Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 03/05/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Talita Facchini, 03/05/2018

Se no último mês, Mario Sergio Cortella dominava a categoria Não Ficção da Lista Nielsen PublishNews, que apura somente os autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento Brasil afora, neste mês, ele perdeu o posto para Luccas Neto, que chegou direto na primeira posição com o ‘livrão’ As aventuras na Netoland com Luccas Neto (Pixel). Assim como na Lista semanal do PublishNews, Luccas não está sozinho. Na sétima posição de Não Ficção, aparece o segundo livro de seu irmão mais velho, Felipe Neto – A vida por trás das câmeras (Pixel) e em nono lugar ele surge de novo com seu primeiro ‘livrão’, Felipe Neto (Coquetel). Em Ficção, quem domina pelo sexto mês consecutivo é Augusto Cury, com O homem mais feliz da história e O homem mais inteligente da história, ambos publicados pela Sextante e que ocupam o primeiro e segundo lugar, respectivamente. Outro que também nunca sai da lista é o youtuber Marco Túlio. Os livros do AuthenticGames aparecem cinco vezes na lista, começando com o Box – Trilogia AuthenticGames (Astral Cultural) em terceiro lugar. Os outros livros do menino do Minecraft aparecem na 6ª, 8ª, 11ª e 13ª posições. Clique no Leia Mais para saber outros destaques da lista.

PublishNews, Paula Cajaty*, 03/05/2018

Aos poucos estamos conseguindo entender as práticas comerciais e prioridades da organização da Feira de Abu Dhabi. Aqui é a capital dos Emirados, a sede da Universidade de Zayed e das Faculdades de Alta Tecnologia. Há uma população relativamente pequena e jovem, bem como um dos maiores PIB per capita do mundo. Abu Dhabi reúne, só ela, 9% das reservas de todo o petróleo e gás do planeta. Com todo esse dinheiro entrando só por causa da produção de petróleo e gás, os governantes sabem que precisam diversificar seus planos econômicos. Por isso, investem mais de 1 trilhão de dólares anuais na indústria, nos setores imobiliário, de turismo e de varejo, e também na zona franca, a fim de reduzir no longo prazo sua dependência aos humores do preço do petróleo no mercado internacional. Isso tudo é para explicar que, ao pensar na criação de uma Feira Internacional de conteúdo literário e cultural, este emirado buscou a consultoria da Feira de Frankfurt e, para que não fosse uma feira sem atrativo algum (já que todos os mercados editoriais já estabelecidos poderiam igualmente fechar seus negócios em outros eventos idênticos na Europa), o departamento de Turismo é quem concede o apoio financeiro a qualquer compra e venda de direitos editoriais realizada aqui. A única obrigatoriedade: o expositor deverá fechar o contrato presencialmente, durante a Feira de Abu Dhabi, na frente da autoridade responsável pela concessão do apoio. Clique no Leia Mais para ler o diário completo e conferir a galeria de fotos.

PublishNews, André Palme, 03/05/2018

Já falamos de alguns conceitos de marketing, de redes sociais, sites e apps nesta série Marketing Digital e Outras Coisitas Mais. Chegou a hora de falar deles, os influenciadores \o/ Influenciador não é um conceito novo. Estamos falando de alguém que consegue influenciar – óbvio – uma ou mais pessoas a respeito de determinado assunto. Celebridades são influenciadores em certos assuntos, jornalistas, autores e professores também, e claro...você! Com certeza você tem um grupo social ou familiar em que você influencia sobre algum assunto ou alguma área. Os primeiros produtores de conteúdo que receberam o nome de influenciadores apareceram no Brasil por volta de 2010, como por exemplo o PC Siqueira. Se considerarmos o mercado publicitário, este fenômeno vem dobrando de tamanho a cada ano, desde então. O impacto destes produtores de conteúdo se expande para além da internet. Segundo a GFK, eles por exemplo, aumentam a audiência jovem em programas como o Fantástico em 26%. Além disso, segundo pesquisa da Geometry, 33% dos jovens considera estes influenciadores digitais como a principal influência de compra. Clique no Leia Mais para ler a íntegra desta coluna.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

No ano em que comemora seus 40 anos, a Associação Nacional de Livrarias (ANL), preparou para o dia 9 de maio, o seminário A Sociedade do Conhecimento e o Livro como Ferramenta. Com o objetivo de fazer com que o livreiro obtenha o máximo de conhecimento possível para o seu negócio, os eventos produzidos pela Associação oferecem importantes ferramentas para que a venda e a entrega do livro aconteçam de forma mais eficaz. No evento da próxima quarta, haverá uma palestra com Peter Kronstrom, Diretor do Copenhagen Institute for Futures Studies, que falará sobre a sociedade do conhecimento. Juliana Ribeiro, Diretora da Allure Consultoria - Comercial & Marketing, falará sobre as megatrends e o futuro do varejo do livro. Logo depois, o comportamento do varejo no mercado do livro no Brasil será discutido por Fábio Assunção, da GfK e Peter Kronstrom voltará ao palco para falar sobre os dados econômicos globais do livro e seu futuro. Para fechar, a ANL fará uma palestra com o tema Por um país repleto de livros, livreiros e livrarias e, logo depois, a economista Fernanda Della Rosa discutirá a importância das pequenas e médias empresas no Brasil. O evento acontece no Fecomercio (Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – São Paulo / SP), com início às 9h30 e termino às 12h30 com um almoço. Interessados em comparecer devem enviar um e-mail para anl@anl.org.br ou ligar para (11) 3337-5419.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

Nesta semana, as lojas da Fnac do BH Shopping e do BarraShoppingSul, em Porto Alegre amanheceram fechadas e com um aviso nas portas informando que o atendimento continua somente pelo e-commerce da Fnac e Livraria Cultura. Além das duas lojas, o ‘boato’ era que a empresa fecharia mais duas: uma no Ribeirão Shopping e outra no Barra Shopping, no Rio. Em resposta ao PublishNews, a assessoria da rede confirmou o fechamento definitivo das quatro lojas e justificou que a ação “se trata de um movimento natural da empresa” e que não fará um comunicado geral à imprensa.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

A Universidade Santa Úrsula (Rua Fernando Ferrari, 75 – Rio de Janeiro / RJ) e o Núcleo de Estratégias e Políticas Editoriais (Nespe), inauguram no dia 12, a Pós-graduação em tradução em língua inglesa para o mercado editorial. A novidade é que o curso, que conta com o apoio do PublishNews, abrirá com uma aula inaugural com o pessoal da Darkside. Para promover uma aproximação entre tradutores e o mercado, o diretor editorial e sócio da editora dedicada ao terror e à fantasia, Christiano Menezes, o editor, Bruno Dorigatti, e o editor assistente, Lielson Zeni, participarão de um bate-papo para falar sobre as especificidades da tradução e como cada tipo de obra (ficção, não ficção, HQ, infantil) apresenta particularidades diferentes e requer um tradutor com um determinado perfil. A palestra, aberta ao público, acontece das 14h às 17h. Após a abertura, a pós-graduação segue com duração de 24 meses, sempre quinzenalmente, aos sábados, no campus Botafogo da Universidade. Ao final do curso, o participante dominará as ferramentas de tradução, saberá verter informações, figuras de linguagem, estilística, conteúdo e forma dos textos originais corretamente para um bom português; além de entender como todo o processo de tradução deve ocorrer em uma editora. 

PublishNews, Redação, 03/05/2018

A Boitempo, a Fundação Lauro Campos e a CartaCapital preparam para este sábado (5), uma festa para comemorar os 200 anos do filósofo Karl Marx. O evento contará com aula e debate sobre Marx e os marxismos, exibição de filme, apresentação de peça de teatro, feira de livros com desconto, música e, é claro, festa com bolo e duzentas velinhas para fundador do socialismo científico. O festival integra a programação do Ano Marx que a Boitempo preparou para 2018, com debates, cursos e atividades culturais em diversas cidades, além de lançamentos de 15 livros tematizando vida e obra de Marx. A festa acontece na Fundação Lauro Campos (Al. Barão de Limeira, 1400 – São Paulo / SP), das 10h às 22h. A entrada é gratuita, mas é necessário confirmar presença na página do evento.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

Para falar sobre movimentos literários, história do cinema brasileiro e novos formatos de criação poética, a Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo / SP) realiza em maio três cursos gratuitos. O primeiro deles, Maio de 68 e a literatura visita autores e movimentos que expressam a insurgência artística e comportamental da época. Obras de brasileiros como Antônio Callado, Ignácio Loyola Brandão, Hilda Hilst e João Silvério Trevisan também integram a programação dos encontros que acontecem nos dias 4, 11 e 25 de maio, às 19h00. No curso A criação literária por meio das formas poéticas, os participantes irão explorar as novas possibilidades de fazer poesia. A atividade acontece de 15 de maio a 26 de junho, sempre às terça-feira, às 19h. E, com foco nos momentos históricos do cinema brasileiro a partir da perspectiva da migração, tema que norteia as atividades da Casa das Rosas esse ano, o curso Estrangeiros em cena: o cinema dos trânsitos analisa três documentários no dia 26 de maio, às 15h. Os interessados já podem se inscrever.

“Sempre foi um problema muito grande, para quem gosta de ler, ser considerado meio chato.”
Breatriz Bracher
Escritora brasileira
1.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
A sutil arte de ligar o foda-se
4.
O milagre da manhã
5.
Desperte seu poder
6.
Combate espiritual
7.
Metanoia
8.
Jesus - O homem mais amado da história
9.
Seja foda!
10.
Box - O essencial da psicologia
 
PublishNews, Redação, 03/05/2018

Biblioteca de São PauloA Biblioteca de São Paulo e a Biblioteca Parque Villa-Lobos iniciam este mês com boas alternativas para quem procura atividades que gerem conhecimento e lazer. Na BVL (Av. Queiroz Filho, 1205), o Curso Pré-vestibular de Literatura é destaque na programação e, na próxima quarta (9), analisa e discute a obra Iracema, clássico de José de Alencar. O encontro, com Edson Lopes, e para o qual não é necessário fazer inscrição, vai das 16h às 18h e já há outros marcados para os dias 11, 16, 18, 23, 25 e 30 de maio, além de 6 e 8 de junho. Vale lembrar que os livros que dão tema ao curso são de leitura obrigatória pela Fuvest. Na BSP (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630), os grupos convidados para a Hora do Conto são a Cia. do Tok Tok, já neste sábado (5) e Paula Dugaich, no domingo (6). Na BVL, Mirela Estelles e Amarilis Reto farão interpretação em Libras, também neste sábado; e a Cia. Sá Totonho no dia seguinte. As aventuras são interpretadas sempre às 16h e, sextas-feiras, as equipes da BSP e BVL comandam a atividade às 15h.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

Quando decidiu seguir o rastro dos saqueadores de livros do período nazista, o jornalista sueco Anders Rydell lançou-se numa jornada de milhares de quilômetros pela Europa. Seu intuito era compreender os fatos que levaram a essa ação tão cruel e descobrir o que ainda existe de tudo o que se perdeu durante a Segunda Guerra. Ladrões de livros – A história real de como os nazistas roubaram milhões de livros durante a Segunda Guerra (Crítica / Planeta, 416 pp, R$ 79,90 – Trad.: Rogério Galindo) relata em detalhes os saques efetuados em bibliotecas, livrarias e acervos pessoais no período nazista e mostra, ainda, como um pequeno time de bibliotecários trabalha heroicamente para tentar devolver esses exemplares às vítimas do Holocausto e suas famílias. Uma narrativa que revela o que um único livro pode representar para quem perdeu tudo no conflito mais sangrento da história.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

Dostoiévski criou a expressão “casa dos mortos” para designar o sistema prisional brutal e desumano a que eram submetidos os exilados na Sibéria, onde ele mesmo ficou preso. No livro A casa dos mortos (Companhia das Letras, 480 pp, R$ 84,90), o historiador Daniel Beer narra a história de um experimento social fracassado, mas que influenciou de maneira decisiva as forças políticas do mundo moderno. O autor mostra como o exílio siberiano havia sido pensado não só como repositório de criminosos comuns e dissidentes políticos, mas também como um projeto de colonização de vastos territórios. Na prática, foi enviado ao interior da região um exército de miseráveis e vagabundos irrecuperáveis, que sobreviviam mendigando e roubando dos verdadeiros colonizadores, os camponeses siberianos. Entre os degredados havia também gerações de revolucionários de grandes e pequenas cidades da Rússia europeia e da Polônia. 

PublishNews, Redação, 03/05/2018

O livro das mesas (Três Estrelas, 632 pp, R$ 99,90) traz pela primeira vez a transcrição de quatro cadernos em que Victor Hugo, sua família e seus amigos descreveram as sessões espíritas das quais participaram na ilha de Jersey, entre 1853 e 1855. Escritor consagrado e político atuante, o autor de Os miseráveis se exilara na ilha britânica após o golpe de Estado de Napoleão Bonaparte. Manifestam-se, por meio de diálogos, poemas e até mesmo de uma peça de teatro, mais de uma centena de espíritos – como os de Dante, Shakespeare, Molière, Voltaire, Jesus e Maomé. As conversas com os espíritos falam sobre a condição humana, o crime e a punição, o sofrimento e a morte, o destino da alma, a vida no além, a importância do amor e do perdão. Essa edição reúne pela primeira vez a maior parte dos escritos de Jersey, muitos deles inéditos e descobertos recentemente. Documento essencial para compreender a obra de Hugo posterior ao exílio e também os momentos iniciais da história do espiritismo.

PublishNews, Redação, 03/05/2018

Este livro de Fábio de Souza Lessa apresenta o resultado de uma profunda e incansável pesquisa. Atletas na Grécia Antiga (Mauad X, 168 pp, R$ 53) oferece ao leitor uma visão original, de contornos claros, problematizada e contextualizada, das dimensões significativas e das práxis do desporto na Grécia antiga. O autor regressa às fontes épicas para compreender como os cânones de excelência e imortalidade da ética grega se projetam sobre a competição desportiva e suas figurações. O livro é marcado por um discurso científico particularmente fundamentado em fontes, da poesia à historiografia, às artes figurativas, com especial relevo para a cerâmica, atualizado e escorado em outras áreas do saber, para além da História Antiga - literatura, antropologia, arqueologia, sociologia, fenomenologia do corpo. O leitor tem em mãos um livro de ciência rigorosa, mas de agradável leitura, acessível a um público muito vasto e rico em linhas de pensamento e de fenômenos que convidam à reflexão contemporânea.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.