Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 22/11/2019
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 22/11/2019

'Essa gente', de Chico Buarque, alcança a vice-liderança da Lista dos Mais Vendidos dessa semana | DivulgaçãoA Lista dos Mais Vendidos do PublishNews continua com a seta apontando para cima. É que pela terceira semana consecutiva, os números gerais de vendas cresceram. Na comparação com a semana passada (que já tinha tido um acréscimo de 17% sobre a anterior), houve aumento de 4% no volume de exemplares vendidos. Não Ficção (21%) e Ficção (20%) se destacam nesse cenário. Nada mal e olha que nem chegou a Black Friday. E quem ajudou um pouco nesse crescimento foi Chico Buarque. Essa gente (Companhia das Letras) chegou na lista na semana passada, com 1.452 cópias e bateu na trave da Lista Geral. Para compensar, agora, o livro alcançou a vice-liderança do Ranking Geral, com 3.135. Perdeu só para A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), que colocou mais 4,5 mil cópias na sua conta, se consolidando como o livro mais vendido do ano. Completando o pódio, está o veterano A garota do lago (Faro), com 2.870. É festa no Horto Florestal!

PublishNews, Redação, 22/11/2019

Nos últimos três anos, o jornalista Ulisses Campbell se debruçou sobre a vida de Suzane Von Richthofen, condenada pelo assassinato de seus pais em outubro de 2002. O resultado é o livro Suzane: assassina e manipuladora que está no prelo da Matrix, com previsão de publicação em janeiro próximo. No entanto, uma liminar da Justiça barrou a publicação, a veiculação, a distribuição e a comercialização do volume. A decisão foi da juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, do Tribunal de Justiça de São Paulo. Na alegação, a magistrada evoca o direito do preso à "proteção contra qualquer forma de sensacionalismo" e afirma que dados constantes no livro estão sob segredo de justiça, o que configura, na sua opinião, “abuso do direito-dever de informar". Na liminar da juíza Sueli, está prevista multa diária de cinco salários mínimos (R$ 4.490) caso seja descumprida a sua decisão. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

A Sweek, plataforma holandesa de leitura e escrita, acaba de colocar no ar a versão em português do seu serviço Bookmundo, que oferece soluções descomplicadas de impressão por demanda para autores independentes. Por enquanto o serviço está disponível apenas em Portugal, mas com a promessa de desembarcar logo logo por aqui. Tudo é muito descomplicado. O autor independente escolhe se quer brochura ou capa dura, o tamanho (são 10 opções), o acabamento da capa (fosco ou brilhante), o tipo de papel, indica se o miolo é colorido ou preto e branco e estabelece o número de páginas. Um livro brochura de 144 páginas, no formato 155 x 235 mm, com capa fosca, papel creme e miolo P&B varia, conforme a tiragem, de € 5,26 (mais de 500) a € 6,25 (até dois exemplares). O usuário tem ainda uma calculadora de margem de lucro e pode já vender diretamente na própria plataforma do Sweek ou receber os exemplares em casa e vender pelos canais que forem interessantes. A Bookmundo também oferece às editoras brasileiras a possibilidade de imprimir livros brasileiros destinados ao mercado português. Peter Paul van Bekkum, CEO da Sweek, já planeja entrar no mercado brasileiro. “Isso estará na agenda para 2020 e estamos em boas conversas com várias partes brasileiras”, adiantou ao PublishNews.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

Com uma literatura de excelência incontestável, Clarice Lispector se consagrou como uma das maiores escritoras de língua portuguesa de todos os tempos. Para comemorar seu centenário, em dezembro de 2020, a Rocco se adiantou e lança ainda este ano novas edições de suas obras, que contarão com capas e conteúdo extra inéditos. Os livros serão lançados a partir deste mês, iniciando com as publicações da década de 1940 – Perto do coração selvagem (1943), O Lustre (1946) e A cidade sitiada (1949). Assinado pelo designer Victor Burton, o novo projeto gráfico dos livros traz nas capas recortes de telas feitas por Clarice, que pintou 22 quadros ao longo de sua vida. Na orelha dos títulos, o leitor encontrará a íntegra da tela retratada na capa, e na contracapa, a foto de Clarice corresponderá à década em que cada livro foi publicado originalmente. Para além das capas, os livros ganham renovação do conteúdo editorial com posfácios escritos por grandes especialistas da literatura clariceana como Nádia Battella Gotlib, Benjamin Moser, Marina Colasanti, Eucanaã Ferraz e próprio filho da autora, Paulo Gurgel Valente. Para apresentar as primeiras publicações reeditadas Pedro Vasquez, o editor de Clarice na Rocco, e Teresa Monteiro, doutora em Estudos Literários e Mestre em Literatura Brasileira, especialista e biógrafa da autora, vão participar de uma mesa na Ler - Salão do Livro Carioca sobre o centenário de Clarice e o processo de relançar suas obras. O encontro acontece neste domingo (24), às 15h45, na Biblioteca Parque.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

A LabPub, escola 100% EaD com cursos voltados para o mercado editorial, abriu as inscrições para novas turmas do MBA Book Publishing e Pós-graduação em produção editorial. Os dois cursos tem como base o sistema de educação por competências onde você se capacita em áreas de conhecimento e vai trilhando seu próprio caminho, escolhendo entre várias matérias que estarão à disposição. O aluno precisa cursar 360 horas para obter a certificação, mas terá a opção de escolha entre mais de 450 horas-aula. Ou seja, você monta seu currículo conforme sua necessidade e se quiser, pode cursar todas as aulas sem pagar nada a mais. Os cursos são no formato 100% a distância, com aulas ao vivo ou gravadas, para que o aluno adapte ao seus horários. Todos os professores são profissionais de destaque como Pedro Almeida, Luciana Borges, Camila Cabete, Guilherme Kroll, Cassius Medauar, Marcos Marcionilo, Cecília Arbolave, André Castro entre outros. Até 29 de novembro, os cursos estarão com desconto Black Friday e todos os inscritos ganham as seis últimas mensalidades. As aulas começam no dia 6 de janeiro. Para mais informações é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

Este ano, a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (Aeilij) completa 20 anos de existência. As comemorações da data se iniciaram no Salão do Livro da FNLIJ, em outubro, e ainda continuam. Neste sábado (23), a partir das 15h, a Livraria PanaPaná (Rua Leandro Dupré, 396 – São Paulo / SP) recebe um sarau e um bate-papo entre autores, editores, designers e quem mais quiser aparecer. Já o Prêmio Aeilij – Edição 2019, que premia os melhores livros de literatura infantil e juvenil publicados em primeira edição nos anos de 2018 e 2019, segue com as inscrições abertas até 16 de janeiro de 2020. Para mais informações é só clicar aqui ou mandar e-mail para contato@aeilij.com.br.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

A Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) acaba de anunciar a programação da 2ª Feira da Literatura Infantil (Flitin). Marcado para acontecer de 28 de novembro a 1º de dezembro, na Academia Pernambucana de Letras (APL - Av. Rui Barbosa, 1596, Graças – Recife / PE), o evento ocupará uma área de 3 mil m² e contará com quatro espaços: ateliê, palco, auditório, quintal - para realização de atividades como oficinas, bate-papos, contação de história, shows e cinema. Na programação, destaque para a aula-espetáculo com a cantora, compositora e contadora de histórias pernambucana Carol Levy, que ensina os pais a contarem histórias para crianças de uma forma atraente. Já a roda de conversa Com livros e com afeto: experiência de leitura em família busca mostrar experiência de pessoas com a leitura dentro de casa. Caso de Sônia Freyre, filha de Gilberto Freyre, que estará por lá para contar o que aprendeu. Com curadoria da Fundação Gilberto Freyre, a programação é gratuita e segue das 9h às 20h. Para conferir a programação completa, clique aqui. A Flitin faz parte do Circuito Cultural de Pernambuco, que entre 2019 e 2020 realizará 18 feiras em todas as regiões do Estado.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

Mary del Priore encerra sua série Histórias da gente brasileira com República (LeYa), com Histórias da gente brasileira com República: Testemunhos (1951-2000) (LeYa, 448 pp, R$ 64,90), que aborda a segunda metade do século XX, período em que o Brasil atravessou sucessivas tensões políticas e passou por inúmeras mudanças sociais. A historiadora detalha as transformações que definiram o país em que vivemos hoje. Nas páginas do livro o leitor revisita um Brasil que viu suas cidades se verticalizarem e seguiu por uma odisseia no espaço doméstico. Mary constrói uma narrativa entremeada com testemunhos de quem viveu nesse tempo – anônimos e famosos, mas sempre sob um olhar muito pessoal –, registrando as mudanças nas ruas, salas de estar, jardins, geladeiras, estantes, guarda-roupas e lençóis.

“Ao mesmo tempo em que temos uma literatura que repete uma prática de produção de pensamento eurocêntrica, temos uma série de escritos e narrativas de pessoas negras que são ocultadas.”
Winnie Bueno
Ativista brasileira
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Essa gente
3.
A garota do lago
4.
Mais esperto que o diabo
5.
Escravidão
6.
O poder da autorresponsabilidade
7.
Do mil ao milhão
8.
O milagre da manhã
9.
Sapiens
10.
Luccas Neto em "Os aventureiros"
 
PublishNews, Redação, 22/11/2019

Impérios (Crítica / Planeta, 656 pp, R$ 129,90 – Trad.: Bruno Cobalchini Mattos), dos historiadores norte-americanos Jane Burbank e Frederick Cooper, não segue a narrativa convencional que afirma que o império resulta inevitavelmente no Estado-Nação. O foco deste trabalho está no modo como os diferentes impérios surgiram, competiram entre si e construíram estratégias de governo, ideias políticas e afiliações humanas durante um longo período de tempo: desde a Roma e a China antigas até os nossos tempos. Como cada império desenvolveu seus repertórios de poder, lidou com povos e territórios anexados, acolheu ou rechaçou culturas estrangeiras são algumas das questões analisadas em cerca de dois mil anos de história e que cobrem impérios da Europa e da Ásia e seus domínios na América e na África. A busca pelo lucro por meio da anexação de vastas regiões produziu formas de governo que tocam nos tempos modernos e nos dizem respeito ainda hoje.

PublishNews, Redação, 22/11/2019

Nas vésperas da Primeira Guerra Mundial, o fervor pelos relatos de crimes se tornou um verdadeiro fenômeno social. Enquanto a imprensa escancarava suas colunas para os acontecimentos criminais, os romances policiais e os filmes de detetive passaram a atrair um público cada vez maior, fascinado por um novo imaginário feito de rastros de sangue e pegadas na neve, de indícios e criptogramas misteriosos. Na perspectiva de uma história social do crime, o livro A tinta e o sangue (Editora Unesp, 519 pp, R$ 97 0 Trad.: Luiz Antonio Oliveira de Araújo), de Dominique Kalifa, investiga as profundas imbricações entre a atividade da imprensa, especialmente da crônica criminal, e seus efeitos sobre o imaginário de uma época.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.