Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 12/09/2019
Imagem de Arquivo é uma microempresa, localizada na cidade do Rio de Janeiro, especializada em produção de conteúdo e pesquisa iconográfica para produtoras de audiovisual editoras e instituições.
A Fino Verbo é uma empresa de revisão, redação e preparação de textos para diversos segmentos, ou seja, se tem texto, nós podemos ajudar.
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
PublishNews, Redação, 12/09/2019

Rita Lee alimentando a ursa Marsha em refúgio no interior de SP | Divulgação / Globo LivrosRita Lee, além de sua carreira como a mãe do rock nacional, construiu uma vida em torno da bandeira da defesa animal. Brigou com gente grande por conta das festas de peão e seus rodeios e, mais recentemente, lançou Amiga ursa (Globinho). No livro, a cantora encarna a personagem da vovó Ritinha, uma aguerrida defensora dos animais que sai à luta para proteger Marsha, uma ursa russa vítima do tráfico de animais. Nesse mês, o livro veio parar na posição de número três de Ficção da Lista Nielsen PublishNews, aquela que apura os autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento monitorados pelo instituto de pesquisa. Outro que conquistou um lugar em Ficção foi Fred Elboni. Seu livro Um beijo ou dois (Benvirá) estreia na lista ocupando o 16º lugar da categoria. Em Não Ficção, o único estreante da Lista Nielsen PublishNews foi Buda dançando numa boate (Buzz), de Paula Abreu. O livro quer provar que o leitor pode exercer a sua espiritualidade em todos os lugares até (e por que não?) na pista de dança. O livro conquistou a 14ª posição da categoria. Clique no Leia Mais e acesse à íntegra desta nota.

PublishNews, Sergio Eduardo Sampaio Silva*, 12/09/2019

Na gênese do mercado de livros no Brasil, quando a impressão deixa de ser proibida no início do século XIX, os impressores-editores-livreiros nasceram juntos, mais ou menos como primos próximos. Naquele momento, eles detinham a totalidade do processo de fabricação e venda de um livro, desde a escolha do original, as soluções técnicas e estéticas, até as decisões comerciais da época. Geralmente, estava tudo concentrado nas mãos de um único imigrante, são exemplos: Baptiste Louis Garnier, o irmão mais novo da tradicional família de livreiros e editores franceses, ou ainda os irmãos portugueses Francisco e Evaristo da Veiga. Apenas mais adiante, em meados do século XIX, vimos surgir pessoas como Paula Brito, um dos primeiros editores brasileiros, por sua vez, um negro de família recém alforriada, autodidata que rompe com as barreiras sociais de seu tempo e chega a ser um dos principais impressores dos documentos do império. O processo de especialização técnica, principalmente o avanço da qualidade dos prelos, transformou os impressores mais dedicados em industriais. Clique no Leia Mais para ler a íntegra deste artigo.

PublishNews, Redação, 12/09/2019

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou esta semana que irá realizar uma Bienal do Livro em Salvador no próximo ano. O prefeito aproveitou a assinatura do contrato de concessão com a empresa francesa G.L. Events para gestão do novo Centro de Convenções de Salvador para dar a notícia. Segundo a Folha, ACM Neto aproveitou para frisar que o evento será livre e democrático, sem nenhum tipo de censura. “Aproveitamos uma oportunidade que não poderia ser desperdiçada. [...] Teremos uma Bienal em Salvador do jeito que é o povo baiano, sem nenhum tipo de censura ou restrição à produção literária”, afirmou o prefeito, dizendo ainda que Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro “agiu de maneira equivocada” ao tentar censurar obras com temática LGBT. “Somos a cidade da diversidade. Aqui é proibido censurar”, concluiu. Por conta da interdição do Centro de Convenções da Bahia, Salvador está sem uma Bienal do livro desde 2013.

PublishNews, Redação, 12/09/2019

A Fundação Dorina Nowill para Cegos, dedicada à inclusão de pessoas com deficiência visual e que produz e distribui livros em braille, falados e digitais de forma gratuita, está à procura de um designer jr. É necessário cursar o ensino superior a partir do 2º ano nos cursos de Design Gráfico ou áreas relacionadas; e ter conhecimento de programas como Indesign, Photoshop, Illustrator e Pacote Office. As funções do cargo incluem a edição e revisão de textos em formato acessível; realizar a conferência de acordo com PDF ou original impresso; a verificação e conversão de arquivos; fazer a descrição das imagens; diagramar, fazer a adaptação e correção dos textos. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail currículos@fundacaodorina.org.br.

PublishNews, Redação, 12/09/2019

O leitor que quer adquirir novas obras sem gastar nada, liberar espaço na estante e renovar a leitura, tem entre hoje e amanhã (13) para participar da Feira de troca de livros da FFLCH, que acontece das 10h às 20h, no vão livre do Edifício Eurípedes Simões de Paula (conhecido também como prédio de Geografia e História) (Av. Prof. Lineu Prestes, 338 – Cidade Universitária - São Paulo / SP). A iniciativa é organizada pela Biblioteca Florestan Fernandes em parceria com a Comissão de Cultura e Extensão da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. “A ideia é ter um espaço onde as pessoas possam trocar. A Feira é um ponto de encontro para isso acontecer, ao mesmo tempo que estimula a sustentabilidade. Pois, o livro precisa circular para incentivar a troca de conhecimento”, conta Adriana Ferrari, diretora da Biblioteca Florestan Fernandes da FFLCH.

PublishNews, Redação, 12/09/2019

A Biblioteca Pública do Paraná (Rua Cândido Lopes, 133 – Curitiba / PR) está com inscrições abertas para um curso de histórias em quadrinhos ministrado pelo professor Marcelo Oliveira. Marcelo é ilustrador profissional, designer de games, quadrinista e professor de desenho e histórias em quadrinhos. As aulas começam no próximo dia 14 e acontecem todos os sábados, das 10h às 12h, até 7 de dezembro. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo e-mail milenap@bpp.pr.gov.br. É necessário informar nome e telefone para contato. A idade mínima para participar é de 10 anos, e os alunos devem possuir material de desenho (folhas sulfite, lápis ou lapiseira, borracha, régua e caneta nanquim 0.3).

PublishNews, Redação, 12/09/2019

Alguns lugares estão condenados pela memória trágica. Espíritos que continuam a perambular pelo local de sua morte à procura de uma saída, ou muitas vezes, aprisionados no eterno sofrimento por não saber que faleceram de maneira repentina, apavoram os vivos que invadem seus domínios. Um desses lugares é o terreno onde foi construído o Edifício Joelma, no centro de São Paulo, ele possui os requisitos clássicos de um solo maldito. A coletânea de terror Vozes do Joelma (Faro, 288 pp, R$ 49,90) reuniu os autores Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini e cada um criou uma história assustadora inspirada na histórica trágica do Edifício. O incêndio no Joelma aconteceu em 1974 e deixou quase 200 mortos e mais de 300 feridos, mas o que nem todos sabem é que, muito antes de o Joelma arder em chamas, o terreno já havia sido palco de um crime hediondo. Assim, o prédio se tornou uma mina de mistérios e alguns deles expostos à loucura de autores que buscaram uma explicação. A apresentação da obra ficou por conta de Tiago Toy.

PublishNews, Redação, 12/09/2019

Emily tinha uma vida ótima: bons amigos, um bom trabalho e um bom apartamento. No entanto, quando conhece Adam, tudo parece se iluminar. Ela jamais imaginou que poderia ter um homem como aquele e ele parece tão apaixonado quanto ela. Porém, logo após o início do relacionamento, Emily descobre que nem tudo são flores: ela escolheu com quem queria se casar, mas não quem seria sua sogra. Uma mãe carinhosa e dedicada; uma sogra passivo-agressiva, possessiva e histérica: Pammie é o pior pesadelo de qualquer nora e faria de tudo por seu filho, custe o que custar. Para manter o relacionamento de seus sonhos, Emily terá de enfrentar uma relação abusiva, manipuladora e psicótica. Tudo pelo amor dele (Única / Gente, 352 pp, R$ 49,90), escrito por Sandie Jones, é um livro perturbador, um thriller psicológico recheado de reviravoltas sobre um amor destrutivo entre Emily, Adam e sua mãe.

“A literatura não dá aulas , tampouco transmite conhecimentos acabados ou sagrados, mas, ainda assim, ou por isso, guarda um poder especial para desbravar a realidade.”
José Castello
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Luccas Neto em "Os aventureiros"
3.
Escravidão
4.
O milagre da manhã
5.
Mais esperto que o diabo
6.
Os segredos da gestão ágil por trás das empresas valiosas
7.
Do mil ao milhão
8.
Seja foda!
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
A garota do lago
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.