Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 25/05/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Leonardo Neto, 25/05/2018

A lista entra na terceira semana mantendo a mesmíssima configuração nos postos mais altos da Lista Geral. Nessa semana – como vem acontecendo desde o dia 11 –, Luccas Neto e o seu As aventuras na Netoland (Pixel / Ediouro) lidera a Lista Geral, com 13.277 exemplares. A sutil arte de ligar o foda-se, fechou a semana em segundo, com 8.825 e O milagre da manhã (BestSeller / Record) completa o pódio semanal, com 7.001. Na comparação com a semana passada, no entanto, essa teve queda de 24% no volume vendido. A queda só não foi generalizada porque infantojuvenil se manteve estável. Negócios foi a que menos perdeu, com variação negativa de 1%. Já Ficção, Não Ficção e Autoajuda apresentaram quedas superiores a 30%. Merece destaque Tempestade de guerra (Seguinte / Companhia das Letras), último tomo da série A Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard, que estreia ocupando a segunda posição da Lista Infantojuvenil e a quinta posição da Lista Geral, com 4.668 exemplares vendidos. A lista veio cheia de outros estreantes. Em Não Ficção, por exemplo, as novidades foram Valsa brasileira (Todavia), de Laura Carvalho, e Dicionário da escravidão e liberdade (Companhia das Letras), de Lilia Moritz Schwarcz e Flávio Gomes. Clique no Leia Mais e veja outros destaques da Lista dessa semana.

PublishNews, Cassius Medauar, 25/05/2018

Muito tempo atrás, em uma galáxia muito, muito distante... eu escrevia minha coluna aqui no PublishNews sobre Freelas, e vez ou outra falava de HQs. Mas sempre trabalhei neste mercado e agora volto com tudo para tentar mostrar um pouco do Maravilhoso Mundo das Histórias em Quadrinhos. Muita gente do mercado editorial me pergunta como saber mais e conhecer mais gente das HQs. Um dos melhores jeitos é ir a eventos. Hoje temos muitos no Brasil, alguns anuais, outros bienais, e curiosamente este é um ano recheado de bons eventos, por isso é hora de deixar a preguiça de lado e ir em um ou mais deles. [Nota do editor: clique no Leia Mais e veja as dicas de Cassius].

PublishNews, Redação, 25/05/2018

O 'Café do Livro' fez parte da programação da LER | © DivulgaçãoApós marcar a reabertura a Biblioteca Parque Estadual do Rio de Janeiro, a LER – Salão Carioca do Livro prepara as malas para embarcar para Portugal. Durante o evento que terminou no último dia 20, Pedro Souza, responsável pelo Folio - Festival Literário Internacional de Óbidos convidou a LER para integrar sua programação que acontece de 27 de setembro a 07 de outubro. “Óbidos é uma vila portuguesa que foi reconhecida como cidade literária pela Unesco. É uma honra para nós participar dessa internacionalização da LER. Quem sabe no futuro fazemos o movimento inverso, trazendo o Folio para o Brasil?”, contou Pedro Souza. O objetivo da LER é internacionalizar o evento e levar grandes nomes da literatura brasileira para diversas partes do mundo. “Vamos fazer esse abraço transatlântico, levar os autores brasileiros para Portugal e portugueses para o Brasil. Queremos levar o festival para Macau, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Timor-Leste e tantos outros lugares”, explica Julio Silveira, curador do evento.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

Para incentivar a leitura em todo o país, o Grupo Editorial Record realiza, deste sábado (26), até 26 de junho, mais uma edição do Mochilão da Record. A turnê vai percorrer 14 cidades brasileiras para promover interação entre leitores e autores, além de incentivar a leitura através de bate-papos, sorteio de brindes e descontos especiais em diversos títulos. A turnê do Mochilão deste ano começa em Curitiba (PR), às 14h, na Livraria Cultura (Rua Brigadeiro Franco, 2300), com a participação da autora Ana Beatriz Brandão. No domingo (27), a caravana passa por Londrina e segue por cidades como Aracaju, Recife, Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Rio de Janeiro durante todo o mês. A programação completa você confere clicando aqui.

** Depois da publicação desta nota, a redação foi informada que a participação de Ana Beatriz Brandão foi cancelada.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

© DivulgaçãoInspirado pelas “playlists”, seções das antigas revistas musicais em que o entrevistado ouvia trechos de canções e as comentava, o Sesc Pompeia (Rua Clélia, 93 – São Paulo / SP) estreia seu novo projeto de literatura, o Play_Lit. Em formato de talk-show e com entrada gratuita, o projeto convida um escritor a ouvir trechos de obras literárias, cinematográficas, teatrais e musicais, e em seguida explicar a influência daqueles excertos em sua própria trajetória artística. O primeiro encontro acontece na próxima terça (29), às 19h30, na Biblioteca do Sesc Pompeia, com a presença de Milton Hatoum. Romancista amazonense, Hatoum é vencedor de três prêmios Jabuti pelos livros Um relato de um certo oriente (1990), Dois irmãos (2001) e Cinzas do norte (2006). Além de conversar com o entrevistador Joca Reiners Terron, ele ouve trechos de obras que o influenciaram na voz da atriz Luciana Schwinden. Ao fundo, o guitarrista Mario Cappi, da banda Hurtmold, executa trilha sonora ao vivo. Com a intenção de instigar o público a refletir sobre a questão “como se forma um escritor?”, as entrevistas propostas pelos encontros do projeto apresentam ao espectador as trajetórias literárias dos convidados. Os próximos episódios do projeto Play_Lit recebem os autores Noemi Jaffe (12/06), Nuno Ramos (17/07), Maria Valéria Rezende (31/07), e Evandro Affonso Ferreira (28/08).

PublishNews, Redação, 25/05/2018

Neste fim de semana (26 e 27), o Sesc Belenzinho (Rua Padre Adelino, 1000 – São Paulo / SP) recebe a Feira Yoyo, primeiro evento de arte impressa e publicações independentes dedicado ao público infantil. Ao longo dos dois dias, dezenas de editores e artistas apresentarão ao público livros, zines, gravuras, ilustrações, adesivos, cartazes e as mais variadas obras gráficas destinadas às crianças, ainda produzidas em pequena escala. A Feira acontece paralelamente à exposição Yoyo – Tudo que vai, volta, mostra de arte contemporânea voltada para as crianças, em cartaz no espaço até 22 de julho. A iniciativa tem como objetivo expandir o movimento que abriu caminho para a revista YOYO, publicação que inspirou a mostra e que organiza a Feira junto ao Sesc, colocando em evidência propostas editoriais e artísticas para crianças. O evento traz uma oportunidade para o público conhecer trabalhos que não costumam chegar às grandes livrarias, além da possibilidade de interação direta com seus criadores. Entre os expositores, estão nomes como Laura Teixeira e Gabriela Gil, artistas e ilustradoras, os escritores Lucas Benetti e Roberta Asse, além de editoras como Jujuba, Edições Barbatana, ÔZé, Quatro Cantos, entre outros participantes.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

O ex-presidente da Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, lança o Clube de Leitura do Galeno. O projeto pretende combinar os tradicionais encontros de leitores que se reúnem uma vez por mês para conversar sobre o livro que leram, com recursos que só as novas tecnologias permitem, como a participação simultânea de leitores de várias partes do mundo e do próprio autor. Os encontros serão transmitidos ao vivo no YouTube com interações por chat. O clube já começa com mais de 500 membros, que são formadores de opinião e responsáveis por adoções em escolas, bibliotecas e projetos de leitura. A edição zero acontece na próxima quarta (30), às 20h, com uma conversa sobre o livro Tudo Sobre Tod@s (Sesc), de Sérgio Amadeu, que trata da venda de dados pessoais de quem navega na web. As inscrições são gratuitas e os membros não precisam, necessariamente, comprar os livros. "Podem pegar emprestado em casa ou de amigos", esclarece Galeno.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

© Equipe SP LeituraA consagrada trilogia O tempo e o vento, de Érico Veríssimo, será tema da próxima edição do Viagem Gastronômica, atividade que seleciona obras literárias e reproduz a culinária de suas histórias ao público nas bibliotecas. A oficina faz uma homenagem ao Dia das Mães, comemorado no dia 13 de maio, a partir da saga de Ana Terra, protagonista do primeiro volume da trilogia, como inspiração para a atividade. A partir da trajetória da mulher que luta para conseguir o próprio sustento nas lavouras dos Pampas junto ao seu filho, e encontra coragem para seguir em frente, sem perder a esperança, o leitor se depara com ingredientes das colheitas que dão um sabor especial às refeições preparadas pelo povo gaúcho. Na oficina, os participantes aprenderão as receitas dos pratos abóbora com charque e bolo ninhos de pêssego, e, ao final, terão a oportunidade de degustar. A atividade será ministrada pela historiadora Dolores Freixa. O evento gratuito acontece neste sábado (26), das 15h30 às 17h00, na Biblioteca de São Paulo (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630). As vagas serão preenchidas por ordem de chegada.

“A literatura e a voz dos escritores perderam espaço nas últimas décadas. Isso é compreensível: a literatura exige um tempo longo de leitura, concentração, reflexão, imaginação.”
Milton Hatoum
Escritor brasileiro em entrevista ao 'Jornal Rascunho'
1.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Combate espiritual
5.
Tempestade de guerra
6.
Seja foda!
7.
O poder da ação
8.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
9.
O poder do hábito
10.
Jesus - O homem mais amado da história
 
PublishNews, Redação, 25/05/2018

Depois da primeira aula sobre o Novo Acordo Ortográfico, a Universidade do Livro (Praça da Sé, 8 – São Paulo / SP) realiza no dia 11 de junho, a segunda aula do curso Gramática da Língua Portuguesa: Pontuação. Desta vez, o professor e escritor Francisco Marto de Moura irá levantar questões pertinentes como o emprego da vírgula, do ponto e vírgula, das aspas, do parênteses, e os problemas mais comuns na utilização desses sinais. Grande parte da aula será dedicada a exercícios, pois o propósito não é enfatizar regras, mas sim fornecer princípios básicos de pontuação para o aperfeiçoamento da escrita. A aula é destinada a professores, revisores, preparadores, editores de texto, assistentes editoriais, jornalistas, estudantes universitários e demais interessados e acontece das 18h30 às 21h30. O investimento é de R$ 130.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

Dicionário da escravidão e liberdade (Companhia das Letras, 496 pp, R$ 74,90) apresenta cinquenta verbetes escritos por grandes especialistas e que compõem um panorama abrangente de como a escravidão se enraizou perversamente em nosso cotidiano. “Embora prefiram ‘escravidão’ a ‘escravidões’, a meia centena de ensaios concisos que Lilia Moritz Schwarcz e Flávio dos Santos Gomes reuniram neste volume, com título e intenção de ser um dicionário temático, mostra a grande quantidade de faces que compõem o que é um poliedro em movimento. Cada um desses textos convida a novos textos, a novas pesquisas, a aprofundamentos, a novas comparações e a contestações. Não faltam neste livro parágrafos sobre a espera, a busca e a obtenção da liberdade. Sobre a liberdade como antônimo de escravidão, mas que com ela coexiste para a ela se opor. Se estes ensaios nos dizem que o passado é sem esperança de conserto, eles não nos deixam esquecer que não há sombra sem luz”, escreve Alberto da Costa e Silva no prefácio da obra. O lançamento do livro acontece no dia 28 de maio, às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073 - São Paulo / SP).

PublishNews, Redação, 25/05/2018

Um dos grandes personagens da história mundial, Napoleão Bonaparte teve a seu lado um irmão menos famoso mas que tornou possível sua chegada ao poder. Em Napoleão e o rebelde (Record, 336 pp, R$ 59,90 – Trad.: Heloísa Mourão), os autores Marcello Simonetta e Noga Arikha constroem uma narrativa original e íntima sobre Lucien Bonaparte. Político talentoso e antimonarquista com participação ativa e importante na Revolução Francesa, ele foi também um homem romântico e idealista. Apesar de seu papel crucial no golpe que levou à ascensão do imperador, Lucien nunca chegou a ser um personagem central na Europa napoleônica. Sua história tampouco foi devidamente contada, porque é a história de um homem que escolheu levar uma vida privada: seu romance com Alexandrine de Bleschamp fez com que ganhasse a inimizade do irmão – que, temperamental, forçou Lucien a escolher entre o amor de sua vida e a busca pelo poder. Com base em uma grande quantidade de documentos históricos, incluindo as memórias de Lucien, os autores apresentam um retrato raro e detalhado do personagem.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

A história do cinema para quem tem pressa (Valentina, 200 pp, R$ 34,90) se propõe a contar uma das maiores sagas do século 20 (e deste início do 21) para quem precisa apertar o passo ou está apertado de tempo. Contextualizando com cada momento histórico, e escrito em linguagem clara e acessível, Celso Sabadin traça um panorama do cinema – linguagem que há mais de um século revoluciona nossa maneira de ver a vida –, desde a época em que seus inventores nem sabiam direito o que fazer com ele, até os dias de hoje, quando movimenta bilhões de dólares pelos cinco continentes. A obra passeia com desenvoltura pelos principais “ismos” cinematográficos do mundo – Impressionismo, Expressionismo, Surrealismo, Realismo, Neorrealismo etc. –, ao mesmo tempo que conta como nasceu Hollywood, o que aconteceu quando os filmes começaram a falar, por que os alemães inventaram o filme de terror, por que os detetives do cinema usam capa e chapéu, como as duas Guerras Mundiais mudaram os filmes, e muitos outros temas e curiosidades sobre a chamada Sétima Arte.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

Café, belas praias, Gabriel García Márquez, narcotráfico encabeçado por Pablo Escobar, violência encabeçada pelas Farc, Shakira. Para alguns, a Colômbia se resume a isso. Para muitos, ela é uma quase desconhecida. Embora a história desse país seja, de fato, marcada por esses elementos, nosso vizinho guarda muitas surpresas. É verdade que possui belas praias com águas azuis do Caribe, mas também terras amazônicas, além de montanhas andinas. É verdade que a violência e a cocaína pautaram em muito a trajetória desse país, mas também os diversos ritmos musicais, a culinária riquíssima e diversa, as artes visuais e a literatura com projeção internacional. Os colombianos (Contexto, 208 pp, R$ 49,90), de Andrew Traumann, desvenda muitos desses mistérios escondidos e revela feições da Colômbia tão inesperadas e fantásticas quanto a Macondo do universo maravilhoso criado pelo já citado García Márquez, em uma das grandes obras universais da literatura. É um livro para todos aqueles que querem conhecer a fundo esse povo tão próximo de nós e, ao mesmo tempo, tão diferente.

PublishNews, Redação, 25/05/2018

Na idade média, como viviam os seres humanos? Em que acreditavam? Que relação tinham com a morte? De que tinham medo? Como se vestiam? O que comiam? É mesmo verdade que a religiosidade era onipresente e recobria praticamente todos os instantes da vida diária? A vida secreta da idade média (Vozes, 448 pp, R$ 89 - Trad.: João Batista Kreuch e Leonardo A.R.T dos Santos), da historiadora italiana Elena Percivaldi, pretende responder todas essas perguntas e mostrar que os habitantes da Terra naquela época não são tão diferentes de nós, que a habitamos no século XXI.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 25/05/2018

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.