Apanhadão: vendas de livros de terror crescem, aponta Nielsen
PublishNews, Redação, 25/06/2018
E mais: 34 prepara nova tradução de livro de Dostoiévski e DarkSide traz ao Brasil jornalista que ajudou menina síria a escrever o seu diário contando o terror da guerra

Na Painel das Letras, o destaque foi para o prelo da 34 que prepara a primeira antologia do poeta português Manuel António Pina no Brasil. O volume, organizado por Leonardo Gandolfi, deve sair em novembro. A coluna conta ainda que a 34 publicará em breve Humilhados e ofendidos, de Dostoiévski. A nova edição ganha tradução de Fátima Bianchi. Outra notícia da Painel das Letras é que a um levantamento da Nielsen aponta que houve um crescimento sólido nas vendas de livros de terror. De 2016 a 2018, o número de exemplares comercializados saltou 17% e 18% a cada ano.

A Babel dessa semana destacou a iniciativa da Nova Fronteira de reunir em dois boxes livros escritos por “grandes escritoras” das literaturas inglesa e francesa. Os volumes que estarão à venda exclusivamente pela Saraiva reunirão nomes como Jane Austen, Virginia Woolf, Marguerite Duras e Simone de Beauvoir. A coluna adianta ainda que a DarkSide tem no seu prelo o livro Inferior – How science got women wrong – And the new research that’s rewriting the story, de Angela Saini e que a Panda Books prepara Tem lugar aí para mim?, livro juvenil de Fátima Mesquita e ilustrado por Fábio Sgroi que fala sobre direitos humanos e respeito à diversidade.

N’O Globo, o destaque foi para o diário de Myriam Rawick, a menina síria de 13 anos comparada a Anne Frank. O seu livro, escrito em parceria com o jornalista Philippe Lobjois (que virá ao Brasil em breve), é publicado pela DarkSide. Já o "coleguinha" Ancelmo Gois contou na sua coluna que o livro Os monólogos da vagina, de Eve Ensler, terá edição comemorativa pelos seus 20 anos. O livro sai pela Globo. Ele conta ainda que a Rocco prepara o relançamento de sete títulos do jornalista Tom Wolfe morto em maio passado. Ainda no diário carioca, Lauro Jardim adiantou que a Todavia comprou dos direitos de trilogia da canadense Rachel Cusk.

Tags: Apanhadão
[25/06/2018 10:04:00]