Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 15/12/2020
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Redação, 15/12/2020

Logo mais, às 15h, o PublishNews realiza o EdTech Meeting, encontro que vai reunir profissionais para debater o futuro do setor educacional da indústria do livro. Representantes de importantes plataformas e startups de educação se reunirão para discutir os elos que unem tecnologia e educação. João Leal, fundador da Árvore de Livros, debaterá com Mauris Henrique Poggio dos Santos, coordenador de produtos digitais da FTD Educação temas relevantes para o setor que faturou R$ 2,85 bilhões no ano passado. A conversa será conduzida por Gabriela Dias, colunista do PublishNews e especialista no tema, sendo criadora do Moderna Plus, coleção didática interativa da Editora Moderna, e de plataformas como Rio de Machado e Educabot. O EdTech Meeting, que tem o patrocínio da Posigraf, será transmitido ao vivo pelo canal do PublishNews no YouTube. Interessados podem já acessar o link e definir um lembrete para que sejam avisados quando o evento começar.

PublishNews, Redação, 14/12/2020

A assembleia geral de credores da Saraiva, marcada para esta segunda-feira (14) foi novamente suspensa a pedido da própria varejista. É neste fórum que os credores deverão aprovar ou não o plano de recuperação judicial da empresa. A suspensão foi aprovada por 80,71% dos créditos presentes no conclave. Uma nova reunião foi reagendada para o dia 26 de janeiro, às 11h. Na sexta-feira anterior, dia 22 de janeiro, a Saraiva deverá apresentar a versão atualizada do seu plano.

PublishNews, Redação, 15/12/2020

Livraria Leitura do Shopping Bahia | © DivulgaçãoA Livraria Leitura inaugurou, no último sábado (11), a sua segunda unidade em Salvador (BA), contabilizando dez novas unidades em 2020. Localizada no Shopping Bahia, a nova loja tem mais de 400 m² e mix de produtos com livros, papelaria, material de escritório e informática. Com essa inauguração, a empresa encerra o ano vigente com 80 lojas distribuídas em 20 unidades da Federação. Para 2021 a Leitura irá manter a política de expansão agressiva com previsão de inaugurar 15 novas lojas em diversos estados do Brasil, passando a atuar em 21 estados além do DF.

PublishNews, Redação, 15/12/2020

A editora Morro Branco está à procura de um coordenador editorial. Os requisitos para o cargo incluem formação em Letras ou Produção Editorial, domínio da língua portuguesa, inglês fluente, experiência na função e facilidade para trabalhar em equipe. O contratado será responsável por elaborar cronogramas de produção dos livros; pela aprovação final de materiais editoriais encaminhados para a gráfica e conferência de plotters; controlar o fluxo e qualidade dos trabalhos de colaboradores freelancers; e elaborar textos de quarta capa e orelha. Os interessados devem encaminhar currículos com pretensão salarial para o e-mail sonia@editoramorrobranco.com.br.

PublishNews, Redação, 15/12/2020

A pandemia do novo coronavírus obrigou a Bienal Internacional do Livro de São Paulo a ir para o ambiente virtual em 2020 e lá, o evento encontrou o seu público. De acordo com balanço feito pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), realizadora da Bienal, a edição teve 1,33 milhão de visualizações. Grosso modo, é o dobro do número de pessoas que passaram pelo pavilhão do Anhembi na edição de 2018, quando a Bienal recebeu 663 mil visitantes. O balanço da Bienal apontou ainda que foram mais de 190 horas de programação, 100 expositores, 220 autores nacionais, oito estrangeiros e 114 reuniões de negócios com compradores internacionais dentro da Jornada Profissional organizada pelo Brazilian Publishers. Diferentemente dos anos anteriores, a CBL não incluiu no seu balanço final uma cifra da média de gastos por visitantes. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 15/12/2020

A Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte publicaram no Diário Oficial do Município o edital do Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte 2020. Criado em 1947, o prêmio visa valorizar e fomentar a produção literária nacional, com premiação de obras inéditas em língua portuguesa e nesta edição, irá contemplar obras nas categorias Poesia e Conto. As inscrições gratuitas podem ser feitas até 31 de janeiro de 2021 e o edital pode ser consultado clicando aqui. A obra vencedora em cada categoria receberá o prêmio de R$ 25 mil.

PublishNews, Redação, 15/12/2020

Em fevereiro de 2019, Ilona Szabó foi exonerada de um conselho não remunerado do ministério da Justiça, em meio a uma campanha de ódio nas mídias sociais. Acontecia ali um dos primeiros casos de perseguição do governo Bolsonaro a lideranças da sociedade civil, jornalistas, cientistas, funcionários públicos e oponentes políticos, o que viria a se tornar padrão nos meses seguintes. Por meio de suas experiências pessoais e de pesquisas aprofundadas em seu campo de atuação, Ilona demonstra em A defesa do espaço cívico (Objetiva, 128 pp, R$ 29,90) como governos populistas-autoritários manobram os mecanismos constitucionais, aumentam a intimidação e a censura, fomentam a violência e, assim, destroem gradualmente o espaço democrático. E discute, também, o que podemos fazer para lutar contra isso, em diferentes esferas da sociedade. O livro traz ainda observações sobre os desafios impostos à democracia ao redor do mundo e as composições e perfis de líderes, organizações e entidades que impactam o exercício da cidadania.

PublishNews, Redação, 15/12/2020

"O Brasil de hoje é o Espírito Santo de ontem? E o Espírito Santo de hoje é o Brasil de amanhã?“ Essas duas questões formam a cabeça, o tronco e os membros deste livro. Decadência e reconstrução (Beĩ, 168 pp, R$ 49), dos autores Carlos Melo, Milton Seligman e Malu Delgado, busca explicar - com base em relatos de políticos, empresários e lideranças de outros segmentos da sociedade que vivenciaram o caos que tomou conta do Espírito Santo entre a segunda metade dos anos 90 e o início da década de 2000 - por que a corrupção atingiu tamanho grau de institucionalização naquele estado e, sobretudo, como foi possível traçar uma rota de recuperação. A hipótese é que "talvez esse mergulho no sismo político e econômico que abalou o Espírito Santo possa revelar uma espécie de antecipação, em um grau micro, do que viria a ocorrer, nos anos recentes, em outras unidades da federação - mormente, no Rio de Janeiro - e no Brasil", escrevem os autores. Dessa maneira, explicam eles, a expectativa é de que o livro traga uma compreensão mais ampla do funcionamento das esferas de poder em nível nacional, ousando "pensar em encontrar saídas para o labirinto que, a esta altura do conturbado século XXI, atordoa implacavelmente o país".

“O maior flagelo do País é a educação. Literatura e educação estão intrinsecamente ligados.”
Samuel Seibel
Dono da Livraria da Vila
1.
Mais esperto que o diabo
2.
Box Harry Potter
3.
Atitude positiva diária
4.
A sutil arte de ligar o foda-se
5.
Uma terra prometida
6.
Soft skills
7.
Assuma o comando da sua vida
8.
O poder da autorresponsabilidade
9.
As aventuras de Mike - O bebê chegou
10.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
 
PublishNews, Redação, 15/12/2020

Na paisagem política contemporânea, em que ainda há o domínio do Estado-Nação, o migrante é o indesejado, sempre acusado de estar fora de seu lugar, de ocupar o lugar de outro. No entanto, não existe nenhum direito sobre o território que possa justificar a política soberanista que fundamenta a recusa de sua entrada. Em Estrangeiros residentes (Âyiné, 370 pp, R$ 89,90 – Trad.: Cézar Tridapalli), a filósofa italiana Donatella Di Cesare reflete sobre o significado último do migrar, dando provas também aqui de saber chegar direto ao centro da questão. Habitar e migrar não se contrapõem, como crê o senso comum, ainda preso aos velhos fantasmas do jus sanguinis e do jus soli. Em cada migrante deve-se reconhecer, em vez disso, a figura do “estrangeiro residente”, o verdadeiro protagonista do livro. Atenas, Roma, Jerusalém são os modelos de cidade examinados para colocar em questão o tema crucial e atual da cidadania. Na nova era dos muros, em um mundo repleto de campos de internamento para estrangeiros, que a Europa pretende manter à sua porta, Di Cesare defende uma política da hospitalidade, apartada da ideia de residência, e propõe um novo sentido do coabitar

PublishNews, Redação, 15/12/2020

Três mil anos de política (Edições de Janeiro, 232 pp, R$ 54), de José Luiz Alquéres, apresenta a história do pensamento político, desde a sua origem, na China e na Grécia, passando pelos Romanos, a Idade Média, a Idade Moderna e os acontecimentos mais contemporâneos, como o fenômeno do nacionalismo, os modelos totalitários e o neoliberalismo, entre outros. Nada fica de fora. Alquéres traduz a essência de cada período por meio de personagens que marcaram a evolução do pensamento político. Santo Agostinho, Spinoza, Montaigne, Hobbes e Marx, entre tantos personagens, mostram que a história da política é, também, a história da própria humanidade. Depois de sumarizar as principais ideologias que prevaleceram nos regimes políticos, Três mil anos de história conduz o leitor pelos temas que dominam a atual discussão, como a crise da democracia e os efeitos da globalização.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.