Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 28/07/2020
Editora focada em publicações Jurídicas e Literárias, Prestação de Serviços para Produção Editorial e Gráfica, como foco na Divulgação, Distribuição e visibilidade para o autor em todo o mercado editorial nacional
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
O Estúdio Sopros oferece suporte editorial para editoras e autores
PublishNews, Redação, 28/07/2020

Ilustrações de Rodrigo Mafra e Duda OlivaHá 11 anos, a Fundação SM e a Feira Internacional do Livro de Guadalajara elegem trabalhos de ilustradores ibero-americanos para compor um catálogo que forma um panorama da produção de artistas nascidos ou residentes nos países que compõem a região geopolítica. Por trás do Catálogo Iberoamérica Ilustra está o propósito de criar uma rede de ilustradores para crianças e jovens e contribuir para o desenvolvimento cultural do mundo de fala hispânica e portuguesa. Na edição deste ano, os organizadores receberam trabalhos de 974 ilustradores de 18 países. Dentre eles foram selecionados 45 que farão parte da publicação e de uma exposição itinerante. Na lista, há dois brasileiros: Eduardo Henrique Barroso Oliveira, nas artes Duda Oliva, e Rodrigo Mafra. O colombiano Sebastian Santafe Ayala foi eleito, por unanimidade, pelo júri, como o destaque no Catálogo. “Além de atender os critérios de seleção, os transcende, sendo uma proposta divertida e profunda ao mesmo tempo”, considerou o júri que decidiu dar a ele o prêmio de US$ 5 mil. Além disso, ele ilustrará a capa do catálogo que será lançado na Feira do Livro de Guadalajara cuja edição está mantida para os dias 28 de novembro a 6 de dezembro. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

A escritora Djamila Ribeiro recorreu à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância de São Paulo para registrar boletim de ocorrência depois que a sua filha adolescente recebeu uma ameaça pela sua conta no Twitter. A mensagem diz: “Sua mãe é uma desgraça! Você não tem vergonha de ser filha dela? Nós sabemos onde sua mãe mora! Não tem arrego”. Em suas redes sociais, Djamila escreveu que recebe muitas “mensagens odiosas”, mas que estas nunca a abalaram. “É inadmissível que esse tipo de perseguição aconteça, agora direcionada a uma adolescente”, continuou. A escritora informa ainda que irá representar o Twitter no Ministério Público. Segundo ela, a rede social é “uma empresa bilionária, que lucra com ataques sem defesa a mulheres negras”. No post, ela ainda cita pesquisa da Anistia Internacional que detectou que mulheres negras estão 84% mais propensas a receberem tweets problemáticas do que mulheres brancas. Citou ainda a tese de doutorado do PHD em Sociologia Luiz Valério Trindade que revelou que “mulheres pretas são as maiores vítimas de discurso de ódio nas redes sociais em geral e no Twitter em particular”. A polícia investiga o caso.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Mudança no mundo do livro jurídico: a Editora Juspodivm contratou Roberto Navarro para o cargo de gerente editorial. Navarro, que até mês passado comandava o editorial jurídico da Saraiva Educação (selo SaraivaJur), é referência entre os autores de Direito em nível nacional. Entre os projetos que desenvolveu à frente do editorial jurídico da Saraiva está a ampliação do catálogo de livros preparatórios para a prova da OAB, inclusive com parcerias com cursos de renome. Antes de ir para a Saraiva, em 2007, passou por treze anos na Atlas, como divulgador. Neste período, começou a ter contato próximo com professores de Instituições de Ensino Superior e de cursos preparatórios, o que lhe garantiu uma boa lista de contatos, ativo essencial para a edição de livros jurídicos.

PublishNews, Talita Facchini, 28/07/2020

O Booker Prize anunciou nesta terça-feira (28), a primeira lista de indicados de 2020. Dentre os 13 nomeados, o destaque vai para Hilary Mantel, que concorre com The mirror and the light, último livro da trilogia Thomas Cromwell, que acompanha os últimos anos do personagem que veio do nada e chegou ao poder. Mantel já venceu o Man Booker Prize duas vezes e é uma das finalistas do Women’s Prize deste ano. Por aqui, a autora britânica tem livros publicados pela Record e a Todavia se prepara para publicar a sua trilogia Wolf Hall. Quem também figura entre os indicados é a autora Anne Tyler, vencedora do Pulitzer de Ficção em 1989 e finalista do Man Booker Prize em 2015. Este ano, Tyler concorre com Redhead by the side of the road, um romance sobre segundas chances que acompanha a história de um homem que vê sua vida e rotina mudarem quando duas pessoas entram em sua vida. Uma obra sobre “ver o mundo através de novos olhos”. Por aqui, Tyler tem um livro publicado pela Tusquets: Um carretel de linha azul. Junto com as duas autoras já conhecidas concorrem oito romances de estreia, entre eles Such a fun age, de Kiley Reid, que merece destaque. O livro fala sobre a experiência de raça e privilégio de uma babá. Clique no Leia Mais para conferir a lista completa dos indicados.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Desde sexta (24), a Dublinense colocou no ar uma ação diferente na loja virtual de seu novo website: a pré-venda de um "livro misterioso", com valor promocional válido somente até a revelação do nome e de quem escreveu a obra. A ação intitulada "Confie no seu editor" está atiçando a curiosidade dos seguidores da editora que têm acessado o site e comprado a obra mesmo sem saber do que se trata. “Estamos tão felizes com o frenesi causado por essa ação que resolvemos dar mais uma informação sobre o livro: ele será lançado mundialmente em agosto, de forma simultânea no Brasil e em outros países”, escreveu a editora em suas redes sociais. Até o dia 30 de julho, o "livro misterioso" estará com um valor promocional, de R$ 39,90 por R$ 29,90. Após essa data, a capa da obra será revelada e se inicia a pré-venda normal.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

A LabPub, escola 100% EaD com cursos voltados para o mercado editorial, dá início a cinco novas turmas em agosto. No dia 4, começam as aulas do MBA Book Publishing e da Pós-graduação em Produção Editorial, que reúnem no seu corpo docente nomes como Sintia Mattar, Marcos Marcionilo, Julio Ibraim e André Castro. No mesmo dia, também tem início o curso Produção editorial: do autor ao leitor, com Carla Bitelli e Guilherme Kroll. Um dia antes, em 3 de agosto, tem início o curso de Design thinking para o mercado editorial, com Daniela Senador. Nas aulas, será ensinada a técnica que permite identificar necessidades e criar soluções utilizando as ferramentas e os modos de pensar dos designers. Já no dia 11 de agosto, André Argolo – o homem por trás da PublishNewsTV – inicia uma Oficina de poesia voltada para iniciantes ou autoras e autores que desejam encontrar novas provocações e possibilidades de criação. Para saber mais informações sobre cada um dos cursos é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Durante o mês de agosto, o Instituto de Leitura Quindim irá realizar os cursos on-line A obra de Lygia Bojunga: um bordado literário e Mulheres artistas: das lacunas aos espaços ocupados na arte nos séculos XX e XXI. As aulas são abertas para todos os públicos. O primeiro, sobre a obra de Lygia Bojunga, irá aprofundar o universo literário da autora gaúcha de livros infantis e juvenis, reconhecida mundialmente pela narrativa peculiar de misturar o real com a fantasia para abordar assuntos duros ligados à vida cotidiana, como o preconceitos, carência afetiva, luta pela sobrevivência, medo de crescer, morte, entre outros. As aulas serão ministradas pela autora Ninfa Parreiras, especialista na obra de Lygia, e acontecem de 4 a 27 de agosto, sempre às terças e quintas, das 13h30 às 16h. O curso também tem uma versão padrão, com quatro encontros e os interessados podem escolher o módulo desejado. Já no curso sobre Mulheres artistas, serão abordados temas como: Protagonismo em ascensão; Mulheres artista no Brasil; Mulheres artistas na Arte Contemporânea e Feminismo na Arte Contemporânea. As aulas acontecem aos sábados, de 8 a 29 de agosto, das 9h às 11h30.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Antonin Artaud (1896-1948) é sobretudo um poeta para quem a poesia e o espírito não são meras práticas de linguagem, dimensões cerebrais ou da sensibilidade artística. A percepção histórica e mágica de Artaud descortinada a partir de sua vivência com os tarahumaras, povos nativos do México, desperta não só os aspectos etnográficos e antropológicos de sua experiência, como a dimensão coletiva e espiritual presente nos mitos, inseridos em nossa vida como realidade e não como delírio ou ficção. É com esta ideia que a publicação de Os tarahumaras (Moinhos, 136 pp, R$ 55 - Trad.: Oliver Dravet Xavier) marca o primeiro passo da Moinhos na retomada da divulgação de Artaud no Brasil. A editora lança também Textos surrealistas (104 pp, R$ 50 - Trad.: Olivier Dravet Xavier), seleta de textos publicados pro Artaud publicados em revistas e jornais entre 1924 e 1928.

“Os livros significam todas as possibilidades.”
Ali Smith
Escritora britânica
1.
DNA da cocriação
2.
Decida vencer
3.
Mais esperto que o diabo
4.
Do mil ao milhão
5.
O poder do sangue de jesus
6.
Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente
7.
Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente: Onde dorme o amor
8.
O fim em doses homeopáticas
9.
O milagre da manhã
10.
Box Harry Potter
 
PublishNews, Redação, 28/07/2020

Com Painel (Penalux, 98 pp, R$ 38), Alexandra Vieira de Almeida conduz o leitor para um lugar poético que é construído por seus versos imagísticos no momento mesmo em que convite e imaginação se articulam. A ideia é criar, por meio das poesias, um mosaico com elementos variados, misturando, em suas páginas, o subjetivo, o onírico e o denso. Segundo a autora, a obra se caracteriza principalmente pela pluralidade. Alexandra explica que o título do livro tem ligação com a representatividade de um mosaico, como um verdadeiro caleidoscópio, onde o sonho e a realidade se mesclam. Como sugerem os versos do poema que dá nome à coletânea, Painel, o leitor vai atravessar paisagens, naturezas, em que a linguagem se torna a poderosa terra pronta a dar os frutos mais livres e raros.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Organizado pela crítica e curadora Thais Rivitti, Amigos fumantes (Ubu, 272 pp, R$ 79,90) retoma a trajetória do artista plástico João Loureiro, mesclando imagens de suas obras com textos que discutem seu trabalho. A obra intitulada Amigos fumantes: Cigarros (2019) empresta o nome ao livro, que conta com ensaios de curadores, críticos e artistas como Carla Zaccagnini, Leda Catunda, Gilberto Mariotti, Ivo Mesquita e Rodrigo Moura.⁠ A produção de João Loureiro é marcada por uma especulação de códigos de representação específicos e por uma figuração diagramática. Segundo Carlos Eduardo Riccioppo, daí deriva o aspecto algo pop, bem-humorado, às vezes afiado ou mesmo malicioso que os trabalhos costumam emprestar uns aos outros.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Manual do fotógrafo de rua (G.Gili, 192 pp, R$ 99 – Trad.: Edson Furmankiewicz) celebra o espírito da fotografia de rua com instruções inspiradoras para ajudar o leitor a capturar o momento urbano perfeito. Por meio de 20 tutoriais de projetos simples sobre temas como Sequências, Sombras e Objetos, além de perfis ilustrados de 20 fotógrafos de rua aclamados internacionalmente, como Bruce Gilden, Nils Jorgensen e Trent Parke, o autor David Gibson proporciona um tour visual por essa modalidade, construindo um manual para quem pretende se tornar um fotógrafo de rua. Esta nova edição apresenta obras inspiradas de artistas emergentes no cenário da fotografia de rua, dicas atualizadas sobre o Instagram e um prefácio do renomado fotógrafo de rua Matt Stuart.

PublishNews, Redação, 28/07/2020

Um dos arranha-céus mais importantes da cidade de São Paulo, o Edifício Circolo Italiano ganhou um livro para contar sua história. Inaugurado em 1965, o Edifício Itália teve projeto assinado por Franz Heep e marcou a paisagem urbana da cidade, localizado num dos pontos mais charmosos da região da Praça da República. Em Edifício Itália (KPMO Cultura e Arte / Pitá Arquitetura, 176 pp, R$ 87), a história do edifício é descortinada desde a formação da comunidade italiana em São Paulo, passando pelo concurso de projetos até as obras de construção e inauguração. De acordo com o professor Paulo Bruna (FAU-USP), que assina a orelha da publicação, este é “um excelente livro sobre o Centro Novo de São Paulo, que está sendo examinado sob todos os aspectos da história social, urbanística, legal e arquitetônica”. O livro conta com textos de Keila Prado Costa e pesquisa de Anat Falbel.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.