Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 09/06/2020
O Estúdio Sopros oferece suporte editorial para editoras e autores
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
PublishNews, Leonardo Neto, 09/06/2020

Nesta quarta-feira (10), a Câmara Brasileira do Livro (CBL) coloca no ar mais duas funcionalidades na sua plataforma de serviços, por onde editores e autores já podem solicitar o ISBN, por exemplo. A partir de quarta, a entidade passa a oferecer também o registro de Direitos Autorais e de Contratos. Usando a tecnologia em blockchain, os novos serviços podem garantir confiabilidade e segurança aos envolvidos. O lançamento oficial acontece em uma live em que Fernanda Garcia, diretora executiva, conversará com Paulo Perrotti, advogado da LGPDSolution, professor de Cybersecurity e presidente da Câmara de Comércio Brasil-Canadá, e Bruno Mendes, fundador da consultoria #coisadelivreiro e sócio do PublishNews. A live será transmitida nesta quarta-feira (10), a partir das 17h, pela página da CBL no Facebook. O registro de obras custará R$ 39,90 para associados da CBL e R$ 69,90 para não associados. Já o registro de contratos sairá por R$ 49,90 para associados e R$ 99,90 para não associados. Adiantando um pouco a conversa, Fernanda concedeu uma entrevista ao PublishNews, em que fala sobre como funcionam os novos serviços e para quem eles são voltados. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra da entrevista.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

Com lojas fechadas, faturamento da Saraiva desaba | © Facebook da empresaO escritório responsável pela administração judicial da Saraiva publicou o relatório mensal de atividades (RMA) referente ao mês de abril. Por conta da pandemia e o consequente fechamento de lojas, as receitas líquidas desabaram no período. Se em abril de 2019, a empresa contabilizava R$ 54,5 milhões nesta linha, em abril de 2020, essa cifra foi de R$ 7,3 milhões, queda de 86,6%. O canal lojas físicas praticamente sumiu, registrando uma pequena receita bruta de R$ 55,5 mil. Mesmo o e-commerce apresentou queda de 64,9% em relação a abril de 2019. No período, a empresa registrou prejuízo consolidado de R$ 18 milhões. A margem bruta, resultado da divisão do lucro bruto pelas receitas líquidas, alcançou 42%, 16 pontos percentuais acima da apurada em abril de 2019. O RMA demonstra que a empresa conseguiu reduzir suas despesas operacionais em 62% na mesma base de comparação. Se em abril de 2019, a Saraiva registrou na linha “despesas operacionais” a cifra de R$ 38,8 milhões, no mesmo período de 2020, a anotação nesta mesma linha foi de R$ 14,7 milhões. Clique no Leia Mais e confira outros detalhes do RMA.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

O Itaú Cultural anunciou, na manhã desta terça-feira (09), os selecionados no quinto edital da série Arte como respiro: múltiplos editais de emergência, lançada no início de abril com o propósito de acolher e apoiar os artistas sujeitos a atuar isoladamente durante o período de recolhimento. Voltado para a literatura, nas categorias Escrita – prosa ou poesia e Poesia Falada – vídeo, o chamamento propôs um exercício literário de fabulação do futuro da humanidade e de cada indivíduo na pós-pandemia. Foram recebidas inscrições de todas as regiões do país e no total, foram selecionados 200 trabalhos de autores de 24 estados, de diferentes perfis sociais, de escolaridade, étnicos e de gênero. Na categoria Escrita – prosa ou poesia, foram selecionados 175 projetos, sendo os estados de São Paulo (30,29%), Rio de Janeiro (17,14%) e Minas Gerais (7,43%), os que tiveram o maior número de selecionados. Essa categoria recebeu obras, realizadas em poesias e minicontos de até 800 caracteres. O escritor Daniel Galera, autor de Barba ensopada de sangue e Meia-noite e vinte (Companhia das Letras), foi um dos selecionados. Em Poesia Falada – vídeo, foram escolhidos 25 projetos, com selecionados de 11 estados. Clique no Leia Mais para conferir a lista completa de selecionados.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

Nos últimos anos, o audiolivro ganhou destaque no mercado mundial e apresentou um crescimento considerável. Mas ainda é algo novo e que muita gente desconhece. Como é produzido um audiolivro? Como os leitores ouvintes podem ter acesso aos títulos? De que maneira o audiolivro pode fazer parte do dia a dia? Pensando em responder essas e muitas outras perguntas, a autora de romances Sue Hecker conversará com Livia Rosa, gerente de aquisição e produção no Brasil da Word Audio, nesta quarta (10), às 20h. A live será transmitida no Instagram e poderá ser acessada pelo perfil de Sue, @autorasuehecker, ou da Word Audio, @wordaudiobr.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

Editor da Antofágica e da Aleph, Daniel Lameira abriu inscrições para uma edição especial e gratuita do seu curso Vida do Livro. Há cinco anos, Lameira, que foi o ganhador do Prêmio Jovens Talentos de 2016, ministra o curso, no qual divide com os alunos suas experiências e pensamentos sobre o mundo editorial, ensina todas as etapas pelo qual o livro passa, como é vendido e divulgado e a realidade por trás das editoras. Nesta edição especial – a décima –, o curso terá como público-alvo, pessoas de baixa renda que queiram entender melhor como funciona o mercado livreiro, que buscam encontrar um espaço no mercado de trabalho, que já atuam na área e pretendam se especializar, ou que buscam conhecimento para criar seu próprio livro, projeto ou editora. Serão quatro aulas on-line, ao vivo – através do aplicativo Zoom –, com a duração de 1h30 cada e que iniciam no dia 9 de julho. Para se inscrever é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

O Instituto Estadual do Livro (IEL), em parceria com o Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), lançou a terceira edição do Prêmio Minuano de Literatura, em 11 categorias. O prêmio tem como objetivo ressaltar e reconhecer a produção literária gaúcha, contribuindo para sua divulgação e para o incentivo à leitura e à produção escrita. Podem participar do prêmio autores nascidos ou residentes no Rio Grande do Sul, assim como editoras sediadas no estado. As obras inscritas devem ter sido publicadas no decorrer do ano de 2019 e podem concorrer nas seguintes categorias: Infantil, Juvenil, Poesia, Conto, Crônica, Ficção: Romance/Novela, Ilustração, História em Quadrinhos, Texto Dramático, Tradução e Especial (memórias, biografias, efemérides, turismo, guias, manuais, entre outros). Os interessados têm até o dia 30 de junho para se inscreverem e o regulamento e seus anexos estão disponíveis no blog do IEL. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de premiação e receberão o Troféu Minuano de Literatura em local e data a serem definidos.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

Política e educação (Paz e Terra / Record, 144 pp, R$ 49,90) é composto de 12 ensaios escritos por Paulo Freire ao longo de 1992. Como o educador afirmou, os textos têm “uma nota que os atravessa a todos: a reflexão político-pedagógica. É esta nota que, de certa maneira, os unifica ou lhes dá equilíbrio enquanto conjunto de textos”. A nova edição do volume ganhou prefácio assinado pelo sociólogo Venício A. de Lima. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de 100 títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame. “Imoral é a dominação econômica, imoral é a dominação sexual, imoral é o racismo, imoral é a violência dos mais fortes sobre os mais fracos. Imoral é o mando das classes dominantes de uma sociedade sobre a totalidade de outra, que deles se torna puro objeto, com sua maior ou menor dose de conivência”, escreve ele na obra.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

Em Desvendando o cosmo (Zahar, 408 pp, R$ 7,90 – Trad.: George Schlesinger), o matemático Ian Stewart leva o leitor a uma viagem pelo cosmo, mostrando de que forma a matemática tem nos ajudado a compreendê-lo — e como ela está no cerne dos avanços da astronomia. Com clareza, Stewart descreve, por exemplo, de que forma o trabalho de Kepler sobre as órbitas dos planetas levou Newton a formular a teoria da gravidade; e como dois séculos depois minúsculas irregularidades no movimento de Marte induziram Einstein a conceber a teoria da relatividade geral. A revelação de que o Universo está se expandindo originou a teoria do Big Bang. Esta, por sua vez, fez com que astrônomos chegassem a elementos como a inflação — um Big Bang ainda maior — e a energia escura para dar sentido ao cosmo. Estaremos diante de mais uma revolução que vai transformar nosso entendimento do espaço sideral? Essa é uma das questões que Ian Stewart levanta no livro.

“A literatura pode abrir uma janela para o quintal de nossas vidas”
Amós Oz
Escritor israelense
1.
Desperte a sua vitória
2.
Decida vencer
3.
Economia do desejo
4.
Mais esperto que o diabo
5.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
6.
Box Harry Potter
7.
A sutil arte de ligar o foda-se
8.
Do mil ao milhão
9.
1984
10.
O poder do hábito
 
PublishNews, Redação, 09/06/2020

Racismo, fanatismo, sentimento antidemocrático. Em um espaço público cada vez mais polarizado, impõe-se um pensamento que só permite duvidar das opiniões dos outros, nunca das próprias. Em Contra o ódio (Âyiné, 196 pp, R$ 54,90 – Trad.: Mauricio Liesen), a intelectual europeia Carolin Emcke opõe a essa homologação a riqueza de uma sociedade aberta a diferentes vozes: uma democracia se realiza plenamente apenas com a vontade de defender o pluralismo e a coragem de se opor ao ódio. Com esses anticorpos, podemos derrotar os fanáticos religiosos e nacionalistas, que fabricam consenso, mas têm medo da diversidade e do conhecimento, as armas mais poderosas que temos. "Emcke demonstra que o diálogo é possível, e seu livro nos lembra que é uma tarefa que devemos encarar", explicou o júri do Prêmio da Paz dos Livreiros alemães ao analisar a obra.

PublishNews, Redação, 09/06/2020

Qual desenho se pode traçar da globalização que temos hoje? Quais são as suas características? O que a distingue de períodos anteriores de expansão econômica vocacionados à internacionalização? E os cenários para o futuro? O que fazer para ao menos mitigar as visíveis desigualdades espalhadas por todos os continentes? Em Capitalismo sem rivais (Todavia, 376 pp, R$ 84,90 – Trad.: Bernardo Ajzenberg), Branko Milanović demonstra que o capitalismo acabou por se tornar o único sistema econômico vigente no planeta após séculos de convivência ou rivalidade com outros modos de produção. No livro, o economista sérvio-americano oferece uma visão original sobre a evolução das sociedades comunistas no Leste Europeu e em outras partes do mundo, com destaque para a China — que constitui hoje, na análise do autor, o exemplo maior do que ele chama de capitalismo político, em contraposição ao capitalismo meritocrático liberal representado, em especial, pelos EUA. Com erudição e didatismo, Milanović mostra as diferenças entre os dois capitalismos predominantes, as formas como se relacionam entre si, de que maneiras se constituem suas desigualdades internas e como eles se manifestam, com características próprias, em todas as regiões do globo.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.