, hierarquias sociais e de gênero, sexualidade, raça e etnia, trabalho, religião, consumo e cultura material. Examina também como essas estruturas e atividades mudaram ao longo do tempo por meio de processos locais e interações com outras culturas. Alarga e prolonga a história da humanidade ao destacar os principais desenvolvimentos que definiram períodos específicos, tais como o crescimento das cidades ou a criação de uma rede mundial de comércio e por fim, apresenta comparações e generalizações, além de notas às diversidades e particularidades, pois examina as questões sociais e culturais que estão no centro das grandes questões da atual história do mundo.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.