Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 27/03/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Redação, 27/03/2018

Cerimônia em que foi anunciada a vencedora do Prêmio Alma 2018 | © Carlo CarrenhoO governo sueco anunciou, na manhã desta terça-feira (27), a vencedora do Astrid Lindgren Memorial Award (Alma), prêmio que dá 5 milhões de coroas suecas (o equivalente a R$ 2 milhões) a um autor, ilustrador ou promotor de leitura pelo conjunto de sua obra. A escolhida foi norte-americana Jacqueline Woodson. Na apresentação dentro da programação da Feira do Livro de Bolonha, o júri destacou que a autora, “numa linguagem tão leve quanto o ar, conta histórias de riqueza e profundidade retumbantes”. Nascida em Nova York em 1963, Woodson tem mais de 30 livros publicados, incluindo novelas, poesia e livros ilustrados. Seus livros, normalmente, apresentam um ponto de vista feminino sobre as suas histórias. Racismo, segregação, injustiças social e econômica, preconceito e identidade de gênero são temas recorrentes na sua obra.

PublishNews, Ricardo Costa*, 27/03/2018

A menos que o seu livro seja o Manual de bruxaria da Maga Patalógica e Madame Mim, não estamos falando aqui de “abracadabra” ou “hocus-pocus”. Mas acredite, as palavras-chave podem ser mágicas! Elas podem levar o seu livro a um novo e mais elevado nível de "encontrabilidade"! Convidei meu amigo Bruno Mendes, do #coisadelivreiro, pra contribuir com sua expertise sobre essa magia toda, mas tem tanto assunto pra falar que vamos dividir em dois textos. Então, com vocês, Palavras-chave-mágicas I - uma aula sobre o tema. Se liga aí! Quem já leu os meus primeiros artigos (e colocou o que sugiro lá em prática) já pode ser considerado um "ninja dos metadados". Então é chegada a hora de incluir as informações em sua obra. Sentindo-se confiante, corre para as palavras-chave e pensa: "Quanto mais palavras eu puser aqui, mais facilmente serei encontrado. Certo?" Errado. Da ficha catalográfica às tags de uma campanha no Facebook, lá estarão elas, as palavras-chave fora de contexto. Como evitar? Qual a melhor prática? Clique no Leia Mais e descubra.

PublishNews, Redação, 27/03/2018

A Zahar prepara para este ano, importantes obras para pensar e entender temas atuais. Em junho, a editora lança Ruptura, do sociólogo Manuell Castells. O livro é uma análise do cenário mundial que sofre com a crise da democracia liberal, marcada pela desconfiança nas instituições e pela não legitimidade política. Na obra, o autor apresenta diversas expressões recentes desse panorama como a vitória de Donald Trump, nos EUA e o resultado do Brexit, no Reino Unido. Para setembro a Zahar prepara How democracies die, best-seller do The New York Times, escrito pelos professores da Universidade Harvard, Steven Levitsky e Daniel Ziblatt. A obra é resultado de décadas de pesquisa sobre os processos de ruptura das democracias. A partir de uma ampla variedade de casos ao longo da história, os autores analisam o esfacelamento dos atuais governos democráticos, que já não terminam com uma revolução ou um golpe militar, mas com o lento e constante enfraquecimento das instituições – como o judiciário e a imprensa – e a gradual erosão das normas políticas. O livro também toma como exemplo o governo de Trump.

PublishNews, Redação, 27/03/2018

A BestSeller, selo da Editora Record, prepara para outubro o lançamento do livro Lessons: My path to a meaningful life, da supermodelo Gisele Bündchen. Ainda sem nome em português, a obra mistura memórias e ensinamentos de Gisele, desde a infância no Sul do Brasil, passando pelo início da carreira de modelo aos 14 anos, até a transformação na mais bem-sucedida modelo do mundo. No texto, ela vai além disso, e revela também detalhes da vida pessoal. Apesar de ter o nome conhecido nos quatro cantos do mundo e de ser casada com outra figura pública - o jogador de futebol americano Tom Brady -, Gisele sempre manteve sua vida privada longe dos holofotes. Em Lessons, ela compartilha suas experiências e reflexões ao longo de seus 37 anos, com direito até a dicas práticas e ensinamentos sobre os valores e ferramentas que a acompanharam ao longo de sua trajetória. 

PublishNews, Redação, 27/03/2018

© Fernando Frazão / Agência BrasilHoje é dia de jogo. Dia de Brasil versus Alemanha. E mais uma vez a Lote 42 terá a sua já famosa promoção do ‘7x1’. Para quem não lembra, a ideia surgiu em 2014 quando a editora disse que daria 10% de desconto em todos os seus livros para cada gol que o Brasil sofresse, e o resto da história todo mundo já sabe. Então hoje, a partir das 15h45, os livros da Lote 42 podem ter descontos bem vantajosos, lembrando que a promoção vale para todas as obras do catálogo da editora com disponibilidade em estoque na banca virtual da Banca Tatuí e que dessa vez o desconto é limitado a sete gols (70%).

PublishNews, Redação, 27/03/2018

A primeira Feira do Livro da Unesp está chegando (11 a 14/04). Mais de 100 editoras já confirmaram presença no evento dentre elas grandes casas como Companhia das Letras, Ediouro, Globo Livros e a própria Editora da Unesp que selecionou mais de 400 títulos para levar ao evento com descontos de até 50%. O evento, que tem entrada gratuita, tem como principal objetivo a valorização do livro e da leitura, por meio do oferecimento de títulos, diretamente pelas editoras, com descontos e irá acontecer na área anexa ao Instituto de Artes da Unesp, localizado no campus que fica ao lado da Estação Barra Funda do Metrô de São Paulo. 

PublishNews, Redação, 27/03/2018

Nesta quarta-feira (28), a Editora Melhoramentos comemora os 50 anos do livro O meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos. A obra que marcou gerações com a história de Zezé, “um meninozinho que um dia descobriu a dor”, ganhou um evento especial que contará com a presença do público e dos apaixonados pela literatura para discutir sua importância. Mediada por Cadão Volpato, diretor do Centro Cultural São Paulo (CCSP), a conversa contará ainda com a presença de Luiz Antonio Aguiar, criador do suplemento de leitura e das notas da edição comemorativa, e da jornalista Maria Fernanda Rodrigues, do Estado de S. Paulo. O evento começa às 19h30, no Espaço Mário Chamie do CCSP (Rua Vergueiro, 100 – São Paulo / SP). O meu pé de laranja lima foi lançado pela Melhoramentos em 1968 e para celebrar os 50 anos, a obra está de cara nova. A edição especial ganhou capa dura e novo projeto gráfico, com ilustração de capa de Laurent Cardon, informações sobre o livro, o autor, o contexto histórico da narrativa e notas de rodapé.

PublishNews, Redação, 27/03/2018

O Instituto CCR está com as inscrições abertas para o 3º Edital de Projetos Culturais, iniciativa que tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento da cultura em municípios em que o Grupo CCR atua. Ao todo, o Instituto apoiará com R$ 3 milhões via Lei Rouanet esses projetos, 50% a mais do que a última edição, sendo que cada um dos aprovados terá verba máxima de R$ 300 mil. Outra novidade é a inclusão de proponentes das capitais e demais estados em que a CCR opera, mas o foco de execução dos projetos permanece sendo as regiões onde se localizam as empresas do grupo. As inscrições para o 3º Edital de Projetos Culturais podem ser feitas até o dia 26 de abril através do site oficial do Instituto CCR. Para participar, os proponentes – apenas Pessoa Jurídica – devem ter projetos previamente aprovados para o recebimento de aportes via Lei Rouanet. Serão aceitos projetos que se enquadrem no artigo 18: artes cênicas, livros de valor artístico, literário e científico, música erudita ou instrumental, circulação de exposições de artes plásticas e doação de acervos para bibliotecas públicas e museus. A escolha dos contemplados será feita por uma comissão de seleção.

“E escrevo sobre relações de classe porque, quando reflito sobre pessoas, elas estão todas em classes diferentes – este é o resultado natural do meu trabalho.”
Elizabeth Strout
Escritora americana
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Combate espiritual
3.
Ainda sou eu
4.
Sapiens
5.
A parte que falta
6.
Outros jeitos de usar a boca
7.
Propósito
8.
O que o Sol faz com as flores
9.
Seja foda!
10.
Crer ou não crer
 
PublishNews, Redação, 27/03/2018

A Editora Kapulana está com inscrições abertas para quem quiser fazer parte de seu catálogo. A linha editorial da editora prioriza obras que tratem de questões marginalizadas, tais como questões raciais, de gênero, de sexualidades e de minorias sociais. Os gêneros e estilos podem ser diversos: romances, contos, crônicas, poemas, biografias, adultos, infantis e juvenis. Os escritores brasileiros que quiserem se inscrever devem preencher o formulário e enviar os originais até 31 de março. 

PublishNews, Redação, 27/03/2018

Casa das Rosas recebe espetáculo intimista inspirado na vida de Anne Frank | © Collectie Anne Frank Stichting Amsterdam / Domínio público / WikiCommonsA Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo / SP) prepara para abril o espetáculo intimista Anne Frank. Na releitura dramática o público revive as angústias diante dos horrores da Segunda Guerra Mundial, a partir do olhar sensível da adolescente. A peça da companhia Cid Chagas integra a programação sobre migração, que acontece durante todo o ano no museu-casa. Em julho de 1942, Anne e sua família (pais e irmã), além de outros judeus, se esconderam em um anexo secreto junto ao escritório de seu pai, em Amsterdã, durante a ocupação nazista nos Países Baixos. Durante o tempo escondida, Anne Frank usou seu diário para contar sobre sua vida antes e depois do confinamento. Em agosto de 1944, agentes da Gestapo detiveram todos os escondidos, separando Anne de seus pais e levando todos para campos de concentração. O diário de Anne Frank foi entregue por Miep Gies a Otto H. Frank, seu pai, após a morte de Anne Frank ser confirmada – ela faleceu no campo de concentração Bergen-Belsen em março de 1945, quando tinha 15 anos. O espetáculo acontece de 6 a 8 de abril, às 19h, e no domingo, às 11h.

PublishNews, Redação, 26/03/2018

David Peralta tem sorte. Ele trabalha na editora que publica o misterioso escritor do momento, Thomas Maud – autor de uma das mais brilhantes sagas da literatura contemporânea, A hélice. Amada por milhares de pessoas ao redor do mundo, a série ainda não está acabada, e a editora não recebeu nenhum sinal de quando o último volume vai chegar. Preocupado, o dono da empresa encarrega o editor David Peralta com a missão de procurar o recluso Thomas Maud. A ideia é que ele consiga o último livro da série e salve as finanças da editora. Mas o que fazer para encontrar alguém que aparentemente não existe? Seguindo uma única pista concreta — o enigmático autor tem seis dedos na mão direita —, as pesquisas levam David Peralta ao vilarejo de Valle de Aran, lugar pequeno e habitado por um grupo de personagens extravagantes. Paralelo à busca de David, um único exemplar de A hélice vai passando de mão em mão, transformando a vida de quem o lê. O giro da hélice (Alfaguara / Companhia das Letras, 376 pp, R$ 59,90 – Trad.: Joana Angélica D’Avila Melo) é o primeiro romance de Santiago Pajares.

PublishNews, Redação, 26/03/2018

Numa manhã, a jovem arquiteta Lígia fica sabendo do suicídio de Cássio, morador do condomínio onde ela vive. Pouco depois, surpreende-se com a revelação de que teria presenciado o momento em que o rapaz se lançou da janela do seu apartamento. Apontada como única testemunha da morte, Lígia precisa dar explicações à polícia, e o caso passa a mexer com ela profundamente. Na tentativa de entender seu próprio papel nessa história, a arquiteta resolve investigar a vida daquele homem e o que o levou a concretizar o plano de morrer – o mesmo plano com o qual ela já havia flertado algumas vezes no passado. A jovem consegue então se aproximar de amigos e familiares de Cássio e invadir seu apartamento. À medida que junta as peças daquele homem partido, ela começa a se identificar com a imagem que vai construindo do rapaz. Como num jogo de espelhos, Átimo (Instante, 184 pp, R$ 44,90), de Kiko Rieser, propõe uma trama de reflexos e projeções, no qual a protagonista acaba se voltando para si, numa autoanálise dolorosa, em busca de explicação para o desejo de dar cabo da própria vida.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.