Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 20/01/2020
A Fino Verbo é uma empresa de revisão, redação e preparação de textos para diversos segmentos, ou seja, se tem texto, nós podemos ajudar.
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 20/01/2020

Varejo de livros recua 7% em 2019 | © Telma KoboriA GfK passou a régua em 2019 e já consolidou os seus dados referente ao varejo de livros no Brasil. Ao longo do ano, foram vendidas 49 milhões de unidades que totalizaram faturamento de R$ 2,1 bilhões. Esses números representam queda de 9,2% no volume e de 7% no faturamento. Na conta da GfK não é considerada a inflação que foi de 4,31%, de acordo com o IPCA. O preço médio do livro cresceu 2,4% (abaixo da inflação) em 2019, fechando o ano em R$ 43,01 ante os R$ 41,99 de 2018. Dezembro foi um mês muito positivo para o varejo. Em comparação com igual período de 2018, houve crescimento de 11,4% no número de unidades vendidas e de 7,7% no faturamento. Clique no Leia Mais para conferir outros números da pesquisa.

PublishNews, Redação, 20/01/2020

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou na semana passada os resultados da sua Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) referente a novembro. Em relação ao mesmo mês de 2018, o comércio varejista cresceu 2,9% e, no acumulado do ano, o avanço é de 1,7%. No entanto, a categoria Livros, Jornais, Revistas e Papelaria apresentou recuo de 14,7% frente a novembro de 2018. É a 28ª queda consecutiva nessa base de comparação na PMC. De janeiro a novembro do ano passado, esse segmento da economia acumulou queda de 23%. O instituto aponta o fechamento de lojas, a mudanças no comportamento do consumidor e o advento dos marketplaces como motivadores dessa queda. Pela metodologia aplicada, o instituto não separa, nas suas contas, o que é livro daquilo que é revista, jornais e papelaria.

PublishNews, Redação, 20/01/2020

Leonardo Neto, Luciana Melo, Marcos Issa Benuthe, Jorge Filholini e Fábio Uehara durante a gravação do Podcast do PublishNewsUm bar é um bar. Uma livraria é uma livraria. São negócios diferentes, mas e quando a alegria de uma cerveja se encontra com o prazer da leitura? No que que pode dar? Marcos Issa Benuthe, à frente do Mercearia São Pedro (Rua Rodésia, 34 – Vila Madalena – São Paulo / SP), é o convidado do Podcast do PublishNews dessa semana. Ele se prepara para abrir a Gutenberg, livraria anexa ao bar mais literário de São Paulo. Na conversa que teve com a equipe do PublishNews, ele falou dos planos para o empreendimento que será inaugurado oficialmente no dia 17 de fevereiro. O Podcast do PublishNews é um oferecimento da Metabooks, a mais completa e moderna plataforma de metadados para o mercado editorial brasileiro, da UmLivro, novo modelo de negócios para o mercado editorial: mais livros e mais vendas, e da Auti Books, dê ouvidos a sua imaginação, escute Audiobooks. Você também pode ouvir o programa pelo Spotify, iTunes, Google Podcasts e Overcast. Clique no Leia Mais para ouvir o programa.


PublishNews, Redação, 20/01/2020

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) convocou uma audiência pública para debater as especificações técnicas do edital do Programa Nacional do Livro e Material Didático (PNLD) 2021 para educação de jovens e adultos (EJA). De acordo com dados do próprio FNDE, em 2018, na última compra de livros pro EJA, foram gastos R$ 46,1 milhões na aquisição de 3,3 milhões de exemplares, que foram distribuídos a 2 milhões de alunos de 28,5 mil escolas. A reunião acontece no dia 28 de janeiro, às 14h, no auditório do FNDE, em Brasília. O evento será transmitido ao vivo pelo canal do órgão no YouTube. Durante a sessão, os presentes vão analisar a minuta do edital, que deverá ser publicado nesta terça-feira (21). Os interessados podem encaminhar dúvidas e contribuições para o e-mail preinscricao@fnde.gov.br antes mesmo da audiência.

O Valor Econômico trouxe um panorama do mercado de audiolivros no Brasil. Para a matéria, o jornal conversou com os diretores das plataformas Ubook, Auti Books, Storytel e Word Audio. O mercado ganhou, em especial ao longo de 2019, novos players e, consequentemente novos títulos e novos entrantes. A matéria fala também sobre a injeção de R$ 20 milhões de investimentos da gestora de fundos Confrapar na Ubook, que se prepara para abrir seu capital na Bolsa do Canadá. Na Folha, o destaque foi o programa Conta pra Mim, recém-lançado pelo Ministério da Educação (MEC). O programa quer estimular a leitura de livros para crianças e o enfoque está na família. A Folha observa que a campanha não tem potencial de alcançar famílias mais pobres. Pesquisadores ouvidos pelo jornal apontaram que a campanha se distancia desse público ao ser levada para centros de compras de capitais e com propaganda de televisão que retrata uma família com lareira em casa acesa em dezembro (no verão), árvore de natal repleta de presentes e lustre com pingentes de vidro. A coluna Painel S.A., da Folha trouxe dados da Associação Comercial de São Paulo que aponta crescimento de 2,7% nas vendas da primeira quinzena de janeiro em comparação com mesmo período de 2019. Esse aumento, segundo apontou a entidade, é justificada pela procura por materiais escolares e por moda praia. No Globo, o colunista Lauro Jardim diz que a Amazon se tornou a maior vendedora de livros no Brasil. Sem citar a fonte, diz que a participação da gigante de Seattle saltou de 12,5%, em 2018, para 25%, em 2019. Dados da última pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro (referente a 2018) apontam que as livrarias exclusivamente virtuais (onde a Amazon se enquadra) foram responsáveis, todas juntas, por 3,41% do faturamento do setor, longe, portanto, dos dados apresentados pelo colunista. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da imprensa no fim de semana.

PublishNews, Redação, 20/01/2020

As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura foram abertas nesta segunda-feira (20). Autores estreantes podem inscrever suas obras inéditas nas categorias Romance ou Conto. Os interessados têm até 20 de fevereiro para concluir o processo de inscrição, que é gratuito e online. Desde a sua criação, em 2003, O prêmio se consolidou como um grande lançador de novos nomes da literatura brasileiro. Desde a sua criação, mais de 14 mil livros foram inscritos e 29 novos autores foram revelados. Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares. No ano passado, houve recorde de inscritos com 1.969 obras, sendo 1.043 romances e 926 livros de contos. O regulamento completo pode ser acessado clicando aqui.

PublishNews, Redação, 20/01/2020

A Guanabara Tupinambá e suas aldeias ancestrais, a história do primeiro carioca e dos exploradores, conquistadores e moradores pioneiros, a disputa entre portugueses e franceses, a guerra contra os nativos e as batalhas que marcaram a fundação do Rio de Janeiro. Publicado pela primeira vez em dezembro de 2015, no calendário das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro, O Rio antes do Rio (Relicário, 472 pp, R$ 69,90), de Rafael Freitas da Silva, teve três edições em pouco mais de um ano. Agora ganha novo projeto gráfico com conteúdo revisto e ampliado. Com vasta iconografia — incluindo mapas e ilustrações de rituais indígenas, personagens da época e animais que davam nomes às principais tribos, que vieram a se tornar os bairros da cidade —, a obra é dividida em quatro capítulos que se integram como etapas da saga tupinambá à batalha de Uruçumirim, até o ano de 1567.

PublishNews, Redação, 20/01/2020

A história de Jesus para quem tem pressa (Valentina, 208 pp, R$ 34,90) conta a história da vida de Jesus, do homem e de seu duradouro legado. Separando fatos de ficção, o professor Anthony Le Donne põe Jesus no contexto da vida político-cultural judaica no século 1 e analisa debates sobre seu status de “Filho de Deus” entre os cristãos primitivos. No livro, Le Donne percorre em pensamento as manifestações culturais da arte europeia, os casos de revisionismo histórico, os memes contemporâneos das redes sociais e compara os vários tipos de Jesus culturais no pensamento iluminista e pós-iluminista. Este guia analisa a grande influência de uma das personalidades mais cultural e artisticamente retratada, estudada, cultuada e comentada da história da humanidade.

“Os leitores não têm dificuldade em distinguir entre o real e o imaginado.”
Ian McEwan
Escritor inglês
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Como fazer amigos e influenciar pessoas
3.
Do mil ao milhão
4.
Seja foda!
5.
O milagre da manhã
6.
Felicidade
7.
Mais esperto que o diabo
8.
O poder da autorresponsabilidade
9.
Escravidão
10.
Como fazer amigos e Influenciar pessoas - Edição comemorativa 80 anos
 
 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.