Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 11/02/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Redação, 11/02/2019

A HarperCollins, 12º maior grupo editorial do mundo de acordo com o Global 50 – The Ranking of the Publishing Industry de 2018, registrou receita recorde no segundo trimestre de 2019. Para eles, o ano fiscal começa em julho. As receitas mundiais aumentaram 6% entre outubro e dezembro batendo o recorde de US$ 496 milhões, US$ 27 milhões acima do registrado em igual período do ano anterior. Os Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) cresceram 13%, totalizando US$ 88 milhões. No primeiro semestre fiscal, que foi de julho a dezembro, a empresa viu a sua receita crescer 5%, totalizando US$ 914 milhões e aumento significativo de 24% no seu EBITDA, fechando o primeiro semestre fiscal em US$ 153 milhões. A razão para isso? Além de sucessos editoriais como foi o caso de Homebody, de Joanna Gaines, e The next person you meet in heaven, de Mitch Albom, a empresa percebeu um aumento importante das vendas de livros digitais, sobretudo dos audiolivros. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

A revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios deu destaque na última semana para a Omunga, um negócio social que busca impactar crianças por meio da educação. Roberto Pascoal, criador do projeto, queria mudar o cenário brasileiro onde cinco milhões de crianças vivem em um regime de extrema vulnerabilidade social. Para atingir esse objetivo, Pascoal apostou na construção de bibliotecas em áreas vulneráveis e afastadas do país, como o sertão nordestino. A ideia é identificar uma região de vulnerabilidade, levantar dinheiro, mobilizar voluntários e aí construir uma biblioteca na área. Além disso, o empreendedor social oferece formação aos professores locais para ajudarem os alunos a usarem livros e computadores que ganharam. Neste final de semana, a Babel adiantou que o Clube de Autores, plataforma de autopublicação brasileira, começará a vender livros fora do Brasil. Segundo a coluna, um acordo com redes de gráficas nos EUA e Inglaterra vai permitir que leitores de qualquer lugar do mundo (que não esteja em guerra) recebam o livro no mesmo prazo pedido para compras e entregas no Brasil: cerca de uma semana. No ano passado, a plataforma registrou crescimento de 30%. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

Sergio Tiburcio Graciano morre aos 83 anos | © Site da MSPNa última sexta-feira (8) morreu, aos 83 anos, o desenhista Sergio Tiburcio Graciano, que por mais de 50 anos compôs a equipe da Mauricio de Sousa Produções. Mineiro da cidade de Cambuquira, Graciano veio para São Paulo em 1960 para trabalhar como ajudante de pedreiro, mas foi na Mauricio de Sousa que fez a sua grande obra. “Em estúdio pequeno, com poucas pessoas, ajudava em tudo que fosse preciso na produção das tiras que saíam nos jornais. Depois de muito treino e teimosia, tomou gosto pela arte-final. Como arte-finalista, viu o estúdio pequeno virar um gigante. Colaborou com um sem número de histórias e deixou sua contribuição e sua marca pessoal na Turma da Mônica”, comentou por nota a MSP. E quando se fala em marca pessoal não é exagero. Sua digital, como um carimbo, virou cabelo do Cascão para facilitar a produção do desenho que era feito com caneta. Graciano dizia brincando que foi a primeira arte "digital" do estúdio. Mauricio gostou da inovação e aprovou a ideia. Cascão nunca mais foi o mesmo. Graciano inventou a técnica por acaso e é usada até hoje.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

A Leiturinha, maior clube de assinatura de livros infantis e juvenis do Brasil, está com inscrições abertas para o seu programa de relacionamento com editores, o Café com Leiturinha. Até o próximo dia 15, editores interessados em participar de um dos cinco encontros que acontecerão ao longo de 2019 poderão se inscrever por meio de um formulário. As vagas são limitadas, portanto, a inscrição não garante a participação. É necessário aguardar a confirmação que chegará até o dia 18. Os selecionados visitarão a sede da empresa na cidade mineira de Poços de Caldas e terão a chance de submeter títulos para avaliação da equipe de curadoria do clube. Mensalmente, a Leiturinha distribui cerca de 150 mil exemplares aos seus 135 mil assinantes.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

Entre o autor e o leitor; o original e o livro pronto, há várias etapas de trabalho para refinar a forma e o conteúdo de um livro para que ele alcance seu estágio final de produto, em papel ou digital. O conjunto dessa série de etapas é chamada de produção editorial. Desde a aquisição, passando pela edição de textos, projeto gráfico, catalogação e até a divulgação, o papel do produtor editorial é fundamental para controlar prazos, implementar processos e melhorar os trabalhos de outros profissionais envolvidos que vão impactar diretamente a qualidade final de um livro. Por isso, a LabPub, escola 100% EaD com cursos voltados para o mercado editorial, oferece o novo curso de Produção Editorial: do autor ao leitor, que tem como objetivo formar o produtor editorial, apresentando todas as informações necessárias para entender o processo de confecção do livro e gerir projetos editoriais. Ministrado por Carla Bitelli e Guilherme Kroll, ambos formados em editoração pela ECA- USP e com vários trabalhos realizados em diversas editoras, o curso está com desconto de lançamento até amanhã (12), de R$ 1.490 por R$ 690 – em seis parcelas de R$ 115 no cartão.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

O jornalista Rodrigo Casarin inicia esta semana, no Sesc Avenida Paulista (Av. Paulista, 119 – São Paulo / SP) o curso de Criação literária biográfica e autobiográfica. O objetivo das aulas é auxiliar os participantes a criarem narrativas não ficcionais de gêneros literários biográficos e autobiográficos, como perfis, ensaios pessoais e fragmentos relacionados à vida de pessoas reais. Para tal, serão expostos conceitos relacionados ao tema apoiados por trabalhos de renomados autores da área e a ideia é que ao final do curso, o aluno tenha produzido um longo texto dentro de algum dos subgêneros propostos ou tenha desenvolvido um sólido projeto de biografia. Quais as diferenças entre os gêneros e subgêneros? Como as ferramentas da narrativa ficcional podem auxiliar na criação de um bom texto baseado na realidade? Quais as etapas primordiais de uma narrativa biográfica ou autobiográfica? Essas e outras perguntas serão respondidas no curso que começa nesta quarta (13) e segue até 10 de abril, sempre às quartas-feiras, das 14h30 às 16h30. As inscrições podem ser feitas clicando aqui.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

Foi um dia para recordar: o cenário perfeito, o vestido perfeito, as flores perfeitas, 180 convidados – e Rosalind Shaw, abandonada no altar. Lendo de cabeça para baixo (Fábrica 231, 288 pp, R$ 49,90 - Trad.: Angela Pessôa), primeiro livro de Jo Platt, tem todos os elementos das mais engraçadas e inteligentes comédias românticas britânicas. Depois de meses largada em frente à TV, sem forças para sair do sofá, Ros, como é chamada pelos amigos, aceita a oferta de se tornar coproprietária de uma loja de livros antigos, numa cidade do interior. Em meio aos livros, ela faz novos amigos: o intelectual e introvertido Andrew; a bondosa Georgina; e Joan, uma aposentada faladeira, com uma queda por nudez ao ar livre. Uma história leve e divertida sobre sentimentos feridos e mal-entendidos, equívocos e perdões.

PublishNews, Redação, 11/02/2019

Gloria, uruguaia criada no Brasil, tem cerca de 40 anos quando vê ruir todas as certezas de sua vida após sofrer um aborto espontâneo e descobrir que seu corpo não será mais capaz de gestar uma nova vida. Demitida do trabalho e com o pai hospitalizado, ela retorna ao Uruguai da sua infância em busca de respostas e de um pouco de paz. Lá, outros fantasmas estão à sua espera: a irmã gêmea que morreu com poucas semanas de vida mas cuja presença assombraria Gloria até sua vida adulta, e os ecos ainda presentes de um regime autoritário e violento que obrigou muitos uruguaios a buscar o exílio. Tudo isso é narrado com mão leve. Algumas passagens formam uma deliciosa crônica da saudade montevideana, outras fazem um inventário devastador do remorso e do declínio biológico. Estreia de Gabriela Aguerre, O quarto branco (Todavia, 120 pp, R$ 49,90) vai da cólera ao regozijo, da nostalgia à vontade férrea.

“Um livro é um animal vivo.”
Aristóteles
Filósofo (384 a.C-322 a.C)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Me poupe!
4.
Seja foda!
5.
O poder da ação
6.
Os segredos da mente milionária
7.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
8.
Aprendizados
9.
Prisioneiros da mente
10.
O poder do hábito
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.