Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 21/05/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
Serviço especializado de design editorial - layout de capa, projeto gráfico, diagramação
PublishNews, Redação, 21/05/2019

Marcada para acontecer no feriado de Corpus Christi, de 19 a 23 de junho, a 8ª edição do Festival Literário de Araxá (Fliaraxá) vem com o tema Literatura, leitura e imaginação. O evento acontece no Tauá Grande Hotel e Thermas de Araxá (Rua Águas do Araxá, s/n - Araxá / MG), que receberá mais de 100 autores e autoras que irão se reunir para celebrar o amor pelos livros e pela leitura numa programação totalmente gratuita. O patrono dessa edição é Machado de Assis, um dos fundadores e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras e dando sequência à vocação lusófona do Festival, o autor homenageado é o português Valter Hugo Mãe, que lança três livros novos. Já a curadoria ficou mais uma vez, por conta de Afonso Borges, pela professora Heloisa Starling, o cientista político Sergio Abranches, a filosofa Marcia Tiburi e o educador Leo Cunha. "Toda nossa programação foi feita em cima dos nossos homenageados, dos 180 anos de Machado de Assis e a respeito do Valter Hugo Mãe. O foco do nosso trabalho é com o autor nacional - que é fundamental para nossa cultura e é muitas vezes maltratado - e com o intercâmbio lusófono", contou Afonso. O curador adiantou ainda uma surpresa na sua programação: o ator Thiago Lacerda lerá textos dos dois homenageados do festival. Outra novidade é que o credenciamento do evento abre hoje. Clique no Leia Mais para saber quem são os autores confirmados e outros detalhes da programação.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

Jean Paul Prates | © Marcos OliveiraEstacionado desde agosto de 2017 na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o Projeto de Lei (PL) 49/2015 que quer instituir política nacional de fixação do preço do livro, estabelecendo regras para a comercialização e difusão do livro no país deu um novo passo no início dessa semana. O senador Jean Paul Prates (PT/RN) assumiu a relatoria do PL de autoria da ex-senadora Fátima Bezerra (PT/RN), já que o até então senador Lindbergh Farias não se reelegeu. Jean Paul - que no início do mês apresentou também um projeto de lei que defende aplicação de recursos da Lei Rouanet em bibliotecas e museus - é atualmente o líder da Frente parlamentar mista em defesa do livro e favorável ao PL. Se aprovado na CAE, texto deverá passar ainda pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) e depois submetido à Câmara antes de ir para a sansão presidencial. Em consulta pública, na página do Senado, o projeto da Lei do Preço Fixo tem encontrado resistência. O placar no fechamento desta edição apontava 601 votos a favor e 3.670 contra.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

O Grupo Editorial Nacional abriu uma vaga para assistente de vendas que tenha ensino médio completo, conhecimento básico do Aplicativo Office e conhecimento do sistema Microsiga Protheus. O contratado será responsável pelo cadastro de produtos nos sites dos principais clientes; atendimento ao cliente e processamento de pedidos; e faturamento de todos os produtos e serviços oferecidos pelo GEN. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail recrutamento@grupogen.com.br até 28 de maio.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

Capa americana do livro | © DivulgaçãoA Sextante comprou os direitos do livro The bromance book club, livro de Lyssa Kay Adams. Na história, o jogador de baseball Gavin Scott, estrela do time Nashville Legends, está com problemas sérios no casamento. Ele descobriu recentemente um segredo humilhante: sua esposa, Thea, nem sempre foi sincera na cama. Quando ele perde a calma com a revelação, é a última gota em seu relacionamento já tenso. Desesperado, Gavin encontra ajuda de uma fonte improvável: um clube de leitura de romances secreto composto pelos principais homens “alfa” de Nashville. Com a ajuda de sua leitura atual - um romance de época intitulado “Cortejando a Condessa” -, os homens do clube treinam Gavin para salvar seu casamento. Mas será preciso muito mais do que palavras floridas e gestos grandiosos para esse infeliz Romeu encontrar seu herói interior e reconquistar a confiança de sua esposa. O livro está previsto para 2020.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

A série Dois Olhares que Conversam do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc tem por objetivo reunir dois profissionais de diferentes áreas dialogando sobre um mesmo objeto, ressaltando os diferentes pontos de vista. Nesta quinta (23), 19h30 às 21h30, a série reúne os escritores Milton Hatoum e Jorge Henrique da Silva Romero para uma conversa sobre a obra do homenageado da Flip deste ano, Euclides da Cunha. Hatoum aborda, a partir dos ensaios sobre a viagem de Euclides da Cunha à Amazônia, os temas econômicos, sociais, históricos, culturais, enfatizando o trabalho dos migrantes nordestinos nos seringais do Purus. Para Euclides, uma das grandes questões da Amazônia é o embate entre "civilização e barbárie". Já Jorge Romero levanta a questão da variabilidade do meio físico nordestino atuando sobre a formação da vida sertaneja em seus aspectos sociais, econômicos e psicológicos. O professor traz uma leitura de Os Sertões e de sua importância para a constituição da identidade narrativa. A mediação é de Tania Rivitti. O encontro acontece Centro de Pesquisa e Formação do Sesc (Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – São Paulo / SP) e as inscrições podem ser feitas clicando aqui.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

Começa amanhã (22), às 14h, na Biblioteca Parque Villa-Lobos (Av. Queiroz Filho, 1205 – São Paulo / SP) a oficina Tudo é ficção com o escritor Marcelo Maluf. De 22 a 31 de maio, às quartas e sextas, o autor irá ensinar como transformar uma ideia, uma cena ou um sentimento em um texto lido pelo leitor. Além disso, ele irá apresentar os caminhos e estratégias para a construção de um conteúdo ficcional a partir de elementos do cotidiano, passando por temas essenciais à prosa de ficção, como enredo, personagens e narrador. As inscrições podem ser feitas no site da biblioteca.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

A Editora Paco está com Chamadas Abertas até 10 de junho para publicação de capítulo em livro da Série Estudos Reunidos. A editora busca reunir contribuições que falem sobre a Geografia Agrária a partir da análise do campo brasileiro e latino-americano. As propostas podem ser enviadas para o e-mail livros@pacoeditorial.com.br. No regulamento os interessados podem saber mais sobre as normas e o investimento necessário.

PublishNews, Redação, 21/05/2019

Com o objetivo de revelar um mundo que quase nada tem a ver com os filmes, séries e livros ficcionais inspirados nele, a Aleph, pelo selo Goya, publica a nova edição de História da Bruxaria (280 pp, R$ 66,60 - Trad.: Álvaro Cabral e William Lagos), principal referência sobre o assunto, escrito pelo historiador e estudioso de religiões Jeffrey B. Russell e pelo jornalista e pesquisador independente Brooks Alexander. A obra derruba os principais mitos que cercam este universo e revela como a bruxaria se transformou até chegar aos dias atuais. Para isso, o livro apresenta uma pesquisa abrangente em um novo projeto gráfico, além de mais de 100 ilustrações (entre pinturas, gravuras e fotografias) e dezenas de referências bibliográficas. Pensando de forma cronológica, os autores iniciam a análise pelas origens do termo “bruxaria” e seus antigos usos na África Central. Em seguida, partem para a bruxaria praticada na Europa, cuja descrição destorcida no século 20 ainda hoje é muito abraçada por Hollywood. Já os capítulos dedicados à “caça às bruxas” trazem uma rica discussão sobre a ascensão dos julgamentos e condenações feitas na Inglaterra e nos Estados Unidos e o posterior declínio da prática.

“Não sei por que comecei a escrever, mas sei que a escrita é um dom.”
Patti Smith
Poeta e cantora americana
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O poder oculto
3.
O milagre da manhã
4.
Seja foda!
5.
Brincando com Luccas Neto
6.
Do mil ao milhão
7.
Minha história
8.
Me poupe!
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Poesia que transforma
 
PublishNews, Redação, 21/05/2019

Escrito por uma das maiores autoridades brasileiras no tema, Waldemar Falcão, A história da astrologia para quem tem pressa (Valentina, 200 pp, R$ 34,90) traça um panorama consistente e acessível sobre o surgimento e a evolução do conhecimento astrológico. Em 11 capítulos, o livro ilustrado esclarece erros comumente cometidos por leigos, remonta ao surgimento da astrologia e a grandes astrólogos da História. Apresenta diferenças relacionadas à astronomia, tipos de astrologia, define o que é o Mapa Natal, características dos planetas astrológicos, o que são os signos, as casas astrológicas, os ângulos planetários, os ciclos planetários de vida. Há, ainda, capítulos dedicados à sinastria (estudo de mapas astrais combinados para avaliar relacionamentos, sociedades empresariais), técnicas de astrolocalização, bibliografia, dicas de aplicativos, sites e programas de produtos e serviços astrológicos. Oitavo título da coleção best-seller Para quem tem pressa, com mais de 450 mil exemplares vendidos segundo a editora, tem apresentação da jornalista Ana Maria Bahiana e texto de orelha assinado pela astróloga Claudia Lisboa.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.