Assine nossa newsletter

O mundo do livro digital

Autores autopublicados ganham espaço na iBookstore da Apple

04/03/2013


Se alguém tem dúvidas sobre a velocidade na qual o epicentro da indústria editorial está mudando de editoras para autores autopublicados, não duvide mais.
 
A iBookstore da Apple lançou mês passado nos Estados Unidos a Breakout Books, uma nova ferramenta de merchandising que exibe livros de autores autopublicados populares, incluindo vários que viraram bestsellers no New York Times (veja aqui a matéria no New York Times sobre a ferramenta). A seção Breakout Books pode ser encontrada na iBookstore em http://iTunes.com/BreakoutBooks.
 
A maioria das grandes livrarias reserva essa atenção especial a editoras grandes e consolidadas. Apesar de a iBookstore sempre ter apoiado os e-books autopublicados, o lançamento da Breakout Books significa um compromisso maior por parte da Apple, cuja iBookstore atualmente vende livros em 50 países. A iBookstore fez um primeiro piloto do recurso Breakout Books na loja australiana e implementou em seguida recursos similares no Canadá e no Reino Unido.
 
Com isso, a Apple está ajudando a moldar um futuro melhor e mais democrático para a indústria editorial. Mais escritores terão a liberdade de publicar e mais leitores terão a liberdade de descobrir e desfrutar de uma maior diversidade de livros de alta qualidade como nunca antes.
 
Autores independentes estão alcançando todas as listas dos maiores bestsellers, apoiados por livrarias como a iBookstore que agora estão promovendo os títulos autopublicados junto com livros publicados tradicionalmente.
 
Os livros que a Apple selecionou possuem vários atributos comuns como resenhas positivas de leitores, popularidade do autor, capa com qualidade e desempenho de vendas, entre outros fatores. A seleção de títulos vai continuar a ser renovada com novos livros e permanecerá acessível com um espaço próprio e bem exposto na iBookstore em http://iTunes.com/BreakoutBooks.
 
Por que merchandising de livros impulsiona as vendas
 
As escolhas de merchandising de uma livraria estão entre os maiores impulsionadores da venda de livros. Para compreender a relevância da iniciativa da Apple, é importante entender como os leitores descobrem livros e como as decisões de merchandising de uma loja impactam a tomada de decisão do cliente. Para que um leitor descubra e compre um livro, este deve ser ou estar:
 
1. disponível – em uma livraria onde os leitores estão procurando por livros.
 
2. encontrável – visível e fácil de encontrar na loja.
 
3. desejável – o livro deve satisfazer o desejo do leitor por entretenimento, escapismo ou conhecimento. Alavancas importantes que determinam o desejo incluem recomendações do vendedor, resenhas de clientes, recomendações boca-a-boca, marca do autor, plataforma do autor e preço.
 
4. acessível – o leitor deve sentir que o valor do livro é maior do que o preço de venda e do custo do tempo que ele levará para ler.
 
Muitas livrarias de e-books possuem hoje mais de um milhão de livros, e os que cumprem com estes requisitos possuem uma significativa vantagem sobre os que não possuem.
 
Quando uma livraria apresenta um livro, seja colocando-o em coleções com maior visibilidade como a Breakout Books da Apple ou na mesa da entrada em livrarias de tijolo, está essencialmente dizendo a seus clientes: “Experimente este livro primeiro, você vai gostar!”
 
Por que as livrarias de e-books estão aceitando autores autopublicados
 
Por que livrarias de e-books como a Apple estão aumentando o apoio a e-books autopublicados?
 
Nos últimos cinco anos, ouvimos as vantagens da autopublicação da perspectiva do autor (uma oportunidade para superar os gargalos do mercado editorial de forma rápida, gratuita e fácil; acesso à distribuição global; royalties maiores; maior controle criativo; etc.).
 
Poucos examinaram, no entanto, por que as livrarias estão apoiando livros autopublicados. A importância da promoção Breakout Books da iBookstore se torna mais aparente quando analisamos esta questão.
 
E-books autopublicados, combinado com o poder das vendas online, trazem vantagens positivas às livrarias, aos consumidores e também aos autores:
 
 
1. Qualidade – O trabalho da livraria é conectar leitores com livros que gostarão de ler. A qualidade dos e-books autopublicados – medida por resenhas de leitores – aumentou significativamente nos últimos anos, depois que autores independentes passaram a publicar com maior profissionalismo, da edição ao desenho de capa, passando por preços e promoção. Os livros autopublicados mais bem-sucedidos geralmente se comparam ou excedem a qualidade e o interesse de livros publicados tradicionalmente.
 
2. Preços baixos – A média dos e-books da Smashwords custa cerca de US$ 2,99. Os leitores adoram livros baratos, especialmente se a qualidade é tão boa quanto ou melhor do que os que são lançados por editoras tradicionais. Livros de alta qualidade vendidos a preços baixos deixam os clientes felizes e o que faz o cliente feliz faz a livraria feliz.
 
3. Espaço em prateleira ilimitado – No velho mundo impresso de livrarias de tijolos, há um limite no espaço em prateleira, então eles só podem estocar uma pequena fração dos livros disponíveis. No novo mundo da publicação e distribuição democrática de e-books, autores autopublicados têm a liberdade de publicar o que quiserem, e os leitores têm a liberdade de ler o que quiserem. Espaço na prateleira ilimitado permite que mais livros sejam publicados e alguns destes livros podem encontrar audiências mais amplas.
 
4.E-books nunca se esgotam – No velho mundo editorial, se um livro vendia mal no começo, as livrarias o empacotavam e devolviam à editora. Estas devoluções forçavam a saída do livro de catálogo. Com e-books, eles se tornam imortais. Nunca saem de catálogo. Estão sempre disponíveis para serem descobertos e desfrutados por novas audiências. Isso significa que as livrarias podem vendê-los pelo tempo que o autor quiser. Significa que todo e-book representa uma anuidade permanente para a livraria, o autor e seus herdeiros.
 
5. Leitores são os novos curadores – Leitores sempre foram os árbitros finais do que vale a pena ler, e o boca-a-boca impulsiona as vendas de livros. No velho mundo editorial, editores e livreiros tentavam adivinhar o que os leitores queriam ler. Hoje, cada vez que um leitor faz um download, compra ou resenha um e-book, este dado se torna uma expressão do sentimento do leitor que os marqueteiros podem analisar para identificar quais livros merecem mais promoção.
 
6. Vendas! - Livros autopublicados estão vendendo. Livrarias parceiras da Smashwords estão vendendo milhões de dólares dos livros de nossos autores a cada ano e isso me deixa feliz porque dá aos nossos parceiros livreiros forte incentivo financeiro para apoiar nossos autores com oportunidades ainda maiores de merchandising no futuro.
 
7. Livros iniciais de uma série gratuitos – Muitos dos autores com melhores vendas estão escrevendo séries completas de livros e estão dando o primeiro livro da série de GRAÇA. Isso cria uma vantagem importante para que sejam descobertos em comparação com autores publicados tradicionalmente que invariavelmente veem o potencial do seu livro desperdiçado pelos altos preços.
 
8. Grande volume de vendas – Desde o Natal, clientes da iBookstore fizeram o download de uma média de mais de 1 milhão de livros gratuitos ou pagos da Smashwords a cada semana. A Apple, como muitas outras livrarias que também produzem seu próprio aparelho de leitura, ganha dois benefícios de todo download ou venda; 1. Eles vendem muitos livros; 2. Os milhões de horas que aposto que os clientes da iBookstore passam a cada mês navegando, baixando, comprando e desfrutando dos livros fazem com que o iPhone ou o iPad seja muito mais essencial para a vida do cliente. Livros tornam os aparelhos mais valiosos para os clientes. Para autores independentes, o grande volume de unidades, facilitado pelo preço baixo e pelos livros de alta qualidade, significa que o autor independente pode desenvolver fãs e plataformas mais rapidamente do que autores publicados tradicionalmente.
 
9. Rápida publicação ajuda autores a serem mais receptivos aos desejos do leitor – Autores independentes desfrutam de produções mais rápidas, que permitem satisfazer os desejos dos leitores com maior agilidade ou atender a tendências mais quentes antes que elas morram. Nossos autores podem transformar seus manuscritos completamente editados em um e-book publicado profissionalmente em uma questão de minutos, e conseguem distribuição no mundo inteiro na Apple e em nossas outras livrarias em uma questão de dias. Escritores publicados de forma tradicional chegam a esperar um ano ou mais, antes que seus livros cheguem ao mercado (imaginem todas as vendas perdidas!).
 
10. Livros independentes estão sempre melhorando e se desenvolvendo – Ao contrário de livros impressos que permanecem relativamente estáticos e sem mudança depois da publicação, autores independentes estão aprimorando seus livros. Como documentado aqui no blog da Smashwords, depois que R. L. Mathewson subiu uma nova imagem de capa para sua Smashwords Dashboard, em poucos dias entregando a nova imagem da capa para a iBookstore, o livro fez muito sucesso. Algumas semanas depois, seu livro chegou à lista de bestseller do New York Times. Como e-books independentes são imortais e nunca ficam fora de catálogo, o autor pode sempre experimentar com diferentes capas, preços ou descrições de livros. Eu documento estas e outras alavancas para a descoberta em meu e-book gratuito, The Secrets of Ebook Publishing Success. O livro identifica as 28 melhores práticas dos autores independentes mais bem sucedidos comercialmente.

Mark Coker é fundador da Smashwords, uma das maiores plataformas de autopublicação e distribuição de e-books do mundo. O site já publicou quase 7 milhões de e-books de autores independentes mundo afora. Mark também é colaborador do Huffington Post e, por isso tudo, tem experiência de sobra para falar sobre esse assunto que anda deixando editores e livreiros de cabelo em pé.

A coluna "O mundo do livro digital" traz as notícias e insights de Coker sobre o mundo do livro digital. Você pode conferir os textos em inglês, no site.

“Li todas as bobagens na vida e não me fez mal. O que faz mal é não ler.”

Pedro Bandeira Escritor brasileiro

© 1991-2011 PublishNews | Todos os direitos reservados.

Rua Fidalga, 471, cj. 3 | Vila Madalena | São Paulo - SP | 05432-070 | Fone: 11 3816-1270

Desenvolvido por:

Dualtec Sistemas