Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 04/08/2020
A Fino Verbo é uma empresa de revisão, redação e preparação de textos para diversos segmentos, ou seja, se tem texto, nós podemos ajudar.
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 04/08/2020

Em maio passado, a Biblioteca Mário de Andrade abriu um chamamento público para que editoras apresentassem títulos que poderão compor o seu acervo nos próximos anos. O Diário Oficial da Cidade de São Paulo trouxe, na sua edição da última sexta-feira (31), a primeira relação de obras selecionadas pelo edital. Ao todo, foram escolhidos 1,5 mil novos títulos, de 77 editoras, totalizando mais de 2,5 mil novos exemplares que farão parte do acervo da segunda maior biblioteca pública da América Latina. A ideia desta modalidade de compra foi sugerida pelos membros do Conselho do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca da cidade de São Paulo, como medida de apoio às editoras no momento da pandemia. As editoras que tiveram títulos selecionados receberão informações sobre a documentação necessária para concluir a aquisição por e-mail. As obras que não foram selecionadas nesta primeira peneira continuarão no banco de dados da Mário de Andrade para futuras compras. Clique no Leia Mais para conferir alguns títulos que aparecem na lista.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

Ana Grilo é editora do site The Book Smugglers, vencedor do Hugo Awards na categoria Best Fanzine | © ReproduçãoNo último sábado (1º), o Hugo Awards, prêmio que, desde 1953 dá reconhecimento às obras de ficção científica escritas por autores independente da nacionalidade, divulgou os ganhadores do seu certame de 2020 e tem uma brasileira entre eles. Ana Grilo (na foto ao lado), brasileira radicada na Inglaterra, levou na categoria Best Fanzine, pelo site The Book Smugglers tocado em parceria com a editora filipina Thea James. Fundado em 2008, The Book Smugglers se presta a resenhar livros de ficção científica, “além de ser uma saída para a obsessão sem fim de Ana e Thea por livros”, como elas descrevem no próprio site. O prêmio de Best Novel deste ano foi para A memory called Empire, de Arkady Matine; Best Novella para This is how you lose the time war, de Amal El-Mohtar e Max Gladstone, e Best Novelette, para Emergency skin, de N.K. Jemisin. Clique aqui para conferir a lista completa de ganhadores nas 19 categorias.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

A Biblioteca Pública do Paraná abriu as inscrições para o Prêmio Biblioteca Digital, seu novo concurso literário. O prêmio foi criado para fomentar a produção e circulação de livros inéditos no formato de e-book e irá selecionar obras em quatro categorias: Romance, Conto, Poesia e Infantil. Os interessados têm até 13 de setembro para realizar as inscrições gratuitamente. Para isso basta preencher o formulário on-line no site da BPP. Os três primeiros colocados de cada categoria receberão prêmios em dinheiro: R$ 10 mil (primeiro lugar), R$ 5 mil (segundo lugar) e R$ 3 mil (terceiro lugar). Os 12 livros vencedores formarão uma coleção e serão disponibilizados para download gratuito também no site da Biblioteca.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

A Editora Panini lançou dois novos selos da DC Comics: DC Kids, indicado para leitores de oito a 12 anos, e DC Teens, feito para jovens a partir de 13 anos de idade. As novidades fazem parte do projeto DC para Jovens Leitores, que busca incentivar o hábito da leitura entre crianças e adolescentes por meio de publicações com linguagem jovial e personagens que vivenciam situações semelhantes às dos leitores que tenham a idade indicativa dos títulos. "Os títulos possuem uma linguagem mais despojada e didática, com arte diferenciada, o que facilita ainda mais a compreensão. Estamos otimistas com as publicações que estão por vir", explica Marcelo Adriano, gerente de marketing da Panini Brasil. Os primeiros lançamentos serão Querida liga da justiça (DC Kids) e Jovens Titãs – Ravena (DC Teens). Escritos por autores de best-sellers, como Michael Northrop e Kami Garcia, e ilustrados por Gabriel Picolo e Gustavo Duarte, os livros estarão disponíveis mensalmente e poderão ser encontrados nas principais bancas e livrarias do país.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

A Carochinha Editora, especializada na publicação de livros infantis, abriu uma vaga para assistente de relacionamento. O contratado irá atuar no atendimento e no relacionamento com clientes, em especial escolas; na organização e na manutenção da base de clientes cadastrados; auxiliar no desenvolvimento e no envio de conteúdos educacionais; atuar na prospecção de novas escolas adotantes e novos clientes por meio de CRM; e monitorar divulgadores e distribuidores em todo o país, organizando relatórios e planilhas de resultados em geral. A editora pede que os candidatos tenham ótima comunicação; proatividade; conhecimentos acerca do dia a dia escolar e domínio do pacote Office. É desejável também conhecimento do mercado editorial e do processo de divulgação escolar. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail vagas@carochinhaeditora.com.br.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

A Sala Tatuí, espaço cultural da editora Lote 42, inicia este mês um projeto novo: o Homo Ludens, debate aberto que usa a mesma dinâmica do clube de leitura para discutir jogos de videogame. O primeiro encontro on-line acontece no dia 15 de agosto, às 14h, para falar sobre o jogo Stardew Valley (ConcernedApe), título independente lançado em 2016 em que os jogadores devem administrar uma fazenda em um povoado idílico. A mediação será feita por João Varella, editor da Lote 42 e autor do livro Videogame, a evolução da arte. Para se inscrever é só clicar aqui. O Homo Ludens é um desdobramento do Clube Tatuí de Leitura, encontro mensal que discute um livro independente, sempre com a presença do editor da obra. A próxima edição do projeto acontece no dia 18, às 18h e o tema será o livro Tornar-se Palestina, de Lina Meruane (Relicário). O encontro vai ter a presença da editora Maira Nassif e a tradutora Mariana Sanchez. Para quem quiser falar sobre textos mais curtos, a Terapia Literária discute nesta terça (4), às 18h, Novela e colóquio que ocorreu entre Cipião e Berganza, de Miguel de Cervantes.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

Nesta quinta-feira (6), às 20h, o Sesc Pinheiros realiza o segundo encontro do projeto Autoria Negra na Literatura Contemporânea, série de encontros mensais ao vivo com escritoras negras da atualidade. Com curadoria de Cidinha da Silva, autora e editora na Kuanza Produções, em parceria com Daniel Ramos, técnico de literatura do Sesc Pinheiros, o projeto abre um panorama da literatura de autoria de mulheres negras no Brasil. No encontro desta semana, participam as dramaturgas Dione Carlos e Luh Maza. Ambas nasceram no Rio de Janeiro, vivem no eixo Rio-São Paulo, e figuram como nomes de destaque na cena teatral e da teledramaturgia. Dione começou sua carreira profissional como atriz e depois, aos 32 anos, como dramaturga. Hoje possui 15 textos encenados, representou o Brasil, na Grécia, no Dia Internacional da Língua Portuguesa, em 2019, e desenvolve diversos projetos culturais. Já Luh Maza também começou a carreira como atriz e é autora de mais de dez peças teatrais. O encontro poderá ser visto ao vivo pelo YouTube do Sesc Pinheiros.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

Um dos maiores fenômenos editoriais dos últimos tempos, a saga Crepúsculo narra a história de amor de Bella Swan, uma garota tímida e desastrada, que acaba de mudar de cidade, e Edward Cullen, um rapaz misterioso que esconde um segredo: é um vampiro. Desde a primeira troca de olhares, ele fez tudo para ficar longe dela, mas e se as coisas não tiverem acontecido exatamente assim? Até agora, os leitores conheceram essa trama apenas pelos olhos de Bella. No aguardado Sol da meia-noite (Intrínseca, 736 pp, R$ 59,90 - Trad.: Carolina Rodrigues, Flora Pinheiro, Giu Alonso, Maria Carmelita Dias, Marina Vargas e Viviane Diniz.), os leitores poderão conhecer essa história pelo olhar de Edward, mergulhando em um universo novo, sombrio e surpreendente. Conhecer Bella foi o que aconteceu de mais irritante e instigante em todos os anos de Edward como vampiro. À medida que conhecemos detalhes sobre seu passado e a complexidade de seus pensamentos, conseguimos entender porque Bella se tornou o eixo central de uma batalha decisiva em sua vida. Em Sol da meia-noite, Stephenie Meyer faz um retorno ao universo de Crepúsculo e convida o leitor a revisitar cada detalhe dessa história que conquistou milhões de fãs em todo o mundo.

“Quando eu lia a nossa literatura contemporânea, encontrava muito boas histórias, mas não encontrava a diversidade étnica e cultural de nosso país.”
Itamar Vieira Junior
Escritor brasileiro
1.
DNA da cocriação
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Do mil ao milhão
4.
Decida vencer
5.
O milagre da manhã
6.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
7.
Box Harry Potter
8.
Os segredos da mente milionária
9.
A sutil arte de ligar o foda-se
10.
O poder do hábito
 
PublishNews, Redação, 04/08/2020

Mundos de uma noite só (Faria e Silva, 200 pp, R$ 56) marca a estreia de Renata Belmonte como romancista. Ao convidar o leitor a acompanhar a jornada de uma mulher em busca da sua verdadeira história, o romance aborda não apenas as consequências da recorrente opressão feminina, mas também a própria formação política do Brasil, recontando parte de nossa narrativa pública a partir do olhar de grupos tradicionalmente marginalizados. Cheio de não ditos, o enredo também se destaca por não entregar nada de modo imediato ao leitor, tornando-o cúmplice dos mistérios que se apresentam a cada página. Na orelha do livro, Luiz Ruffato escreve que “Mundos de uma noite só é obra madura que coloca Renata Belmonte num lugar de destaque da literatura brasileira contemporânea”.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

A vida de Melody King não é nada fácil. Afinal, desde que sofreu um acidente e bateu a cabeça, ela adquiriu um estranho distúrbio: ela canta quando está ansiosa. E não só canta — alto, bem alto e às vezes errado —, como dança, faz performances e emenda uma música na outra, com letras sempre relacionadas à situação em questão. Como se isso já não fosse ruim o bastante, Melody está constantemente ansiosa. Seu marido, Dev, desapareceu há 11 anos sem deixar rastros, e ela tem dois filhos adolescentes problemáticos: Flynn — que vive se envolvendo em brigas na escola por causa do bullying que sofre — e a caçula Rose — a super-gênio e aluna exemplar que não consegue superar o desaparecimento do pai. Apesar da vergonha constante que sentem da mãe, eles são uma família unida e relativamente feliz, até Rose encontrar um relatório no site de pessoas desaparecidas de alguém cuja descrição bate com a do pai. Em O som do nosso coração (Verus, 406 pp, R$ 44,90 – Trad.: Raquel Zampil), livro de Emma Cooper, Melody pode estar muito perto de encontrar as respostas que têm procurado nos últimos 11 anos.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

Pouco antes de Samir nascer, sua família fugiu do Líbano para a Alemanha. Quando seu pai desapareceu sem deixar vestígios, Samir tinha apenas oito anos. Agora, 20 anos mais tarde, ele parte para o País dos Cedros, numa viagem que deve unir presente e passado, a fim de decifrar o enigma desse desaparecimento. Com um misterioso slide nas mãos, e as lembranças das histórias do pai na bagagem, ele não tem outra escolha senão se lançar rumo ao desconhecido e viajar para Beirute, berço dos contos de sua infância, para encontrar pistas espalhadas à sombra dos famosos cedros da terra natal de seus pais. Sua busca o conduz por um país ainda dividido, e em pouco tempo Samir tem a impressão de seguir as pistas não apenas do pai, mas também do efeito devastador que um segredo de família pode causar. No final ficam os cedros (Jangada, 431 pp, R$ 57,90 – Trad.: Karina Jannini), do autor Pierre Jarawan, é uma história de descobertas das próprias raízes e da relação entre Oriente Médio e Europa pelo olhar de imigrantes e refugiados.

PublishNews, Redação, 04/08/2020

Em Trilogia da febre (Vacatussa, 34 pp, R$ 9,90), o autor paraibano Cristhiano Aguiar compila três contos que dialogam com a profunda crise dos tempos atuais. No primeiro conto, Anda-Luz, ambientado no interior da Paraíba na década de 1930, uma criança precisa atravessar um Nordeste devastado por uma pandemia a fim de entregar um bilhete a um cangaceiro. Ao longo da caminhada, a criança aprenderá sobre morte, sobrevivência e generosidade. O conto seguinte, As onças, mistura realismo mágico e narrativas de terror para contar as tentativas de sobrevivência de uma médica e sua filha numa cidade invadida por onças misteriosas. Por fim, o último conto da coletânea, Firestarter, traz um monólogo delirante de um homem que, num futuro próximo, percorre estradas obcecado em fotografar e classificar incêndios. Trilogia da febre integra a Coleção Solidária, uma ação social da editora Vacatussa que visa arrecadar fundos através da venda de e-books para serem doados a uma ação social com foco em pessoas em situação de rua, no Recife.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.