Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 31/05/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
Serviço especializado de design editorial - layout de capa, projeto gráfico, diagramação
PublishNews, Redação, 31/05/2019

Lilia Schwarcz desvenda as raízes do autoritarismo brasileiro e vem parar na lista dos mais vendidos | DivulgaçãoA despeito do mito do brasileiro cordial, tolerante e pacífico, a História do Brasil foi marcada por períodos autoritários. Em Sobre o autoritarismo brasileiro (Companhia das Letras), Lilia Schwarcz reconstitui a construção dessa narrativa oficial que acabou por esconder uma realidade bem menos suave, marcada pela herança perversa da escravidão e pelas lógicas de dominação do sistema colonial. Ao investigar esses subterrâneos da história do país — e suas permanências no presente — a autora deixa expostas as raízes do autoritarismo no Brasil, e ajuda a entender por que fomos e continuamos a ser uma nação muito mais excludente que inclusiva. O lançamento acaba de chegar à Lista dos Mais Vendidos ocupando a oitava posição da lista de Não Ficção, com 757 cópias vendidas na semana de estreia. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da Lista dos Mais Vendidos.

PublishNews, Redação, 31/05/2019

A Universidade do Livro (Praça da Sé, 108 – São Paulo / SP) inicia na próxima terça (4) o curso de Gestão editorial em épocas de crise. Ministrado por Gerson Ramos, diretor comercial da Editora Planeta, o curso tem como objetivo apresentar práticas e estratégias utilizadas no mercado editorial que apoiam o desenvolvimento das vendas aliadas a processo de gestão e controle; mostrar exemplos e simulações de conceitos que auxiliam pequenas, médias e grandes empresas do mercado editorial a não só manter seus volumes de vendas, mas também aproveitar as oportunidades para crescer num momento de retração da concorrência; e compartilhar modelos de indicadores de desempenho que orientam a gestão das equipes comerciais e administrativas na tarefa de manter clientes e preservar a margem e o fluxo de caixa das empresas. As aulas acontecem de 4 a 6 de junho, das 19h às 21h30, e o investimento é de R$ 495.

PublishNews, Redação, 31/05/2019

A Companhia das Letras abriu uma vaga para analista de controladoria para trabalhar com a análise e acompanhamento mensal dos resultados da editora. Pede-se que os candidatos sejam organizados, tenham inglês avançado, conhecimentos de Excel e em demonstrações financeiras. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail curriculo@companhiadasletras.com.br.

PublishNews, Redação, 31/05/2019

Neste sábado (1º), das 9h às 18h, o Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420 - Belo Horizonte / MG) recebe a terceira edição do evento Pensar edição, fazer livro, realizado pelo Grupo de Pesquisa em Escritas Profissionais e Processos de Edição, representado por Ana Elisa Ribeiro, em parceria com a editora Moinhos, de Nathan Matos. Além do lançamento do segundo livro da coleção Pensar Edição, Literatura infantil e juvenil: campo, maternidade e produção (Moinhos e Contafios), organizado por Marta Passos Pinheiro e Jéssica M. Andrade Tolentino e que reúne uma coletânea de textos sobre literatura infantil e juvenil, o evento começa sua programação às 9h com a oficina Livro-poema, com o poeta e designer Mário Vinicius. À tarde acontecem duas mesas de debate: uma sobre Ilustração e outra sobre feiras de livros independentes. Para fechar o dia, o professor Luis Alberto Brandão, da UFMG, realiza uma palestra sobre o conceito de obra. Já a sessão de autógrafos do livro Literatura infantil e juvenil começa às 16h30. Para saber mais detalhes sobre a programação é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 30/05/2019

Com o tema "Futuro, lugar e memória", a sétima edição do Festival Literário de Iguape (SP) acontece nos dias 7 e 8 de junho e pretende reunir dezenas de artistas que discutirão temas como território, ancestralidade e povos tradicionais. Com curadoria da jornalista Bianca Santana, a programação conta com shows, rodas de conversa e sarau, além de lançamento e troca de livros, com a presença de nomes como Conceição Evaristo, Luedji Luna, Zezé Motta, Mel Duarte, Nação Zumbi, Russo Passapusso, Geovani Martins, Ana Maria Gonçalves, Angélica Freitas, Cidinha da Silva e Eda Nagayama. No primeiro dia, sexta-feira (7), o público será convidado a refletir sobre palavra, sociedade e insurgência, a partir da vida e da obra de três olhares e gerações: Geovani Martins, autor do aclamado O sol na cabeça; Russo Passapusso, músico, compositor e integrante da banda BaianaSystem; e Zezé Motta, célebre atriz e cantora brasileira. Já no sábado (8), será a vez de Conceição Evaristo tratar de temas presentes em suas obras, como educação, gênero, memória e relações étnicas na sociedade. O Festival é gratuito e as atividades acontecerão na Praça da Basílica, no Museu Histórico e na Biblioteca Pública Municipal. A programação completa você confere clicando aqui.

PublishNews, Redação, 31/05/2019

Ricardo Boechat | © Divulgação BandA editora Máquina de Livros realiza na próxima semana uma série de lançamentos do livro Toca o barco (176 pp, R$ 44,90), que traz histórias e bastidores contados por 32 colegas que trabalharam, conviveram, sofreram e se divertiram com Ricardo Boechat, morto em um acidente aéreo em fevereiro passado. Um dos mais brilhantes jornalistas do país, Ricardo Boechat construiu uma legião de admiradores ao longo de 50 anos de atuação em jornais, na TV e, principalmente, no rádio. Sua morte prematura encerrou uma carreira pautada por indignação, credibilidade e paixão, em que não fazia distinção entre ricos e humildes, poderosos e anônimos. A obra reúne textos inéditos de José Simão, Ancelmo Gois, Leilane Neubarth, Fernando Mitre, Datena, Tatiana Vasconcellos, Joaquim Ferreira dos Santos, Milton Neves, Angela de Rego Monteiro, Luiz Megale, Aluizio Maranhão, Rodolfo Schneider, Sergio Pugliese, entre outros, e charges de Chico Caruso, Aroeira, Cláudio Duarte e André Hippertt. O lançamento do livro acontece na próxima quinta-feira (6), às 19h, no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo (Rua Redentor 157 – Rio de Janeiro / RJ); no dia 10, no mesmo horário, na Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho 915 – São Paulo / SP), e no dia 11, às 19h, no Rio Cricket (Rua Fagundes Varela 987, Niterói / RJ).

PublishNews, Redação, 31/05/2019

Raimundo Fagner: quem me levará sou eu (Agir / Ediouro, 400 pp, R$ 49,90) conta a história pessoal e profissional do cantor e compositor cearense que começou a carreira nos anos de 1970 e até hoje arrebata multidões. Na obra, Regina Echeverria começa com um capítulo pouco conhecido da vida de Fagner: a confirmação da paternidade do jovem Bruno, que o músico viu nascer e por quem sempre teve grande afeto. Em seguida, volta no tempo para acompanhar o crescimento do menino Raimundo em Fortaleza e Orós, desde seus primeiros passos na carreira, passando pela ida a Brasília para uma faculdade de Arquitetura, até a decisão de largar tudo e seguir cantando no Rio e em São Paulo. O sucesso chega rápido, mas não sem percalços. Trilhando seu caminho, estabelece inúmeras parcerias, vê suas músicas serem gravadas por grandes nomes nacionais e internacionais, lança incontáveis hits e entra de uma vez por todas na galeria dos maiores artistas da MPB. Regina entrevistou mais de 60 pessoas e o próprio cantou falou com a jornalista sobre várias passagens de sua trajetória.

PublishNews, Redação, 31/05/2019

Ambientado no árido sertão brasileiro, Os últimos dias de Lampião e Maria Bonita (Griphus, 258 pp, R$ 49,90) é uma ficção histórica baseada no emblemático casal e seu grupo de cangaceiros fora da lei. A obra narra a história verídica desses bandoleiros nômades que dominaram o Nordeste do Brasil entre 1922 a 1938. Liderados por Lampião e sua personalidade carismática, os roubos que cometiam se justificavam como ajuda aos pobres e oprimidos que os admiravam e temiam. Os cangaceiros exibiam sua aura de poder e invencibilidade com as vitórias constantes nos confrontos violentos com os volantes, como eram conhecidas as forças policiais dos sete estados do sertão. Lampião e Maria Bonita foram, durante anos, os bandidos mais procurados do país. O romance de estreia de Victoria Shorr relata a história do casal, do ponto de vista de Maria Bonita, com momentos que alternam o presente e o passado.

“Desconfio de livros de sucesso, e desses, em geral, só vou ler os que tiveram um tempo de decantação.”
José Mindlin
Bibliófilo e escritor brasileiro (1914-2010)
1.
O poder oculto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Seja foda!
5.
Brincando com Luccas Neto
6.
F*deu geral
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
A fórmula dos vencedores
9.
Do mil ao milhão
10.
Me poupe!
 
PublishNews, Estevão Ribeiro, 31/05/2019
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.