Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 20/06/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Leonardo Neto, 20/06/2018

Varejo de livros cresce novamente, apesar das notícias - muitas delas catastróficas - sobre o setor | © Telma KoboriAs notícias que chegam do varejo não são das melhores. Atraso de pagamentos, fechamento de lojas e outras notícias quase apocalípticas fazem parte das rodas de conversas sobre o setor. Na contramão disso, no entanto, as pesquisas que medem a venda de livros na boca do caixa das livrarias apontam crescimentos constantes nas vendas desde fevereiro de 2017, evidenciando que a crise pode não ser exatamente por falta de demanda. Uma dessas pesquisas é o Painel das Vendas de Livros no Brasil realizado conjuntamente pela Nielsen e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL). Na sua quinta edição de 2018, o relatório aponta que houve novo crescimento tanto no número de exemplares vendidos quanto no faturamento. No período analisado (23/04 a 20/05), foram vendidos 3,3 milhões de exemplares. Isso representa crescimento de 10,23% na comparação com 2017, quando livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento monitorados pela Nielsen venderam 2,9 milhões de cópias. Em valor, o crescimento foi de 11,78%, saindo de R$ 116,8 milhões apurados em 2017 para R$ 130,6 milhões, em 2018. Clique no Leia Mais e tenha acesso a outros destaques do relatório.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Começa na próxima quarta (27) e segue até 5 de julho, a 20ª edição do Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens. Em 1999, quando a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) resolveu criar o Salão, tinha como principal desafio apresentar um evento com livros de ficção para crianças e jovens, valorizando a leitura e dispensando suportes teatrais, musicais ou de outro tipo. O evento se consolidou ao longo dos anos, mas no ano passado, se viu numa situação difícil. Sem patrocínio, teve seu espaço diminuído, mas foi realizado graças à parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e com editoras. Nesse ano, o desafio permanece. A 20ª edição do Salão -- mais uma vez sem patrocinador -- terá a presença de 34 editoras. No Centro de Convenções SulAmérica (Av. Paulo de Frontin, 01, Cidade Nova - Centro, Rio de Janeiro / RJ) serão montados os espaços Biblioteca FNLIJ Criança, a Biblioteca FNLIJ Bebê, o Espaço do Ilustrador e o Espaço FNLIJ de Leitura - um acervo de livros selecionados especialmente para cada idade. O primeiro dia, 27 de junho, é exclusivo dos professores, que são levados para uma visita guiada pelos estandes das editoras e bibliotecas. No dia 28, às 17h, acontece a cerimônia de abertura, que tem como ponto alto a entrega dos certificados do Prêmio FNLIJ 2018 – Produção 2017. Na programação dos próximos dias, diversos autores se reunirão para um bate-papo com o público, entre eles estão nomes como o vencedor do Hans Christian Andersen (HCA) 2014, Roger Mello (na foto ao lado), Marina Colasanti, candidata ao Prêmio HCA 2018, Bia Bedran e Luciana Savaget, Walcyr Carrasco e muitos outros. A programação completa você confere clicando aqui. O ingresso custa R$ 12.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

A Martins Fontes – Selo Martins abriu uma vaga para gerente de livraria e e-commerce. A empresa pede que o candidato tenha experiência como gerente de livraria, com atendimento de vendas on-line, e-commerce e marketplace. Dentre as principais responsabilidades estão o gerenciamento da loja, e-commerce e do caixa, e atendimento aos clientes da livraria. Os benefícios incluem seguro saúde, vale transporte e vale refeição. Interessados devem enviar currículos para o e-mail marcio@emartinsfontes.com.br até 15 de julho.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Marcada para acontecer de 27 de junho a 1º de julho, a sétima edição do Fliaraxá vai homenagear duas grandes autoras: Ana Maria Machado e Marina Colasanti. A edição deste ano ainda tem como patronos Guimarães Rosa e Graciliano Ramos e conta com quase 120 convidados. Com o tema "Alma, leitura e revolução", já estão confirmados no evento nomes como angolano Gonçalo Tavares, o mexicano Juan Pablo Villalobos e o francês Philippe Lobjois, além dos brasileiros Leonardo Boff, Silviano Santiago, Marcelo Rubens Paiva, Marcia Tiburi e Luiz Ruffato. O Fliaraxá deste ano dará continuidade às linhas traçadas em sua sexta edição: forte presença nas escolas, professores e pais, a continuidade do Prêmio de Redação Maria Amália Dumont; integração entre a história dos patronos e autores homenageados com os alunos e as escolas e programação específica dirigida às crianças e adolescentes. Sobre as homenageadas, tanto Ana Maria, como Marina participarão de diversos eventos na programação do evento. Entre eles, o Mastigando Autores e o Bate-papo com os jovens. O Fliaraxá acontece nas dependências do Tauá Grande Hotel de Araxá (Rua Águas do Araxá, s/n – Araxá / MG) e tem entrada gratuita. Este ano, o festival literário fechou uma parceria com o Sesc SP, que permitirá que autores participem tanto do evento, quanto de programações nas unidades paulistanas do Sesc. A programação completa pode ser acessada clicando aqui.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

O Instituto Estadual do Livro do Rio Grande do Sul (IEL) e o Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) lançaram o Prêmio Minuano de Literatura, com dez categorias. O objetivo é ressaltar e reconhecer a produção literária gaúcha, contribuindo para sua divulgação e para o incentivo à leitura e à produção escrita. Podem participar autores nascidos ou residentes no Rio Grande do Sul, assim como editoras sediadas no estado. As obras inscritas devem ter sido publicadas no decorrer do ano de 2017 e podem concorrer nas seguintes categorias: Infantil, Juvenil, Poesia, Conto, Crônica, Ficção (Romance/Novela, Ilustração, História em Quadrinhos, Texto Dramático) e Especial (livros de fotografia, memórias, biografias, efemérides, turismo, guias, manuais, entre outros). Cada obra pode concorrer em apenas uma categoria. As inscrições seguem até 1º de julho e o regulamento e seus anexos estão disponíveis no site do IEL. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de premiação e receberão o Troféu Minuano de Literatura.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

A doutora em gêneros e especialista no universo feminino Alice Schuch, prepara para o segundo semestre, o lançamento da obra Mulheres do milênio - Antes e depois dos 50. Organizado pela Editora Leader, o livro revela a experiência de mulheres entre 28 e 70 anos, líderes femininas em ação, profissionalmente capazes e de comprovada experiência em diversos campos: da economia à política, da pedagogia à medicina, da psicologia ao empreendedorismo a serem compartilhadas com aquelas de interesse vivo e pronto a desenvolver caminhos de sucesso. Alice explica que as mulheres do Terceiro Milênio são agentes de inteligência. Elas vivenciam a própria atemporalidade feminina aliada ao poder, sofisticação, estilo, business appeal, força e vontade na busca constante do ambicionado projeto vitorioso.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

A tradutora Isa Mara Lando, autora de Vocabulando: Vocabulário Prático Inglês-Português (Disal) ministra em julho, a oficina presencial Business English ao seu alcance - Termos que todo tradutor deve conhecer. O objetivo da aula é apresentar o vocabulário essencial de administração, finanças e investimentos voltado para a tradução de publicações de não ficção, notícias e blogs. A oficina é voltada para tradutores, preparadores, revisores, editores do segmento de negócios e qualquer pessoa interessada no assunto. O curso acontece no dia 14 de julho, das 9h às 12h30, no Espaço Paulista (Av. Paulista, 807 – São Paulo / SP). O investimento vai de R$ 220 a R$ 240 e pode ser parcelado. Inscritos que efetuarem o pagamento à vista até 22 de junho concorrem a um reembolso integral. Para se inscrever é só mandar e-mail para cursodaisa@gmail.com

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Depois de ter seu livro lançado em fevereiro, durante a Primavera Literária em Paris, Leonardo Tonus, da Universidade de Sorbonne, lança amanhã na Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, 915 – São Paulo / SP) seu livro de estreia na literatura, Agora vai ser assim (Nós, 96 pp, R$ 30). Na obra, Tonus elabora uma poesia que parte da constatação da própria impotência e que, à toda prova, foge dos clichês e dos lugares comuns. Agora vai ser assim é quase um livro-denúncia, um dedo a apontar o malfeito, a aberração, o fato que se desvia do humanamente tolerável. O lançamento começa às 19h.

“Fortalecer e ampliar a rede de bibliotecas e outros espaços de incentivo à leitura é um direito de todo cidadão brasileiro.”
Luís Antonio Torelli
Presidente da CBL
1.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Combate espiritual
5.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
6.
Me poupe!
7.
Seja foda!
8.
O poder da autorresponsabilidade
9.
Desbloqueie o poder da sua mente
10.
O poder da ação
 
PublishNews, Redação, 20/06/2018

A Estação das Letras (Rua Marquês de Abrantes, 177 – Rio de Janeiro / RJ) recebe em julho a oficina Intolerância: Atelier Poético-Psicanalítico com o psicanalista William Amorim e a poeta Roseana Murray. Segundo William Amorim, para falar de intolerância, é necessário adentrar profundamente na alma humana, em suas sombras. Diante da intolerância ao outro, ao diferente, diante do ódio, a pergunta do escritor continua reverberando. Para onde vai o humano em nossa civilização atual, nestes novos tempos virtuais, onde a barbárie continua imperando? Misturando poesia e psicanálise, o Atelier Poético-Psicanalítico, de pensamento, leitura e escrita, discutirá essa questão que nos remete a tantas outras, a partir da fala, audição, leitura e escrita. Clarice Lispector, Natalia Ginzburg, Paul Éluard, além de William Amorim com seus textos e Roseana Murray com seus poemas, são os convidados desse Atelier. A oficina acontece no dia 7 de julho, das 9h30 às 17h. O investimento é de R$ 250.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Sorte (Moinhos, 100 pp, R$ 38), novo livro de Nara Vidal, tem como cenário Brasil (ou Hy-Brasil), uma ilha mítica na costa irlandesa onde o mar tem cor de chumbo. Uma ilha da fantasia, de mentira e que fundamenta sua existência numa ilusão. Misteriosamente, quem insiste em explorar Brasil, acaba enfeitiçado e olhos coloridos aparecem na família de quem tentou desvendar a ilha. Brasil é também para onde segue a família de Margareth Cunningham, fugida da fome da batata na Irlanda em 1827, aportando no Rio de Janeiro em plena Guerra da Cisplatina e Primeiro Reinado. A opressão católica em comum nos dois países, força a narradora das duas primeiras partes da história a deixar, grávida, a família e a amizade com a escrava Mariava para se abrigar numa casa, na serra fluminense, comandada por freiras que vendem os bebês das “mulheres caídas” que carregam vergonhas nas barrigas. A imprevisibilidade de um ato da escrava Mariava leva o leitor a testemunhar a vida de dois filhos, irmãos em amizade, um branco e um negro que seguem sua sorte, seu destino por sertões de Minas Gerais. Ciço e Mané levam adiante o mito da terra mítica, feita de mentiras e ilusão: Brasil. Nara Vidal é autora de outros dois livros e dona de uma livraria virtual especializada em literatura brasileira na Inglaterra, a Capitolina. O lançamento do livro acontece amanhã (21), às 19h, no Bar e Livraria Patuscada (Rua Luís Murat, 40 - São Paulo / SP) e no Bar da Kiki (MG-353 - Guarani / MG), no dia 23, às 20h.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

No início dos anos 1960, um jovem repórter vê seu chefe, respeitado intelectual, com uma arma escondida na cintura. Antes que pudesse dar sentido à cena insólita, há uma comoção na rua e, da janela, ele vê o corpo de uma mulher estirado na calçada. Mesmo após duas décadas de ditadura, a cena continuará a assombrar o rapaz, e a morte do chefe acenderá novamente o mistério: por que teria ele ocultado uma arma na cintura? A partir daí, o autor Edgard Telles Ribeiro cria em Uma mulher transparente (Todavia, 128 pp, R$ 44,90) uma poderosa trama que, ao se apropriar das ferramentas do mistério e do noir, revisita a história recente do país num engenhoso jogo de memória. Edgar Telles Ribeiro consegue tratar no livro de forma envolvente, as cicatrizes políticas e emocionais deixadas pela ditadura.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Tributo à tradição dos grandes romances americanos, Praia de Manhattan (Intrínseca, 448 pp, R$ 49,90 – Trad.: Sergio Flaksman) acompanha Anna Kerrigan e Dexter Styles em um universo noir povoado por gângsteres, mergulhadores e banqueiros durante os tempestuosos anos 1940. Com quase 12 anos, Anna acompanha o pai à casa de Styles, uma figura enigmática que pode ser crucial para a sobrevivência de sua família. Durante a visita, ela fica completamente hipnotizada pelo mar em volta da construção e pelo mistério que ronda a relação entre os dois homens. Anos depois, o pai de Anna desaparece. Já adulta, ela se torna a primeira mulher mergulhadora e conserta os navios que vão ajudar o país durante a Segunda Guerra Mundial. É nesse cenário que, em uma noite de folga, reencontra Styles em uma boate. Certa de que ele pode ajudar a desvendar os segredos que envolvem a história do pai, Anna inicia uma relação tão improvável quanto perigosa. Praia de Manhattan é o novo livro de Jennifer Egan, vencedora do Pulitzer de Ficção de 2011.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Autor de Galileia, vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura, Ronaldo Correia de Brito cria uma narrativa emocionante e multifacetada, de traços dostoievskianos, sobre o amor e a culpa. Francisca é uma mulher de meia-idade, casada e sem filhos, que decide se aventurar numa romaria a Juazeiro em busca de Dora, a avó que nunca conheceu — e que nem sabe se está viva. Leva consigo Afonso, o marido com um passado obscuro que tenta renegar. Na caçamba de um caminhão, enfrentam o calor e a sede. Na cidade dos romeiros, a violência e a impunidade. Nesta viagem reveladora, ambos irão enfrentar o amor, as suspeitas e a morte. Dora sem véu (Alfaguara, 248 pp, R$ 49,90) é um livro múltiplo e marcante de um dos autores mais importantes da literatura brasileira contemporânea.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Em seu livro de estreia, O que acontece quando um homem cai do céu (Kapulana, 168 pp, R$ 39,90), a escritora Lesley Nneka Arimah desenvolve, em 12 contos, diversas formas literárias. As histórias contadas majoritariamente de uma perspectiva feminina abrangem temas como o insólito, a distopia, as memórias da guerra na Nigéria, as relações complexas entre mãe e filha, a convivência humana com as tecnologias, a infância e o embate entre as tradições de seus familiares e o cotidiano na América, muitas vezes com uma visão afrofuturista. O foco de Arimah é na construção do enredo que permeia a originalidade de contar surpreendentes histórias. No conto Luz, por exemplo, o relacionamento entre mãe e filha é posto em xeque. Outro marcante enredo está em Glória. A história se passa nos EUA, e conta a história da nigeriana Glória que, desde o nascimento, parece ter sido marcada pelo destino para conviver com o azar, até conhecer o conterrâneo Thomas, um homem de sorte.

PublishNews, Redação, 20/06/2018

Aos 29 anos e depois de tentar se adaptar - sem sucesso - a várias cidades dos EUA, Hannah finalmente decide voltar para Los Angeles. Esta é a sua chance de recomeçar. Em uma comemoração de boas-vindas, ela reencontra Ethan, seu ex-namorado da adolescência, por quem sempre foi apaixonada. Eles têm um relacionamento mal resolvido e talvez essa seja a oportunidade de, finalmente, se entenderem. No fim da noite, Hannah precisa decidir entre aceitar a oferta de Ethan e continuar com ele no bar ou ir para a casa com Gabby, sua melhor amiga. O dilema da protagonista é o pontapé inicial de Em outra vida, talvez? (Record, 322 pp, R$ 39,90), obra de Taylor Jenkins Reid, que mostra, em realidades alternativas, o desdobramento de cada decisão de Hannah. Ao seguir com Ethan eles começam a namorar, mas ela descobre que está grávida de um homem com quem se relacionou em Nova York. Quando decide ir para casa com a amiga, Hannah é atropelada, perde o bebê e, no hospital, conhece Henry, um dos enfermeiros. O livro fala sobre destino e até que ponto ele é o responsável por influenciar o fim de cada história.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.