De tanto ensinar a vender, veio parar na lista de mais vendidos
PublishNews, Leonardo Neto, 29/09/2017
Guilherme Machado conquista o segundo lugar da Lista Geral ao vender mais de 4 mil exemplares de 'Você não vai mais conseguir vender assim' já na sua semana de estreia

Setembro, o mês que marcou a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, praticamente já chegou ao fim. Com isso, é a hora de passar a régua e ver quais os livros que mais venderam durante o mês. Felipe Neto, claro, terminou o período em primeiro lugar da Lista Geral Mensal, com o seu “livrão” que suscitou muitas discussões se o produto era ou não um livro. Ao todo, foram 50.205 cópias vendidas desde o seu lançamento. 

A segunda posição ficou ocupada por Paula Pimenta e a quarta temporada de Minha vida fora de série (Gutenberg / Autêntica). Sobre esse, ninguém tem dúvidas: é um livro. No mês, foram 20.203 exemplares vendidos. Na terceira posição, um veterano. Sapiens (L&PM), lançado em 2015, e que voltou com força para a lista depois de uma entrevista que o autor, Yuval Noah Harari, concedeu a Pedro Bial. No mês, foram 16.647 exemplares vendidos. 

O estreante Guilherme Machado conquistou o segundo lugar da Lista Geral da semana ao vender 4193 cópia de Você não vai mais conseguir vender assim | © Divulgação
O estreante Guilherme Machado conquistou o segundo lugar da Lista Geral da semana ao vender 4193 cópia de Você não vai mais conseguir vender assim | © Divulgação

Na Lista Semanal, o destaque vai para o estreante Você não vai mais conseguir vender assim (Gente), de Guilherme Machado, que fechou a semana com 4.193 exemplares vendidos. Isso lhe conferiu a disputada segunda colocação da Lista Geral e o primeiríssimo lugar da Lista de Negócios. Importante aqui dizer que, na comparação com a semana passada, esta apresentou crescimento de 36% no número de exemplares vendidos nesta Lista de Negócios. O moço, que ensina no seu livro a conquistar o cliente, teve muita importância nisso.

Destaque ainda para: Babados da minha vida (Astral Cultural), que emplacou no terceiro lugar da Lista Infantojuvenil ao vender 1.863 exemplares, e Crer ou não crer (Planeta), com 1.642 cópias e a segunda posição da lista de Não Ficção.

Solteira até sábado (Record), na 14ª posição da Lista de Ficção; O sofrimento é opcional (BellaLetra), na 15ª de Autoajuda, e O poder do encantamento (Planeta Estratégia), na 17ª de Negócios, completam o time de estreantes da semana. 

Com 15 títulos, o Grupo Companhia das Letras conquistou o primeiro lugar do Ranking Semanal das Editoras. A Sextante aparece na segunda posição, com 14, e a Planeta, na terceira, com sete. Faltando pouco mais de três meses para o ano acabar, a Sextante lidera com folga o Ranking Anual das Editoras, com 65 títulos, dez a mais do que o Grupo Companhia das Letras, que está na segunda posição. Com esses números, a editora dos irmãos Pereira parece cada vez mais perto do troféu de Editora do Ano do Prêmio Avena PublishNews. 

[29/09/2017 11:03:00]