Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 23/03/2018
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Leonardo Neto, 23/03/2018

Stephen Hawking tendo a experiência de gravidade zero | © Jim Campbell / Aero-News NetworkUm dos grandes destaques da semana foi o reaparecimento do livro Uma breve história do tempo (Intrínseca), de Stephen Hawking, que morreu no último dia 14. Ele ocupa a quarta posição da Lista de Não Ficção, com 2.113 cópias vendidas. O Ranking Geral da Semana continua liderado pel’A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), de Mark Manson, com 12.312 cópias vendidas. Combate espiritual (Petra / Ediouro), do padre Reginaldo Manzotti, subiu para a segunda posição, ao vender 8.360 cópias, e Ainda sou eu (Intrínseca), de Jojo Moyes, que estava em segundo, caiu para o terceiro lugar, com 4.817 exemplares vendidos. Na comparação com a semana passada, a lista perdeu 22% nos números gerais de vendas. Lembrando que, na semana passada, esse índice estava 70% acima dos apurados no período anterior. A categoria que mais sofreu com essa baixa foi a de Ficção (-32%), seguido de Não Ficção (-24%), Infantojuvenil (-17%), Negócios (-17%) e Autoajuda (-16%). Clique no Leia Mais e confira outros destaques da lista dessa semana.

PublishNews, Pedro Almeida, 23/03/2018

Depois de muitos anos acompanhando (e invejando) as atividades realizadas pelos diversos órgãos que promovem a cultura de seus países no Brasil, ainda me pergunto: por que até hoje não temos nada parecido? Tratam-se de instituições essenciais para qualquer nação que deseje ampliar sua influência política e cultural e negócios no exterior, o seu soft power... Não trago aqui a resposta, mas aponto a relevância destes órgãos, as atividades que realizam e porque, mesmo nações que já possuem grande influência internacional, mantêm redes enormes desses núcleos para a promoção de sua cultura no estrangeiro, e continuam apostando na importância econômica da exportação de sua cultura. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra dessa coluna

PublishNews, Volnei Canônica, 22/03/2018

Piet Grobler (ao meio) com Roger Mello e Volnei CanônicaA instalação Migrations reuniu 350 cartões postais feitos por artistas de várias partes do mundo. São imagens de aves migratórias, aves que não restringem o seu voo a nenhuma parte do planeta. Uma iniciativa do ilustrador sul-africano Piet Grobler, exibida na cidade de Stellenbosch, África do Sul. Depois, a exposição segue para a Ilha de Nami, na Coréia do Sul e Worcester, na Inglaterra. O Centro de Leitura Quindim já está em tratativas para a exposição migrar para o Brasil. Para as aves migratórias o voo é livre! O direito de ir e vir está garantido. Não exige passaporte e muito menos visto. Não é obrigado passar pelas cabines das polícias federais de nenhum país e nem declarar os pertences na Alfandega. Os ilustradores brasileiros, André Neves, Marcelo Pimentel, Marilda Castanha, Renata Bueno, Roger Mello e Terezinha Escobar participam da instalação. São trabalhos totalmente diferentes e cada artista revela a sua leitura sobre o tema. O premiado ilustrador Shaun Tan fez o prefácio para a instalação Migrations: “Uma exposição como essa não é apenas uma exposição. É mais do que uma coleção de mensagens poéticas, um chamado à consciência, uma celebração de valores humanistas, uma contemplação de sentimentos complexos sobre os quais é lançada à luz brilhante da imaginação”. Shaun Tan ressalta ainda o papel fundamental que os artistas têm ao se manifestarem sobre o tema: “Os artistas podem não ser capazes de mudar regimes, influenciar os governos ou salvar os migrantes, mas podem conscientizar uma realidade que se tornou parte do ambiente sociopolítico contemporâneo. Como narradores e comunicadores visuais, podemos continuar a colocar questões e desafiar a indiferença no trabalho que fazemos, destacando o impacto positivo que a migração de povos, culturas e ideias já teve em todo o mundo". Clique no Leia Mais e confira as obras de cada um dos que representaram o Brasil na exposição.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

Cintia Moscovich conduz laboratório de leitura e escrita na Estação das Letras | © Luis VenturaLogo mais, às 19h30, a escritora e jornalista Cintia Moscovich, abre, na Estação das Letras (Rua Marquês de Abrantes, 177 – Rio de Janeiro / RJ), o Laboratório de Leitura e Escrita, Vivência literária. Ao longo de 10 encontros, cinco escritores irão propor uma reflexão sobre o ato de escrever, particularmente no que diz respeito à prosa de ficção e os participantes serão estimulados a produzir textos, discuti-los e analisá-los em conjunto. A partir das demandas teóricas surgidas de necessidades específicas serão introduzidos elementos de teoria literária e de processo de criação. Neste curso, a leitura crítica dos textos alheios é fundamental para a elaboração de uma escrita criativa. As aulas com Cintia acontecem hoje, das 18h às 21h e amanhã (24), das 10h às 13h. O segundo escritor confirmado é Ronaldo Wrobel, em abril.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

Já pensou no que se passa na cabeça de um autor ao escrever seu livro? Como será que ele supera bloqueios criativos? Qual a sensação de enviar um livro a uma editora, acompanhar o processo de produção e ver seu livro nas estantes de uma livraria? Para responder todas essas perguntas, a Casa do Saber (Rua Dr. Mario Ferraz, 414 – São Paulo / SP) preparou para amanhã (24), às 11h, um bate-papo mediado por Daniel Pinsky, fundador da Editora Labrador, com três autores -- Andréa Kogan, Fabio de Biazzi e Leonardo Liporone Haruki -- que contarão suas experiências ao escrever e publicar um livro. O encontro apresenta, de forma descontraída, os detalhes, desafios e surpresas de todos os processos de criação e divulgação da obra, da ideia ao leitor. 

PublishNews, Redação, 23/03/2018

Jardim Casa das Rosas | © André HoffA Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo / SP) organiza neste sábado (24), um stand-up poético para que o público do museu entre em contato com os poetas contemporâneos e seus trabalhos. Durante a apresentação que será no jardim da casa-museu, cada poeta terá de 20 a 30 minutos para recitar poemas próprios ou de escritores que o influenciaram. A cada 15 dias, diferentes poetas apresentam seu repertório ao público. Nessa edição do Expresso Poesia, o convidado é Reuben da Rocha, poeta e artista visual. Vive em São Paulo e também assina como Cavalodada. O evento começa a partir das 14h30.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

Quem gosta de literatura e de teatro terá uma ótima oportunidade para apreciar ambos os gêneros em uma única atividade. É que nessa sexta-feira (23) e no dia 27 de abril, a Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves, 546 – São Paulo / SP) realiza duas leituras dramáticas nas quais os participantes podem conhecer e contemplar as obras do patrono do museu. As leituras abordarão alguns clássicos como Macunaíma, e também textos menos conhecidos, como as trocas de cartas entre o escritor e Manuel Bandeira. Além disso, serão trabalhados alguns poemas de ambos poetas e a música Viola Quebrada, composta por Mário. Coordenados pelo ator e diretor Helder Mariani, os encontros serão às sextas-feiras, das 20h às 21h.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

© Lima AndruškaNeste sábado (24), a Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2500 – São Paulo / SP) recebe o psiquiatra e escritor, Augusto Cury. Na ocasião, o autor dará uma palestra gratuita e lançará a obra Socorro, meu filho não tem limites! (Academia / Planeta, 160 pp, R$ 29,90). Que limites colocar? Como corrigir e dialogar com inteligência? Como acalmar a mente de filhos ansiosos? Como amar sem criar pequenos imperadores? No livro, Cury propõe uma reflexão sobre esses temas e vai além falando sobre os limites saudáveis e a necessidade da gestão emocional dos pais para o sucesso da formação dos filhos. Após a palestra, o autor irá autografar a obra.

“Escrever ficção me trouxe a compreensão do poder da memória.”
Edney Silvestre
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Combate espiritual
3.
Ainda sou eu
4.
Sapiens
5.
A parte que falta
6.
Outros jeitos de usar a boca
7.
Propósito
8.
O que o Sol faz com as flores
9.
Seja foda!
10.
Crer ou não crer
 
PublishNews, Redação, 23/03/2018

A Fundação Torino, escola bilíngue de Belo Horizonte reconhecida tanto pelo governo brasileiro quanto pelo italiano, decidiu transformar o Atentado Poético, projeto que tinha como ideia transformar a cidade numa enorme biblioteca, em um Circuito Literário. Tendo o livro como homenageado e tema central de todas as atividades, a instituição preparou uma programação que tem como objetivo reunir os alunos e toda a comunidade em um evento que contará com sarau poético-musical, mostra de curtas, editoras convidadas, arte gráfica, exposições, contação de histórias, literatura digital e bate-papo com autores e autoras de literatura jovem. Além disso o evento terá oficinas que ensinarão as etapas do processo de criação e produção de um livro. O I Circuito Literário Fundação Torino acontece amanhã (24), a partir das 9h, na Rua Jornalista Djalma Andrade, 1300 – Belo Horizonte/ MG e será gratuito e aberto ao público. A programação completa do evento pode ser acessada clicando aqui.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

Mesmo com as conquistas femininas alcançadas ao longo dos anos, muitas mulheres ainda deparam com o machismo, especialmente na vida profissional. Em Clube da luta feminina (Fábrica 231 / Rocco, 336 pp, R$ 39,90 – Trad.: Simone Campos), a jornalista Jessica Bennett, contratada para assumir a recém-criada editoria de gênero do The New York Times, constrói um guia incisivo e irônico de como sobreviver ao sexismo no ambiente de trabalho. Mesclando experiências pessoais e de outras mulheres e conselhos nada politicamente corretos com pesquisas e estatísticas sérias, Bennett oferece dicas valiosas e bem-humoradas para a mulher enfrentar o machismo na sociedade atual e combater o terreno minado e muitas vezes sutil do preconceito no ambiente corporativo. Com projeto gráfico moderno, repleto de ilustrações e esquemas divertidos, o livro fala tanto dos desafios externos enfrentados pelas mulheres cotidianamente, quanto dos comportamentos arraigados e auto-sabotadores delas próprias no dia a dia do escritório, sempre num tom informal e sarcástico.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

Protagonista de filmes como Os instrumentos mortais e Espelho, espelho meu, Lily Collins estreia na literatura com esta autobiografia cheia de confissões, reflexões e lições com as quais muitas jovens certamente vão se identificar. O tema central de Sem filtro (Galera / Record, 240 pp, R$ 44,90 – Trad.: Joana Ferreira de Faro) é a importância da auto-aceitação. Filha do músico Phil Collins, Lily exibe suas vulnerabilidades sem medo e fala de passagens difíceis como seus problemas com o distúrbio alimentar e relacionamentos abusivos. Conta ainda de sua paixão pelo jornalismo, pela indústria do entretenimento e narra como se tornou uma cozinheira muito competente. A atriz compartilha também como demorou a aprender sobre amor próprio e a desistir de alcançar uma perfeição inatingível. Com uma escrita engraçada e ao mesmo tempo delicada e sensível, ela conta ainda histórias sobre sua família, as pessoas que a apoiaram, e compartilha curiosidades sobre seu dia a dia.

PublishNews, Redação, 23/03/2018

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.