Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 02/10/2019
Imagem de Arquivo é uma microempresa, localizada na cidade do Rio de Janeiro, especializada em produção de conteúdo e pesquisa iconográfica para produtoras de audiovisual editoras e instituições.
A Fino Verbo é uma empresa de revisão, redação e preparação de textos para diversos segmentos, ou seja, se tem texto, nós podemos ajudar.
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
PublishNews, Redação, 02/10/2019

Lançado durante a última Bienal do Livro do Rio, Escravidão (Globo Livros), de Laurentino Gomes, tem feito uma trajetória bonita, ocupando o pódio da Lista de Mais Vendidos do PublishNews. Mas, ele ainda não tinha aparecido na Lista Nielsen PublishNews, aquela que apura os livros de autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento do Brasil. A sua estreia acontece na lista que apura as vendas entre os dias 12 de agosto e 9 de setembro, período que inclui os dias da bienal carioca. O livro ocupa a posição de número seis da lista de Não Ficção. Em Ficção, o destaque é para um velho conhecido da Lista Nielsen PublishNews: A hora da estrela (Rocco). O livro de Clarice Lispector é uma espécie de embaixador da lista. Sempre está ali, mas nesse mês, ele aparece em segundo lugar da categoria, perdendo apenas para O homem mais inteligente da história (Sextante), de Augusto Cury. Ficção trouxe ainda três estreantes: Turma da Mônica – Fábulas inesquecíveis (Girassol), de Mauricio de Sousa, ocupando a quarta posição; Cães e gatos (Planeta), de Carlos Ruas, em sétimo, e O fazedor de velhos (Companhia das Letras), de Rodrigo Lacerda, em 15º. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da Lista Nielsen PublishNews.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Greta Thunberg | © Anders Hellberg / Wiki CommonsDepois de roubar a cena na Cúpula do Clima da ONU na última semana, a estudante e ativista Greta Thunberg fechou contrato com a Penguin Press para a publicação de dois livros. O primeiro, intitulado No one is too small to make a difference reunirá seus discursos e é definido como "um grito de guerra sobre por que todos devemos acordar e lutar para proteger o planeta". Já o segundo, com o título Our house is on fire, será um livro de memórias que Greta está escrevendo junto com sua família - Malena Ernman, Svante Thunberg e Beata Thunberg. Na obra, eles contam como começaram a enxergar as conexões entre o sofrimento deles e o do planeta. Os livros foram adquiridas por Christopher Richards, da Penguin. Por aqui, a obra será lançada pela BestSeller, com o título Nossa casa está em chamas – Ninguém é pequeno demais para fazer a diferença.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Obra do uruguaio Alfredo Soderguit que fará parte da exposição Amazônia Chama na Primavera Literária | Reprodução

A Primavera Literária, que começa a sua programação nesta quinta-feira (03), terá uma exposição do projeto Amazônia Chama (Amazon Shouts), que tem mobilizado artistas de todo o mundo em prol da floresta tropical. A mostra reunirá trabalhos de 33 artistas, entre os quais se destacam os brasileiros Roger Mello, Alexandre Rampazo, André Neves, Mauricio Negro, Mariana Massarani e Leo Cunha e os internacionais Roger Ycasa (Equador), Alfredo Soderguit (Uruguai), Piet Grobler (África do Sul), Afonso Cruz (Portugal) e Sonja Danowski (Alemanha). A Primavera Literária acontece até domingo (06), no Museu da República (Rua do Catete, 153, Catete – Rio de Janeiro / RJ), com entrada franca. O projeto Amazônia Chama é idealizado pelo Instituto de Leitura Quindim e a Primavera Literária pela Liga Brasileira de Editores (Libre).

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Ailton Krenak | © Produção Cultural do Brasil / Wiki CommonsNa próxima sexta-feira (4), Ailton Krenak, um dos maiores líderes indígenas do Brasil, estará no Instituto Tomie Ohtake (Av. Faria Lima 201 – São Paulo / SP), às 19h. No encontro, ele conversa com o público sobre a situação dos krenaks, que vivem como “refugiados em seu próprio território”, nas margens do rio Doce, depois do rompimento da barragem de Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana – Minas Gerais, em 2015. Ailton também é autor do livro Ideias para adiar o fim do mundo (Companhia das Letras), que foi a terceira obra mais vendida na Flip deste ano. O encontro acontece por conta da exposição Mariana: Christian Cravo, que fica em cartaz no Instituto até 27 de outubro e reúne 26 fotografias que retratam memórias humanas após a mesma tragédia que, em Mariana, vitimou fatalmente 19 pessoas e desabrigou centenas de famílias. O evento é gratuito.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Na tarde desta terça-feira (1), a diretoria da Abeu e a Comissão Organizadora do 5º Prêmio Abeu divulgaram os finalistas da premiação cujo objetivo é dar reconhecimento à produção das editoras universitárias brasileiras. Com um aumento de 20% no número de obras inscritas em relação ao ano anterior, as editoras universitárias puderam submeter suas obras em oito categorias: Ciências Humanas, Ciências Sociais, Ciências da Vida, Ciências Naturais e Matemáticas, Ciências Sociais Aplicadas, e Linguística, Letras e Artes – no que diz respeito a conteúdos; além de Projeto Gráfico, que visa o produto final do processo editorial; e Tradução, que é uma novidade deste ano. Nesta última categoria, os finalistas são Discurso do método & Ensaios - René Descartes (Editora Unesp), com tradução de Pablo Ruben Mariconda; O Rinoceronte de Ouro: histórias da Idade Média africana - François-Xavier Fauvelle (Editora USP), com tradução de Iraci D. Poleti e Regina Salgado Campos; e Tiestes / Lúcio Aneu Sêneca: tradução, notas e estudos (Editora UFPR), com tradução de José Eduardo S. Lohner. Os vencedores de cada categoria serão conhecidos durante a cerimônia de entrega do Prêmio, no dia 22 de novembro, às 18h, no teatro da Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2.500 - São Paulo / SP). A lista completa com os finalistas você confere clicando aqui.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Depois de aprovado na Comissão de Cultura da Câmara, o Projeto de Lei (PL) 11.157/2018, que pretende incluir na Política Nacional do Livro medidas de estímulo à criação, manutenção e atualização de bibliotecas públicas e escolares do País, foi para a Comissão de Educação (CE) da Casa onde recebeu relatoria da deputada Professora Dayane Pimentel (PSL / BA). Na avaliação da parlamentar, o projeto “pode contribuir para que a universalização das bibliotecas em toda instituição de ensino do País finalmente se efetive”. O PL, de autoria do deputado Diego Garcia (Podemos / PR), estabelece a obrigatoriedade de a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios reservem, em seus orçamentos, recursos para a manutenção e aquisição de acervo para essas bibliotecas e ainda estabelece que obras e serviços de engenharia para construção, ampliação e reforma de bibliotecas públicas sejam incluídos no Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC). Se aprovada em votação na CE, a matéria segue para as comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania da casa, onde tem tramitação terminativa, ou seja, não precisa passar pelo plenário. De lá, segue para o Senado onde deverá percorrer caminho próprio antes de ir para a sanção presidencial.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Depois do sucesso do primeiro evento, que em 2017 recebeu o presidente Barack Obama e iniciou o ciclo de debates sobre o que significa ser um cidadão no século 21, o Santander e o Valor Econômico apresentam a segunda edição do projeto Cidadão Global, marcado para acontecer no dia 6 de novembro, das 8h às 12h30, no Teatro Santander (Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – São Paulo / SP). Este ano o evento trará dois convidados que inspiram pensar o passado, o presente e o futuro sob óticas diferentes: Yuval Harari, historiador israelense, professor e autor de best-sellers, como Sapiens: Uma breve história da humanidade (L&PM) e 21 Lições para o Século 21 (Companhia das Letras), e Jared Diamond, biólogo evolucionário, historiador, geógrafo, autor de Reviravolta: Como indivíduos e nações bem-sucedidas se recuperam das crises (Record) e ganhador do prêmio Pulitzer pelo livro Armas, germes e aço (Record). A pré-venda exclusiva para clientes Santander acontece até 13 de outubro por meio do site do evento e as vendas para o público geral começam a partir de 14 de outubro até o dia do evento, pelo site, bilheteria oficial do Teatro Santander e pontos de venda Sympla.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Segundo maior colégio eleitoral do Rio de Janeiro, a cidade de São Gonçalo sente a falta do incentivo à cultura. No início deste ano, a única biblioteca pública do município foi fechada. Quase seis meses depois, ela foi reaberta em um novo endereço, mas sem nenhuma sinalização para o local. Pensando em mudar essa situação e movimentar o cenário cultural e literário da cidade, Alberto Rodrigues, Paula Dias (ONG Afrotribo) e Daniele Gonçalves (Coletivo Dandaras) organizam o 1° Festival Literário em São Gonçalo (Flisgo). Marcado para acontecer de 11 a 14 de outubro no Partage Shopping São Gonçalo (Av. Pres. Kennedy, 425– São Gonçalo / RJ), o evento tem como objetivo estabelecer um movimento literário onde a população se beneficie da acessibilidade cultural. A programação do festival contará com rodas de conversa, oficinas, palestras, bate-papos, exposição, lançamento de livros e a participação de escritores, atores, pedagogos e agentes literários. A ideia é que o evento crie oportunidades para os autores regionais, incentive a leitura e entre para o calendário municipal. Para saber mais detalhes sobre o festival é só clicar aqui.

“Já nos anos 60, eu também dizia: eu vou pôr fogo no mundo. Então, eu fui pôr fogo no mundo e fui ser editora. Eu vi que eram os livros que punham fogo no mundo”
Rose Marie Muraro
Escritora brasileira
1.
Esteja, viva, permaneça 100% presente
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
Escravidão
4.
Do mil ao milhão
5.
O milagre da manhã
6.
O poder da autorresponsabilidade
7.
Seja foda!
8.
Mais esperto que o diabo
9.
Luccas Neto em "Os aventureiros"
10.
A garota do lago
 
PublishNews, Redação, 02/10/2019

P.S. de Paris (Planeta, 256 pp, R$ 44,90 – Trad.: Flávia Souto Maior), novo livro de Marc Levy, conta a história de Mia e Paul. Nos cinemas, ela interpreta uma mulher apaixonada. Mas na vida real, Mia é uma atriz que precisa desesperadamente de um tempo de seu marido – a mega estrela que interpreta seu par romântico nos filmes. Então, ela atravessa o Canal da Mancha e busca refúgio em Paris, com um novo corte de cabelo, óculos falsos e um trabalho de garçonete no restaurante de sua melhor amiga. Paul é um autor americano que espera resgatar o sucesso de seu primeiro romance. Quando seu melhor amigo força um encontro com Mia através de um site de namoro, o status de relacionamento dos dois muda para “complicado”. Mesmo que Paris pareça estar juntando o casal, eles resistem, solitários, inventando desculpas cada vez mais exageradas para permanecerem apenas amigos. Mas o destino tem outros planos para eles.

PublishNews, Redação, 02/10/2019

Ficar preso num looping temporal por tempo indeterminado poderia ser uma experiência interessante. Reviver a viagem dos sonhos, a formatura da faculdade ou a festa de casamento. Mas no caso de Melissa, ela está fadada a acordar sempre no dia após o término do seu relacionamento. Em O dia depois do fora (Bertrand, 266 pp, R$ 39,90), livro de Laura Conrado, ela terá que encontrar a resposta para sair dessa situação. O segredo está em sair da zona de conforto e encarar as situações complicadas que aparecem na sua vida, como, por exemplo, fazer as pazes com a melhor amiga, melhorar o seu relacionamento com sua irmã gêmea, ou perder o medo da prática clínica da faculdade de odontologia. No meio disso tudo, Melissa também vai precisar entender o que é o amor verdadeiro.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.