Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 27/03/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Redação, 27/03/2018

Cerimônia em que foi anunciada a vencedora do Prêmio Alma 2018 | © Carlo CarrenhoO governo sueco anunciou, na manhã desta terça-feira (27), a vencedora do Astrid Lindgren Memorial Award (Alma), prêmio que dá 5 milhões de coroas suecas (o equivalente a R$ 2 milhões) a um autor, ilustrador ou promotor de leitura pelo conjunto de sua obra. A escolhida foi norte-americana Jacqueline Woodson. Na apresentação dentro da programação da Feira do Livro de Bolonha, o júri destacou que a autora, “numa linguagem tão leve quanto o ar, conta histórias de riqueza e profundidade retumbantes”. Nascida em Nova York em 1963, Woodson tem mais de 30 livros publicados, incluindo novelas, poesia e livros ilustrados. Seus livros, normalmente, apresentam um ponto de vista feminino sobre as suas histórias. Racismo, segregação, injustiças social e econômica, preconceito e identidade de gênero são temas recorrentes na sua obra.

PublishNews, Ricardo Costa*, 27/03/2018

A menos que o seu livro seja o Manual de bruxaria da Maga Patalógica e Madame Mim, não estamos falando aqui de “abracadabra” ou “hocus-pocus”. Mas acredite, as palavras-chave podem ser mágicas! Elas podem levar o seu livro a um novo e mais elevado nível de "encontrabilidade"! Convidei meu amigo Bruno Mendes, do #coisadelivreiro, pra contribuir com sua expertise sobre essa magia toda, mas tem tanto assunto pra falar que vamos dividir em dois textos. Então, com vocês, Palavras-chave-mágicas I - uma aula sobre o tema. Se liga aí! Quem já leu os meus primeiros artigos (e colocou o que sugiro lá em prática) já pode ser considerado um "ninja dos metadados". Então é chegada a hora de incluir as informações em sua obra. Sentindo-se confiante, corre para as palavras-chave e pensa: "Quanto mais palavras eu puser aqui, mais facilmente serei encontrado. Certo?" Errado. Da ficha catalográfica às tags de uma campanha no Facebook, lá estarão elas, as palavras-chave fora de contexto. Como evitar? Qual a melhor prática? Clique no Leia Mais e descubra.

PublishNews, Redação, 27/03/2018

A Zahar prepara para este ano, importantes obras para pensar e entender temas atuais. Em junho, a editora lança Ruptura, do sociólogo Manuell Castells. O livro é uma análise do cenário mundial que sofre com a crise da democracia liberal, marcada pela desconfiança nas instituições e pela não legitimidade política. Na obra, o autor apresenta diversas expressões recentes desse panorama como a vitória de Donald Trump, nos EUA e o resultado do Brexit, no Reino Unido. Para setembro a Zahar prepara How democracies die, best-seller do The New York Times, escrito pelos professores da Universidade Harvard, Steven Levitsky e Daniel Ziblatt. A obra é resultado de décadas de pesquisa sobre os processos de ruptura das democracias. A partir de uma ampla variedade de casos ao longo da história, os autores analisam o esfacelamento dos atuais governos democráticos, que já não terminam com uma revolução ou um golpe militar, mas com o lento e constante enfraquecimento das instituições – como o judiciário e a imprensa – e a gradual erosão das normas políticas. O livro também toma como exemplo o governo de Trump.

PublishNews, Redação, 27/03/2018

A BestSeller, selo da Editora Record, prepara para outubro o lançamento do livro Lessons: My path to a meaningful life, da supermodelo Gisele Bündchen. Ainda sem nome em português, a obra mistura memórias e ensinamentos de Gisele, desde a infância no Sul do Brasil, passando pelo início da carreira de modelo aos 14 anos, até a transformação na mais bem-sucedida modelo do mundo. No texto, ela vai além disso, e revela também detalhes da vida pessoal. Apesar de ter o nome conhecido nos quatro cantos do mundo e de ser casada com outra figura pública - o jogador de futebol americano Tom Brady -, Gisele sempre manteve sua vida privada longe dos holofotes. Em Lessons, ela compartilha suas experiências e reflexões ao longo de seus 37 anos, com direito até a dicas práticas e ensinamentos sobre os valores e ferramentas que a acompanharam ao longo de sua trajetória. 

PublishNews, Redação, 27/03/2018

© Fernando Frazão / Agência BrasilHoje é dia de jogo. Dia de Brasil versus Alemanha. E mais uma vez a Lote 42 terá a sua já famosa promoção do ‘7x1’. Para quem não lembra, a ideia surgiu em 2014 quando a editora disse que daria 10% de desconto em todos os seus livros para cada gol que o Brasil sofresse, e o resto da história todo mundo já sabe. Então hoje, a partir das 15h45, os livros da Lote 42 podem ter descontos bem vantajosos, lembrando que a promoção vale para todas as obras do catálogo da editora com disponibilidade em estoque na banca virtual da Banca Tatuí e que dessa vez o desconto é limitado a sete gols (70%).

PublishNews, Redação, 27/03/2018

A primeira Feira do Livro da Unesp está chegando (11 a 14/04). Mais de 100 editoras já confirmaram presença no evento dentre elas grandes casas como Companhia das Letras, Ediouro, Globo Livros e a própria Editora da Unesp que selecionou mais de 400 títulos para levar ao evento com descontos de até 50%. O evento, que tem entrada gratuita, tem como principal objetivo a valorização do livro e da leitura, por meio do oferecimento de títulos, diretamente pelas editoras, com descontos e irá acontecer na área anexa ao Instituto de Artes da Unesp, localizado no campus que fica ao lado da Estação Barra Funda do Metrô de São Paulo. 

PublishNews, Redação, 27/03/2018

Nesta quarta-feira (28), a Editora Melhoramentos comemora os 50 anos do livro O meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos. A obra que marcou gerações com a história de Zezé, “um meninozinho que um dia descobriu a dor”, ganhou um evento especial que contará com a presença do público e dos apaixonados pela literatura para discutir sua importância. Mediada por Cadão Volpato, diretor do Centro Cultural São Paulo (CCSP), a conversa contará ainda com a presença de Luiz Antonio Aguiar, criador do suplemento de leitura e das notas da edição comemorativa, e da jornalista Maria Fernanda Rodrigues, do Estado de S. Paulo. O evento começa às 19h30, no Espaço Mário Chamie do CCSP (Rua Vergueiro, 100 – São Paulo / SP). O meu pé de laranja lima foi lançado pela Melhoramentos em 1968 e para celebrar os 50 anos, a obra está de cara nova. A edição especial ganhou capa dura e novo projeto gráfico, com ilustração de capa de Laurent Cardon, informações sobre o livro, o autor, o contexto histórico da narrativa e notas de rodapé.

PublishNews, Redação, 27/03/2018

O Instituto CCR está com as inscrições abertas para o 3º Edital de Projetos Culturais, iniciativa que tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento da cultura em municípios em que o Grupo CCR atua. Ao todo, o Instituto apoiará com R$ 3 milhões via Lei Rouanet esses projetos, 50% a mais do que a última edição, sendo que cada um dos aprovados terá verba máxima de R$ 300 mil. Outra novidade é a inclusão de proponentes das capitais e demais estados em que a CCR opera, mas o foco de execução dos projetos permanece sendo as regiões onde se localizam as empresas do grupo. As inscrições para o 3º Edital de Projetos Culturais podem ser feitas até o dia 26 de abril através do site oficial do Instituto CCR. Para participar, os proponentes – apenas Pessoa Jurídica – devem ter projetos previamente aprovados para o recebimento de aportes via Lei Rouanet. Serão aceitos projetos que se enquadrem no artigo 18: artes cênicas, livros de valor artístico, literário e científico, música erudita ou instrumental, circulação de exposições de artes plásticas e doação de acervos para bibliotecas públicas e museus. A escolha dos contemplados será feita por uma comissão de seleção.

“E escrevo sobre relações de classe porque, quando reflito sobre pessoas, elas estão todas em classes diferentes – este é o resultado natural do meu trabalho.”
Elizabeth Strout
Escritora americana
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Combate espiritual
3.
Ainda sou eu
4.
Sapiens
5.
A parte que falta
6.
Outros jeitos de usar a boca
7.
Propósito
8.
O que o Sol faz com as flores
9.
Seja foda!
10.
Crer ou não crer
 
PublishNews, Redação, 27/03/2018

A Editora Kapulana está com inscrições abertas para quem quiser fazer parte de seu catálogo. A linha editorial da editora prioriza obras que tratem de questões marginalizadas, tais como questões raciais, de gênero, de sexualidades e de minorias sociais. Os gêneros e estilos podem ser diversos: romances, contos, crônicas, poemas, biografias, adultos, infantis e juvenis. Os escritores brasileiros que quiserem se inscrever devem preencher o formulário e enviar os originais até 31 de março. 

PublishNews, Redação, 27/03/2018

Casa das Rosas recebe espetáculo intimista inspirado na vida de Anne Frank | © Collectie Anne Frank Stichting Amsterdam / Domínio público / WikiCommonsA Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo / SP) prepara para abril o espetáculo intimista Anne Frank. Na releitura dramática o público revive as angústias diante dos horrores da Segunda Guerra Mundial, a partir do olhar sensível da adolescente. A peça da companhia Cid Chagas integra a programação sobre migração, que acontece durante todo o ano no museu-casa. Em julho de 1942, Anne e sua família (pais e irmã), além de outros judeus, se esconderam em um anexo secreto junto ao escritório de seu pai, em Amsterdã, durante a ocupação nazista nos Países Baixos. Durante o tempo escondida, Anne Frank usou seu diário para contar sobre sua vida antes e depois do confinamento. Em agosto de 1944, agentes da Gestapo detiveram todos os escondidos, separando Anne de seus pais e levando todos para campos de concentração. O diário de Anne Frank foi entregue por Miep Gies a Otto H. Frank, seu pai, após a morte de Anne Frank ser confirmada – ela faleceu no campo de concentração Bergen-Belsen em março de 1945, quando tinha 15 anos. O espetáculo acontece de 6 a 8 de abril, às 19h, e no domingo, às 11h.

PublishNews, Redação, 26/03/2018

David Peralta tem sorte. Ele trabalha na editora que publica o misterioso escritor do momento, Thomas Maud – autor de uma das mais brilhantes sagas da literatura contemporânea, A hélice. Amada por milhares de pessoas ao redor do mundo, a série ainda não está acabada, e a editora não recebeu nenhum sinal de quando o último volume vai chegar. Preocupado, o dono da empresa encarrega o editor David Peralta com a missão de procurar o recluso Thomas Maud. A ideia é que ele consiga o último livro da série e salve as finanças da editora. Mas o que fazer para encontrar alguém que aparentemente não existe? Seguindo uma única pista concreta — o enigmático autor tem seis dedos na mão direita —, as pesquisas levam David Peralta ao vilarejo de Valle de Aran, lugar pequeno e habitado por um grupo de personagens extravagantes. Paralelo à busca de David, um único exemplar de A hélice vai passando de mão em mão, transformando a vida de quem o lê. O giro da hélice (Alfaguara / Companhia das Letras, 376 pp, R$ 59,90 – Trad.: Joana Angélica D’Avila Melo) é o primeiro romance de Santiago Pajares.

PublishNews, Redação, 26/03/2018

Numa manhã, a jovem arquiteta Lígia fica sabendo do suicídio de Cássio, morador do condomínio onde ela vive. Pouco depois, surpreende-se com a revelação de que teria presenciado o momento em que o rapaz se lançou da janela do seu apartamento. Apontada como única testemunha da morte, Lígia precisa dar explicações à polícia, e o caso passa a mexer com ela profundamente. Na tentativa de entender seu próprio papel nessa história, a arquiteta resolve investigar a vida daquele homem e o que o levou a concretizar o plano de morrer – o mesmo plano com o qual ela já havia flertado algumas vezes no passado. A jovem consegue então se aproximar de amigos e familiares de Cássio e invadir seu apartamento. À medida que junta as peças daquele homem partido, ela começa a se identificar com a imagem que vai construindo do rapaz. Como num jogo de espelhos, Átimo (Instante, 184 pp, R$ 44,90), de Kiko Rieser, propõe uma trama de reflexos e projeções, no qual a protagonista acaba se voltando para si, numa autoanálise dolorosa, em busca de explicação para o desejo de dar cabo da própria vida.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.