Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 17/12/2019
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 17/12/2019

Estande brasileiro em Guadalajara | © Talita CamargoOs mexicanos têm um jeito especial de usar o seu idioma materno. Quando uma coisa é estupenda, por exemplo, eles usam o termo “perrón” e é muito comum duas pessoas se chamarem de “güei”, o que no nosso português pode significar algo como “cara”. Pois bem, tendo feito esse preâmbulo, vale dizer que “¡Fue perrón la Feria de Guadalajara, Güei!”. Pelo menos é o que indicam os números apresentados pelas dez editoras brasileiras que estiveram no estande coletivo do Brasil na feira. Montado pelo Brazilian Publishers (BP), o espaço reuniu as editoras Ateliê da Escrita, Bibliex, Callis, Cedic, Editora do Brasil, Edusp, Global, Imeph, Melhoramentos e Ubook que declaram que fecharam (ou esperam fechar nos próximos 12 meses) negócios na ordem de US$ 2 milhões, valor 44% superior ao declarado na edição passada da feira. Graças a uma costura entre a Embaixada do Brasil no México e o BP, a distribuidora 2Books comercializou, em caráter de teste, livros dentro do estande coletivo do Brasil. Talita Camargo, uma das vencedoras da última edição do Prêmio Jovens Talentos e sócia da 2Book, resume: “Esse namoro antigo surgiu há dois anos quando, visitando a feira, percebemos a lacuna na falta de comercialização de títulos brasileiros no evento. O público local – pasmem! – é ávido pela nossa literatura e há muita procura por livros brasileiros durante o evento”. Clique no Leia Mais para saber quais foram os livros brasileiros que mais se destacaram no estande brasileiro em Guadalajara.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

Professor Modesto Carone tinha 82 anos | © Site Companhia das LetrasMorreu, nesta segunda-feira (16) o professor Modesto Carone. Ele era o principal tradutor de Kafka no Brasil, além de escritor ensaísta e contista. Em 1999, Carone ganhou o Jabuti por Resumos de Ana (Companhia das Letras) e o APCA de 2009 pelo livro de ensaios Lição de Kafka (Companhia das Letras). Foi professor na USP, Unicamp e Universidade de Viena. A Companhia das Letras, por onde publicou boa parte de sua produção, incluindo os dois livros citados acima, manifestou-se pelas redes sociais. A editora disse lamentar profundamente o falecimento do escritor e ressaltou a sua dedicação à academia.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

Museu da Língua Portuguesa | © Joca DuarteO Museu da Língua Portuguesa já tem a data da sua reinauguração. Atingido por um incêndio em dezembro de 2015 e em obras desde então, o museu abrirá novamente as portas no dia 25 de junho de 2020. O anúncio foi feito na tarde da última segunda (16) pelo governador do Estado de São Paulo João Doria e pelo Secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão. Agora começa a última etapa antes da reinauguração que inclui a instalação da museografia e a seleção da organização social responsável pela gestão. “São Paulo e o Brasil ganharão um imóvel completamente restaurado, com o aparato de segurança mais avançado que existe e ampliação de sua área”, afirmou Sá Leitão. O edital de licitação para a contratação da organização social que fará a gestão do Museu também foi lançado e as instituições qualificadas como Organização Social de Cultura que possuírem interesse devem manifestar suas propostas até o dia 29 de janeiro. Com a reforma, a área ocupada pelo Museu foi expandida e a área interna inclui agora novos espaços, como um café no terraço com vista para o Parque da Luz e integração dos pátios laterais.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

Isabela Freitas | © Leo AversaA escritora e influenciadora digital, Isabela Freitas, divulgou na última semana em suas redes sociais o nome e a capa de seu novo livro previsto para janeiro de 2020. Publicado pela Intrínseca, Não se humilha, não terá como foco central a abordagem de um relacionamento abusivo. Este é quarto livro da saga que começou com Não se apega, não que vendeu quase 143 mil exemplares em 2014. E continuou com Não se iluda, não e Não se enrola, não. São mais de 1 milhão e meio de livros vendidos sobre a história da jovem Isabela, personagem homônima à autora. A história já foi adaptada para uma série escrita por Manoel Carlos e pode ser acessada pela Globoplay. Segundo Isabela, Não se humilha, não será um livro muito necessário e que irá ajudar pessoas que passam, já passaram ou até mesmo nem imaginam que passam por um relacionamento abusivo. A pré-venda também já está aberta e até o fechamento desta edição era o 16º mais vendido da lista da Amazon.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

A Livraria da Vila anunciou a 10ª edição do Navegar é Preciso 2020. Realizada em parceria com a Auraeco Viagens e pensando em temas atuais como a preservação da Amazônia e da cultura brasileira, o passeio propõe um mergulho no Norte do país e no universo da literatura. De 27 de abril a 1º de maio, o navio Iberostar Gran Amazon terá encontros abertos, conversas e debates com nomes como o filósofo Mario Sergio Cortella; o velejador Lars Grael; o escritor e jornalista Michel Laub; a poeta e haikaista Alice Ruiz; e a escritora e jornalista Thalita Rebouças. O roteiro tem início em Manaus no dia 27 de abril e à noite, logo após o jantar, acontece a apresentação dos escritores convidados e tem início a programação oficial. Entre as dinâmicas previstas estão passeios pela região de Anavilhanas (Parque Nacional), trilhas e caminhadas na mata, banho em Novo Airão, visita à Fundação Almerinda Malaquias, banho na Praia do Tupe e passeios de lancha pelos igarapés. O encerramento do Navegar é preciso acontece no dia 1º de maio, no local onde se dá o encontro das águas do Rio Negro com o Rio Solimões. Para mais informações é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

Reginaldo Pujol Filho | © Vini MarquesA Biblioteca de São Paulo (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630 – São Paulo / SP) realiza nesta quinta-feira (19), às 15h, a última edição do ano do seu Clube de Leitura. Desta vez, a ideia é debater um livro que promete surpreender o leitor. A começar pela capa, ilustrada com caixas de papelão. Trata-se da obra Só faltou o título (Record), de Reginaldo Pujol Filho. A história tem como protagonista Edmundo Dornelles, um revisor de textos desiludido que quer ser romancista. O amargurado homem já passou dos 40 anos de idade e vai acumulando uma certa raiva de editores, escritores, críticos literários e a humanidade em geral. Contra tudo e contra todos (do mercado editorial ao sistema judiciário), Edmundo segue compartilhando com o leitor suas desventuras, com algum humor. Com tudo o que enfrenta, ele convida quem o lê a refletir sobre a vida e as decisões cotidianas. O evento é gratuito e não é necessária inscrição.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

O livro O diário de Anne Frank se tornou um dos relatos mais importantes da II Guerra. Escrito pela menina alemã de origem judaica enquanto estava no esconderijo com sua família na Holanda, o diário seguiu um caminho tortuoso depois que o grupo foi descoberto e enviado para o campo de concentração. O diário, no entanto, não foi o único texto de autoria de Anne Frank. Cartas inéditas escritas para a avó antes mesmo da guerra estourar, contos e o esboço de um romance que estavam acessíveis somente a pesquisadores chegam ao público com Obra reunida (Record, 976 pp, R$ 149,90 – Trad.: Cristiano Zwiesele do Amaral). O livro traz ao Brasil pela primeira vez a edição definitiva do diário de Anne Frank traduzida diretamente do holandês. Uma obra essencial para estudiosos e para o público geral, ela contém todos os seus escritos — incluindo outras versões de seu diário: a original e a editada pela própria Anne, pensando em uma futura publicação —, além de importantes imagens e documentos que ampliam o conhecimento de sua história. Também é complementada por ensaios de vários estudiosos e historiadores, incluindo A vida de Anne Frank, A história da família de Anne Frank e A história da recepção do diário, junto de fotos da família Frank e dos outros ocupantes do anexo.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

E se o destino das princesas não se resumisse em casar com um príncipe encantado e viver feliz para sempre? Em Lute como uma princesa (Boitatá, 96 pp, R$ 69 – Trad. Daniela Gutfreund), Vita Murrow e Julia Bereciartu ousaram criar um mundo de princesas poderosas onde Bela é uma destemida detetive e se aventura sem medo pela Floresta Proibida, Rapunzel torna-se uma renomada arquiteta que usa suas habilidades para mudar a realidade de sua comunidade e Cinderela é uma líder trabalhista em busca de justiça para todos. Essas novas histórias focadas em autoestima, empatia, representatividade e defesa de minorias redefinem o que significa ser uma princesa. E ensinam, acima de tudo, que uma princesa é alguém que está aberta para aprender coisas novas e que busca formas para dar mais sentido à vida daqueles que vivem perto delas.

“Não é o bárbaro que nos ameaça, é a civilização que nos apavora.”
Euclides da Cunha
Escritor brasileiro (1866-1909)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Escravidão
3.
Essa gente
4.
A oração mais poderosa de todos os tempos
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
Como fazer amigos e influenciar pessoas
7.
A garota do lago
8.
Seja foda!
9.
Como fazer amigos e Influenciar pessoas - Edição comemorativa 80 anos
10.
Mais esperto que o diabo
 
PublishNews, Redação, 17/12/2019

Conectadas (Seguinte, 320 pp, R$ 39,90), livro de Clara Alves, conta a história de Raíssa e Ayla. As duas se conheceram jogando Feéricos, um dos games mais populares do momento, e não se desgrudaram mais — pelo menos virtualmente. Ayla sente que, com Raíssa, finalmente pode ser ela mesma. Raíssa, por sua vez, encontra em Ayla uma conexão que nunca teve com ninguém. Só tem um “pequeno” problema: Raíssa joga com um avatar masculino, então Ayla não sabe que está conversando com outra menina. Quanto mais as duas se envolvem, mais culpa Raíssa sente. Só que ela não está pronta para se assumir — muito menos para perder a garota que ama. Então só vai levando a mentira adiante… Afinal, qual é a chance de as duas se conhecerem pessoalmente, morando em cidades diferentes? Bem alta, já que foi anunciada a primeira feira de Feéricos em São Paulo, o evento perfeito para esse encontro acontecer.

PublishNews, Redação, 17/12/2019

A coleção de cinco livros Um voo sobre as capitais brasileiras (Zucca Books, 180 pp, R$ 64,90), escrito e produzido por Gisela de Castro, inaugura a Zucca Books, braço literário da Zucca Produções. São 27 histórias distribuídas em cinco livros com formatos diferentes que se dividem nas regiões do país e cada um é ilustrado por: Hadna Abreu (Norte), Jefferson Batista (Nordeste), Felipe Cavalcante (Centro-Oeste), Julia Contreiras (Sudeste) e Carla Pilla (Sul). Todos formam o mapa do Brasil, quando unidos, como se fosse um quebra-cabeça. Os livros ainda vêm numa maleta de viagem, trazendo uma dimensão lúdica ao conteúdo poético para cada uma das capitais brasileiras. “São textos para serem lidos em família ou na escola. Queremos promover o intercâmbio cultural entre os estudantes, apresentando textos com assuntos do universo das crianças em cada região deste país tão diverso e plural”, explica a autora. O projeto ainda conta com poemas para cada uma das 27 capitais brasileiras, em que cada história fala de algum personagem cujo nome começa por uma letra do alfabeto.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.