Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 20/02/2019
A Samara Lopez Design e Editoração fornece serviços editoriais para autores independentes e editoras. Disponibilidade para parcerias e grandes demandas fill time.
Editorando birô oferece prestação de serviços editoriais como tradução, preparação e revisão de texto, diagramação, capa, conversão em e-book e intermédio com a gráfica.
A Futura Editoração é especializada em Diagramação e design editorial
PublishNews, Leonardo Neto, 20/02/2019

Carolina Nabuco em 1959 | © Arquivo Nacional / WikiCommonsEm 1934, Carolina Nabuco, filha do diplomata e cofundador da Academia Brasileira de Letras, Joaquim Nabuco, escreveu o livro A sucessora, que logo alcançou um sucesso de público no Brasil. Diante disso, ela resolveu traduzir o livro para o inglês enviar a tradução a seus internacionais. O contrato para edição no estrangeiro nunca chegou, mas a história de A sucessora estava só no seu começo. Em 1938, do outro lado do Atlântico, a escritora britânica Daphne du Maurier assinava a publicação de Rebecca. Em 1940, uma adaptação cinematográfica de Rebecca, pelas mãos de Alfred Hitchcock, abria o Festival de Cinema de Berlim e concorria, em 11 categorias, o Oscar, conquistando duas estatuetas do prêmio, incluindo a de melhor filme. Com o sucesso do filme, o caso de possível plágio ganhou os jornais brasileiros e logo chegou aos EUA. Em 1941, o New York Times Book Review publicava uma matéria apontando uma coincidência "extraordinária" entre os livros da britânica e da brasileira. Agora, os leitores brasileiros terão a chance de ler (ou reler) A sucessora (200 pp, R$ 44,90). É que a editora Instante resolveu colocar no mercado uma nova edição do livro de Carolina Nabuco. Clique no Leia Mais e conheça melhor a história de A sucessora.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

Mailson Furtado | © Helene SantosO Brechas Urbanas, projeto do Itaú Cultural (Avenida Paulista, 149 – São Paulo / SP) que tem como objetivo repensar a vida nas cidades realiza hoje (20), às 20h, o seu primeiro encontro do ano. O tema desta edição, Escrevendo as Cidades, pontua a influência que tem a produção textual na configuração dos centros urbanos. Para debaterem a respeito, foram convidados a professora de literatura hispano-americana dos séculos XX e XXI, da Universidade de São Paulo (USP), Ana Cecília Olmos, e o escritor, ator e ganhador do prêmio Jabuti em 2018 com a obra À cidade, Mailson Furtado Viana. O livro é dedicado a Varjota, município no interior do Ceará, que, além de ser o local em que ele nasceu e vive até hoje, tem uma importância decisiva em seu trabalho enquanto poeta. No encontro, Ana Cecília fala do ponto vista teórico e Mailson de sua vivência e experiência criativa. Juntos, fornecem uma visão abrangente sobre a temática, que transita entre o real e o imaginário. A mediação fica por conta da jornalista e consultora Monique Evelle.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

Na próxima quarta (27), o Encontro CBL de Negócios convida as editoras para um encontro com a equipe de curadoria e conteúdo da Leiturinha. O bate-papo tem como objetivo esclarecer como é realizada a seleção das seis categorias de leitura, levando em conta cada etapa do desenvolvimento infantil e, assim, fortalecer a comunicação entre a curadoria da Leiturinha e as editoras. O clube de assinaturas nasceu em 2014 e hoje já conta com mais de 135 mil assinantes e entrega cerca de 180 mil livros mensalmente para crianças de 0 a 10 anos. O encontro acontece na próxima quarta, das 9h às 12h, ou das 14h às 17h, na sede da Câmara Brasileira do Livro (Rua Cristiano Vieira, 91 – São Paulo / SP). Para confirmar presença basta mandar um e-mail para atendimento@cbl.org.br.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

Além do desafio criado pelo podcast das Desqualificadas para que se leia mais mulheres, a TAG – Experiências Literárias também teve uma ideia para estimular as pessoas a lerem mais e criou o #Desafio1LivroPorMês. Lançada há pouco mais de dois meses, a campanha criou vida própria e já conquistou a adesão de 95 mil participantes, que estão interligados através de redes sociais e 554 grupos de WhatsApp, onde trocam dicas e experiências. Com inscrição gratuita, a plataforma tem como objetivo estimular o início ou a retomada do hábito da leitura em pessoas que estão com dificuldade de concentração ou com aparente falta de tempo para os livros. “Os resultados iniciais da campanha desafiam, em primeiro lugar, a crença de que o Brasil não seja um país de leitores”, acredita Arthur Dambros, diretor da TAG. Para dar mais suporte ao projeto, a TAG criou conteúdos exclusivos de apoio aos inscritos, com informações técnicas e científicas, que vão desde dicas sobre quantos minutos por dia são necessários para se ler um livro de 250 páginas até o impacto causado pelo celular sobre o poder de concentração prolongada. Além disso, o clube também ajuda os participantes na montagem de um cronograma de leitura e na escolha dos próximos livros, mantendo em seu site um espaço dedicado à plataforma. Para participar é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

Infiltrado na Klan | © DivulgaçãoA cerimônia do Oscar acontece neste domingo (24) e o filme Infiltrado na Klan está entre os que lideram as indicações na premiação. O livro homônimo que deu origem ao filme também ganhou, no Brasil, uma edição em audiolivro, produzida pelo Ubook, em cuja versão o ator André Ramiro foi o responsável por dar voz ao enredo. A obra conta a história de um policial negro que monta uma operação para se infiltrar no grupo racista da Ku Klux Klan e traz para os dias atuais o debate sobre a intolerância racial, tema que se faz muito caro neste momento histórico mundial. Aproveitando a visibilidade da cerimônia e a temporalidade da obra, o Ubook, o Grupo Editorial Pensamento e a Livraria Blooks estão organizando o debate Infiltrado na Klan e o Racismo Ontem e Hoje. O evento, gratuito e aberto ao público, acontece nesta quinta (21), a partir das 19h, na Livraria Blooks no Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 – São Paulo / SP). Além de André Ramiro, também participarão do bate-papo a socióloga, escritora e criadora do projeto Quilombo Literário, Luciana Bento; e o sociólogo, curador de conhecimento e membro do Coletivo Sistema Negro, Tulio Custodio. A mediação do debate ficará sob responsabilidade da professora universitária e booktuber Carmem Lúcia Batista. O título original, de autoria de Ron Stallworth, primeiro detetive negro da história do Departamento de Polícia de Colorado Springs, é publicado no Brasil pelo Grupo Editorial Pensamento, pelo selo editorial Seoman.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

De olho em novas formas de atender ao seu leitor, a editora Edipro decidiu inaugurar este ano sua linha de livros digitais. “Vamos disponibilizar nossas obras nos principais marketplaces digitais, como a Amazon, para ampliar o acesso do público às nossas publicações”, conta Maíra Micales, publisher da editora. O projeto prevê o lançamento simultâneo de obras físicas e digitais das principais novidades da editora neste ano, além da digitalização gradual de seu catálogo, que conta com mais de 500 obras. O processo teve início com o lançamento de TOC – Livre-se do Transtorno Obsessivo-Compulsivo, de Jeffrey Schwartz e Beverly Beyette (Cienbook, R$ 85 em edição física e R$ 54 em edição digital), e O papel de parede amarelo e outros contos, de Charlotte Perkins Gilman (Via Leitura, R$ 29,90 em versão física e R$ 18,90 a digital). Com isso, a editora prevê mais agilidade de atendimento aos seus leitores por meio dos e-books. “Contamos com uma rede de consumidores por todo o país e, em um país continental como o Brasil, poderemos atender de forma imediata aos leitores mais afastados de nosso centro de operações, em São Paulo”, diz Maíra. “A digitalização facilitará também o acesso às obras de nossos leitores fora do país”, conclui a publisher.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

Segundo a Intrínseca, o australiano Markus Zusak já vendeu mais de três milhões de cópias no Brasil. Seu maior sucesso pela casa é A menina que roubava livros, lançado no país em 2007. Mais de uma década depois do lançamento do best-seller, ele apresenta seu novo livro. O construtor de pontes (Intrínseca, 528 pp, R$ 54,90) é resultado de uma extensa jornada de trabalho, e nele Zusak retrata de modo tocante a jornada atemporal de perdão e reconstrução vivida por Clay e sua família. Assim como a ponte, a trama é construída de forma gradual e envolvente através da escrita. É Matthew, o filho mais velho da família Dunbar, quem narra toda a história sentado na cozinha de casa, diante de uma máquina de escrever antiga. Ele é o responsável por apresentar Clay, o que aconteceu com o garoto e como todos mudaram por causa dele. Abandonados pelo pai após a morte da mãe, os cinco irmãos Dunbar vivem sozinhos rodeados de violência, poesia e amor. Quando o homem ressurge e pede ajuda para construir uma ponte, Clay é o único que aceita. A ponte vai unir não só duas margens de um rio, mas também as pessoas e os sentimentos que habitam esse inesquecível romance.

PublishNews, Redação, 20/02/2019

Em O gosto da tentação (Record, 378 pp, R$ 39,90), novo livro de Elizabeth Hoyt, Lady Emeline Gordon é um exemplo de sofisticação e, como tal, é amplamente procurada para orientar jovens mulheres da sociedade. Ela também é modelo de independência, gerindo o que restou de sua família após a morte de seu marido, pai e irmão. Já Samuel Hartley é um ex-combatente que nasceu nos EUA e serviu ao exército britânico na Guerra Franco-Indígena. Com o fim do combate, ele conseguiu abrir o seu próprio negócio e agora está de volta a Londres com o pretexto de fazer novos contatos. Mas a verdade é que ele está em busca de justiça. Quando Samuel ainda era soldado, quase todo o seu regimento de guerra foi morto e ele sempre desconfiou de que pudessem ter sido traídos. Sua missão é descobrir o nome por trás disso. É aí que seu caminho se cruza com o de Emeline, cujo irmão morreu lutando ao lado de Samuel.

“Livros são como drogas pesadas, mas sem o perigo de uma overdose. Eu sou uma feliz vítima deles.”
Karl Lagerfeld
Designer de moda (1933-2019)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Me poupe!
4.
Seja foda!
5.
Este não é mais um livro de dieta
6.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
7.
O poder do hábito
8.
Aprendizados
9.
O poder da ação
10.
Prisioneiros da mente
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.